Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Arrependimento

17 de julho de 2014 1

Se arrependimento matasse, eu que indiquei Barcos para o Grêmio já seria um defunto.

Não joga nada, absolutamente nada. E o diabo é que fazia gols sobre gols no Palmeiras.

Mas agora é chegada a hora de mandar Barcos para o banco. O Lucas Coelho, por quem não se dá nada, melhorou e muito o time contra o Goiás.

Se fui eu que indiquei barcos para o Grêmio, talvez agora tenha o pequeno direito de pedir que ele vá para a reserva.

Confira o comentário do colunista sobre a partida do Grêmio diante do Goiás, pela volta do Brasileirão de 2014

Comentários (1)

  • João Cleucio N Lima diz: 18 de julho de 2014

    Bom dia meu dileto amigo gremista ! Santana jogo futebol a muito tempo, e não fui profissional por que entrei para o Exército e hoje sou coronel de cavalaria, leitor assíduo de suas colunas por vários anos. PEÇO QUE LEIA MINHA OPINIÃO COM ATENÇÃO.
    Ela diz muito respeito a times vitoriosos que adotam o contra ataque como arma letal para se ganhar título. A maioria dos times que adotam o este sistema, sempre, são bem sucedidos. Ao contrário dos times que apertam seus adversários , o tempo todo, tocando bolinha prum lado pro outro e tentando furar o bloqueio defensivo uma parede de jogadores. Afinal tem uma lei da física, a impenetrabilidade da matéria, que diz que dois corpos não ocupam o mesmo lugar ao mesmo tempo. O Grêmio nesse sistema de apertar os adversário não favorece ao Barcos, pois ele não tem espaço para fazer as jogadas de gol. O pior é que nosso Grêmio está jogando no mesmo sistema do Luxa e do Renato, jogando no campo adversário, insistindo, insistindo por um espaço e quando consegue este espaço o chute sai mascado. O Barcos faria muitos gols se jogasse com a tática de esperar o adversário no meio de campo, tomada a bola, ligava um contra ataque com velocidade, mas o Grêmio não está jogando assim. Existem treinadores no Brasil que adotam este sistema. O Muricy, o Tite, o Marcelo Oliveira e mais uns poucos. O Grêmio se não mudar sua forma de jogar, partindo para jogar em contra ataques, não irá muito longe e vai ficar nesse rami-rami todo o campeonato. Forte abraço e saúde !

Envie seu Comentário