Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 15 novembro 2011

Pergunte aos Cuecas: o que fazer quando se está casada e o marido não desperta mais o tesão de antes?

15 de novembro de 2011 43

Foto: sxc.hu

Algo comum que acontece: os homens quando não querem mais aparecem com a desculpinha do trabalho, vão sumindo aos poucos e, se pressionados, aparece o papo de quero ficar solteiro, preciso de um tempo pra mim, acabei de sair de um relacionamento… enfim, todas aqueles desculpinhas default. Por que??

Olha, Dé, nunca apliquei esse golpe do “preciso de um tempo para mim”… Mas acredito que é por um único motivo: ele não quer mais, mas quer cultivar algo bom, quer manter um relacionamento de amizade com você. Quem sabe até amizade-colorida. Se ele disser “deu, chega, não aguento mais você” a coisa muda de figura, não? Você terá certeza de que o problema é com você. Se for a “desculpa default”, a mulher ainda pode pensar “ele está confuso”, quem sabe um dia a gente volte. Lendo parece simples, né? Abração

Olá, meus queridos. Muito se fala, aqui neste blog, sobre levar o parceiro à loucura, certo?! Então por favor, me digam, quais são as táticas infalíveis para levar o meu parceiro loucura?
Juju
Querida, Juju. Eu não conheço seu parceiro, não quero conhecer e muito menos levá-lo à loucura. Sai para lá… Vamos falar por mim, então: para me levar à loucura, não pode ser rápido, tem de ter muita preliminar, não pode ter frescura, tem de gostar de sexo, apertar, morder, beijar MUITO, com MUITA língua, MUITA vontade. Agarrar meu cabelo. Falar que estou agradando, porque sentir que estou agradando é “bem fácil”. Enfim, algumas coisinhas mais, mas que daí ficaria fácil demais para você aplicar com teu(s) parceiro(s). A dica infalível: desencane e aproveite o sexo. Ir à loucura é questão de tempo… Abração

Olá! Há um tempo que venho refletindo e pensando sobre manter uma relação com um travesti. Sou casado e tenho um casal de filhos. Um domingo desses, um tédio total, estava eu lendo cada linha, cada página do jornal e de repente me deparo com os famosos anúncios das garotas, garotos e travestis que são feitos nos jornais. Fiquei curioso e procurei na internet os endereços anunciados. E assim foram uns seis meses nessa procura, despertando o interesse em fazer um programa diferente. Há uns 2 meses atrás marquei e fui matar minha curiosidade. Pergunto a você: você manteria uma relação com um travesti? P.S.: Se não ficou claro para alguns, eu fui ativo e passivo nessa relação com o travesti.
Arthur
Complicado, hein, Arthur? Cara, a curiosidade matou o gato, não é mesmo? No seu caso, acho que você encontrou o que te satisfaz e, querendo ou não, você “saiu do armário”, como gostam de dizer. Se o relacionamento com travesti não lhe sai da cabeça, acho que você tem de conversar com sua esposa, com seus filhos, e jogar limpo. Eu não tenho interesse em travestis e não me relacionaria com um. Mas como você é casado, aconselho duas coisas: primeiro, use camisinha SEMPRE! Lembre que a vida é tua e faz o que bem entender, mas como você mantém relações com sua mulher, a vida dela é dela e você deve ter, no mínimo, um cuidado especial para não contrair possíveis DSTs. A partir do sexo seguro, manda ver. E seja feliz.

Vim para parabenizá-los pelo blog, dizer que sempre que posso dou uma passadinha por aqui e deixo minha opinião. Bom, eu não tenho exatamente uma pergunta, e sim o que seria mais um assunto pra ser debatido entre o pessoal. Tenho 23 anos e me casei aos 20, apesar de estar com esta pessoa desde os meus 19. Ele hoje está com 39, portanto há quatro anos atras estava com 35. Hoje temos um filho, o primeiro de ambos e na época em que o escolhi para ser meu parceiro por talvez toda a vida, fui questionada por amigos, colegas e parentes sobre essa diferença de idade de 16 anos. Quero saber o que o pessoal acha desse lance, da diferença de idade, tanto para o homem quanto para a mulher. Beijão pessoal, valeu.
ana
Ana, querida, escrevemos sobre isso há uns dias atrás. Coincidência, não? Passa lá e dá uma olhada nos comentários da turma e no texto que escrevemos. Se não te ajudar, volta aqui e deixa teu e-mail que mandamos direto para você, ok? Abração

Tenho acompanhado assiduamente e blog e tenho percebido que o pessoal realmente é muito critico e as opiniões são muito variadas. Sou casado há 11 anos, vivaa um casamento um tanto conturbado, aí eu tive a infelicidade de trair minha esposa com uma ex-namorada da qual ela tinha muito ciúmes. Como eu percebi a mancada que dei, fui sincero e um tempo depois contei a ela. Obviamente nosso casamento ficou por um fio. Desde então muita coisa aconteceu, nossa filha nasceu e aparentemente estava tudo bem. Mas há alguns dias minha esposa cruzou com a tal ex na rua. Depois desse dia foi uma briga só. Não quero que a história que construí com minha esposa e filha termine assim.
Casado
Meu amigo Casado. Você foi sincero, claro. Mas deu uma mancada. Ela também foi sincera e disse que tentaria superar. Mas também deu uma mancada. Por quê? Pelo fato de que não conseguiria esquecer o fato e achou que poderia. Mesmo com o casamento por um fio, tiveram um filho. E agora a coisa complica ainda mais, porque não são apenas vocês dois. A criança, que não tem nada a ver com a história, virou vítima. Sugestão: converse de uma vez por todas com sua mulher. Ou vai ou racha, sabe? Diga a ela que é hora da maturidade e de apagar os problemas do passado. Se isso não for possível, pense na melhor maneira de resolver. Pela filha de vocês. Espero que consigam. Abraços.

Oi Samba- cancioneiros, tive um relacionamento de 2 anos e 8 meses. Durante esse tempo, brigamos muito, fui traída, a família dele ficou contra mim e muitas coisas ruins aconteceram… Mas não conseguíamos terminar nunca, estavamos comprando casa e tudo, iríamos casar em 2010 e terminamos em julho de 2009 quando finalmente não tínhamos vontade nem de brigar mais. Mas tivemos recaídas e um dia desses ele começou a me ligar. Mas ele está casado. Nós não nos amamos, mas amamos o sexo um do outro. O que faço? Quero muito encontrar ele mais vezes mas é totalmente contra minha pessoa ter este tipo de relacionamento.
CADÊ MEUS PRINCIPIOS DE BOA MOÇA??
Assim, amiga. Você mesmo já definiu a situação: se é contra teus princípios, pare de encontrá-lo. Sexo, por sexo, você encontra em qualquer lugar. E aposto que outro homem conseguirá te levar à loucura como ele. Basta você deixar tua vida seguir adiante e parar com essas escapadas. É simples, amiga. Só que tem de ter força de vontade. Espero que você consiga.

Estou em um relacionamento que dura cinco anos, moramos juntos há dois. Nosso relacionamento é fantástico, porém, na cama, perdi o tesão há mais ou menos um ano! Ele é carinhoso, se esforça, mas o problema é comigo! Já tentei comprar fantasias e tudo mais que um bom sex shop oferece… ele enlouquece quando tentamos coisas diferentes mas eu não consigo chegar lá. Esse problema não ocorre somente comigo, pois divido esta história com algumas amigas e elas se identificam. Então fica a pergunta: o que nós mulheres devemos fazer para voltar a ter prazer com nossos parceiros?
Priscila M
Você já experimentou conversar com ele sobre isso? Dizer para ele que está com falta de tesão? Priscila M, o principal problema para a satisfação sexual é não se conhecer. E, o que é pior, não compartilhar com quem te dá o prazer. Se você compartilha e discute sobre isso com suas amigas, por que não fazer com ele também? Como você “parece” sempre a fim, talvez ele não tenha se ligado que a coisa está básica ou que não está tudo as mil maravilhas. Imagina se ele compartilha com os amigos “nossa, minha mulher é uma máquina, morre de tesão e blábláblá”. Tudo é questão de conversar, Priscila M. E, quem sabe, fazer coisas diferentes, além do que vocês já fizeram. Espero que vocês consigam se dar bem. Abração.