Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O fascínio pelas mulheres negras

24 de setembro de 2011 67

Foto: sxc.hu

Vou te contar uma coisa que poucos sabem: sempre fui viciado por mulheres negras. Uma tara incrível. Com cinco namoradas negras no currículo, posso me declarar um expert em negras. E, também por isso, posso tomar a liberdade de escrever negra (e não afrodescendente) com propriedade e sem medo algum de ser estereotipado como politicamente incorreto. Pois tenho certeza de que você repara (e muito) nas mulheres negras. Elas são de uma beleza diferenciada, mais redondas, curvilíneas, sensuais. Têm um poder de hipnotizar de uma maneira única. E veja bem, não estou desprezando, muito menos menosprezando, morenas, loiras, ruivas. Mas as negras são espetaculares.

Um amigo casado com uma negra descreve sua relação como o paraíso. Formosa ao extremo, a mulher dele tem um sorriso incrível. Em determinado momento, como que num susto, deixa o semblante sério e abre a boca carnuda e deixa à mostra aquela dentadura perfeita, branca, em meio ao vermelho forte de cada lábio. Um verdadeiro espetáculo da beleza feminina.

Uma de minhas namoradas tinha mãos sensacionais. Finas, com dedos um tanto compridos, mas as unhas bem feitas completavam uma das poses mais sensuais que tenho memória: sentada, com o quadril inclinado para o lado direito, ela cruzava as pernas e, com o corpo reto, deixava o protagonismo do tronco e dos seios bem definidos tomar conta e apoiava os braços sobre os joelhos com as mãos pairando sob o nada. Seguidamente me descobria apenas observando a cena, sorria (pois sabia cada frame do meu pensamento) e me convidava para sentar a seu lado. Cada um exibia seu “troféu” com um grande orgulho no rosto. Bons tempos.

Com o cuidado para não ser vulgar, destaco ainda os quadris das negras. A volúpia que vai para um lado e outro com uma leveza (e ao mesmo tempo força) que fascina tanto o brasileiro, o europeu, o americano, o asiático… O africano, povo de sorte, deleita-se com isso há milênios. Não fosse a escravidão e todas as barbáries dos séculos passados, poderíamos agradecer aos portugueses com um feriado e uma semana festiva. Uma ode aos quadris das negras. Redondos, duros, rijos. Quase sempre grande o suficiente para te tirar do sério. As curvas que te deixam com torcicolo. Que fazem você olhar para trás indubitavalmente. E que você achou, lá em cima, no início do texto, que “se o Johnny não falar dos quadris esse é o pior texto do blog”. Tudo bem, este pode ser o pior texto do blog apesar de eu ter citado os quadris (mesmo que ao final). Mas lembre-se: eu já tive cinco namoradas negras, com seus sorrisos, mãos, pernas, quadris e tudo mais. E você, quantas já teve?

Comentários (67)

  • Pedro Gastão diz: 24 de setembro de 2011

    Tema forçador de barra, tipo cota racial! Vindo de um blog gaucheba, soa falso, hipócrita. O negro, por estas paragens, é tratado como um ser a ser posto no seu devido lugar. E vc, Saint-Clair do IAPI, se diz viciado em negras e desfolha um apanhado de tudo o que é dito sobre a gostosura das mulheres negras desde o século passado. Muito sem originalidade este texto dispensável. Tenho uma amiga negra, bem posta na vida, profissional reconhecida em seu meio de atuação , bonita, corpo bem feito, sem mal-hálito, cabelos tratados e bonitos, nariz de etíope, cheirosa e simpática, que faz sucesso no Rio e SPaulo entre os homens, mas aqui em PAlegre só serve para ser usada pelos ditos viciados em negras e nunca apresentada como namorada. Vamos parar de fingimentos. A cidade é pequena e todos os podres são de conhecimento público.

  • rafael b. diz: 24 de setembro de 2011

    Namoradas negras nunca tive, mas já tive 3 experiências com estas, e sim, elas tem um sexo diferenciado, além de terem um corpo invejável, esculpido da melhor forma, a última delas e na qual ainda tenho alguns encontros, e é sem dúvida nenhuma, a melhor mulher na qual já fui para a cama, pois seu corpo é completamente PERFEITO! Lembro-me da primeira vez que ia sair com ela, comentei com um amigo que estava nervoso, pois sabia que iria tomar um suador para poder satisfazer todo aquele corpo, mas ainda bem que saiu tudo dentro dos conformes, e sempre que podemos nos ver, é sempre uma coisa certa “hoje vou ter a noite”!

  • Adriana diz: 24 de setembro de 2011

    que lindo!!
    adorei!

  • Dinho diz: 24 de setembro de 2011

    Caro Johnny!

    Tu é o cara meu ….cinco ? Diga-nos, não te apaixonaste por nenhuma delas?
    Cara, eu saí com apenas uma negra. E me apaixonei ! Posso te afirmar, com certeza absoluta. Foi a mulher mais gostosa com quem já saí. Além de ser uma excelente companhia prá conversar, dançar, rir e namorar..foi a melhor transa que tive….
    Linda, gostosa, maravilhosa. cara…que saudades que deu….saíamos, namoramos…mas, infelizmente acabou por inúmeras razões…mas essa mulher me deixou marcas…marcas de saudades…de tesão…
    Ahhh, o texto está bom, fica tranquilo…afinal, você falou de quadris…hahaha

    Abraços Samba – Cancioneiros !!!!

  • BRANCO GREMISTA diz: 24 de setembro de 2011

    tive uma namorada negra..e foi ate hj o melhor sexo q ja tive,,,,
    compartilho com essa adoração as negras e mulatas

  • Denise Almeida diz: 24 de setembro de 2011

    Linda muito lindas suas palavras…
    Claro q nos mulheres negras tambem, nos destacamos por outros requisitos,mas este em questão mencionado, é de uma verdade incontestavel…Amo minha raça, e se a mesma não existi-se eu mesma criaria…

  • Gitanopoa diz: 24 de setembro de 2011

    Só 5 negras? Eu já perdi as contas, nem lembro se um dia namorei uma branca, nada contra mulher é mulher de qualquer cor, mas as negras são insuperáveis e tenho maior orgulho de ter namoerada negra, acho ridiculo quem só quer negra para sexo, meus 02 filhos são lindos porque suas mães são 02 belissimas negras. Parabéns pelo post, e abaixo a qualquer tipo de preconceito, inclusive da própria comunidade negra que tb é bem preconceituosa, a alguns anos atrás a familia de uma antiga namorada me chamou de branco sujo, e ela ficou com vergonha por causa do preconceito de sua familia. Respeitem as diferenças e culturas é isso que torna a todos mais iguais.

  • Otavio diz: 24 de setembro de 2011

    Nossa.. somente descerebrados para engolir essa……
    As mulheres negras sao mulheres negras e pronto, iguais as outras, lindas, gostosas,
    feias, gordas, etc..etc..etc..
    Amador, mediocre, mau gosto o assunto.

  • Paulo diz: 24 de setembro de 2011

    E pare de me chamar de BRANCO! Sou como o Pedro Gastão: Um EUROPODESCENDENTE. Se continuar me chamando assim, vou te processar!!!!!!!!!!!!!!

  • Manuel da Silva diz: 24 de setembro de 2011

    Tive 3 transas com negras e foram as piores que tive, nao sou racista pois tenho varios amigos negros porem ela nao me dao estimulo algum, depois de transar com elas o meu amor pelas escandinavasd aumentou ainda mais.

  • Eduardo Goulart. diz: 24 de setembro de 2011

    Concordo com as palavras do Manuel, uma transa com negra so faz aumentar o amor pelas brancas.

  • marcello diz: 24 de setembro de 2011

    Cara, parei tudo pra comentar. Tenho a mesma imagem que tu da mulher negra, entendo perfeitamente teus comentários. Imagine aí o privilégio que tive de namorar uma mulher que além de negra ela era gaúcha de Cruz Alta, hehehehe, o melhor dos dois mundos!!! Sou catarinense, nasci do outro lado do Rio Uruguai, cem por cento italiano de ascendência e penso que o preconceito só existe dentro de uma caixa de 15×10 cm que alguns dizem ser seu cérebro.
    Gente como esse Pedro Gastão tem que lembrar que pra mudar o mundo devemos começar por nós mesmos. Todo eruditismo empregado pra chamar o blog de leviano é coisa de quem tem mania de se achar inteligente por “ver” tudo o que está por detrás do escrito, do fato, do que se diz. É assim: tu escreves NEGRA, ele te acusa de ser hipócrita porque é gaúcho, pois gaúcho acha que preto é menos gente (?). Tu escreves MÉDICA, ele te acusa de interesseiro, pois homem que tem atração por médica tá querendo dinheiro. Aí tu escreve sei lá que assunto e o cara consegue ver um defeito, embora você se esforce pra não ofender ninguém.

  • elisa diz: 24 de setembro de 2011

    Na real, sabem o q acho????? não é a cor q faz alguém melhor ou pior, em qq aspecto.
    Desculpa, mas acho este artigo preconceituoso.
    A mulher negra serva para mais coisas do q transar….pode ser uma ótima profissional em qq área.
    Os antigos senhores feudais é q achavam isso: mulher negra é boa só p/cama e cozinha, amante ou empregada.
    Não gostei!!!!

  • elis diz: 24 de setembro de 2011

    Quem nao gostou de transar com negras, com certeza nao foi suficientes para as mesmas…homem fraco nao consegue mesmo!!!!!

  • Jorge diz: 24 de setembro de 2011

    O cara que diz que “O negro, por estas paragens, é tratado como um ser a ser posto no seu devido lugar” deve ter nascido e criado nos altos da Bela Vista, nunca frequentou os bairros e vilas de Porto Alegre e região Metropolitana. Nasci em Porto Alegre, mas fui criado em Viamão. Onde moro não existe esta distinção, crescemos, brincamos, namoramos e casamos brancos com brancas, brancos com Negras, Negras com brancas, Negros com brancas e geramos e criamos filhos frutos desta miscigenação. De meus irmãos, o único que não casou com uma negra fui eu, mas depois de separado, tive 2 ralações com negras que me trouxeram momentos prazerosos, que inclusive transformei em poesia, principalmente rimando a cor tão linda destas mulheres, que rendeu várias músicas apelidando-as de marrom-bombom, sabor chocolate, deusas de ébano.

  • Carlos diz: 24 de setembro de 2011

    Boa tarde! Sou descendente de alemao e italiano e sempre tive adoração por negras, mulatas. Fui casado com uma mulher branca, mas desde que me separei só tive relacionamentos com negras/morenas/mulatas.. hj estou noivo e minha noiva (NEGRA) é tudo de bom, alta, bonita, simpatica, profissionalmente bem resolvida. Realmente são as melhores ( não somente na cama ) e fostes muito feliz com este post. Já aos amigos que decepcionaram-se com as negras, digo que foi uma questão de sorte, da mesma maneira que já fiquei decepcionado com algumas brancas que andei me relacionando. E outra, o preconceito é muito forte entre os negros, pois quando saimos noto os comentarios e também os olhares que denunciam ” o que ela faz com esse branco? ” Imagina se nos brancos comentassemos sobre os negros que andam com as branquinhas.

  • Guria diz: 24 de setembro de 2011

    Já perceberam que qualquer assunto sempre tem um babaca pra criticar? E eu sou de pele branca antes q digam q estou me doendo por criticarem. E os homens só adoram os assuntos sem criticar quando é putaria, primas e etc. Coisa braba essa raça, respeitando as RARAS excessões.

    Abraço, aos meninos do samba canção.

  • Colorado diz: 24 de setembro de 2011

    Não acho ser preconceituoso o fato de alguem preferir mulher negra, eu mesmo namorei varias delas, e minha atual namorada e negra,
    O respeito, o carinho, devem estar acima de tudo numa relacão, mas que as mulheres negras tem um Q a mais isso tem,
    Abracos

  • Melani diz: 24 de setembro de 2011

    Quando vi o título do post no facebook ,já sabia que vinha algo inteligente por aí.Sou negra e lá pelos meus 16,17 anos passei por umas situações que meio que me assustaram.Aparecia caras até na rua contando que queriam ficar com uma negra,que não sabiam como eram,mas que eram melhores ,enfim… Se era verdade ou trovação ,nunca saberei,mas a verdade é que homens- alguns- tem mesmo uma tara,uma atração diferenciada.Tenho 21 anos,e dos meus 3 namorados,TODOS brancos- loiros,olhos claros,aquela coisa mais européia-.Parecem que curtem mais,sei lá. E estudo numa universidade numa cidade de colonização alemã,e já recebi olhares mais interessados,fascinados,sei lá,justamente dos loiros.Homens negros,se fiquei com 2 em toda a minha vida,é muito.Amo minha cor,tenho orgulho de ser negra e a verdade é que me divirto e até gosto dessa preferência dos homens.Aprendi a curtir e tirar alguma vantagem disso.Adorei o texto,falou de algo real de maneira divertida,e sinceramente,viva a delícia de ser uma mulher negra.

  • Jenifer diz: 24 de setembro de 2011

    Pelamor…. Respeito a opnião e boa intenção do nosso caro blogueiro ao escrever e postar este post, mas, sempre tem um mas….Não pude deixar de achar super formato mínimo. Venhamos e convenhamos, aquela famosa e um pouco preconceituosa história de que homem só pensa em sexo, blablabla, mas reduzir o valor de uma mulher e mesmo de uma raça em seu corpo e performance sexual…. Acho que era possível uma reflexão maior antes de escrever isso. Desculpe, acho o texto ofensivo e não digno, fácil de comparar as mulheres frutas e panicats, que ganham dinheiro para parecerem gostosas e burras e passarem essa imagem como a correta para nossa sociedade. Meninos, nós mulheres, de todas as etnias (porque raça é uma só, a humana), queremos deixar lembranças por tudo o que somos, nos sentido físico, intelectual, emocional e espiritual, não apenas por “quadris invejáveis” ou um sexo inesquecível.

  • Ms diz: 24 de setembro de 2011

    Bom, depois de ver tamanha mágoa do Pedro Gastão, só posso imaginar que nosso amigo tem uma quedinha pelo blogueiro…te cuida samba-canção!!

  • Hugo diz: 24 de setembro de 2011

    sou casado com uma negra e ela e uma loucura na cama um verdadeiro furacao amo minha mulher e adoro uma mulata pois a minha e carioca da gema uma verdadeira mulata.

  • Vargas diz: 24 de setembro de 2011

    Tive relação com uma pessoa que é sem sombra de duvidas tudo que escrevestes e muito mais ainda, embora não tenha dado certo a relação ela foi e
    com certeza continua sendo o grande amor de minha vida.

  • Rolim diz: 24 de setembro de 2011

    Parabéns ao tópico, muito bom, mulheres “calientes” sempre. Vejo manifestações de cueca que julga as pessoas porque ELE não triunfa, cabe perguntar, quem será o responsável pelo problema? rsrsrsrsrs. Meninas vcs são um eterno vigor sempre, seja qual for a cor.

    Abraços

  • geraldo diz: 24 de setembro de 2011

    O que direi eu então se sou branco e casado a bons 18 anos com uma. Abraços
    Obs: deixem os mal amados resmungarem afinal o que seria do nosso mundinho sem eles.

  • juliano diz: 25 de setembro de 2011

    Vou ter q comentar o q o babaca do primeiro comentario escreveu !!!! para o governo dele, Porto alegre é a capital onde mais existem pessoas negras no Brasil. É a capital onde mais existem casas de samba e pagode, o povo gaucho é o q mais admira a mulher negra !!! Será q sempre q é lançada uma questão, uma pergunta, um tema, um texto bacana, original e inteligente, sempre terá gente criticando e puxando pra baixo ??? o brasileiro de modo geral tem essa mania…nada é bom, nada presta, o gaucho é preconceituoso e gay, o carioca é encostado e só qer praia, baiano é vagabundo e festeiro, paulista é serio e trabalhador…vamos parar por aqui com estereótipos e preconceitos…o brasil é um só !!! sou gaúcho e pra mim não existe mulher mais bela que a negra e música melhor que o samba !!!

  • Candi diz: 25 de setembro de 2011

    Cuecas queridos,
    deixe-me cumprimentá-los em primeiro lugar por fazer algo que as pessoas ainda têm medo: chamar os NEGROS de NEGROS! Sabem quantas vezes já tive que corrigir as pessoas que me chamam de “morena”? Perdi a conta!!! Pelo fato de ser mulata (pai negro e mãe branca), as pessoas ainda falam: “mas tu não é beeeem negra.” Olha, vê se eu posso!!! E pra fechar com chave de ouro, sabem quais comentários ouvi quanto à Leila Lopes, eleita Miss Universo? “Fazer o que, alguém tinha que ganhar…” É, deixa assim! heheheh
    Amei o post! E agora, quero ver eu me segurar pra não sair por aí me achando… Mais! hehehe
    Beijos mil!

  • E. diz: 25 de setembro de 2011

    Eu sou mais um fascinado pelo charme e pela sensualidade das mulheres negras!!!

    P.S.: Pedro Gastão: Vai dormir! Ha ha ha

  • sadi luiz marchi diz: 25 de setembro de 2011

    lendo os comentarios, percebo, que poucos tiveram na verdade relacionamentos serios, ou causoais, com uma mulher negra,falam coisas imaginarias, em virtude do preconceito, porque quem teve uma mulher negra em sua vida, começa falando, pela pele, elas sao donas de uma pele aveludada,macia, envolvente, que nehuma mulher branca tem…o resto e pura loucura…sao MULHERES DE SEXUALIDADE AFLORADA.(MULHERES INCRIVEIS)….

  • kleber wist papao de grenas diz: 25 de setembro de 2011

    Vcs sabem porque mudei de estado??? justamente por quê o Rio Grande é RACISTA.pais só deixam o filho casar se no sobrenome não houver SILVA,SOUSA SANTOS,OLIVEIRA, PEREIRA ETC…Eu amo as negras,sabem sorrir,sabem AMAR,são dedicadas ao seu homem,matam e morrem por eles(quando ha amor de verdade)adoram cuidar dos filhos e da casa(familia)

  • charles diz: 25 de setembro de 2011

    O Pedro Gastão, vai te tratar, e tenha mais respeito, qdo se referir a “gaucheba”, puro preconceito a um povo que tem história.

  • GABRIEL diz: 25 de setembro de 2011

    JÁ TIVE UMA SIM… TINHA SANGUE ÍNDIO E EUROPEU MISTURADO AO DE NEGRA, MAS FOI E MESMO HOJE NÃO ESTANDO MAIS JUNTOS SERÁ MINHA NEGRA. UMA NEGRA ESTILO RIHHANA. MEU DEUS QUE FÊMEA, QUE SEXO!!! MESMO COM OS ATRITOS QUE OCORREM COM QUALQUER CASAL INDEPENDENTE DA ETNIA, PENSO NELA ATÉ HOJE E SINTO SAUDADES DE COMO AQUELE TEMPO ERA BOM E NÃO VOLTA NUNCA MAIS.

  • Luiz Pennaboca diz: 25 de setembro de 2011

    Bem, o comentário mais lúcido e maduro até agora foi o da Jenifer.
    Não sou racista, detesto gente preconceituosa, tenho amigos [de fé!] negros, mas não tenho tesão por negras ou mulatas.
    E daí? Isso faz de mim alguém pior? O fato de gostar de transar com uma negra torna alguém melhor?
    Ainda por cima, sou tarado por pezinhos, e os pés da maioria das negras nunca são muito interessantes.
    Mas, cada um com suas atrações e taras.
    Eu adoro uma loira! E daí, vão dizer que sou nazista?

  • Nessa diz: 25 de setembro de 2011

    Pegou? Gostou? Ótimo, mas não suporto quem tenta enfiar as próprias convicções guela abaixo dos outros.
    Mulher é mulher de qualquer cor, tipo de cabelo, região. Algumas tem mais brilho, outras menos, indiferente dessas características.

    Apelou.
    Tchau

  • Niro diz: 25 de setembro de 2011

    O cara colocar a opnião pessoal e generalizar que todos deveriam achar as mulheres negras as melhores mulheres do mundo, mesmo pedindo “desculpas” esfarrapadas ao longo do texto a outras “personalidades”, não merece respeito nenhum. Parece um preconceito ao avesso, sendo que para uns realmente existe isto. Parece uma dor de corno por uma negra em que aproveita o momento para pedir seu perdão e sua volta. Ao final notou que seu texto não tinha espaço para ser exposto, por isto é o tipo de texto desabafo e pessoal que ao final da escrita deve ser apagado e guardado pra si. Realmente o pior texto do blog, pena que você publicou.
    Pra mim a maioria das negras e morenas perdem de longe de uma boa loira, mas deve ser uma questão de destino, ou gosto pessoal (talvez Freud explique), que colocou as loiras como as melhores em meu caminho, assim como as negras no seu. Nada ha ver serem realmente as melhores para todos.

  • Lulu diz: 25 de setembro de 2011

    Racistas de plantão, todo mundo sabe que os negros podem se destacar profissionalmente em qq área, as provas estão aí: Obama, Oprah, Heraldo apresentador do Jornal Nacional… mas aqui o assunto é sobre a beleza e o Sex appeal das mulheres negras. Eu gostaria de acrescentar que os homens negros tbm não deixam nada a desejar, a começar pela pegada que deixa a gente caidinha, o corpo rijo e másculo, a força e o carinho na hora do vuco – vuco deixa qq mulher louca. Tenho uma amiga branca que disse que depois de ficar com um negro nunca mais se interessou por homens brancos, ou “europodescendentes”como foi citado aqui. Rs!
    Negros tem pegada, sex appeal… se for rico então, Bingo! Não é a tôa que nossas loirinhas aqui do Sul são as número um no ranking Maria Chuteiras, elas podem ser loiras, mas de burras não tem nada. kkkk. Bjos!!!!

  • Niro diz: 25 de setembro de 2011

    O mais engraçado aqui são as mulheres assumidas negras em seus comentários e assumindo um lado “preconceituoso” e racista: A maioria se autodenomida “SUPERIOR” as mulheres de outras etenias. Triste!!
    Tudo começou com o blogueiro. Depois de um texto preconceituoso, não se duvida que deve estar selecionando comentários a seu favor. Escrevendo desta forma ele pode colocar o texto para afirmar que não. A tal liberdade de imprensa que até curso superior não precisa mais. “Liberdade pra mim jornalista em escolher o que eu quero mostrar.”

    Sabemos que mulheres bonitas e gostosas sabem que assim a são e nada tem a ver com etenia.

  • FLAVIO SILVEIRA diz: 25 de setembro de 2011

    Quanta hipocresia, concordo com o Pedro Gastão, enquanto que outros como o Rafael, Dinho, … destacam apenas sobre o sexo, e a pessoa negra em si como fica? só sexo?

  • Gaucho no RJ diz: 25 de setembro de 2011

    Achei o texto totalmente disnecessário. Mulheres são mulheres, quando tentamos dizer que A é melhor ou diferente de B, estamos sendo preconceituosos. Reflita sobre o texto, como uma crítica construtiva.

    abraço.

  • elisa diz: 25 de setembro de 2011

    Uma vez assiste 1 programa de tv, onde uma moça negra e bonita dizia q pegava qq 1 pq tinha uma bunda bonita. E tinha mesmo!!!!
    Qdo foi dado espaço para comentários, um homem disse:
    _ Minha filha, cresce!!!! Mulher é mais do q 1 bunda. Se o seu atributo é este para seduzir um homem, vc só pegara “abacaxi”.
    Nunca esqueci.
    Vi mtos comentários de transas legais…..mas q terminaram. Pq? Pq transa só sustenta um relacionamente durante, no máximo, 2 anos. E é preciso q seja assim, pois temos uma vida para levar à frente.
    A diferença é q os homens imaturos, akeles q só tem a dar “alguns ótimos momentos” para a mulher, q pensam q podem ter sempre a “adrenalina a mil”, não CONSEGUEM prosseguir com um relacionamento, por pura decadência afetiva. E pulam, de galho em galho, se considerando os “grandes pegadores”, “aqueles q vivem a vida intensamente”, qdo na verdade não passam de deficientes afetivos.
    Pena, não conhecem o amor, e aí está incluído o sexo bem gostoso.
    Mas, a vida está aí para nos ensinar a crescer!!!!!!

  • PAULO ALEXANDRE diz: 25 de setembro de 2011

    Em pleno 2011 ainda se questiona cor de pele? Sei que a Raça Negra ainda precisa conqusitar vários campos da Sociedade, mas na boa, quem é RACISTA está indo pelo caminho errado da Humanidade. Preferência é uma coisa, por exemplo, não gosto de mulheres de MARTE, JÚPITER,mas NEGRAS, BRANCAS, AMARELAS, VERMELHAS, tanto faz a cor SEMPRE SERÃO MULHERES!
    Notei que alguns comentários foram para o lado de análise social e cultural, expondo que as negras só servem para sexo, serem empregadas, que ainda não conquistaram maiores espaços.
    Admito que isso ainda tenha na Sociedade, mas o texto não é apenas para falar da preferência pela mulher negra como mulher? Ou é para falar também sobre o lado profissional?
    Ah…mesmo não parecendo, tenho sangue nem preto, mas sim Azul direto da África.
    Minha bisavó foi escrava, e casou com um holandês..isso há muito tempo atrás..logo, que bom que hoje podemos falar abertamente que gostamos de negras, como de brancas, amarelas, etc.

  • Clovis diz: 25 de setembro de 2011

    O mesmo texto substituindo a negra por branca seria seria entendido como um manifesto racista, machista e pretensioso. Isso em qualquer uma das cores. O cara afirma que as negras servem melhor para o sexo por sua condição fisica e se acha ilustre defensor da raça. Fala sério!! Vc micou! Voce lembra e parece criador de gado na EXPOINTER defendendo as virtudes de seu rebanho. AI MANO! EU nunca transei com negras, brancas ou amarelas, algumas vezes fiz sexo, e outras amor com MULHERES!!! Maravilhosas femeas em qualquer cor, tamanho, forma e conteudo!
    Em seu proximo texto fale de suas experiencias (experimente) com garanhões NEGROS bem dotados, afinal é moda entre os brancos e politicamente correto!

  • Marcelo diz: 25 de setembro de 2011

    Parem de falar de preconceito, o cara só deu a opinião dele sobre as mulheres negras (aliás concordo com tudo que ele disse) enxergar algum tipo de preconceito no texto sim, é ser preconceituoso. Outra coisa, não as mulheres não servem só para sexo, mas o cara tá falando de sexo, feministas vão ler outra coisa em vez de achar pelo em ovo.
    PS: Olha esse Pedro Gastão é um sem noção total, concordo com meu chara marcello, vai se tratar….

  • collins diz: 25 de setembro de 2011

    No mínimo esse texto é racista.
    Não o racismo claro do tipo “odeio negro” mas um racismo travestido de elogio, um racismo que ajuda a manter um estereótipo da mulher negra no nosso mundo social. Tal estereótipo defendido por você nesse texto declara que a mulher negra só serve para o sexo e só tem valor se associada a volúpia. É a velha idéia do exotismo, do tipo diferente, de exibir o exótico pelo valor do próprio deleite.
    O texto é pura exaltação do corpo: do quadril, das pernas, dos dentes, seios, tudo para divertimento do homem.Te convido a se dignar a buscar como eram os anúncios de venda de escravas na época da escravidão e você verá em alguns anúncios uma semelhança espantosa com seu texto.
    Mulher negra não é medalha nem troféu, por isso penso que a sua pergunta “E você, quantas já teve?” é no mínimo ofensiva.
    Você parece esquecer das milhares de mulheres negras que não se enquadram nesta lista de atributos e também do preconceito que elas sofrem em nossa sociedade, que é além de tudo machista e racista.
    Existem vários estudos que discutem essa sua postura… Não sei se você tem o hábito de ler já que nunca vi nesse blog uma dica de livro, por isso te aconselho o documentário de Joel Zito Araujo chamado “A Negação do Brasil”, que discute os negros nas telenovelas brasileiras.

    Tomara que este blog melhore.

  • carla sousa diz: 25 de setembro de 2011

    muito lindo .sou negra com muito orgulho .abraçosss

  • elisa diz: 25 de setembro de 2011

    Não entendo q algumas mulheres negras acham q estão sendo elogiadas…..na verdade, este blog está dizendo q vcs só servem p/o prazer do homem branco.
    E as negras gordas, e as negras mto magras, e as negras com falta de dentes???????
    É td igual. Mulher bonita e sensual é mulher bonita e sensual independente de sua cor.
    Mulheres negras, se libertem.
    Saiam das camas e das cozinhas do homem branco preconceituoso.
    Procurem um homem (branco, preto, amarelo ou azul) q veja vcs em sua complexidade e individualidade….estudem mto e não sejam escravas do prazer…. desprezadas em seu intelecto e emoções.
    Se levantem, lutem e desprezem serem admiradas apenas como brinquedo de prazer de homem burro.

  • Niro diz: 25 de setembro de 2011

    É “bonito” e “legal” dizer sou negra com orgulho como disse a Carla? E dizer “branco” com orgulho é racismo?
    Quer dizer que a negras são “superiores”? Hum… já vi este negócio de exaltação de superioridade antes na história.
    Infelizmente temos muitas negras racistas aqui em seus comentários. Eu achava que isto era motivo para não publicação dos mesmos. Tsc, tsc, tsc… abandonei este blog.

  • Clara diz: 25 de setembro de 2011

    Falando assim parece q só as negras são boas de cama, não concordo, acho q isso depende de pessoa pra pessoa, independente de cor.

  • Alice diz: 26 de setembro de 2011

    Bom,eu li o texto logo que saiu,voltei só pra ver os comentários e me deparei com alguns extremamente inteligentes,e outros…Que nem cabe nomear.Eu como negra,entendi o texto como um elogio,assim como numa roda de amigas ,podemos descrever as qualidades de um negro,ou de um japonês,ou de um europodescendente.
    Levar pro lado social?Histórico?Sinceramente,existem espaços mais adequados pra isso não é povo?
    Aqui foi um texto puramente elogioso,divertido e alguns vieram com 10 pedras em suas mãos ,falando da negra como objeto,ou como troféu.Vem cá,qual de vocês ,sem mentiradinhas, não ia gostar? Não sei o restante,mas eu adoro ser elogiada.Assim como as mulheres brancas,índias,e por aí vai.A postura de alguns ,dá a entender que parecem incomodados com o texto.E o que achei mais interessante,em maioria,homens.
    Mas pra mim,comentários polêmicos a parte,eu vejo dos homens – alguns- essa postura,de valorizarem,exaltarem qualidades das negras.E levo pro lado da diversão.Se é fantasia deles,quem de nós não tem um tipo preferido?! Bom,ótimo.Amanhã ele pode surgir com um texto exaltando as loiras.E duvido,que cause tanta discordia,tanta falação como esse.
    De boa meninos,amem mulheres,cada qual em sua preferência.Que isso que pra mulher,seja ela negra ou não,é o que realmente importa.

  • Dinho diz: 26 de setembro de 2011

    Flávio Silveira. Nunca vi nada mais babaca que o teu comentário. Primeiro, aprende a interpretar o que lê. Não basta apenas saber ler. Tem de saber interpretar. Vc é um analfabeto. Infelizmente, tenho que lhe dizer isso. Saí com uma mulher negra, linda. Me apaixonei, namoramos. Não foi só sexo. Foi amor. Acabou, como muitos relacionamentos que tive com brancas tambem acabou.Mas, os dois anos que ficamos juntos foram maravilhosos. E, outra coisa. Esse blog é para discutir temas de sexo. Os incomodados que se retirem. Querem discutir Porblemas sociais? Tem canais especializados para isso. Vc, o Pedro Gastão e tantos outros, estão no lugar errado. As feministas de plantão tambem. São recalcadas e mal amadas. Procurem seus espaços. Que não é aqui. Quando quero fazer alguma crítica social, não é aqui que faço.Faço no seu devido lugar. Acho que vcs deram bola fora. Quem pagou vale foram vcs !

    Abraços !

  • FLAVIO SILVEIRA diz: 26 de setembro de 2011

    Dinho, você não é obrigado a concordar com meu comentário, mas eu fui educado e você veio até com ofensas pessoas. Poderia lhe classificar como “burro” mas prefiro deixar assim como está. Eu me identifiquei quanto a você veio com apelido. Respeito e educação é importante para quem quer debater qualquer assunto em um blog da importância deste.

  • Jaque p/ Luiz Pennaboca diz: 26 de setembro de 2011

    Concordo com vooc e com a Jenifer…

    Não sou racista muito pelo contrario ja namorei 2 homens negros e foi bom…Mais pra mim Isso não importa Homem e Homem e Mulher e Mulher independente de cor…

    Sou Loira e me garanto em tdo que faço…e me acho muito melhor q algumas q vejo por aiii….

    Bjus e Bom Dia

  • Tássia diz: 26 de setembro de 2011

    Bom Dia Pessoal!!!

    Primeiro, adoro o blog, acompanho sempre… Acho os textos inteligentes, não que concorde com todas as opiniões, mas nem todos precisam concordar neh, basta apreciar.. hahahaha
    Segundo, falemos sobre o post… Claro que não posso dizer que concordo em gênero, número e grau, até porq neh, sendo menina… Sou branca e tenho certeza que isso que você sente pelas negras, não podemos dizer que a por serem mulheres, porque os negros meu querido, têm o seu valor… e que valor hein!!!
    Tive namorados brancos (morenos, loiros), mas depois que eu conheci o carnaval e os pagodes da vida..
    Negros tem um charme diferente, o cabelo raspadinho (normalmente é meio ruim), um sorriso safado e uma boca.. deliciosa!!
    Não que os brancos também não teenham estes atributos, mas eu tenho este ‘queda’ pelos negros também…
    Ótimo texto!!!

    E não deve-se dar bola para os comentários maldosos.. Só que lida com negros de verdade, sabe quando tem ou não preconceito…

    Abraços…

  • Carol diz: 26 de setembro de 2011

    Texto altamente preconceituoso, insinua que as negras são boas para sexo, e apenas isto. Em momento algum ele cita que além de sensuais as negras podem ser inteligentes. Ele já teve 5 namoradas negras e está sem nenhuma, o que isto quer dizer? Que preconceituoso como a maioria da população, depois das 5 negras se casará com uma branquinha.. INFELIZMENTE!

    E Porto Alegre ser o local com mais negros no brasil, pérola citada por um “gênio” em um comentário, sou obrigada a dizer: meu filho tu nunca saiste de porto alegre, né? no máximo deu uma voltinha em viamão, alvorada.. porque se algum dia na vida tivesse ido ao Rio de Janeiro ou a Salvador, não diria um absurdo deste.

    Em tempo, não sei porque ainda leio este blog. Posts infantis ou preconceituosos escritos para teens, basta ver pelas perguntas, são sempre feitas por menininhas adolescentes preocupadas se o namorado vai ligar no outro dia ou não.

  • Nati diz: 26 de setembro de 2011

    Sou negra, gostei do que foi dito e não vi nada de maldoso ou preconceituoso no post, até pq não era essa a questão em debate. Foi apenas uma opinião. Oq está em jogo ali é a preferência dele. Se falasse das loiras, ruivas, asiáticas, daria no mesmo. É opinião!!

  • rafael b. diz: 26 de setembro de 2011

    Para esses caras que acharam o texto “racista”, não tem interpretação de texto, e aposto que se fosse dito que ele gostava de uma boa ruiva, ninguém iria falar que é preconceito por parte do blogueiro, e sabe o porque vocês acham isso, pq tem na cabeça de vocês que todos são ignorantes bem como este Pedro Gastão, que não entendeu que o sentido do texto é por uma tara a mulher negra, e em nenhum momento foi desrespeitoso, pelo contrário, tratou de elogiá-las. E vais processar a quem? se tu que fostes tosco em teu comentário?

  • Jujulete diz: 26 de setembro de 2011

    Para o Juliano, fonte Wikipédia:

    “A região brasileira com o maior número proporcional de negros na população é a Região Nordeste, sendo o Estado da Bahia aquele com a maior proporção de negros na população, com 14,4% de pretos e 64,4% de pardos. O Estado de Santa Catarina é o que tem a mais baixa proporção de negros e pardos no Brasil, que, somados, são 11,7% da população.”

  • Branca diz: 26 de setembro de 2011

    Acho q boca dos negros delícia demais, fiquei com um negro só até hoje, mas se tem uma coisa q me lembro é da boca macia, hehe. NENHUM branco tem igual. Acho que eles tem um quê a mais…

  • collins diz: 26 de setembro de 2011

    É uma pena que a maioria dos comentários seja uma pequena amostra de o quão racista, machista e desinformada é nossa sociedade. É interessante ver o quanto os homens confundem elogio com racismo e infelizmente mulheres também. É uma pena que no Brasil ainda vinguem essas idéias de “minha raça é…”, grande parte do mundo já usa a expressão “grupo étnico” no lugar de raça. Fazer o quê? É normal em nossos dias atacar a razão com frases como “feministas vão ler outra coisa em vez de achar pelo em ovo” ou “As feministas de plantão tambem. São recalcadas e mal amadas. Procurem seus espaços. Que não é aqui.” ou ainda comentários como você é chato e politicamente correto.

    Em primeiro lugar, Marcelo e Dinho que disseram essas besteiras sobre feminismo: é por causa desse movimento que vocês parecem depreciar que hoje as mulheres podem exercer o sufrágio, ou seja, por causa delas suas mulheres ou suas mães podem votar no dia das eleições. É por causa de lutas feministas desde os anos 60 que aconteceram movimentos importantes como a libertação sexual da mulher. Se hoje muitas mulheres discutem sobre sexo abertamente é por causa de mulheres que queimaram sutiãs e exigiram o direito a métodos contraceptivos. Informem-se mais sobre feminismo antes de ” mandá-las” lerem outras coisas.
    Procure você ler algum livro dessas mulheres que você Marcelo pede para não achar “pelo em ovo”. Já ouviu falar de Simone de Beauvoir? Betty Freidan? Ou a brasileira Pagu? Isso são só alguns nomes entre muitos.

    Por isso respeitem a luta de quem é contra idéias pré-estabelecidas sobre “o que é uma mulher” Procurem se informar sobre um tal de Marquês de Condorcet que foi morto em 1784 por defender que as mulheres e os homens poderiam estudar em turmas mistas tendo direito a mesma educação. Foram essas idéias feministas
    que inspiraram uma jovem estilista chamada Coco Chanel a criar roupas que deixassem as mulheres à vontade; foi essa estilista feminsta que criou a idéia de
    roupas mais confortáveis para as mulheres, em lugar de apenas vestidos de baile.

    Se suas mães, mulheres ou filhas foram ou irão à escola, se elas podem ou não escolher transar com camisinha, foi por causa desse movimento chamado feminista sobre o qual vocês parecem nada saber para desrespeitar desse jeito.

    Aliás, não sabia que você Dinho é responsável pela liberdade de expressão das mulheres, para dizer o que se deve ou não se deve comentar. Penso que esse Blog é democratico – a liberdade de expressão é um dos valores defendidos pelo Grupo RBS ou me engano? Por isso se acalme antes de “mandar” a mulher procurar seus espaços. Podes nos dizer onde é? Sobre chamar feministas de “recalcadas” e “mal amadas”, são ofensas tão clichês e machistas que nem merecem comentário.

    O Blog pode ser abertamentamente machista e sutilmente racista, mas eu não sou covarde e tampouco ignorante para deixar isso passar porque é um Blog sobre sexo e tudo deve valer. Na minha opinião o post foi racista e digo isso com toda calma do mundo, acostumado a ver barbaridades travestistas de elogio. Escrevo isso para aqueles que compreendem esses argumentos colocados em bases racionais. Para aqueles que acham isso bobagem sem problemas, suas idéias ainda não passaram pelo século XX.

    Publique isso se tiver coragem e se seu blog for realmente democrático.

  • Deise diz: 26 de setembro de 2011

    Não acho que é preconceito oque está escrito no post.Homen só sabe falar de sexo, tudo para eles é sexo então a maneira que eles tem para elogiar uma mulher é falando de sexo.
    A unica maneira de acabar com qualquer preconceito é as pessoas pararem de agir como vitimas. Como diz um ditado “quem se rasteja não pode reclamar que é pisoteado”.

  • edu diz: 28 de setembro de 2011

    juliano:
    Disse tudo cara,embora eu só discorde do gosto musical,prefiro um “vanerão”(hehehehe)
    Acho que o preconceito está na cabeça das pessoas,não se pode falar em negros que é “racista”.Não se pode falar em gays que é “homofóbico”…
    Essa palhaçada que eu não sei quem foi que inventou de AFRODESCENDENTE é ridícula.Ah párem com isso!Negão é negão e tem que ter muito orgulho de pertencer a raça mais batalhadora,que ajudou a construir um pais e lutou junto com nossos Farroupilhas!
    Sou branco,mas minha avó materna era negra,tenho primos de sangue negros e amo todos eles e me orgulho muito de ter essa descendência.

  • danilo love diz: 28 de setembro de 2011

    Esse texto demonstra a verdadeira mulher negra como se diz que já se lambuzou com chocolate nunca esquece bem não tive cinco namoradas negras, mas fui casado com uma e tive relacionamento com outras, mas nesse TEXTO fez lembra das curvas do sorriso da mão da unhas da minha antiga esposa dessa vez sem raiva e sem rancor muito legal texto e bem o cara escreveu usou as palavras certas com malicia, mas sem ser vulgar que mais importante para exaltar essa raça tão linda e tão bela…

  • Gabriela Goudinho diz: 18 de outubro de 2011

    Candi e Elisa:

    À Candi dou as mãos! Sou negra (filha de pai e mãe negros) e brasileira – meu tataravô se casou com uma italiana e os traços finos permaneceram nas gerações seguintes. Estes traços finos em meu rosto levam as pessoas a dizer: ‘Não, você não é negra!’
    An??
    Eles parecem se sentir constrangidos quando eu, tranquilamente os corrijo: sim, sou negra. Este é o termo correto. Assim como você é branca (o).
    Infelizmente a maioria dos negros se ofende com o termo NEGRO e acredita ser uma manifestação racista. O NEGRO É NEGRO, COMO O BRANCO É BRANCO, O JAPONÊS É JAPONÊS etc.
    Então, vemos o primeiro erro aqui: o tema em questão é sexualidade. E ponto final. No entanto, vários ‘eurodescentes’ vomitam infelizes comentários que, denunciam o racismo e a hipocrisia escondidos sob uma máscara!!
    Por que ninguém teve coragem de assumir o seu racismo??
    Por que percebo olhares atravessados quando passeio com meu marido branco??
    Por que algumas pessoas deixaram de contratar meus serviços de advocacia quando cruzaram a porta da minha sala??
    A sociedade é racista sim e, não tem coragem de assumir porque quer manter ‘a ficha limpa’.
    Pouco importa o termo: negro ou afrodescendente. Ninguém jamais será processado e preso por fazer simples menção a eles. O que caracteriza uma conduta racista é a intenção pejorativa.

    Elisa, eu gostaria muito de saber a procedência de tamanha fúria (ou seria inveja?) com relação à nós, mulheres negras??
    Já que você nos aconselha a nos ‘levantar’, eu a aconselho a refazer as séries ginasiais, aonde é ensinada a INTERPRETAÇÃO TEXTUAL. Caso eu esteja equivocada e você já tenha RE-feito, você poderá aprimorar-se na graduação, dedicando algumas horas de leitura afim de saber hermenêutica.
    Mas compreendo a sua limitação. Sendo assim, permita-me desenhar, ops!, explicar a você o que o autor do post disse:
    Vou enumerar para facilitar a compreensão.
    1º) Este post trata de assuntos inerentes à sexualidade;
    2º) Logo, problemas de desigualdades sociais como ascensão da mulher negra, são afastados desta discussão, visto que não é este o assunto em questão;
    3º) A todos nós brasileiros, nos é assegurada constitucionalmente a liberdade de expressão. Claro é, que se a manifestação de opinião ultrapassar os limites penais e ofender a honra de outrem ou tiver conteúdo racista, haverá a devida punição legal.

    Então ele pode sim dizer aqui, sem a menor preocupação, que suas melhores noites de amor lhes foram proporcionadas por várias namoradas negras (ISSO MESMO, ELE DISSE NAMORADAS e não casos de uma noite apenas), porque é um direito dele preferir as negras.

    Eu desconheço os tipos de relacionamento vc está acostumada a ter, por isso falarei das minhas experiências de namoro: Começamos com a aproximação no sentindo de conhecer um ao outro, passamos pela troca de ideias, para verificar se há compatibilidade intelectual, emocional, espiritual, de valores e padrões morais. E o sexo, minha cara, considero precioso demais para ser compartilhado com qualquer um. Logo, é o grand finalle. Tive apenas dois namorados, homens especiais e maravilhosos – cada um à sua maneira e, me renderam dois pedidos de casamento. Você acha mesmo que alguém ousaria amarrar a vida à uma outra, apenas por conta do sexo?? Acho que não. Pelo menos, estes homens que conheci, têm muitos outros critérios de avaliação. Posso afirmar, com absoluta convicção, que meu primeiro namorado ainda sente minha falta. Foi vencido pelo cansaço e só desistiu de tentar reconquistar-me quando ouviu meu ‘SIM’ ao meu marido diante da igreja.
    Sei que sou muito boa em TUDO o que eu faço. Pois faço com amor, zelo e intensidade. Minha carreira, meu casamento, os demais relacionamentos com familiares e amigos, vão muito bem, OBRIGADA! Eu dispenso seus comentários racistas. Sou boa porque me dedico e não em razão da cor da pele. Eu poderia ser loira, ruiva, japonesa, índia, tanto faz, continuaria sendo boa.

    4º) O autor manifestou sua preferência, no sentido de satisfazer-se melhor sexualmente com as mulheres negras. E daí?? Outros aqui disseram que não encontraram melhores que as loiras. E daí?? Todos temos nossas preferências. Há mulheres que preferem homens negros, eu prefiro os morenos bronzeados, e daí???? A preferência não torna ninguém racista.

    Eu, como mulher negra, achei o texto ótimo e de muito bom gosto.
    Falou da sensualidade sem precisar recorrer à vulgaridade, hoje tão estampada nessa sociedade que trata a mulher como mercadoria!
    Falou com erotismo sem perder a classe.
    Eu poderia finalizar e mandar um recado um recado a ele dizendo: É isso aí, querido. Você sabe o que está falando. E sabe mesmo. Dou ênfase ao meu elogio porque faço parte do grupo escolhido para o texto.
    No entanto, se ele substituísse ‘negras’, ‘quadris rijos’, dentre outros, por adjetivos peculiares a outra etnia, eu continuaria elogiando.
    Pouquíssimos homens nos restaram. Homens de verdade, que procuram por mulheres de verdade e as enaltecem como suas musas inspiradoras! Ah que lindo!!
    Ficou muito mais fácil tratar por cachorras, cavalas, dentre outros termos tão chulos.

    Mulheres: sintam-se valorizadas!! E aprendam a se valorizar!! Todas. Se continuarem a ocultar sua feminilidade e expor demasiadamente seus belos bumbuns, não tenham dúvidas: os homens acompanharão seu raciocínio!!
    Homens: aprendam como se faz. Preferem japas? loiras? negras? índias? Isso é particular. E viva a diversidade! Mas quando for falar, fale com propriedade. Com estilo e não vulgarize.

    #ficaadik

  • Gabriela Goudinho diz: 18 de outubro de 2011

    Ao falar sobre as musas inspiradoras, me recordei da “…moça do corpo-dourado do sol de Ipanema…”
    Tom Jobim descreveu com muita elegância esta loira estonteante, sra. Helô Pinheiro, que tinha “…um balançado (quadris) de quase um poema…”
    Digam-me:
    *POR QUÊ ESTE CLÁSSICO DA BOSSA NOVA JAMAIS FOI CONSIDERADO RACISTA?
    PORQUE A MUSA ERA UMA LOIRA??
    *POR QUÊ A MUNDIALMENTE FAMOSA GAROTA DE IPANEMA É ADMIRADA E OBSERVADA SOB TODOS OS ASPECTOS, E NÃO RECEBEU COMENTÁRIOS DO TIPO: “estude mais, querida. Mostre a ao Tom Jobim que vc não é apenas uma bunda?”
    Diferentemente do Tom, o colunista foi praticamente apedrejado, apesar de seguir a mesma linha de raciocínio ao falar do tom da pele, dos quadris… A diferença nesse caso, encontra-se na cor da pele da musa.

    Estou enojada e envergonhada deste país que se auto-denomina ser de TODAS AS CORES.
    NÃO EXISTE NENHUM PURO-SANGUE BRANCO EM TERRAS TUPINIQUINS!!!

  • Amando diz: 24 de outubro de 2011

    Chamar alguém de burro e puxar hermenêutica so porque pensa diferente de você…
    Seja mais educada …Vc absolutiza seus argumentos medido somente na sua experiencia … fica a dica o mundo é mais complexo …

  • Gabriela Goudinho diz: 25 de outubro de 2011

    Leia o comentário ao qual eu fiz a referência e analise quem precisa ser mais educada. Vc só pode produzir opinião sobre determinado fato quando conhece o contexto.

  • Thi diz: 9 de dezembro de 2011

    Eu já transei com 3 mulheres negras e sem sombra de dúvidas elas sabiam o que estava fazendo. É diferrente de transar com uma branca. A pele é diferente, a carne é dura, independente da idade. Parece que as mulheres negras aguentam mais o esforço físico. Assim como os melhores corredores de maratoda são negros. Deve ser coisa da pele, da cor, da melanida.

Envie seu Comentário