clicRBS
Nova busca - outros
17 nov20:16

Lixão de Tuparendi é interditado

Maristani Weiand, RBS TV Santa Rosa

O local que recebe o lixo de sete municípios foi interditado na tarde desta quinta-feira. A medida judicial foi cumprida pelo prefeito de Tuparendi Olavo Pawlak, que contou com reforço policial. Ele foi responsável por informar os responsáveis pelo aterro sobre a interdição. Depois de uma hora de conversa e explicações, o prefeito informou por telefone aos proprietários que não moram na região e lacrou o portão principal.

Os moradores vizinhos comemoraram a interdição.

_Ninguém gosta de viver perto de lixo. É mau cheiro, mosca e bicharedo de todos os tipos _ comenta o agricultor Domingos Zalamena.

No local criado para ser uma central de triagem e compostagem eram depositadas sem qualquer tipo de seleção, toneladas de lixo trazidas dos municípios de Santa Rosa, Tucunduva, Entre-Ijuís, São Luiz Gonzaga, Pirapó e Doutor Maurício Cardoso. Em 2008, a área que pertence aos municípios de Tuparendi e Tucunduva foi cedida a uma empresa terceirizada; a central de recebimento de resíduos Tuparendi, que tinha contratos com as prefeituras.

O acordo de empregar cerca de 30 pessoas e fazer a reciclagem e separação do lixo não foi cumprido. Por irregularidades ambientais a empresa acumula na FEPAM, cerca de R$ 1 milhão em multas. Os caminhões que chegaram não puderam descarregar o lixo.

_Nós gostaríamos de ter o entendimento de toda a comunidade regional. Nós sabemos que podem ocorrer transtornos para os municípios que entregam o lixo aqui, mas Tuparendi também tem os seus direitos_ destacou o prefeito Olavo Pawlak.

Toda s as máquinas e equipamentos ficaram no local porque a prefeitura pediu o patrimônio à Justiça, como forma de garantia pelos prejuízos. Enquanto não houver decisão fica tudo na área.

Como forma de protesto, o gerente e o vigilante da empresa não quiseram retirar os seus veículos do pátio. Agora, é necessária a interferência da Justiça para reaver os bens particulares. Por uma questão d elicitaçao, Tuparendimanda o lixo produzido na cidade para Giruá.

Os proprietários da empresa Central de Recebimento de Resíduos Tuparendi não foram localizados pela equipe da RBS TV. A empresa pode recorrer.

>> Clique aqui para assistir à reportagem de Maristani Weiand para o RBS Notícias.

Bookmark and Share

Por

Comentários