clicRBS
Nova busca - outros

desaparecimento

19 out10:20

O último dia da família com Luana

O paradeiro de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, que sumiu no dia 13 de julho, ainda é um mistério. Grávida de sete meses e meio a adolescente fazia planos para a criança que esperava. O nascimento de Emily Vitória estava próximo. Deveria ser no dia 15 de setembro.

Também planejava um churrasco em família, na sua residência, em Três Passos, noroeste do Estado. No dia 27 de julho seria comemoração de seu aniversário de 15 anos.

Naquela quarta-feira, Cíntia teve um dia movimentado. Ela e a mãe passaram o dia juntas.

- Naquele dia, a Luana estava grudada comigo o dia inteiro. Ela estava grávida e se sentia muito dependente – comenta a dona-de-casa Ivone de Moraes, 54 anos.

As duas foram acompanhar o irmão da adolescente, Jonathas Moraes, 18 anos, que teria uma entrevista de emprego em Itapiranga (SC). A mãe e a irmã, Ivone, contam como foi o último dia de Luana com a família, desde seu desaparecimento.

6h – Cíntia acordou e foi se arrumar para a viagem. Como era frio, a adolescente saiu de pijama e enrolada em um cobertor. Ela e a mãe acompanharam Jonathas até Barra do Guarita. Lá elas ficaram aguardando ele retornar da entrevista.

8h30min -Luana, como era chamada pela família, chegou em casa com sua mãe e os dois irmãos, que moravam na mesma casa. Como estava cansada, foi dormir e levantou ao meio-dia.

12h - Almoçou com sua família. Parecia muito tranquila.

14h – Juntas, ela e mãe foram até o centro. Dona Ivone queria fazer empréstimo em uma agência. Logo após, retornaram para casa.

17h - Cíntia estava com desejo. Queria comer pão de queijo. Mais uma vez acompanhada da mãe, foi até a padaria comprar o lanche.

18h30min - Sentada na poltrona da sala, comia pão-de-queijo e iogurte. Foi quando seu telefone tocou. Segundo a mãe era o pai da criança.

18h35min - Cíntia arrumou rapidamente a casa e foi para o banho, se preparar para receber a visita anunciada por telefone.

18h55min – Logo depois, disse à mãe que o pai da criança não viria mais até sua casa. Que iria até o mercado, próximo à sua casa, onde se encontraria com ele. “Já volto, demoro no máximo 20 minutos”, disse. Foram as últimas palavras que Ivone ouviu de sua filha, desde então.

21h29min - Mãe recebe torpedo SMS do celular de Cíntia: “To indo viaja com o ******. Volto segunda”.

14/07 – 11h54min – Outra mensagem é recebida pela mãe, também do celular da adolescente: “To bem a hora puder eu ligo tchau e para de me liga aqui o telefone não pega bem temo em Santa Catarina”.

A mensagem no dia 14 de julho foi o último contato da adolescente. Desde então, a polícia recebeu dezenas de ligações, que motivaram buscas em diversos pontos da região e averiguações fora do Estado. No entanto, nenhuma levou à resolução do mistério.

A família Moraes ainda tem esperança de encontrar a caçula de seis irmãos. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Cíntia, com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima, pelo 197.

Bookmark and Share
1 comentário
18 out12:34

Desaparecimento de adolescente grávida mobiliza Três Passos

Mais de três meses sem notícia. A angústia pelo desaparecimento de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, 15 anos, intriga os trespassenses.

Ao sair de casa, Luana, como é chamada pela família, afirmou que iria se encontrar com o pai da criança que esperava e retornaria em seguida. Foram as últimas palavras da filha, que a mãe, Ivone Moraes, 54 anos, ouviu.

No dia 13 de julho, quando sumiu, ela estava grávida de sete meses e meio e já havia preparado o enxoval para a chegada da filha, Emily Vitória.

Vestia calça jeans azul escura, com zipper na lateral direita, blusa cinza clara com bolso na altura da cintura e chinelos dourados. Duas horas depois, a mãe recebeu uma mensagem do celular da adolescente, dizendo que ela iria viajar com o pai da criança, morador de Humaitá. Ele não viajou e Cíntia, desde então, não entrou mais em contato.

O desaparecimento da adolescente impediu que a família celebrasse seu aniversário de 15 anos, em 27 de julho, e o nascimento da criança, previsto para a metade de setembro. A mãe ainda tem esperanças.

- Eu tenho esperança que ela volte ainda com o bebezinho nos braços – declara.

Por falta de notícias, a família se mobilizou e realizou protesto com faixas e cartazes por duas vezes, em frente à Delegacia de Três Passos. No entanto, o mistério continua.

A Polícia considera que não há motivos para Cíntia ter fugido, pois a família aceitava a gravidez.

Segundo a delegada que assumiu o caso em outubro, Caroline Bamberg Machado, todas as informações recebidas nos últimos meses foram checadas, sem que pistas concretas indicassem a resolução do mistério.

_ A gente não tem certeza do que aconteceu. Apenas sabemos que ela foi se encontrar com o pai do filho dela e que ele foi a última pessoa que a viu. Mas não temos nada de concreto, portanto, não tem como falarmos em suspeitos. Primeiro temos que especificar o que ocorreu _ afirma.

Para chegar ao paradeiro da adolescente, a Polícia apela para a colaboração da população.

- Se alguém souber de alguma coisa deve entrar em contato com a polícia o mais urgente possível. Nós iremos averiguar e ir atrás _ destaca a delegada.

Quem tiver informações que possam levar até Cíntia, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima, pelo 197.

Bookmark and Share
2 comentários
14 out08:04

Três meses sem Cíntia

Três meses e nenhuma notícia. Quando Cíntia Luana Ribeiro Moraes saiu de calça jeans e blusa bege, no dia 13 de julho deste ano, afirmou à família que retornaria em seguida. Grávida de sete meses e meio, ela saiu apenas com o celular em mãos. Foi a última vez que ela foi vista.

As roupas da adolescente e do bebê permanecem intocadas em sua casa, no centro de Três Passos.

Naquele início de noite, a mãe ainda recebeu uma mensagem do celular de Cíntia, dizendo que ela iria viajar com o ex-namorado. Desde então, nenhum contato. O pai da criança não viajou.

Em depoimento à Polícia disse que deu dinheiro para a menina “sumir” e não sabe de seu paradeiro. Segundo a Polícia, não há motivos aparentes para a menina ter fugido, pois a família aceitava sua gravidez.

O aniversário de 15 anos de Cíntia, no dia 27 de julho, e o nascimento da criança previsto para a metade de setembro, não puderam ser celebrados pela família. A irmã ainda tem esperanças.

- Não sabemos de nada ainda, mas certamente não vamos desistir – afirma Loreni Moraes.

Quem tiver informações que possam levar até a adolescente, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima.

Bookmark and Share
Comente aqui
07 set16:38

Ex-namorado é o principal suspeito pelo desaparecimento de adolescente grávida em Três Passos

Everson Dornelles, RBS TV Santa Rosa


A Polícia Civil de Três Passos confirma que o ex-namorado de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, 15 anos, é o principal suspeito pelo desaparecimento da adolescente grávida. Ela sumiu há quase dois meses em Três Passos.

Os familiares de Cíntia fizeram um manifesto silencioso em frente à Delegacia de Polícia de Três Passos. “Onde está Luana? Queremos Justiça”, eram os dizeres da faixa assegurada pela irmã Loreni de Moraes que está preocupada com a proximidade do final da gestação da menina. A previsão é de que a criança nasça até o próximo dia 20.

- Queremos mais agilidade no processo porque está na época de ela ganhar nenê já e não sabemos onde ela está para podermos ajudar – afirma a irmã.

Quando Cíntia desapareceu, em 13 de julho, estava grávida de sete meses e meio. A previsão de nascimento do filho é até o dia 15, mas até agora não há notícias do paradeiro da jovem.

- Se ela estivesse livre, num lugar, ela iria me ligar. Ela está em outro país ou o pai da criança fez alguma coisa com ela – comenta a mãe Ivone, cujas marcas do sofrimento estão explicitas em seu rosto.

Passaram mais de 50 dias desde o desaparecimento de Luana, como é conhecida por todos. A Polícia já procurou em várias cidades, até mesmo fora do Estado, mas são poucas as informações sobre o paradeiro da adolescente.

- Nós trabalhamos com a hipótese também da Cíntia não estar viva – afirma o delegado responsável pelo caso, William Garcez.

De acordo com as investigações o pai da criança que Cíntia espera, um homem de 29 anos, é o principal suspeito pelo desaparecimento.

- As provas, elementos e informações que temos nos remetem para isso. As circunstancias remetem para o pai da criança, mas não há como imputar qualquer fato a ele. Ele simplesmente está sendo investigado.

A policia investiga também de qual computador foi excluída a rede social da qual Cíntia participava. A exclusão foi uma semana antes dela desaparecer.

Leia mais sobre o assunto:

Bebê de adolescente desaparecida pode nascer nos próximos dias


Bookmark and Share
8 comentários
19 ago17:32

Bebê de adolescente desaparecida pode nascer nos próximos dias

Loreni

Trinta e seis dias após seu desaparecimento, a Polícia Civil de Três Passos ainda não pistas do que aconteceu com Cíntia Luana Ribeiro Moraes, 15 anos.

A adolescente, que desapareceu após sair de casa afirmando que retornava em seguida, está grávida de oito meses e meio. Com a proximidade da data de Cíntia dar à luz, o inconformismo da família aumenta.

- Ela disse que iria falar com o pai da criança e nunca mais voltou. Deixou pra trás as roupas dela e do bebê. Queremos saber o que aconteceu e queríamos estar ao lado dela. Neste momento ainda mais, já que o bebê deve nascer nos primeiros dias de setembro – afirma a irmã, Loreni Moraes.

A família chegou a interrogar o ex-namorado de Cíntia, de 28 anos, que disse que deu dinheiro para a menina “sumir” e não sabe de seu paradeiro.

Conforme a Polícia Civil, não há motivos aparentes para a menina ter fugido, pois a família aceitava a gravidez, apesar do casal não viver junto.

Quem tiver informações que possam levar até a adolescente, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima.

Bookmark and Share
4 comentários
12 ago14:08

Na véspera de um mês de desaparecimento, nenhuma notícia de trespassense grávida

Neste sábado completará um mês que a família Moraes convive com o sentimento de desespero e revolta pelo desaparecimento de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, moradora de Três Passos.

A adolescente desapareceu no dia 13 de julho, quando estava grávida de sete meses. No dia 27 de julho, o churrasco em comemoração aos seus 15 anos foi cancelado.

Quando saiu de casa falando que voltaria em seguida, no anoitecer do dia 13, Cíntia deixou para trás todas suas roupas e do bebê que espera. Duas horas depois, a mãe recebeu uma mensagem do celular de Cíntia, dizendo que ela estava indo viajar com o ex-namorado. No entanto, o pai da criança não viajou e Cíntia não deu mais notícias.

A Polícia Civil de Três Passos já recebeu diferentes pistas de seu paradeiro, maior parte delas, contraditórias. A equipe se deslocou para outros municípios da região, onde a menina estaria, mas não obteve sucesso na busca.

Ainda não se tem informações concretas que possam levar ao conhecimento do que aconteceu com a adolescente.

Quem souber de alguma informação que possa levar até Cíntia, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima.

Bookmark and Share
Comente aqui
04 ago15:10

Polícia Civil de Três Passos segue investigações sobre desaparecimento de adolescente grávida

Há 22 dias não se tem pistas concretas sobre o paradeiro de Cíntia Luana Ribeiro Moraes. No dia 27 de julho o churrasco em comemoração aos 15 anos da trespassenses teve que ser cancelado, por falta da protagonista da festa.

A adolescente, que completa oito meses de gestação nesta semana, está desaparecida desde o dia 13 de julho. A última vez que a mãe viu Cíntia foi sentada no banco da praça em frente à residência. Hoje, com a visão do banco vazio e das roupas da adolescente e do bebê que ficaram em casa, a tristeza da família apenas aumenta.

Duas horas depois de Cíntia ter saído de casa, a mãe recebeu uma mensagem no celular, dizendo que ela estava indo viajar com o ex-namorado. A partir de então, nenhum contato foi feito. O pai da criança não viajou.

Desde o sumiço da menina, muitas contradições e pistas falsas. A Polícia Civil de Três Passos investiga o caso, mas com pouco sucesso. As informações do possível paradeiro da menina, que chegavam por meio de denuncias anônimas, não avançaram.

A polícia chegou a fazer buscas em outros municípios da região, mas Cíntia não foi encontrada.

-  Já fomos atrás de informações em outras cidades, onde ela teria sido vista, mas sem sucesso. Toda pista ou denuncia está sendo levada em conta e investigada. Mas, por enquanto, nem sinal da menina. Por isso precisamos da ajuda da comunidade – explica Luciana Rolim, assessora de comunicação social da Polícia Civil de Três Passos.

Quem tiver alguma informação que possa levar até Cíntia, pode entrar em contato pelos telefones (55) 3522-1211 ou (55) 8404-9216 ou procurar a Polícia Civil mais próxima.

Bookmark and Share
Comente aqui
01 ago15:33

Família de adolescente desaparecida protesta em frente à Delegacia de Três Passos

Familiares e amigos de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, desaparecida há 19 dias, protestaram nesta manhã em frente à Delegacia de Três Passos. Segundo a família há descaso da polícia em dar informações sobre o caso, que segue sem nenhuma resposta.

O desespero da família aumentou depois de cancelar a festa em comemoração aos 15 anos da adolescente, que seria na quarta-feira passada, 27, e por não saber se poderá batizar a criança, que Cíntia espera.

A adolescente, que completa oito meses de gestação nesta semana, saiu de casa no dia 13 de julho e não voltou mais. O único retorno que a família teve foi duas horas depois, por meio de uma mensagem no celular, que dizia que tinha ido viajar com o seu ex-namorado.

O pai da criança foi interrogado e afirmou ter dado dinheiro para Cíntia “sumir”, mas não sabe para onde ela foi.

O delegado William Garcez explica que há necessidade de sigilo em alguns detalhes da investigação, para que ela tenha efeito e nenhum equívoco seja cometido. A Polícia ainda não tem pistas do paradeiro da adolescente.

- Eu tenho esperança que ela volte ainda com o bebezinho nos braços – declara a mãe Ivone.

Quem tiver alguma informação que possa ajudar a localizar a adolescente, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima.

A mãe chora há 17 dias

Bookmark and Share
Comente aqui
29 jul13:25

Segue espera da família Moraes

Há 16 dias a mãe Ivone olha para o banco da praça e aguarda o retorno de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, 15 anos. Naquele banco, em frente à sua residência em Três Passos, foi a última vez que viu a filha.

O desespero da família aumenta depois de cancelar a festa em comemoração aos 15 anos da adolescente, que seria na quarta-feira, e por não saber se poderá batizar a criança, que Cíntia espera.

A jovem, que completa oito meses de gestação na próxima semana, saiu de casa no dia 13 de julho e não voltou mais. O único retorno que a família teve foi duas horas depois, por meio de uma mensagem no celular, que dizia que tinha ido viajar com o seu ex-namorado. Mas o pai da criança nunca viajou e Cíntia não foi mais vista.

Uma família desestruturada

Sem a alegria de Cíntia, o alicerce da família está desestruturado. A mãe e os irmãos buscam na união, as forças para superar a ausência da filha e a angústia de não saber como ela e o bebê estão.

As roupas da adolescente e da criança continuam no mesmo lugar, à espera do retorno.

A irmã Loreni busca consolar a mãe.

- Estamos unindo todas as forças para ajudá-la. Ela está numa depressão profunda à base de remédio. Nada tem sido fácil para a família. Meus dois irmãos perderam o emprego porque não tinham condições de trabalhar – conta.

Conforme a Polícia Civil, não há motivos aparentes para a menina ter fugido, pois a família aceitava a gravidez, apesar do casal não viver junto.

Ajude encontrar Cíntia

Quem tiver informações que possam levar até a adolescente, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima.

Bookmark and Share
Comente aqui
27 jul10:05

Trespassense desaparecida completa 15 anos nesta quarta-feira

O churrasco em família planejado pelos Moraes para esta quarta-feira teve que ser cancelado. Hoje seria dia de celebrar os 15 anos de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, uma data especial para qualquer adolescente. Mas os planos foram interrompidos com o desaparecimento da jovem, no último dia 13 de julho.

Cíntia, que está grávida de sete meses e meio, teria informado que iria se encontrar com o pai da criança que espera, um homem de 27 anos. Ela saiu de sua residência, no centro de Três Passos, e não voltou mais. As roupas da adolescente e do bebê ficaram em casa.

Duas horas depois, a mãe recebeu uma mensagem do celular de Cíntia, dizendo que ela estava indo viajar com o ex-namorado.

A partir de então, nenhum contato foi feito. O pai da criança não viajou.

- Com tanta informação desencontrada, ninguém trabalha mais, ninguém mais dorme há duas semanas – conta a mãe Ivone.

Conforme a Polícia Civil, não há motivos aparentes para a menina ter fugido, pois a família aceitava a gravidez, apesar do casal não viver junto.

O delegado Willian Garcez afirma que o caso está sendo investigado e o pai da criança foi interrogado. Em depoimento, o ex-namorado afirmou ter dado dinheiro para Cíntia “sumir”, mas não sabe para onde ela foi.

Quem tiver informações que possam levar até a adolescente, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima.

Bookmark and Share
Comente aqui