clicRBS
Nova busca - outros
09 jun17:19

Cachorros ajudam casal a conquistar sonho do casamento

Fernanda Bottega, leitora-repórter


No ano passado, tinha o sonho de me casar, mas eu e meu marido, Fábio de Oliveira, estávamos investindo em nossas carreiras e não tínhamos como pagar o casamento. A solução foi encontrada na minha cachorrinha, a Flor.

Resolvi deixá-la ter filhotes para pagar as despesas. No entanto, todos diziam que não seria o suficiente para pagar o casamento, pois a média da raça é de quatro filhotes por ninhada.

O jeito foi ter fé. Eu conversava com a Flor, temos muita afinidade.

É como se ela me compreendesse e tivesse ouvido meu pedido. Ela sofreu bastante, mas teve sete filhotes, justamente no Dia dos Namorados.

Não teve jeito. Fiquei com uma filhote e dei o nome de Paixão. Vendemos os demais e nos casamos no dia 20 de novembro de 2010.

Na festa do casamento fiz uma homenagem para a Flor em um vídeo, que passamos no telão. Afinal, ela merece, pois pagou o casamento.

Neste ano, será nosso primeiro dia dos namorados como casados. Com Flor e Paixão, somos muito felizes.

Bookmark and Share

Por

41 Comentários »

  • Silvia disse:

    História liiiiiiinda!!!

  • Adriane Pereira disse:

    Isto é um ABSUUURRRDO!!! Não tens vergonha na cara de explorar os animais??!! Coitado do animal ter que parir esses filhotes para te satisfazer!!!

  • Luisa disse:

    “Ela sofreu bastante, mas teve sete filhotes, justamente no Dia dos Namorados.” Juro que não consigo ver beleza nisso. Sou contra comércio de animais, ainda mais se sofrerem, e por capricho dos donos! Homenagem no telão, absurdo!

  • Gal Lopes disse:

    Espero que Flor tenha sido castrada pra não sofrer mais.

  • Mari disse:

    Bela história…felicidades a vcs com Flor e Paixão.

  • Que gente! disse:

    E ainda se orgulham disso????? Exploração animal é crime!

  • Dani disse:

    Vergonhoso explorar um animal pra satisfazer desejos.. Se queria tanto casar, porque não foi vender doce na rua? Eu jamais faria isso com minha cadelinha, fazê-la sofrer e ainda separá-la dos filhotes pra satisfazer um capricho meu.. Vergonhoso!!

  • Laura disse:

    Lamentável!!!

  • cris disse:

    GENTE NAO TO ACREDITANDO NESSA HISTORIA, ACHEI DE UM MAL GOSTO TREMENDO FAZER A CACHORRINHA DAR CRIA P/ PAGAR FESTA DE CASAMENTO NOSSA QUE RIDICULO, NÃO SEI EM QUE MUNDO ISSO É BONITO.

  • Cybele disse:

    a história é revoltante, usar a cadelinha para fazer grana, ridicula a postura, deveria castrar esse pobre bichinho, senão ah vai querer comprar uma jóia um refrigerador e vai lá faz a cadelinha prenhar para levantar capital, uma vergonha!!!!!

  • Ali disse:

    Ridículo! Explorar um animal por um motivo tão fútil.

  • Paula Ferro disse:

    Será que a moça vai parir e vender os próprios filhos pra ‘realizar sonhos’ também ou pretendem ‘se fazer na vida’ apenas com o sofrimento de partos e separação de famílias alheias? Parabéns pelos ‘valores’ (a falta de) do casal. Muitas felicidades.

  • Diego disse:

    Não acredito que uma pessoa explore os animais assim?????!!!!
    É verdade mesmo essa noticia ou ainda não acordei???
    Me desculpa mas vai trabalhar minha filha!!!
    Me admiro a RBS postar uma noticia dessas!!!

  • Ivana disse:

    inacreditável!!!!!
    e ainda publicam uma história dessas….vou morrer e não vou ver tudo!

  • César disse:

    Caros leitores, se bem entendi a história, a cachorrinha de uma forma ou outra ia ter filhotes.Os donos não falaram no ouvido dela dizendo:”Você terá que ter 7 filhotes, e ela atendeu ao pedido”, como pudessem prever algo do gênero. Ao invés de questionarem a postura de quem cuida e cria esse cãozinho, seria mais prático postarem mensagens em prol dos cãezinhos abandonados nas ruas de Santa Rosa, a “Amigan” agradeceria.

  • Neuza Maria Green disse:

    Lamentável!!!!

  • Preta disse:

    ABSURDO!! Na minha opinião, nada justifica comércio de animais, pois conforme diz o site BICHARADA que adoro e leio todos os dias ” amigo nao se compra se adota”, portanto se vc esta passando por dificuldades economicas e nao pode realizar seu casamento, faça um emprestimo, peça um adiantamento ou junte grana por um tempo, pq nossos companheiros de estimação nao têm nada haver com nossas necessidades, eles estão ai para nos dar carinho e amor, algo que para mim já basta. O casal esta feliz, pena que tal felicidade se deu mediante sacrifício de uma tão pequena cahorinha que aguentou 7 filhotes em sua bariguinha.. Lamentável.

  • Absurdo,é crime disse:

    Isto é crime,é um absurdo.Quem se responsabiliza pelos filhotes se os donos não quiserem mais,vão parar na rua?Vergonhosa esta notícia.

  • Ana Graciela disse:

    É por essas e outras que cada vez mais Admiro e Amo os animais….,o ser que se diz Humano realmente é desprezível!!! Fazer sofrer o bichinho que ela diz que “ama” para pagar despezas de casamento,não existem palavras para tamanha Indgnação!!

  • Ana disse:

    Eu tenho uma cadelinha maltês q amo mto. Ela tb teve 7 filhotes em 2008, sem q nós esperássemos essa ninhada, mas… Ao contrário do q disse essa moça, nós optamos por praticamente dar nossos filhotes, com dor no coração, pq só cobramos o q foi gasto com vacina e alimentação.. Custaram em média R$100 e R$150, mas conhecemos cada família, quisemos ver se realmente queriam esses cachorrinhos.
    Ñossa ideia era q nossa cusca tivesse cria e fosse dar só um filhote, q pretendíamos ficar, mas qdo ela teve 7… como escolher um filho? Optamos por vender, mas hj, passados 3 anos, não pensamos em colocá-la em cria novamente, pq a dor de entregar um filhotinho e fazer seu animalzinho de estimação sofrer é sem tamanho. Botar em cria para pagar casamento é rídiculo… Sabe o q essa moça vai querer fazer coma filhote da Flor? Colocá-la em cria para pagar a decoração do quarto do bebê. Por isso optaram por ficar com uma fêmea…

  • Fabiana Kopittke disse:

    Não tô acreditando que a RBS publicou uma notícia ridícula como essa….Sinceramente! Se eu fosse esse casal teria vergonha de ter minha cara estampada ligada a essa exploração de animais! Que absurdo!!!

  • patrícia disse:

    Fernanda!! A história de vocês é linda e emocionante e tanto a Flor quanto a Paixão são uns amores…Não entendo o porquê desses comentários relacionando com exploração e maus-tratos com animais. Se a cachorrinha deu cria a 7 filhotinhos, foi obra do destino e melhor ainda que ajudou este lindo casal a ter o sonho realizado. Com certeza, o amor, o carinho e o companheirismo entre a dona e a cachorrinha foram os responsáveis pela realização deste desejo tão esperado pelo casal.

  • Ali disse:

    “Se a cachorrinha deu cria a 7 filhotinhos, foi obra do destino…”
    Me poupe! Então é obra do destino também a quantidade de cães abandonados e vagando pelas ruas. Os cães não são racionais, nós é que somos (ou deveríamos ser). Portando somos responsáveis por eles. Se essa pobre cachorrinha pariu com sofrimento esses 7 cachorrinhos (que, sabe-se lá como estão porque nem sempre quem compra, cuida) não foi obra do destino e sim fruto do EGOÍSMO desse casal.

  • Kelly disse:

    Aposto que as pessoas que estão criticando o fato dos donos terem vendido os filhotes, independente da quantidade, são os mesmo que COMPRAM um cachorro ao invés de adotá-lo, e ainda os deixam presos em apartamentos enquanto passam o dia fora trabalhando e estudando, sem dar o devido carinho aos bichinhos.
    Eu apóio o casal, todos sabemos que não é barato pagar uma festa de casamento, por mais simples que seja, além do mais, provavelmente os donos não teriam condições de ficar com todos os filhotes.

  • Ali disse:

    Muito pelo contrário! Quem está criticando são as pessoas que lutam pelo bem estar animal e, te garanto, nós protetores, estamos cansados de ver tanta estupidez. Se não tinham condições de fazer festa de casamento, que não fizessem! Usaram a cachorrinha para aparecer para outros, para uma FUTILIDADE. E se a bichinha morresse no parto? Ah…sobrevivendo os filhotes para que virem dinheiro, tá bom, né?

  • Fabiana Kopittke disse:

    É por essas e outras que os protetores sofrem….tendo que consertar os problemas provenientes dos caprichos dos outros….cansa ver isso!Kelly, querida, eu tenho CERTEZA que essas pessoas que enxergam o absurdo que significa colocar uma cadela para ter cria, para vender filhotes e conseguir dinheiro, não são as pessoas que compram animais não….são sim as pessoas que tem que ficar correndo pela rua, juntando e pagando tratamento para os cachorros que são vendidos e bandonados, isso sim!!!! Aliás, as pessoas não sabem interpretar texto:”Resolvi deixá-la ter filhotes para pagar as despesas”, a cadelinha não estava grávida….Mas essa é uma discussão inútil pois o que eu aprendi é: quem não se sensibiliza com a dor e sofrimento dos animais abandonados, jamais vai entender o significado de atitudes como essas. Vai achar lindo!

  • Fernando disse:

    Bando de hipocritas!!!!! Muita gente ganha a vida vendendo filhotes, olhem as fotos dos cachorros, vcs acham que quem tem animais assim, bem cuidados, de banho tomado, limpos, faria alguma maldade com eles, a cadela estava prenha, que bom que ela pôde ajudar, fico feliz por vocês e tenho certeza que todos os filhotes estão sendo bem cuidados.

  • Ali disse:

    Fernando, existem outras formas de ganhar a vida e para mim, quem “ganha a vida” vendendo animais NÃO PRESTA. E mais, para quem conhece animais percebe que as duas cachorrinhas da foto não estão assim tããão bem cuidadas. É visível através da pelagem. E, se a cachorrinha sofreu para ganhar os filhotes, talvez nem sequer tenha tido atendimento veterinário. Hipócrita é esse casal porque nós protetores não só falamos, mas agimos e muito como falou sabiamente a Fabiana Kopittke.

  • Daniel disse:

    Lindas fotos, e felicidades ao casal. Só uma pergunta, é vocês que pagam pela alimentação e os cuidados da sua cachorrinha? éh? então todos que escreveram que pensem melhor antes de criticar, pois criar um cão com amor, carinho e arcar com as despesas, não é fácil, e melhor a procriação para outras pessoas terem a oportunidade de ter um é legal, o que não é legal é deixar um cão abandonado, hoje no mundo tudo é comercio. E também a dor de um ou de sete filhotes, não é medida e nem podemos interferir nisto, pois são fenômenos da natureza de cada animal.

    Não critiquem sempre, pensem antes de falar.

    Uma fêmea que deu sete lindos filhotes, 6 vendidos e um em ótimos cuidados junto de sua mãe.
    6 famílias felizes com sua aquisição, e um casal mais feliz ainda por sua conquista de um sonho, beneficiado pelo seu animalzinho de estimação, tanto se faz por um bichinho que ele nos retorna de alguma forma.

    quando temos nosso bichinho como membro de nossa família, tai o resultado, todos em prol de um único objetivo, ser feliz.

    depois de lerem podem me malharem a vontade, eu tenho um lindo cãozinho Shih tzu e estou a procura de uma fêmea para ele, pois é da natureza do animal ter relações.

    Ou animal não pode?
    acho que pode, pois somos animais melhorados…

    Felicidades ao casal e suas filhotas.

  • Djonatan disse:

    Pessoal, acho ridícula essa discussão aqui, se o casal cuida direitinho dos cachorros deles, qual problema em colocá-los em cria???? Outra coisa, ter filhotes é coisa natural para todas as cachorras, senão teriam nascido cachorros. E não foi conversando no ouvido da cachorra que a dona definiu quantos filhotes ela teria, isso é coisa de genética, para quem não sabe!!! Tem muitas lojas que funcionam do comércio destes animais, e acho que se alguém for comprar um animalzinho certamente irá cuidá-lo, senão não iria gastar dinheiro comprando. Portanto, quem comprou, provavelmente está cuidando bem. Sou contra abandoná-los, no entanto, melhor ela vender os filhotes e conciliar com a necessidade de dinheiro do casal, do que simplesmente deixar a cachorra criá-los e depois os abandonar em qualquer lugar!!!! Mais uma, não sou comerciante de cachorros, nunca comprei, nem vendi. Simplesmente tenho 2 cachorros e 2 cadelas os quais estão todos castrados, e também não trabalho na RBS, portanto, acho chato quem criticou o clic por ter posto no ar esta matéria, sendo que quem autorizou foi o casal, e quem editou e postou no ar simplesmente está fazendo o seu trabalho.

  • Ali disse:

    Tava demorando para aparecer alguém com o argumento de que “é da natureza do animal”, que é errado privarmos o animal de se reproduzir. É por causa de gente com essa mentalidade ignorante que nós temos tanto trabalho.
    Esse rapaz, o Djonatan escreveu um absurdo atrás do outro:
    1º. “Quem comprou provavelmente está cuidando bem”: provavelmente…tomara que sim mas talvez não.
    2º. “Melhor vender do que abandonar” (resumindo): a OBRIGAÇÃO de quem tem um animal é cuidar dele até o final, fornecendo tudo o que o animal precisa. Obrigação também é o dono CASTRAR o animal por motivos que nem vou enumerar aqui. O abandono é crime!
    Eu critico sim! Não sou uma leitora medíocre! Critico e sempre vou criticar o que eu acho ABSURDO.

  • Carine disse:

    Sou protetora dos animais, adoro, cuido, dou carinho, me comovo com animais nas ruas. Vcs deveriam criticar pessoas que abandonam animais e quem os mal trata. Vcs já pararam para pensar que vcs estão criticando pessoas que estão hj homenageando um animal pela sua felicidade?? o importante nisso tudo é a valorização que esta pessoa esta dando para a sua cadelinha e a gratidão que ela tem por ela. Achei mto legal… Parabéns ao Clic por postar esta história diferente e comovente.

  • Fabiana disse:

    Bá Carine, eu DUVIDO MUITO que tu sejas”protetora dos animais”, senão jamais apoiaria isso, não posso acreditar. Se comover com animais na rua não é ser protetor, ser protetor é acima de tudo, castrar animais e lutar contra o comércio de filhotes, dentre outras coisas. Duvido mesmo, eu sou protetora de verdade, me relaciono com protetores de verdade, e tenho certeza, nenhum deles apoiaria essa matéria. Mas enfim, só lamento a publicação de algo assim pq as pessoas não tem a mínima noção ´da quantidade de animais vendidos que são maltratados e abandonados, com certeza vai fazer outras pessoas terem essa linda idéia….Acabei minhas manifestações e tô voltando correndo pro blog Bicharada….

  • Marcelle Nedel disse:

    Achei de péssimo gosto esta matéria. Estão banalizando a vida dos animais! A “mocinha” da história ainda diz que a cadela sofreu e teve 7 filhotes e que o normal era ter 4. Isso é ser gigolô de cachorro! Se querem dar uma festa de casamento que vão trabalhar, mas explorar animais e ainda contar isso como algo “bonito” é um lixo.

  • Gustavo P.C. disse:

    Mas que gentinha de pouco alcance…exploração animal é usá-los em circos, p.e., em péssimas condições de higiene e alimentação…é o tráfico de animais silvestres…é matar para criar futilidades materiais como botas e casacos de pele, que não vamos levar pro “pijama de madeira”…não transformem 8 em 80, gente de pouca Fé!!A unica “exploração” que existiu nesse caso foi a da conexão de amor entre estes seres (humano e animal) e, agora, estou vendo uma “exploração” oportunista de seres irracionais que MUITO falam e POUCO fazem!..lindo casamento, Bottega!e parabéns pra Flor, ela “sobreu” muito msm…”sufocada” de tanto amor de vcs, só poderia dar este “horror” de sementes de amor!hahaha…e tenho dito!e qto + comentários contrários ao meu, maior a certeza q estamos certos!!grande abraço a TODOS!

  • Ali disse:

    Gustavo, já perdi minha fé no ser humano de tanto ver o sofrimento dos animais por causa de gente como você e esse casal. Ter pouco alcance é pensar tão pequeno a ponto de ver o sofrimento animal apenas em casos extremos e óbvios. Quem realmente tem conexão de amor com os animais percebe que nessa história a conexão que existe é a do interesse. Amor é você juntar um cachorro doente e sarnento da rua e lhe dar tratamento, casa, carinho e um novo dono que o ame. Tá muito longe de ter amor pelos animais aquele que compra um cachorrinho cheirosinho e cheio de lacinhos só porque ele é de raça. Ah, e quanto mais caro puder pagar por ele melhor, porque assim se chama mais a atenção. Gosta de animal aquele que luta pelos muitos vira-latas para adoção que não conseguem um novo lar e que morrem sem conseguir por causa de gente que pensa assim como você. Por trás do sofrimento de qualquer animal, independente do tamanho do sofrimento, está um ser humano estúpido, ignorante e irresponsável. É muito fácil enxergar que nessa história, o amor que fala mais alto não é o amor pela cachorrinha. É um outro “amor”…o pelo próprio EGO.

  • Talita disse:

    Acho que pra protetores de animais, essa gente tá muito mal humorada! Deusulivre! Se vocês forem mal humorados assim pra cuidar dos coitadinhos desse jeito, tem q haver mais protetores pra ‘proteger’ os animais de vocês! Eu achava que qm era ‘protetor de animal’ era mais ‘paz e amor’ pois lida com seres tão amáveis e q nos dão tantas alegrias.
    Deixa o casal ser feliz… se a Flor deu a cria, eles cuidaram direitinho, tá todo mundo feliz!
    Eu tenho 2 shih tzus, COMPRADOS (aimeldels, vai cair um raio na minha cabeça?), que amamos muito e são como a família. Mas tenho também meus 2 vira-latas que eu cuido e amo tanto qto as shih tzus. Já recolhi muuuuito animal abandonado, limpei, tirei carrapato, bicho de pé, dei remedinho de vermes, dei banho e coloquei para doar (inclusive um dos meus eu achei assim). Mas nem por isso vejo diferença. Pra mim são todos animais, cachorros e meu amor por eles é igual. Eu amo todos os animais, comprados, achados, doados, o que for! E não importa o que comentarem, vou continuar amando e ajudando eles, mas não vou discutir nem com os protetores, nem com qm compra. Eu faço a minha parte. Pq cada um não coloca a mão na consciência e faz a sua?

  • Fernanda disse:

    genteeeeeee…. para esse pessoal q nao tem mais o q fazer a nao ser ficar postando comentarios agressivos e desnecessarios… saibam: procriar faz bem para a cadela, é orientação veterinária… a flor teve os bebês numa maternidade veterinária com total aompanhamento… vendemos os filhotes para familias amigas q cuidam muito bem… Ela recebe muito carinho e com certeza eh mais feliz do q essas pessoas q escreveram essas agressoes… conselho: arrumem um cachorro pra dar e receber amor, assim a vida se torna mais alegre e vc se envolve e para de ficar na net falando besteira das historias de quem vc nem conhece… ajudo sempre caes de rua, instituições, participo de varios projetos… nao explorei nenhum bichinho apenas valorizei os filhotes da cadela q amo… feliz dia dos namorados a todos

  • Debora disse:

    Bah gente, sinceramente… Falar que colocaram a cadela pra procriar e vender os “pobres” animais fruto do “sofrimento” da cadela em prol de um capricho como o casamento (palavras da Dani lá em cima sobre casamento. Olha, eu conheço a Fernanda há muito tempo, conheço a família dela que ama os animais, dai aconteceu isso… O que esse pessoal protetor de animais queria? Que ela matasse os filhotes para não serem vendidos? Matasse a cadela que tava numa clínica pra ter os filhotes? Esse pessoal que fica criticando deveria sair na rua e contar quantos animais poderia ajudar ao invés de ficar postando esse tipo de comentário…
    Não gosto de criticar ninguém, conheço a história deles, acho que foi bem bacana o que aconteceu, sei que quem adquiriu os filhotes cuida muito bem deles. Também ajudo os animais de rua, inclusive já peguei vários e cuido deles, então, antes de pensarem que usam esse tipo de cachorros pra “satisfazer os desejos fúteis”, pensem que eles se dedicam pra ter esses animais em boas condições.
    Cada um tem consciência e sabe o que faz. Cuidem dos animais ao invés de criticar uma história assim.
    Parabéns aos dois que são pessoas queridas e especiais pra mim. E continuem cuidando das cadelas assim.

  • Beto disse:

    Falta de amor pelos animais…Pior ainda são os profissionais que publicaram essa materia. RBS TV Santa Rosa está cada vez pior por suas materias.

  • Marina disse:

    Não sei quem é pior, essa exploradora de animais que conseguiu através do sofrimento de um ser que NÃO TEM OPÇÃO DE ESCOLHA ganhar dinheiro pra casar ao invés de TRABALHAR ou a RBS que publicou essa história VERGONHOSA para mais pessoas POBRES DE ESPÍRITO se emocionarem e seguirem o exemplo.
    L-A-M-E-N-T-A-V-É-L!
    Vender animais é coisa de gente ignorante e egoísta. Muito me admira uma emissora desse porte permitir que um funcionário com uma cabeça pequena dessas e totalmente desprovido de conhecimento publique um absurdo desses.
    Não tenho nem o que dizer!

Comentários