Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Bagunça nos ônibus

31 de janeiro de 2014 6

Este Brasil está virando uma bagunça: a Justiça do Trabalho fixou uma multa milionária para o sindicato dos rodoviários que lidera esta greve imfame que castiga a população.
Eis que o sindicato zomba da Justiça do Trabalho porque sabe que não vai pagar a multa.
Sempre que termina uma greve, uma das condições dos grevistas é que não seja cobrada a multa antes imposta.
Ou seja, isto é uma comédia.
Mas agora os rodoviários avançaram demais o sinal. Estão desacatando a Justiça e deixando 1 milhão de passageiros com zero de ônibus, quando a lei determina que o mínimo seja 30% da frota durante a greve. E os próprios rodoviários assinaram documento perante a Justiça, primeiro dizendo que 50% da frota iam voltar e depois prometendo que 100% voltariam diante dos próximos 12 dias de negociações.
Não cumpriram nada.
Isto é uma terra sem lei?

Comentários (6)

  • Luis diz: 1 de fevereiro de 2014

    Viva os trabalhadores em transporte coletivo de Porto Alegre.
    Viva os rodoviários!

    Saudações de um trabalhador!

    “tá vendo aquele edificio moço,
    eu ajudei a levantar.” Zé Geraldo

  • Gerson de Oliveira diz: 2 de fevereiro de 2014

    Tem que fazer Greve mesmo, esse país ta virado numa merda! Deixa os trabalhadores conquistarem o que eles querem. Correios, Bancos, Professores, Médicos e etc, todos podem e fazem greve, e não se vê a mídia falando mal deles, agora esses pobres coitados fazem Greve, são taxados de vagabundos para cima! Esse Brasil ta virado mesmo, principalmente com uns certos comentários medíocres!

  • pedro de lara diz: 3 de fevereiro de 2014

    Esquece o Santana. O Santana joga pra torcida.
    Opinião lúcida sobre a greve quem tem é o Flavio Tavarez (ZH Dominical, 02/02/14) e oJuremir Machado da Silva (http://www.correiodopovo.com.br/blogs/juremirmachado/?p=5609 e http://www.correiodopovo.com.br/blogs/juremirmachado/?p=5609).

  • Rafael da Silva diz: 3 de fevereiro de 2014

    Ano a ano se várias categorias fazendo seus protestos, suas greves, passeatas …. Sejam eles dos correios , os bancários, professores , enfim , e todas elas causam transtorno à população de uma forma ou de outra. Sendo a greve a grande ferramenta de barganha de uma classe trabalhista , gostaria de entender por que a classe dos rodoviários é tratada de forma diferente às demais ? Pergunto, como eles farão suas reivindicações ? Parece uma grande máquina corporativista protegendo os empresários do transporte coletivo, que ganham rios de dinheiro, suficiente para eles e para as propinas daqueles que os mantém neste vicioso monopólio. Os rodoviários sempre foram apontados como motivo dos aumentos da passagem de Porto Alegre, porém, em 1994, o salário de um motorista equivalia a 1.184 passagens de ônibus ( hoje seria R$ 3.315 ) , em 2004 o salário pagava 732 ( R$ 2.049 ), e agora equivale 667 passagens ( R$ 1.867 ), como explicar isso ? Todos esses anos, os rodoviários foram pacientes, respeitaram tudo o que foi decidido por políticos e empresários, tudo o que foi decidido pela justiça, pelo respeito a população, pelo constrangimento de encarar a população e ter que ouvir “estou pagando a passagem mais cara para aumentar teu salário, satisfeito?”. Mas onde iria parar os salários desta categoria nessa regressão ano após ano ? Acho que os comentários infelizes deste excelente colunista, se devem muito mais à desinformação dos fatos, do que pura maldade, assim espero .

  • maria rosa motta diz: 4 de fevereiro de 2014

    Rafael da Silva, seu comentário foi inteligentemente matemático. Seus cálculos me deixam pensando que, mais uma vez meu parco “dinheirinho” está indo para mãos erradas. Contra números não há discussão. E quem explica este “disagio” de 1994 a 2004 conforme seu cálculo???

  • William diz: 7 de fevereiro de 2014

    Que tristezas nos esperam nos caminhos de 2014??!! Copa do mundo de futebol em um país que não tem estrutura na área da saúde no mínimo decente para a população é uma ofensa grotesca para quem nesse Brasil vive e trabalha!!! E agora a greve dos rodoviários em Porto Alegre no estado do RS……pois sem greve não há tratamento digno em relação a salários e plano de carreira dignos para quem nesse estado de greve se encontra!!! Até a polícia federal já fez greve e olha que o salário de um agente na PF está muito bem de saúde mesmo com anos sem reajuste por parte do governo federal para esta instituição!!! Infelizmente somente políticos e jogadores de futebol têm um “salário” que consegue oferecer saúde,lazer e uma imensa tranquilidade até chegar o dia da APOSENTADORIA DOS MESMOS……..piada de extremo mau gosto é esta pois quem nesse belo país chamado Brasil trabalha honestamente depois fica sem direito a mais nada : somente deveres,direitos iguais a ZERO!

Envie seu Comentário