clicRBS
Nova busca - outros
29 mar15:24

Morte de ciclista renova debate sobre trânsito em Santa Rosa

Combinação entre falta de sinalização, escuridão e distração podem ter sido os principais motivos  para o acidente que matou um ciclista, na avenida Inhacorá, centro de Santa Rosa, na manhã desta terça-feira, dia 29.

O motorista do caminhão leiteiro, Aldemar Mombach, afirma que estava escuro no momento em que colidiu com o ciclista, por volta das 6h15min.

- Estava escuro e quando vi deu aquele impacto. Liguei o pisca para entrar e quando ouvi deu aquele estouro. Desci para ver se tinha dado alguma coisa com o pára-choque e tinha alguém lá – relata o motorista, que é morador de Santo Cristo.

O ciclista Deoclécio Zanoni, 53 anos, morreu na hora. De acordo com a polícia, ele estava na preferencial.

- O ciclista estava na preferencial e deslocando em direção ao seu local de trabalho, no frigorífico. O caminhão fez sua conversão à esquerda, interrompendo o trajeto do ciclista – afirmou o Sargento Flávio Antônio Packoff, auxiliar do policiamento de rua.

Na rótula em frente à rodoviária, onde aconteceu o acidente, existe uma sinaleira que está desativada e que serve para sinalizar a saída de ônibus. De acordo com o comerciante Assis Feltraco que trabalha ao lado do local, o risco de acidente é eminente.

- A gente assiste diariamente cenas muito perigosas e não acontece mais acidentes porque as pessoas tem sorte – conta o comerciante.

O motorista do caminhão foi liberado para descarregar o leite em uma indústria de Santa Rosa, mas ainda nesta manhã se apresentou à Polícia Civil, para prestar depoimento.

O vídeo da entrevista com o Capitão da Brigada Militar Paulo Kunkel e o secretário de Mobilidade Urbana Ramão Moreira, que debateram sobre o assunto no Jornal do Almoço, pode ser conferido no blog da RBS TV Santa Rosa.

Outras informações podem ser conferidas no RBS Notícias desta terça-feira.

Bookmark and Share

Por

Um Comentário »

  • Cesar disse:

    Há tempo venho observando a degradação da cidade de Santa Rosa. E, infelizmente, está ocorrendo um decréscimo em todos os setores que necessitam da participação pública, mais especificamente daqueles que necessitam de verbas oriundas do poder público.
    Dentre os problemas, os mais notados estão na saúde, educação e trânsito, serviços que necessitamos diuturnamente. Especificamente sobre o trânsito, mais uma pessoa “paga” com a vida para então, retomarmos discussão que se arrasta há muito tempo.
    Nos meios de comunicação, notícias surgem, como por exemplo, a contratação de uma empresa para “reorganizar” o trânsito santarosense, diga-se, com um orçamento milionário para a execução do tão sonhado projeto de melhoria. Ocorre, que até o momento nada foi concretizado e, sinale-se que, em um primeiro momento era para haver o estudo de possibilidades e conscientização dos motoristas. Todavia, eu, como cidadão santarosense, até o presente momento não vi qualquer alteração no trânsito, a não ser a drástica piora das condições asfálticas, das sinalizações, da iluminação pública, enfim, tudo está se encaminhando para o caos.
    Enquanto isso a empresa licitada está levando milhões embora da nossa região e execução alguma está sendo feita. Estou cansado de ver a administração pública manifestar-se publicamente com desculpas para a inexecução das obras – intempéries, má administração anterior, etc…etc…etc…. jamais podem ser argumentos admitidos para que a administração se oculte e deixe a população sem a devida prestação dos serviços, diga-se de passagem, essenciais.
    Infelizmente essa tem sido a realidade para Santa Rosa e tudo isso vem sendo realizado em uma administração onde o Ilustre Prefeito Municipal, em sua campanha política chorou e disse que “seu sonho era administrar Santa Rosa” e fazer uma das melhores administrações à população.
    Tomara que providências sejam URGENTEMENTE tomadas, sob pena de vermos o sonho do administrador se tornar um pesadelo para nós, cidadãos.

Comentários