clicRBS
Nova busca - outros

região

19 nov14:15

Noroeste terá a primeira unidade penitenciária feminina do interior do Estado

Juliana Gomes, Zero Hora

A Penitenciária Modulada de Ijuí passará a contar com uma unidade feminina. Hoje, 26 presas em regime fechado ocupam galerias especiais reservadas do convívio com os 370 homens do local.

As dificuldades no uso do espaço comum limitam as mulheres a atividades como artesanato dentro das celas e reforçam a necessidade de um ambiente exclusivo.

Até o final do ano, um prédio anexo à penitenciária, hoje usado pela Brigada Militar para cursos, treinamentos e alojamento dos policiais que atuam na guarda, será adaptado para ser a primeira unidade feminina no Noroeste. O anexo deve abrigar presas de Ijuí e, conforme a necessidade, das cidades de Santo Ângelo, Cruz Alta, Santa Rosa, Santo Cristo, Cerro Largo, Três Passos e São Luiz Gonzaga.

Separado dos demais módulos por muro e com acesso independente, o prédio deve dispor de salas de aula, de trabalho e pátio só para elas.

_ A área de 549 metros quadrados é semelhante ao presídio de Charqueadas. Lá há 76 vagas, a nossa expectativa é de que em Ijuí possamos receber o mesmo público _explica o delegado penitenciário Irineu Koch.

Assim que a Brigada Militar deixar o local, a Susepe deve fazer o levantamento necessário para definir número de salas, celas, banheiros e refeitório a serem construídos. A partir daí será conhecida a dimensão do investimento.

Atualmente, na região Noroeste-Missões, são 160 detentas. Diante desse número, discute-se a adaptação de um presídio também em Santo Cristo.

Municípios como Charqueadas e Montenegro já tiveram penitenciárias adaptadas para atender o público feminino.

O projeto faz parte de um projeto de reestruturação da Susepe

O crescimento da população carcerária feminina é a razão dessas adequações. De 1995 a 2010, houve um aumento de 654,4% no Rio Grande do Sul.

A criação desses espaços faz parte de um projeto de reestruturação da Susepe e a expectativa é de que se tornem presídios com direção independente. Torres e Guaíba já têm penitenciárias destinadas especialmente para as mulheres.

Atualmente, as dificuldades não se limitam ao espaço físico. Quando uma presidiária do interior do Estado engravida, no oitavo mês, é transferida para Porto Alegre, para Penitenciária Madre Pelletier onde uma área materno-infantil possibilita a convivência entre mães e bebês.

_ Com isso, tiramos essas mulheres da sua região de origem, levando-as para longe das famílias, o que é um problema _ preocupa-se o delegado da 3ª Delegacia Penitenciária Regional Irineu Koch.

Por enquanto, só a Penitenciária Madre Pelletier e a Casa Albergue, ambas em Porto Alegre, dispõem de unidades materno-infantis no Rio Grande do Sul.

Até o fim deste mês, será inaugurada em Guaíba uma unidade como estas, um espaço lúdico, distinto das demais presas, para que a mãe conviva com a criança, tendo apoio médico e psicológico.

_ Com o tempo, queremos dispor dessas unidades em todas as nossas regionais. Essa é uma forma de oportunizar às mulheres permanecerem próximas às famílias e se reconstruírem como cidadãs _ afirma a delegada responsável pelas penitenciárias da mulher no Estado Maria José Diniz.

Bookmark and Share
Comente aqui
19 nov13:25

Bailes e festas na região

Sábado

Fenachopp

Animação: Musical San Francisco

Onde: Guia Lopes, em Santa Rosa

23h

Feira Beneficente do Carinho

Onde: Rua Guaporé, 499, em Santa Rosa.

14h às 18h (sábado e domingo)

Exposete

19h: Show com Banda Prata da Casa Sul Brasil

Local: Espaço Histórico Cultural

23h: Baile com a Banda San Francisco e Estrela Azul

Local: Salão Paroquial

Domingo

Festa em homenagem a Nossa Senhora da Saúde

Comunidade de Cinquentenário, interior de Tuparendi

Domingueira Universitária

Onde: Clube Serrano de Santo Cristo

17h

Tarde Dançante

Onde: Clube Comercial de Santo Ângelo

Horário: 14h30min

Animação: Banda Companhia SN

Copa Noroeste de Automodelismo

Onde: Miniautódromo Idalino Speroni, em Santo Augusto

9h

Bookmark and Share
Comente aqui
19 nov10:42

Planta pode ajudar a prevenir dengue

Luma Leão, RBS TV Santa Rosa


Em Ubiretama uma ideia diferente pretende reforçar o combate à dengue. Depois de estudos técnicos, descobriu-se que uma planta pode se tornar uma aliada neste trabalho.

O nome complicado, Clotalária juncia, esconde um método simples de combate. Ela é usada principalmente para cobertura verde em jardins e hortas. Pelo menos era isso que o aposentado Jacob Fiedoruk pensava.

_Eu já conhecia lá no interior, mas não sabia que era contra a dengue_ comenta.

Estudos da Emater concluem que a crotalária juncia pode ajudar a matar o mosquito transmissor da doença.

_ Quando ela está florida vem uma libélula, atraída pela flor. E esta libélula consome o mosquito aedes aegypti. Ela também deposita seus ovos para a proliferação dela na água rasa e limpa, como o mosquito da dengue, e essa larva quando nasce dentro da água consome também a larva do mosquito_explica a extensionista da Emater Alice Quinzani.

Para disseminar a ideia na cidade, a Emater e a Secretaria Municipal de Saúde resolveram distribuir sementes da planta aos moradores. Cada um recebe 50 gramas e pode plantar nos terrenos e pátios das casas. Foi o que fez a agricultora Nelci Karczerski.

_É uma alternativa para a gente conseguir se livrar do mosquito_ comenta.

A distribuição começou a ser feita em outubro para que até o início do verão a planta já esteja florida no período de maior proliferação do mosquito da dengue. No entanto, para além disso, é importante que a população não esqueça dos cuidados básicos de limpeza.

_A água nos potinhos de flor, o recolhimento do lixo, tudo é muito importante evitar por causa da água parada e automaticamente se cria o mosquito da dengue_ destaca o Secretário Municipal de Saúde Odir Kessler.

Se o projeto der certo, a ideia é incentivar a plantação todos os anos. A cidade ainda não teve casos confirmados de dengue.

>> Clique aqui para assistir à reportagem de Luma Leão para o Jornal do Almoço.

Bookmark and Share
Comente aqui
19 nov10:26

Projeto Mamãe Coruja ampara gestantes em Giruá

Futuras mamães giruaenses passam a ser atendidas por uma iniciativa que oferece exames de pré-natal, palestras,oficinas para confecção de enxoval e um kit para o bebê.

A proposta do projeto Mamãe Coruja, segundo o secretário municipal de Saúde Marcelo Calai Ferraz, é promover um pré-natal com mais qualidade, proporcionando maior atenção às gestantes.

Para isso, um programa de atividades foi montado e deverá iniciar em 1º de dezembro.

_As futuras mamães, gestantes até 30 meses, inscritas até esta data, formarão o primeiro grupo e participarão de inúmeras palestras e encontros sobre os diversos temas que envolvem a gestação_ adianta Marcelo.

As participantes também contarão com oficinas de corte e costura para aprender a confeccionar cobertores e roupinhas para os bebês.

Ao final da gestação, a mamãe que tiver realizado oito consultas de pré-natal e participado de 80% dos encontros irá receber um Kit com sacola para o bebê, fraldas, body, cobertor, termômetro e sabonete.

Informações: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Giruá

Bookmark and Share
Comente aqui
19 nov09:10

Jovem morre em acidente em Santo Augusto

Juliana Gomes, Zero Hora

Por volta das 19h desta sexta-feira, um acidente no centro de Santo Augusto vitimou Marcos Leon Dias, 19 anos. Segundo a Brigada Militar, ele estaria participando de um racha, quando bateu em um fusca. O jovem foi levado ao hospital com vida, mas não resistiu aos ferimentos. O motorista do Fusca não se feriu.

Marcos León Dias servia ao Exército em Santiago e estava em Santo Augusto visitando familiares.

Bookmark and Share
Comente aqui
18 nov16:29

Estradas da região abandonadas pelo DAER

Carlos Etchichury, Zero Hora

Responsáveis pela integração de municípios produtores de soja, milho e trigo, nas regiões noroeste e central do Rio Grande do Sul, três rodovias secundárias, administradas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), padecem da mesma chaga: rachaduras e crateras no asfalto, mato no lugar do acostamento, sinalização precária.

Ontem, a equipe multimídia do grupo RBS De Olho nas Estradas viajou pelas rodovias Rosário do Sul-São Vicente do Sul (ERS-640) e Ijuí-Maurício Cardoso (ERS-342). Na segunda-feira, os jornalistas haviam percorrido Campo Novo-Boa Vista do Buricá (ERS-220).

em Ijuí, um dos celeiros do Noroeste, e se encerra em Doutor Maurício Cardoso, na fronteira com a Argentina. A estrada está tão precária, que, em alguns trechos, o asfalto está derretendo – realidade semelhante à encontrada pela equipe na Santa Rosa-Porto Xavier (ERS-471), também administrada pelo Daer. Proprietário de um posto de combustível e sócio de uma borracharia, Ari Flores Copatti, 44 anos, já presenciou situações quase inverossímeis. Ele conta:

- Numa noite de sexta-feira, 10 pessoas tiveram pneus furados num trecho de quatrocentos metros. Já presenciei motoristas furarem os dois pneus de um veículo num mesmo buraco, consertarem, colocarem estepe e furarem um terceiro pneu.

No início da semana, ao fazerem os 30 quilômetros do traçado Campo Novo-Boa Vista do Buricá (ERS-220), os repórteres haviam deparado com uma via esburacada e sem nenhuma sinalização vertical.

CONTRAPONTO

O que diz Milton Cypel, diretor de infraestrutura do Daer

“A estrada Rosário do Sul-São Vicente do Sul (ERS-640) é antiga não está preparada para receber tráfego de veículos pesados. Ela tem problemas estruturais, mas não há previsão de intervenção mais profunda. Continuaremos fazendo operações tapa-buracos. A estrada Campo Novo-Boa Vista do Buricá (ERS-220) também continuará recendo tapa-buracos. Já a Ijuí-Maurício Cardoso (ERS-342) receberá uma intervenção mais profunda, de restauração, a partir de dezembro”

Clique aqui para ler a reportagem completa em zerohora.com

Bookmark and Share
Comente aqui
18 nov15:32

Região registra significativas diferenças no preço da cesta básica

Estabelecimentos comerciais de sete municípios da região vem sendo visitados ao longo de 2011 por alunos do curso de Economia da FAHOR. Um dos objetivos centrais é avaliar as diferenças de preços praticados da cesta básica e o grau de comprometimento do salário com os 13 produtos alimentícios que a compõem.

A pesquisa realizada no mês de novembro em Horizontina, Tucunduva, Doutor Maurício Cardoso e Três de Maio mostrou significativas discrepâncias de valor. Enquanto que em Horizontina e Doutor Maurício Cardoso o valor da cesta aumentou, os moradores de Três de Maio pagaram menos pelos alimentos em novembro.

Horizontina

Em novembro constatou-se o aumento de 4,24% no valor necessário para a aquisição dos treze itens da cesta básica, considerando os preços médios dos oito mercados pesquisados. Se em outubro eram necessários R$ 261,21 para a compra de uma cesta básica, em novembro este valor passou a ser de R$ 274,40.

Um dos principais fatores que levaram a esse aumento foi a alta nos preços de alguns alimentos: tomate, 31,67%; batata inglesa, 18,40%, e carne de gado 4,58%. Em contrapartida, poucos foram os produtos que obtiveram diminuição no preço, tais como a farinha de trigo (-33,62%); o pão (-5,27%); o açúcar (-4,00%); banana (-3,95%).

Neste mês de novembro foi possível constatar que os mesmos treze itens alimentícios (e suas respectivas quantidades) poderão ser adquiridos por R$ 175,25 quando forem escolhidos os menores preços, enquanto que R$ 382,20 serão necessários se escolhidos os mesmos produtos com os maiores valores.

Doutor Maurício Cardoso

A pesquisa dos preços da cesta básica no mês de novembro em Maurício Cardoso indicou uma elevação nos preços de novembro em relação a outubro. O aumento nos preços foi de 4,74%. A elevação nos preços da cesta básica foi resultado de diversos produtos que apresentaram significativos aumentos.

No decorrer do período em que a pesquisa foi possível observar que o tomate e a batata inglesa são os produtos que possuem maior oscilação em seus preços. Exemplo desta oscilação é o fato de que em setembro o tomate apresentou o seu menor preço, R$ 2,46 por quilo. Já em novembro o mesmo produto custa R$ 4,54, o kg.

Em Dr. Maurício Cardoso a pesquisa apontou ainda, que uma cesta básica poderá ser adquirida por R$ 277, 33 com base nos preços médios. Mas se o consumidor comparar os preços e escolher os itens mais baratos poderá adquirir os mesmos produtos com R$ 229,40. Por outro lado, aqueles que não efetuarem pesquisas ou optarem por determinadas marcas poderão pagar até R$ 332,55.

Tucunduva

Em relação aos valores apurados na pesquisa da cesta básica para o mês de novembro, constatou-se que em Tucunduva são necessários R$ 269,69. A título de comparação, no mês de outubro na capital gaúcha o consumidor desembolsava R$ 277,34 para a aquisição dos mesmos itens e quantidade.

Desta forma, os valores calculados da cesta básica para o mês de novembro em Tucunduva, permitem apontar que numa família composta por um casal e dois filhos pequenos (equivalentes a três adultos) serão necessários R$ 809,06 para a aquisição de alimentação básica.

Quando o consumidor escolher os menores preços, a cesta básica poderá ser comprada gastando R$ 202,45. Por outro lado, quando forem escolhidas as marcas mais caras o desembolso do consumidor de Tucunduva salta para R$ 337,39.

Três de Maio

Em Três de Maio, neste mês de novembro, constatou-se que são necessários R$ 259,03 para adquirir uma cesta básica. Este valor corresponde a um montante menor do que aquele obtido no mês de outubro. A queda no valor da cesta básica foi de 1,20%.

Os produtos que apresentaram as maiores quedas nos preços foram: a banana e o tomate. Já os produtos que apresentaram maiores elevações foram a batata inglesa, o arroz, farinha de trigo e o açúcar.

Bookmark and Share
Comente aqui
18 nov15:13

Feira celebra 80 anos de colonização alemã em Sete de Setembro

A partir desta sexta-feira, o município de Sete de Setembro comemora os 80 anos de colonização alemã e também os 15 anos de emancipação político-administrativa. As duas datas serão festejadas durante a 3ª edição da exposição feira do município, a Exposete.

A expectativa da organização é de que 8 mil pessoas passem pelo Clube União Sete de Setembro durante os três dias do evento.

Soberanas da Feira

O chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar, José Orlando Ponsi, destaca a mostra agropecuária do município, que ocorre paralelamente à feira.

_A Emater promoverá o concurso de pratos à base de soja, as exposições de artesanato do clube de mães e da agricultura familiar; também participa da organização da feira da terneira e do concurso leiteiro. Além de também expor o já tradicional Caminho das Especiarias, que conta toda a história dos condimentos por meio da rota que os trouxe até o Brasil_enfatiza Ponsi.

Entre as demais atrações permanentes está a Feira do Livro com atividades lúdicas, recreação para as crianças, Projeto Cultura nas Estradas e 1ª Feira do Artesanato local. Diversas atrações artísticas e culturais também fazem parte da programação.

Informações: Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar Regional Santa Rosa

Bookmark and Share
Comente aqui
18 nov09:36

Hospital de Três de Maio comemora o baixo índice de infecção hospitalar

É considerada infecção hospitalar aquela adquirida após a admissão do paciente, que se manifesta durante a internação ou após 72 horas da alta, quando puder ser relacionada com a internação ou procedimentos hospitalares.

De outubro de 2010 a outubro de 2011, o índice de infecção hospitalar no Hospital São Vicente de Paulo foi de apenas 0,96%. O índice é comemorado pelo de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) da instituição tresmaiense, uma vez que o indicador recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 3%.

Porém, mesmo tendo esse índice abaixo do recomendado, é necessário que os visitantes dos pacientes também colaborem na manutenção deste indicador. Segundo a enfermeira responsável pelo SCIH, Mariliane Moura de Oliveira, os visitantes podem contribuir para que esse índice fique cada vez melhor, evitando assim problemas para os pacientes.

_Há uma preocupação constante em proteger os pacientes e familiares de infecções, de conservar o hospital limpo, organizado e manter o silêncio necessário para a rápida recuperação do paciente_ comenta Mariliane.

Em média, circulam no HSVP cerca de 5 mil pessoas por semana. Caso não houver os cuidados necessários, poderá ocorrer o aumento do índice de infecção no hospital, o que irá comprometer principalmente a qualidade do atendimento e a melhora dos pacientes internados.

Como a comunidade pode colaborar para ajudar a diminuir os riscos de infecção hospitalar

  • Não fumar, não falar em voz alta, não sentar nas camas;
  • Lavar as mãos ou usar álcool antes e depois do contato com qualquer paciente;
  • Evitar contato físico com o paciente;
  • Não fazer visitas hospitalares quando estiver com qualquer infecção (gripe, dor de garganta, doença respiratória aguda, doenças de pele, entre outros);
  • Evitar compartilhar alimentos, bebidas e objetos pessoais;
  • Não deixar refrigerantes e doces nos quartos;
  • O acompanhante deve fazer o lanche na cafetaria do hospital, auxiliando com a limpeza e controle de insetos;
  • Não levar chimarrão, colchões, televisão, aquecedores, cobertores e alimentos.

Informações: Assessoria de Comunicação do HSVP

Bookmark and Share
Comente aqui
18 nov09:32

Final de semana de muito calor na região

Da Central de Meteorologia do Grupo RBS

A massa de ar polar que deixou as madrugadas frias no início da semana começa a enfraquecer e, por isso, o frio da madrugada desta sexta-feira diminuiu em relação aos dias anteriores.

Pouca coisa muda em relação à quinta-feira e o sol predomina entre algumas nuvens em grande parte do Estado.

As temperaturas a tarde novamente passam dos 30ºC no noroeste.

Tempo no sábado

O fim-de-semana começa com tempo firme. A massa de ar frio fica bem mais fraca e as temperaturas serão mais agradáveis ao amanhecer.

O predomínio de sol e os ventos quentes de norte contribuem para a elevação da temperatura e proporcionam uma tarde de forte calor no Rio Grande do Sul, com máxima de 35ºC.

Domingo bastante aproveitável no RS

Os ventos que sopram ar quente do norte do País deixam as temperaturas agradáveis desde as primeiras horas da manhã.

O noroeste começa com dia abafado, com temperaturas mínimas em torno dos 20°C.

Com o sol, a temperatura sobe rapidamente e a tarde fica bem quente, com máximas acima dos 30°C em grande parte do Estado.

Bookmark and Share
Comente aqui