clicRBS
Nova busca - outros

páscoa

22 abr15:53

Com 22 mortes em acidentes, feriadão de Páscoa já é o mais violento do ano no RS

Zero Hora

A 22ª vítima do trânsito gaúcho neste feriadão é o menino Carlos Miguel Mesnerowicz, de 11 anos, que morreu atropelado na RST-480, no km 20, em Erval Grande, no norte do Estado. Com essa morte, o feriado já se tornou o mais violento do ano, superando o total de vítimas do Carnaval e Ano Novo, que acumularam 20 e 10 mortos, respectivamente (veja abaixo).

Segundo a Brigada Militar (BM), o menino foi atingido por um automóvel Polo, ao tentar atravessar a via, por volta das 9h de hoje. Ele estava colhendo macela com o pai, às margens da rodovia. O motorista prestou socorro, mas Carlos Miguel não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O corpo foi encaminhado ao Posto Médico Legal de Erechim.

Deste total de 22 vítimas em 48 horas no feriadão, foram sete mortes em rodovias estaduais, 13 em federais e duas em zona urbana. O levantamento é realizado por Zero Hora e Rádio Gaúcha.

Bookmark and Share
Comente aqui
22 abr12:32

Família morta em acidente no Vale do Rio Pardo comprou carro um dia antes de viagem

Guilherme Mazui e Letícia Barbieri, Zero Hora

família de São Leopoldo morta em um acidente na tarde desta quarta-feira em Candelária, no Vale do Rio Pardo, fazia a primeira viagem com o Escort modelo 1988. Motivo de orgulho dos Cavalheiro, o veículo foi comprado um dia antes do passeio, interrompido pouco antes das 15h do km 7 da ERS-400.

Condutor do carro, Alberi Santos Cavalheiro, 43 anos, teria perdido o controle do veículo próximo de uma ponte. Conforme a Brigada Militar, saiu da pista, acertou uma árvore e desceu um barranco. Além dele, morreram sua filha Paloma, 12 anos, o filho Flávio, 22 anos, e a nora Bianca Terres Rodrigues, 18 anos. Esposa de Alberi, Maria Loreci, 39 anos, foi a única sobrevivente, internada no hospital de Candelária em estado regular.

Antes da partida em São Leopoldo, por volta das 8h, o Escort se recusava a dar a partida: vizinhos e familiares ajudaram a empurrar o veículo. Só então a família conseguiu deixar a residência no bairro Duque de Caxias e seguir para Lagoão, cidade natal onde visitaria pais, irmãos e amigos. Eles retornariam no domingo.

Segundo vizinhos, com o turno de trabalho até tarde da noite , o cansaço de pai e filho — ambos industriários — já preocupava a família. Sobrinho de Cavalheiro, Jailson Santos, 24 anos, se perguntava o quanto o sono não teria contribuído para a tragédia.

— Eles me convidaram três vezes para ir junto, mas eu estava com uma sensação ruim e preferi ficar. Eles conheciam bem o trajeto, cada feriado eles aproveitavam para ir — conta Santos.

O acidente mobilizou familiares e amigos dos Cavalheiro nas duas extremidades do roteiro, a fim de providenciar os serviços fúnebres. Até as 20h, os familiares ainda não haviam decidido os locais dos velórios e sepultamentos. Os corpos foram encaminhados para a unidade do Departamento Médico-Legal (DML) de Santa Cruz do Sul.

Conheça o perfil das vítimas

A mãe: Maria Loreci Cavalheiro, 39 anos, foi a única passageira do Escort que sobreviveu ao acidente. Ela foi internada no Hospital de Candelária, sem risco de morte. Dona de casa ela seguia com a família para visitar os pais e irmãos em Lagoão.

O pai: Alberi Santos Cavalheiro, 43 anos, era industriário. Trabalhava em uma empresa fabricante de borrachas, em Novo Hamburgo. Andava contente e contando aos amigos que tinha uma promoção em vista no trabalho, seria o líder da equipe. Costumava chegar tarde em casa, após os turnos de trabalho até a noite.

O filho: Flávio Jeferson Cavalheiro, 22 anos, era indústriário como o pai também trabalhava em uma fábrica de borrachas, em São Leopoldo, no turno da noite. Com a ajuda do pai conseguiu comprar uma Saveiro, o carro do qual se orgulhava mas que ficou na garagem por dar espaço apenas para duas pessoas. Morava no mesmo terreno que os pais, em uma casa separada, construída para ele e a companheira Bianca Rodrigues que morreu no acidente.

A nora: Bianca Terres Rodrigues, 18 anos. Companheira de Flávio, a jovem cuidava de crianças da vizinhança na companhia da sogra, Maria Loreci.

A filha: Paloma Cavalheiro, 12 anos, era estudante da 6ª série da Escola Estadual Helena Câmara, no mesmo bairro onde morava, o Duque de Caxias, de São Leopoldo. Muito apegada à mãe, vivia da escola para casa e de casa para a escola. Descrita por vizinhos e familiares como uma garota muito estudiosa.

Bookmark and Share
Comente aqui
21 abr15:43

Missa da Santa Ceia relembra a cerimônia de lava pés

Dentro da programação da Semana Santa da Catedral São João Batista, garis participarão da cerimônia do lava pés. De acordo com a tradição, durante a Santa Ceia, Jesus, em um ato que simboliza a humildade, lavou os pés de todos os apóstolos.

Durante a Missa da Santa Ceia, na Catedral, o bispo dom Canísio Klaus repetirá o gesto do Messias. No lugar os apóstolos, garis, que trabalham em Santa Cruz terão seus pés limpos pelo religioso.

A Missa tem início às 19h desta quinta-feira. Mais cedo, às 16h, tem lugar a Missa para os idosos, também na Catedral São João Batista.

Bookmark and Share
Comente aqui
20 abr11:44

Começa a 18ª Feira do Peixe

Para ajudar a manter a tradição da Semana Santa de consumo saudável de peixe, a Prefeitura de Santa Cruz do Sul, através da Secretaria Municipal de Agricultura, deu inicio nesta quarta-feira, 20, a 18ª Feira do Peixe, que acontece nos cinco pontos de feiras do município (Centro, Oktoberfest, Esmeralda, Senai e Arroio Grande).

Na abertura do evento, realizada na feira rural do Centro, o Secretário de Agricultura, Ademir Santin, disse que o objetivo desta feira é proporcionar à população produtos de qualidade, de origem confiável, frescos e, principalmente, com preços acessíveis.

Ele também explicou que para os os produtores esta é uma boa oportunidade de comercializar seus produtos mais facilmente, agregando mais renda e aumentando a diversificação de culturas. – Além das feiras, pretendemos incluir o peixe no cardápio da merenda escolar municipal – confirmou Santin.

A Prefeita Kelly Moraes esteve presente, parabenizou os produtores pela qualidade do pescado ofertado a comunidade e desejou boas vendas aos piscicultores. Ela citou a disponibilidade da administração municipal em trabalhar a diversificação e oferecer mais uma possibilidade de renda aos agricultores.

Kelly Moraes adiantou que novos projetos para aberturas de açudes estão sendo feitos, colaborando no crescimento da piscicultura em Santa Cruz. – Desta forma o interior nos mostra aquilo que tem de bom e garantimos uma alimentação mais saudável a população – disse.

Estão sendo ofertadas quatro espécies de peixe tipo carpa: Capim, Húngara, Cabeça Grande e Prateada.Devem ser comercializadas cerca de 15 toneladas de peixe nestes dois dias de feira.

As carpas serão vendidas a R$ 8,00 o quilo da Capim e R$ 7,00 o quilo das demais variedades. A comercialização para a população ocorre quarta e quinta-feira, no horário das 9 até as 19 horas, sem fechar ao meio dia.

Bookmark and Share
Comente aqui
20 abr09:30

Na Sexta-feira Santa, fiéis promovem caminhada

Na sexta-feira da paixão, 22, fiéis mostram sua devoção com uma caminhada. A Comunidade Católica São Luís do Monte Verde e a comunidade Nossa Senhora do Carmo da Margarida promovem a 4º Caminhada da Paixão de Cristo ao Morro da Cruz a partir das 17h.

O trajeto começa em frente a Catedral São João Batista segue pelas ruas Ramiro Barcelos,Thomas Flores, Rua do Moinho, Henrique Schuster, Arlindo Kothe, Gerfredo Peccati, Lotário Bartholomay, Lotário Hauser, Edmundo Baumhardt, Av. D. Guilherme Muller, Louro e Guatambu. O encerramento será no Parque da Santa Cruz do Monte Verde.

Bookmark and Share
Comente aqui
19 abr15:03

Feira do peixe movimenta consumidores de Sinimbu

Na Semana Santa, por tradição, as pessoas aumentam o consumo de peixe em suas refeições. Iniciou na manhã desta terça-feira, 19, e continua amanhã até o final do dia, a Feira do Peixe, junto à banca da Feira Rural. No local os consumidores poderão encontrar peixe in natura ao preço de R$ 6,00 o quilo.

Esta manhã, a procura já era grande e a expectativa que o movimento aumente até o fim da comercialização nesta quarta-feira. Segundo o secretário da agricultura, Indústria, Comércio e Meio Ambiente e vice-prefeito, Vanderlei Fredrich, a meta é vender em torno de 2,5 toneladas de peixes.

- Ainda carecemos de uma maior participação de produção própria. Queremos estimular cada vez mais os produtores, mas para isso é importante que eles venham participar, já que existe demanda do consumidor – salienta Fredrich.

Bookmark and Share
Comente aqui
19 abr09:05

Unisc promove ação de páscoa no campus de Santa Cruz

Em comemoração a semana de páscoa, a Universidade de Santa Cruz (Unisc) realiza nesta terça-feira, dia 19 de abril, uma ação de integração entre os alunos da Instituição. A atividade consiste na distribuição de 20 ninhos com ovos de páscoa contendo um bilhete com um código pelas dependências do campus de Santa Cruz.

Os primeiros nichos já foram encontrados

Quem encontrar o ninho terá que identificar a outra pessoa com o mesmo código para, assim, ganhar uma cesta de páscoa com chocolates, além de brindes da Unisc. Para isso, poderá utilizar todos os meios de comunicação possíveis como e-mail, twitter, orkut, facebook, radio, TV etc.

Os participantes também poderão acessar o site www.unisc.br/pascoaunisc para saber quem também está procurando pelo código complementar através do twitter, com a hastag #pascoaunisc.

Bookmark and Share
Comente aqui