clicRBS
Nova busca - outros
16 ago14:11

Criação de novas vagas na Câmara de Vereadores divide opinião de santa-rosenses

Maristani Weiand, RBS TV Santa Rosa


Os vereadores de Santa Rosa aprovaram por unanimidade, no fim do ano passado, a criação de cinco novas vagas no Legislativo. A partir de 2013, a cidade de 68 mil habitantes terá 15 vereadores.

De acordo com o número de habitantes, Santa Rosa deveria ter no mínimo nove e, no máximo, 15 vereadores. Os atuais legisladores optaram pelo número máximo.

- Aumenta o debate, aumentam as ideias e mais representações. As comunidades vão ficar melhor representadas – justifica o ex-presidente da Câmara de Vereadores, Denir Frosi.

A votação foi em dois turnos, um em novembro e o outro em dezembro. Ambas aprovadas pro unanimidade. A decisão foi dos próprios vereadores que não consultaram a população.

- Eu acho desnecessário e até uma vergonha essa decisão, porque na hora que eles precisam aumentar um número, eles não pedem à população. A gente não fica sabendo, como se fosse uma campanha aberta  - opina a universitária Mariana Ciprandi.

Se fosse hoje os cinco novos vereadores gerariam aos cofres públicos um custo de cerca de R$ 40 mil por mês. Cada um tem direito a R$ 7,5 mil que correspondem a salário, benefícios e um assessor. Há ainda os custos com a ampliação da estrutura e a manutenção dos gabinetes.

- Esses valores nós poderíamos usar para adquirir muitas outras coisas para nós, cidadãos de Santa Rosa – comenta a caixa de loja, Patrícia Santana.

Para abrigar os novos vereadores a Câmara vai construir novas salas. O atual presidente garante que há recursos para atender para atender e suportar a nova estrutura.

- Nós devolvemos ao Executivo mais da metade do valor que a Câmara tem direito nessa nova conjuntura, que criou os 15 vereadores. Nós temos recursos disponíveis e temos certeza que não interferir no aumento da Câmara e nem município de Santa Rosa – destaca o presidente da Câmara, Valdecir Hemsing.

Atualmente o salário do vereador em Santa Rosa é de R$ 4,750,00 e do assessor, R$ 1.950,00.

O que pensam as lideranças locais

“Qualquer definição na mudança de estrutura de governabilidade e de estrutura do Poder Público deve passar por um amplo processo de debate com a sociedade, via participação direta”.

Pedro Büttenbender, presidente Corede Fronteira Noroeste

“Democraticamente me parece que são poucos para alcançar uma maior liberação de oportunidades para outros também renovarem o Legislativo, mas ao mesmo tempo, terá que ter visualização de não aumentar a despesa propriamente dita com a elevação do número. Isso não é fácil de fazer”.

Pedro Paulo Primo Barili, presidente da ACISAP

“Acredito que para uma cidade do porte de Santa Rosa, com nove vereadores bem qualificados e comprometidos com o interesse da sociedade seria perfeitamente possível atender a sociedade”.

Leonides Fredi, presidente Sindilojas

* Você concorda com o aumento no número de vereadores? Acredita que a população deveria ter sido consultada antes da aprovação?

Bookmark and Share

Por

4 Comentários »

  • César disse:

    Acho uma falta de consideração tremenda.Vejamos a incoerência: Quando a prefeitura decidiu fazer um debate público, para discutir onde os valores do Pró-transporte seriam destinados, vários vereadores questionaram, vieram em público manifestar a indignação, que não deveria ser desta forma, etc..etc..etc.Claro que essa ação não beneficiaria alguns partidos políticos, pois daria a impressão que com esse montante de dinheiro, a prefeitura poderia fazer muitas obras e daria a entender que o PT fez um bom governo, fazendo com que a população votasse novamente neles.Isso na visão de alguns partidos políticos de oposição. Por outro lado, quando os valores terão que sair da receita da câmara, também deveria passar por um processo de debates com a população e é lógico que não foi feito, pois certamente a população seria contra e lembrando,quem mantém a máquina pública somos nós, trabalhadores!!Pois bem,onde quero chegar, muitos fazem o possível para alardiar situações de interesses públicos, dando a entender que o que os outros fazem é errado, o que fizemos é certo, que justificativa nobres vereadores, os senhores tem para o aumento de vagas na câmara, aumento de salários, assessores. O que maís me instiga, é que oo próprio PT também foi conivente a esta ação.Ficamos convictos que já que a prefeitura é um cabideiro de cargos, mas nao consegue-se agradar a todos, o jeito é criar novos cargos, secretarias, cargos de confiança, a máquina pública inchada dá conta de tudo isso.Sugiro que dois prefeitos seria interessante, talvez conseguiríamos ter ruas melhor pavimentadas, e não essa buraqueira, ou talvez seria mais um, para pensar na desculpa que será dada a população:”É uma herança maldita os buracos, temos que fazer o sanemaneto básico da cidade, e assim, nada é feito”.Tenho saudades de políticos que trabalharam incansavelmente por esta cidade, que fizeram estádio, teatros, parques de exposições, aeroportos, eles tinham um sonho de transformar esta cidade,num pólo-regional,numa cidade referência para toda região, no incentivo as indústrias que aqui estão e outras que pudessem vir.Hoje temos autoridades políticas corrompidas pelo dinheiro, longe de buscarem um futuro melhor aos seus conterrâneos.Que nós, a população que paga as contas, não sejamos indiferentes, que possamos sair as ruas e manifestar nossa indignação, assim como “eles” que quando sentem ameaçados também se manifestam de todas as formas, ou estaremos fadados a viver e conviver com a hipocresia sem a resolução de nada.

  • Roberto disse:

    VETO JÁ!
    Não podemos admitir decisões como estas. Os vereadores não podem, de forma unilateral, criar mais cargos sem ao menos consultar o povo.
    Ao meu ver, nossa Câmara de Vereadores está parecendo um hotel, onde os quartos são os gabinetes, os camareiros os assessores, e os hóspedes os vereadores, os quais só visitam o local quando vos interessa (salvo raríssimas as exceções).

  • Mauricio dos Santos disse:

    Acredito que aumentar o número de vereadores é aumentar a representatividade do povo. O debate tem que acontecer no âmbito do orçamento que é repassado do executivo ao legislativo. Não adianta debatermos aumento de vereadores. O que tem que diminuir é o repasse às Câmaras de Vereadores de todo o país. Além disso tem que diminuir ou limitar as diárias dos vereadores, pois isso sim pe dinheiro jogado fora. Sugestão: Aumentar i número de vereadores (e assim a democracia representativa) com a diminuição dos salários ou do repasse orçamentário.

  • Thiago disse:

    Senhores vereadores, apoio os senhores na decisão, sugestiono que os senhores solitem aumento no salário e para os assessores, afinal R$4.750,00 é muito pouco,quando para um concurso público com salário de R$1.500,00 muitos estudam exaustivamente e trabalham 40 horas semanais.Creio que a função que estes ou outros profissionais no mercado, com certeza, muito pouco ou quase nada contribuem para a economia.Sugiro que na próxima eleição se tenham muitos mais candidatos, talvez os que engajarem, consigam fazer algo de útil a sociedade. Concordo com os senhores, essa sociedade é tola e hipócrita, eles aceitam tudo, deixam que eles pagam as contas, mas sugiro que o critiquem quando os acusarem de nada fazerem por eles. Todo apoio aos senhores.Caso precisarem de assesor, eu tenho o primeiro grau compreto, mas cunvenço o pessoal da vila a votar em nóis por um sacolão…

Comentários