clicRBS
Nova busca - outros
02 nov15:03

Maternidade do Vida e Saúde interrompe atendimento e bebê nasce em consultório

Gelson Waier, RBS TV

A paralisação dos obstetras do único hospital com maternidade em Santa Rosa interrompeu o atendimento às gestantes. O filho de Daniela Marques Campos,  17 anos, acabou nascendo em um consultório.

A adolescente chegou ao Hospital Vida e Saúde com dores. Depois de quatro horas foi encaminhada para o outro hospital dacidade, o Abosco, que não tem maternidade. Ao chegar no local, entrou em trabalho de parto e teve o bebê no consultório da médica.

- Demorou muito para chegar o SAMU e depois me mandarem para cá. Quando a doutora quis examinar, eu ganhei o bebê – conta  a mãe.

Segundo o diretor técnico do Vida e Saúde, o plantão que era feito por quatro médicos, reduziu para dois. Agora, os responsáveis pelo atendimento se dizem sobrecarregados

- A princípio o plantão do pronto socorro, que é um plantão clínico, fará o primeiro atendimento destas gestantes. Só que o atendimento específico de obstetrícia vai ser encaminhado conforme a 14ª Coordenadoria – explica o diretor  técnico do hospital, Arno Heinzmann.

Segundo a 14ª Coordenadoria Regional de Saúde, a maioria das pacientes será encaminhada para Três de Maio e Santo Ângelo, um percurso entre 30 e 55 quilômetros.

- O objetivo é que nenhuma gestante fique desassistida – afirma o coordenador Antônio de Paula.

O hospital informou a suspensão do serviço às autoridades e à Justiça. A instituição, que é privada, mantêm convênio com o SUS para a realização de partos. A administração do hospital afirma que não há condições de dar os reajustes para os médicos.

Também serão encaminhadas gestantes para o hospital Abosco de Santa Rosa, que alerta não ter estrutura para receber a demanda.

>> Clique aqui para assistir  à reportagem para o RBS Notícias.

Bookmark and Share

Por

2 Comentários »

  • titoligado disse:

    Isso é uma vergonha!!!
    Dias atrás,foi informado que iria vir recursos para o HC,o que vai resolver,estruturar um hospital que não quer fazer atendimentos.
    Então que venha esse recurso para o Abosco que,apesar de não ter a estrutura do HC nunca deixa de socorrer a população.
    Tenho certeza que deve ter mto obstetra louco para vir para Santa Rosa
    É um horror ter q viajar para ter seu bebê,sendo q há um hospital na cidade.

  • analigada disse:

    Sejamos honestos, a culpa não é do HC e sim dos médicos que querem ganhar uma fortuna, mais uma vez quem paga por isso é a população santarosense, mas acho que a direção do hospital não pode ficar de refém desses médicos.Tbm concordo que sejam contratados novos médicos ganhando bem menos dos que se acham “sobrecarregados” e com mais disposição e humanidade para atender a população.
    Parabéns ao diretor tec do HC que teve coragem de enfrentar estes médicos que lá na sua formatura juraram salvar vidas e agora só querem compensações financeiras. Que médicos são esses que se recusam a trabalhar e deixam as pessoas na mão? Será que esses profissionais merecem ter nossa confiança? Será que merecem morarem em nossa cidade?

Comentários