clicRBS
Nova busca - outros
19 mai15:19

Juventus vence e cumpre o dever de casa

Daniela Balkau, leitora-repórter

O Juve de Santa Rosa largou com vitória na terceira fase da Segundona 2011. Ontem, a equipe recebeu o 14 de Julho de Santana do Livramento, no Estádio Carlos Denardin.

No embalo da torcida “Los Pibes”, representada pelas cores verde e vermelha, que alegrou a noite com cantorias e aplausos, o Juventus não entrou na onda do time adversário. A equipe do 14 de Julho, que viajou muito para chegar em Santa Rosa, parecia não ter vindo somente para jogar e apresentar seu futebol. O jogo foi marcado por faltas graves, paralisações, expulsões, confusões, além é claro, de mais uma bela atuação do plantel juventino que não se deixou abater por tudo isso.

O jogo


Os primeiros minutos foram de grandes oportunidades para o Juventus. Logo, aos 11 minutos, numa cobrança de falta, o time da casa teve a chance nítida de gol com o jogador Gabriel. Bola bateu no travessão e saiu pela linha de fundo.

Poucas chances para o 14 de Julho, que tenta chamar a atenção de outra forma. Confusão entre os bancos de reservas e jogo paralisado por uns minutos. Resolvida a situação, somente com advertência feita pelo juiz Jean Pierre. O Juventus seguiu pressionando e, aos 26 min, Donovan de fora da área bateu forte, a bola acertou o travessão, quicou no gramado e parou nas mãos do goleiro Yai. Mas o auxiliar confirmou o gol: 1 a 0.

Passados 10 minutos, os juventinos com a maior posse de bola, ampliaram o placar. Na cobrança de escanteio, a bola sobrou para o zagueiro Carlão, que dominou e mandou para rede e confirmou o segundo gol.

A pressão do time de Santa Rosa continuou no segundo tempo. Aos 18 min Gabriel cruzou a bola, que chegou aos pés de Giliardi. Sem marcação, mandou para o gol: três a zero.

O 14 de Julho ainda descontou o placar com um pênalti marcado aos 30 minutos, gol de Vagner. Placar final: 3 a 1.

Expulsões

O time adversário terminou a partida com sete jogadores na linha. Foram três expulsões ao longo da segunda etapa. Primeiro, Luis Paulo, seguido por Botcha e, por último, Fábio Souza. Todos por jogadas violentas e agressões. O juiz acabou a partida sem acréscimos, evitando assim, outras confusões.

Juventus mais uma vez confirmou a vitória jogando em casa. Durante toda a competição, somente uma vez, saiu com o empate, apresentando assim, a melhor campanha, seguido do Brasil de Farroupilha.

E, pelo futebol apresentado, aliado ao preparo, tanto físico quanto emocional, a equipe pretende conquistar para o próximo ano o lugar na primeira divisão do Campeonato Gaúcho.

O próximo jogo é domingo, 22, contra a equipe do Glória de Vacaria, na cidade de Vacaria.

Bookmark and Share

Por

Comentários