Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sem contrato antecipado

25 de novembro de 2013 2

Em que encrenca meteu-se o Grêmio, hein? Depois de falha atuação contra a Ponte Preta repleta de reservas, o Grêmio tem de ganhar obrigatoriamente do Goiás no fim de semana próximo e, olhe lá, mesmo assim não se garantirá ainda para a Libertadores quente do ano que vem.
O time do Grêmio não treina coletivamente há cinco meses. Na semana passada, o Grêmio teve folga de sete dias entre um jogo e outro. Ainda assim, não treinou coletivamente e nem vai treinar nesta semana, quando tem mais sete dias de folga.
O Grêmio é um time que não treina, portanto. Ou melhor, não sabe treinar.
Não sei se haverá alguém no Grêmio que possa ensinar o Kleber a não reclamar dos árbitros e a ensinar ao Barcos que calibre seus chutes de canhota.
Andou muito bem o presidente Fábio Koff quando não renovou antecipadamente o contrato de Renato. Primeiro, precisa o Renato se classificar para a Libertadores. Pelo contrário, se o Renato não classificar o Grêmio para a Libertadores e o clube tiver já renovado o seu contrato com antecipação, o que fará o Grêmio com um Renato de contrato renovado e sem lugar na Libertadores?
Nada, rigorosamente nada.
Então, fica assim: Renato só permanece no Grêmio se o clube disputar a Libertadores em 2014.
Fora disso, nada feito.

Comentários (2)

  • elio miguel diz: 26 de novembro de 2013

    Prefiro o Grêmio fora da Libertadores a ter que aturar Reanto por mais um ano.

  • Aléxis diz: 27 de novembro de 2013

    Sinceramente, eu não sei até onde é bom o Grêmio classificar pra Libertadores. Isso iria atrasar mudanças q acho fundamentais para o clube.

    Tenho quase certeza q o time perderia a competição e 2014 seria um novo 2013, com todos os ingredientes q nos acostumamos nos últimos tantos anos.

    Oq eu faria a partir do ano q vem, seria uma renovação geral.

    > Negociar jogadores caros e “negociáveis”,
    > liberar jogadores caros q tem contrato terminando para procurar clube
    > apostar fortemente nas categorias de base.
    > Mudar o treinador tb e colocaria um com este mesmo perfil: Roger. Um profissional novo, com aspirações na carreira e q já mostrou boa capacidade.
    > Para o grupo principal, 30 dias de férias e mais 30 de pré-temporada, tal qual o Atlético-PR fez esse ano.

    O Grêmio precisa mudar, se renovar de cima abaixo. A direção está em uma zona de conforto, tem medo de fazer as mudanças necessárias pq elas não vão gerar resultado imediato e/ou garantir renovação na eleição seguinte. Tem medo tb, da pressão da torcida por resultados. Mas não adianta. Ou muda toda uma filosofia, ou vamos passar os próximos 12 anos, mais uma vez, no “quase” e dando as mesmas desculpas.

Envie seu Comentário