clicRBS
Nova busca - outros
12 jul17:21

Jogador de Tucunduva faz sucesso no futebol chinês

Daniele Pradebon, leitora-repórter

Poucos tucunduvenses devem conhecer o Rangers FC, time de futebol da primeira divisão chinesa. Diferentemente daqui, os torcedores chineses podem até conhecer o município de Tucunduva. Tudo isso pelo talento do zagueiro e volante tucunduvense, Beto Fronza, que é considerado um exemplo pelos dirigentes do clube. Apesar da distância da família e dos amigos e das dificuldades, o jogador tem muitas histórias interessantes no mundo do futebol.

Beto, que recentemente esteve de férias em Tucunduva, já atuou ao lado de jogadores consagrados no Brasil, como André, ex-goleiro do Juventude e Internacional e, na China, ao lado de Okano, ídolo do futebol japonês, com duas Copas do Mundo no currículo. Antes de ingressar no futebol chinês, Beto jogou no Santa Cruz, São Luiz de Ijuí e Juventude, de Caxias do Sul.

Aos 26 anos e em busca do sucesso profissional, o jogador está em sua segunda temporada na China, onde disputa o Campeonato de Hong Kong pelo Rangers FC. Na primeira vez que esteve naquele país, Beto atuou pelo STW Pégasus. No time, foi campeão da Copa da Primeira Divisão em 2008, campeonato equivalente à Copa do Brasil. Beto marcou um dos gols do título e, considera este, um dos jogos inesquecíveis de sua carreira.

Fã de Ronaldo Nazário, o Fenômeno, Beto conta que na China é comparado pela torcida ao jogador Alexandre Pato.

- Dizem que me pareço fisicamente com o Pato, mas eu não concordo muito. Se fosse me comparar com alguém seria com o Gamarra, zagueiro paraguaio que atuou pelo Internacional, com o seu estilo de jogo. Tento me espelhar na sua garra e determinação – conta.

Algumas vezes, o atleta já pensou em desistir da carreira, pois o caminho no futebol é duro, mas com o apoio da família e o sonho de ser jogador, ele continua firme em seu propósito.

Para o jogador, uma das maiores dificuldades de jogar fora do país é a distância da família, pois passa dez meses sem vir ao Brasil.

- Na China jogamos por dez meses e temos dois meses de férias. Não é como no Brasil que tem as paradas no final do ano – explica.

Quando questionado se gostaria de voltar ao futebol brasileiro, Beto revela que agora está em um ótimo momento na China, mas que se tivesse oportunidade gostaria muito de atuar pelo seu time do coração, o Internacional.

Bookmark and Share

Por

Um Comentário »

  • Nerci disse:

    Prezado Beto, venha logo para o Internacional, pois, com certeza, és melhor que os atuais zagueiros do time colorado. Mas já que não queres de momento, então boa sorte pra vc, aí na China. Sucesso!

Comentários