Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Hoje é Dia das Bruxas. Como não lembrar dela, a sogra?

31 de outubro de 2011 32

Foto: sxc.hu

Então hoje é o Dia das Bruxas. Pensei muito, juro que tentei lembrar de alguém que fosse tão lembrado neste dia quanto ela. Mesmo. Mas não me veio à memória nenhuma outra palavra a não ser “sogra”! Ela, tão odiada, tão cheia de nomes, tão completa e cheia de si. Tão bruxa.

Capaz de convencer tua mulher de que você está “diferente”. Só porque está quieto, sentado ao sofá, tentando assistir ao seu programa preferido na TV. Mas ela está te enchendo o saco. Quer que você troque para a novela, para o Silvio Santos e seus calouros, o Gugu, Faustão.

E você fica louco da vida porque paga uma exorbitância em televisão por assinatura. Mas tua mulher cai na onda dela e diz “ai, amor, dá uma chance para a mamãe assistir a TV também”. Você sabe que tem de aceitar ou a coisa vai ser ainda pior, afinal, sua mulher entrou na jogada. Clic. Mudou o canal.

Tem aqueles que cometeram a burrada, a infelicidade, a imbecilidade de convidar a velha para morar com o casal. Acabou o silêncio. Se o problema de manter tua mulher quieta por 10 minutos já é enorme — sim, já falamos aqui que têm vezes que queremos ficar quietos — com a sogra, então, é impossível 10 segundos de quietude.

E fala, a megera. Com aquele ar cheia de si, lembra? Quando ela está bordando, séria, você está conversando com sua mulher. Algum assunto polêmico ou importante, ela nem tira os olhos do bordado, mas opina — séria, ainda — com aquela voz de decreto, não de opinião. Na realidade, deveria ser uma opinião, mas tua mulher caiu feito pata e disse “exato”. Danou-se, amigo.

Sexo, então, amigo samba-cancioneiro, é aquele sexo quietinho, com gemidos baixos, respiração contida “para não acordar a mamãe…”. Você está louco para extravasar, ir da sala até o quarto jogando camisa, calça, cueca, meia, calcinha por tudo quanto é lado. Mas não pode. “Mamãe pode ouvir”. “Mamãe ainda não dormiu”. “Mamãe isso”. “Mamãe aquilo”. E o problema da velha ouvir é que ela vai ficar fazendo piadinha no outro dia, tua mulher vai ficar constrangida e vai ficar uma semana sem chegar perto de ti. Beijinho na frente de todo mundo com ela por perto? Bem capaz. Afinal, “não queremos nossa intimidade exposta”, não é mesmo? Com sorte, daqui uma semana você recebe um sexo oral. Básico, mas recebe.

Amigo, parei de escrever. Estou no começo de uma enorme dor no estômago. Lembrar de tudo isso foi complicado. Espero, realmente, que a vida da maioria de vocês não seja assim. Se for, Feliz Dia das Bruxas e coma aquele doce de abóbora por mim. Se não, o parágrafo acima já te dá uma boa dica de o quê fazer hoje à noite.

Comentários (32)

  • lucia diz: 31 de outubro de 2011

    E quando a bruxa é a mãe do homem e inferniza a vida da pobre coitada da mulher ??

  • Daii diz: 31 de outubro de 2011

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  • marina diz: 31 de outubro de 2011

    acho minha sogra uma ótima pessoa, assim como acho que minha mãe tb é uma ótima pessoa… mas, realmente, ter a mãe (qualquer uma delas!!!) morando com o casal, aí sim é pedir para ser infeliz!!!! e não precisa nem ser a mãe: pode ser amigo/amiga, cunhada/cunhado, seja lá quem for que pode puxar a brasa pro assado de um dos lados, e fazer desandar tudo dentro de uma casa!!! essa ligação absurda de algumas pessoas com os pais só revela imaturidade e insegurança com a “vida de adulto”! são pessoas que não conseguem cortar o cordão umbilical e são extremamente infantis… e isso tudo não é culpa exlcusiva da tua sogra, seu johny, mas sim da tua mulher!!!!

  • BEL diz: 31 de outubro de 2011

    Eu tive uma sogra na qual namorei 4 anos o filho dela, ela me conhecia de vista, e poucas conversas ela na janela e eu na calçada, nesse tempo nunca me convidou para ir na casa dela tomar um copo d’agua que fosse, quando passava por mim na calçada virava o rosto para não me cumprimentar, e eu pergunto nunca tive a oportunidade nem de conversar com ela para poder fazer algo que não gostasse então pq me tratava tão mal??? Vai saber, aniversario do filho dela eu não participava pq eu não era da familia eu acho, e assim por diante, Natal, Ano Novo nunca tivemos em familia, não sei como aguentei tanto tempo, sempre achava que cada um era de um jeito e eu tinha que respeitar mas quer saber, que va pro inferno que a carregue ninguém merece ser maltrado por não fazer nada, quer respeito então respeite e hoje sou muito feliz com meu marido uma pessoa que tb me respeita, sim pq aquele traste não me dava a minima pq deixava a mae dele me tratar pior que um cachorro, hoje é tudo diferente aprendi uma grande lição, na minha casa mando eu e se não me tratar bem mando a merda, não passo mais sofrimento na mão de ninguém.k

  • Ronaldo diz: 31 de outubro de 2011

    As noras de hoje serao as sogras de amanha.cuidem o que vam falar……

  • Mari M. diz: 31 de outubro de 2011

    Bem engraçado o post, uma situação dessas ninguém merece.
    Todo casal precisa de privacidade e morar com os pais em geral não deve ser muito bom.
    No meu casamento somos privilegiados, sempre moramos sozinhos e nunca tivemos problemas com sogras. A minha sogra é super querida, nos damos super bem, é uma pessoa super coerente e nunca interfere no nosso casamento, até porque não damos essa liberdade.
    A minha mãe então, é um doce de pessoa, meu marido adora ela, e ela o tem como um filho (muitas vezes defende mais ele do que eu).
    Portanto é possível ter sogras como aliadas, (elas são fundamentais para ficar com as crianças quando queremos sair sozinhos), quando se tem respeito e um bom diálogo, tudo é possível. O casamento é composto por duas pessoas, mas a bagagem (família de ambos) acaba fazendo parte do pacote, portanto, temos que respeitar as pessoas como elas são e procurar o equilíbrio.
    Um abraço a todos!!!!

  • Mister Jhones diz: 31 de outubro de 2011

    eu concordo que isso pode valer para os dois lados (tanto a mãe do homem como da mulher) mas é FATO que a mulher sempre tem uma ligação muito maior com a família.

  • EDU diz: 31 de outubro de 2011

    Para os dois que não entenderam o post:
    Sogra é sogra,não importa se é mãe da mulher ou do marido.O post vale para mulheres e homens,não há necessidade de levar o texto tão à risca.

  • Rafaela diz: 31 de outubro de 2011

    Olha, eu sempre me dei bem com as minhas sogras, até essa ultima,nossa…. Ela é uma mala,sem alça, sem rodinha e ainda carregada de chumbo….Nossa, tudo ela se mete, parece uma criança querendo atenção, mas não trata o filho dela bem, e ele faz tudo por ela,não gosto da minha sogra, e muitas vezes ela ve isso escrito na minha cara… Mas ja tive sogras maravilhosas, não são todas assim.

  • F. Oliveira diz: 31 de outubro de 2011

    Johnny….kkkkkkk estou as gargalhadas, pois vivenciei situação muito parecida, desde que casamos eu minha esposa sempre moramos sozinhos, compramos nossa casa com muito enforço e dedicação antes do casamento, porem em um belo dia tive a oportunidade de ser transferido para outra cidade (Florianópolis), para um cargo melhor e é aí que a COBRA TORCE O RABO!!!!
    Mudamos eu e minha esposa e meu filho pequeno 1 ano, para a ilha da magia, e tudo corria a mil maravilhas, até que em um belo dia !!!
    Noticias de que a SOGRA VÉIA, não ia muito bem em Porto Alegre, eu e minha esposa conversamos bastante sobre o assunto e eis que a minha excelentissima tem uma brilhante idéia!!! que eu tanto temia, e se a mamãe vier passar uns tempos aqui conosco? Yo no creo en las Brujas, pero que las hay, las hay!!!
    Relutei no inicio, porem vendo a tristeza da minha esposa acabei por ceder, e a Bruxa veia venho morrar conosco, não preciso dizer mais nada né?
    A programação da TV, ou o controle da tv não era mais meu, sexo, nossa somente o basicão!!! e sem barulhos exatamente como descrito no texto!!!!
    “Bom para encurtar o relato”, como já diria Jayme Caetano Braum, após 2 anos tive a oportunidade de nova tranferência para Porto Alegre e não pensei, duas vezes!!!! Viemos embora, pois em Porto a Bruxa véia, tem moradia própria!!!
    Agora recebemos apenas visitas. e se Deus permitir nunca mais quero morar com bruxa véia nenhuma!!!! e tenho dito

  • Carlitos.. diz: 31 de outubro de 2011

    Gostei do post do Ronaldo. As noras de hj serão as sogras de amanhã.!.
    Baita frase..
    E quanto a todas as sogra que ja tive, muito obrigado por terem tido filhas lindas e terem me tratado tão bem.
    as minhas futuras sogras, me aguardem, com pizza e batata frita.
    hahahaha

  • ju diz: 31 de outubro de 2011

    e quando a bruxa é a insuportavél da cunhada? oque fazer? aturar para não gerar conflitos ou falar tudo que esta entalado? tenho uma que meu deus é pior que todas as sogras juntas…rsrsr

  • Dani diz: 31 de outubro de 2011

    Eu adoro a minha sogra, ela é como minha segundsa mãe, me trata super bem, me respeita e me ouve mais do que ao filho dela.. hahaha. E meu namorado também não tem do que reclamar, minha mãe o trata como um filho.. Nesse dia das bruxas é mais fácil eu lembrar da minha chefe.. Ela sim que é uma verdadeira bruxa… hahaha

  • ze toto diz: 31 de outubro de 2011

    a minha é a Sula………nhiiiiiiiiiiiiiiuuuuuuuuuuuuuu

  • ze toto diz: 31 de outubro de 2011

    a minha é a Sulaaaaaaaaaaa………..

  • ze toto diz: 31 de outubro de 2011

    a minha é a Sulaaaaaaaaaaaaaa

  • PAULÃO diz: 31 de outubro de 2011

    Traça a Sogra que fica tudo bem.

  • Val Cavalheiro diz: 31 de outubro de 2011

    Achei bem legal o post, mas acho que não podemos generalizar as sogras, a minha é uma pessoa mto, mto querida e amável, que me trata como filha.
    A boa convivência com ela sempre se deu por respeito de ambas as partes, inclusive morei na casa dela e nunca tivemos atritos.
    Um abraço ao pessoal do blog e aos leitores.

  • Bibi diz: 31 de outubro de 2011

    A minha sogra é a presidente do clube das bruxas, já aprontou todo o tipo de atrocidade….

  • Bruna diz: 31 de outubro de 2011

    Como diz o bom e velho ditado..a mellhor distancia de morar com a sogra é aquela que ela não more perto que venha de pantufas e nem longe que vá de malas hehe.

  • Edu diz: 31 de outubro de 2011

    Sogra é quem cerveja,,..
    ** só gelada em cima da mesa !!! kkk
    Sogra boa é da minha esposa!!!!
    como diz o Paulinho Mixaria:
    sogra é que nem trator.. só serve pra trabalhar, pra passear não da certo..
    rsrsrssr

  • Carlos diz: 31 de outubro de 2011

    Eu não tenho tanta sorte quanto a minha sogra. Tento e não consigo matar a velha, ela consegue me tirar do sério sempre, já avisei a minha mulher que quando a mãe dela morrer vou festejar em uma churrascaria e na lápide vou colocar a seguinte frase:
    “Espero que seja recebida com a mesma festa que eu a envio”.

  • Liny diz: 31 de outubro de 2011

    Hoje tenho dois motivos pra lembrar da “bruxa” da minha sogra.
    1º Pelo Ilustríssimo “Dia das Sogras”, ops, digo “Dia das Bruxas”…hehehehe
    2º Hoje é aniversário dela.
    Apesar de chamar ela de bruxa, jararaca, entre outras coisas…..Eu Amo D+ a Minha Amiga, a minha sogra!!

    Sogrinha querida, FELIZ ANIVERSÁRIO…FELICIDADES!

  • Morena diz: 31 de outubro de 2011

    Carlos…amei!!!Posso copiar na lápide da minha????? Namoro a 7 anos e ala se faz de boazinha, mas lá no fundo só quer governar a vida alheia e quando não consegue cai de cama doente…pura manipulação!!!Tem que ter paciencia pra não mandar pros quinto dos infernos!!!

  • João Tchê! diz: 31 de outubro de 2011

    Tchê!

    Quando namorei minha mulher, minha sogra disse – Logo esse!

    Quando comprei nossa casa, disse: – Aqui?!?

    Quando pintei a casa: Dessa cor?!?

    Quando faço churrasco: Maminha, adoro costela!!!!

    Quando abro uma cerveja, diz: De novo!

    Quando faço tudo de um jeito que ninguém vai reclamar: O que tu ta aprontando???

    Não dá!

    Sogra é um mal necessário, todos tem mãe…

    Eu adoro a minha sogra, quando esta na casa de minha cunhada, de meu cunhado…

    Adoro ela na casa dela!

    Att,

    João Tchê!

  • Patricia diz: 31 de outubro de 2011

    Lembro da sogra e da madrasta(aquela q o diabo arrasta)..duplinha intragável….

  • May diz: 31 de outubro de 2011

    HAHAHAHHAA
    Ri muuuito!

  • Tatá diz: 31 de outubro de 2011

    Queria uma sogra igual a minha mãe…

  • Mana diz: 31 de outubro de 2011

    Caros, sei que muitas sogras são realmente umas bruuuxas. Mas como leitora assídua do blog, quero registrar aqui meu relato sobre as duas excessões a esta regra que eu convivo.
    1) Moro com minha EX-SOGRA, isso mesmo, não sou mais casada com o filho dela, e EU moro na casa dela, só eu e ela, uma fazendo companhia para a outra, rimos, choramos, trocamos segredinhos, como duas grannnndes amigas. Ela tem os defeitos dela e eu os meus, mas vivemos em muita paz. Ela cuida de mim como uma filha e eu tenho muuito carinho por ela. Não digam que eh porque quero voltar p filho dela, pq não, Nós nos separamos há um ano, e ele ja faleceu.
    2) Minha mãe e meu Ex-cunhado: ele dorme quase todos os dias na casa da minha mãe, e ela faz questão de arrumar a cama pra ele. Trata-o como um filho. E ninguém acha q ele e minha irmã vão voltar, não. Ele simplesmente é da família.

    Ontem reunião de familia no almoço, minha sogra e ele junto.

    Sei que somos excessões…. mas existe!
    Abraço! adoooro o blog!

  • Jéssica diz: 31 de outubro de 2011

    Isso de sogra é muito relativo, a Última que tive era ótima, e lamenta até hj o fato do filho dela ter feito tudo que fez. E minha mãe tbm, ela e meus ex-s até hoje se falam em determinadas datas, por exemplo, aniversários, natais.
    Mas acho que isso também é uma questão de geração, minha mãe tem 40 anos, é super jovem e ainda faz festa, faz sexo casual, também desce de carros desconhecidos e tem pânico de pensar em morar com alguem…
    E se tratando de colaborar minha mãe ajuda, me indica Moteis, vamos a Sexshop juntas e trocamos experiências, ela é maravilhosa e solteiríssima ( e as vezes faz um remember com meu pai, um homem hj casado) por isso meus amigos… há sogras e sogra…

  • Renata diz: 31 de outubro de 2011

    O engraçado é ver que só as mulheres elogiaram suas sogras e as sogras dos maridos (ou seja, suas próprias mães)… E os homens? haha

  • ROBERTA V diz: 2 de novembro de 2011

    COM O TEMPO APRENDI A GOSTAR DA MINHA E HOJE JA FALECIDA TENHO ATE SAUDADES DELA ….DO TEMPO QUER A GENTE TOMAVA CHIMARRÃO E TUDO.TUDO É QUESTÃO DE APRENDER A ENTENDER AS PESSOAS SUAS HISTORIAS.

Envie seu Comentário