Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Céu e inferno

11 de outubro de 2013 0

Vaguei um século improficuamente pelas monotonias siderais e afinal, com minha alma atônita com esse passeio quase exasperante, encontrei, num cantinho de encontro entre planetas, a Virgem Santíssima, a Maria concebida sem pecado, que me pegou pela mão e me levou até o Céu, colocando-me à mão direita de Deus Pai, onde vou repousar triunfalmente para toda a eternidade.

***

Por sinal, fazendo um encontro com minha consciência, pergunto-me: “Merecerei o Céu?”.

Ou então me pergunto perplexamente: “Ou merecerei o inferno?”.

Sendo um isento juiz das minhas boas ações e dos meus pecados, eu me conformaria com um estágio no Purgatório com traslado posterior para o Céu.

E se eu for para o Céu e lá me encontrar com as pessoas queridas? Será que não sentirei falta e piedade das pessoas queridas que foram parar no inferno e no Purgatório?

Será que quem vai para o Céu não tem o direito de, de vez em quando, dar uma chegadinha no Inferno e no Purgatório? Só para uma olhadinha de como as coisas vão por lá e assim valorizar ainda mais o Céu?

Acho boa essa ideia de Céu, Inferno e Purgatório que nos transmite a Bíblia, só me permitiria colocar uma emenda nela: que a estada nesses três lugares não fosse eterna, que deveríamos fazer um percurso rotatório nesse triângulo.

Porque acredito que nenhuma pessoa que seja tão má na Terra possa merecer o fogo eterno dos infernos.

E qualquer pessoa que tenha sido mesmo santa na Terra, em algum momento, há de ter cometido os seus pecados.

 

Envie seu Comentário