clicRBS
Nova busca - outros

escola

13 jul11:21

Mostra de Curtas demonstra potencialidades da Sétima Arte em Santa Rosa

Curta "Aurora" levou seis dos sete prêmios do Ensino Médio

A sétima arte não precisa ser apenas consumida, assistida em Santa Rosa. Cinema pode ser feito em Santa Rosa. Foi isso que demonstraram, em alto estilo, alunos do Instituto Sinodal Da Paz. Na noite desta terça-feira a 5ª Mostra de Curtas Da Paz impressionou o público que lotou o Centro Cívico Cultural de Santa Rosa, pela sensibilidade e talento de jovens estudantes.

Os curta-metragens produzidos por alunos foram avaliados por um júri específico, nas categorias ensino fundamental e ensino médio.

Além da sensibilidade fotográfica, talento na encenação e adequação da trilha sonora, os estudantes demonstraram conhecimento amplo de assuntos da atualidade e conduziram uma reflexão sobre temas como buillyng, doação de órgãos, combate ao preconceito, aceitação das diferenças e diversas facetas da realidade.

Destaque para o filme “Aurora” do 3º ano que levou seis dos sete troféus “Da Pazito” da categoria ensino médio.

Diante da qualidade dos trabalhos apresentados, o Secretário de Cultura Ângelo Zeni, convidou todos os trabalhos a integrarem a 1ª Mostra de Cinema de Santa Rosa, que ocorrerá no final de setembro.

Vencedores Ensino Fundamental

Melhor Filme: Jogo do Amor – 8ª série

Melhor Trilha Sonora: O Jogo Virou – 7ª série

Melhor Direção: Jogo do Amor – 8ª série

Melhor Ator: Leonardo Zink – 8ª série

Melhor Atriz : Elisa Hartamann Kist da 8ª série e Tanandra Munique Hermanns da 6ª série

Melhor Roteiro: Jogo do Amor – 8ª série

Melhor Cartaz: Documentário “História dos Curtas” – 5ª série

Vencedores Ensino Médio

Melhor Filme: Aurora – 3º ano

Melhor Trilha Sonora: Aurora – 3º ano

Melhor Direção: Aurora – 3º ano

Melhor Ator: Giovane Barbieri – 3º ano

Melhor Atriz : Valesca Linauer – Aurora – 3º ano

Melhor Roteiro: Aurora – 3º ano

Melhor Cartaz: Dupla Face – 1º ano

Bookmark and Share
Comente aqui
13 jul10:03

Alunos são incentivados a desenvolver conhecimento agrocientífico na Escola Técnica Fronteira Noroeste

“A Feira do Conhecimento da Escola é uma iniciativa em que começamos a nos familiarizar com a iniciação às pesquisas relacionadas a muitas áreas do conhecimento”. A expressão do aluno Adriano Strehlow, (3º I) resume a importância da 7ª Feira do Conhecimento e Desenvolvimento Agrocientífico da Escola Estadual Técnica Fronteira Oeste.

Nos dias 15, 21 e 27 de junho, a escola deu um importante passo para a iniciação científica de seus alunos. Eles tiverem a possibilidade de socializar seus saberes, desenvolver habilidades de oratória e demonstrar o resultado de seu conhecimento de forma prática.

Classificação para a MEP Regional

Os 42 trabalhos produzidos e elaborados, pelos educandos do Ensino Médio e Curso Técnico em Agropecuária, embasados emnormatizações metodológicas, foram avaliados e sabatinados por uma banca única, composta por profissionais de alto nível de diferentes eixos tecnológicos. Integraram a banca, o coordenador adjunto da 17ª CRE – Coordenadoria Regional de Educação, professor Jarbas Felício Cardoso; o engenheiro agrônomo Gilmar Vione; a médica veterinária Carina Scalco; técnico da Emater, Carlos Villanova, e bióloga da Empresa Econativa, Juliana Meller.

Dez trabalhos foram classificados na Feira. Destes, sete foram automaticamente selecionados para a 8ª Mostra de Escolas – MEP Regional, que será realizada nos dia 24, 25 e 26 de agosto na cidade de Três Passos, sede da 21ª Coordenadoria de Educação.

Nas palavras dos alunos, a importância da experiência:

- É uma forma de interação entre alunos e professores, visa expor e gerar conhecimentos, torna a nossa Escola um exemplo de organização e de mobilização – Francieli A. da Silva.

- É um meio muito interessante de aprendizado, onde o aluno corre atrás dos seus objetivos de forma dinâmica, acarretando em aprendizagem extra curricular – Marcos J. Koscheck

- Uma verdadeira escola onde aprendemos a nos manifestar em público, o que para muitos é tão difícil – Fábio J. Kraemer

- A Feira foi um grande desafio tanto para alunos quanto para professores, passamos a trabalhar juntos em busca de objetivos – Kelly Costa.

Foi um evento que marcou pelo envolvimento, empenho e esforço de todos. Atividades desta natureza devem ser incentivadas, uma vez que é consenso geral da Escola que a pesquisa é imprescindível no processo da educação.

Bookmark and Share
Comente aqui
07 jul11:41

Frio rigoroso cancela aulas na Reserva do Guarita

Luma Leão, RBS TV Santa Rosa


As aulas nas escolas estaduais da Reserva do Guarita estão suspensas até esta sexta-feira. Por causa do frio intenso, mais de 2 mil alunos indígenas estão sem aula.

As 12 escolas da Reserva, que fica entre os municípios de Tenente Portela e Redentora, ficarão fechadas até o fim de semana.

A própria comunidade indígena pediu o cancelamento das aulas em virtude das baixas temperaturas.

- A aula foi suspensa por causa do inverno. É muito frio por aqui e tem criança que não aguentava dentro da sala de aula – afirma o líder da Reserva, Valdir Joaquim.

Segundo os moradores da Reserva, a chuva atrapalha a travessia dos alunos e o frio intenso prejudica a aprendizagem.

- Fica bem ruim de trabalhar nesse frio. Às vezes as crianças querem sair e daí a gente não consegue trabalhar os conteúdos. É muito ruim mesmo  - comenta o professor Dario Sales.

Como as escolas ficam dentro da Reserva Indígena, muitas crianças se deslocam a pé para a aula, na maioria das vezes, com poucos agasalhos e sem calçados adequados.

Para os pais, a decisão de suspender as aulas foi a melhor opção.

- Assim não vão pegar gripe forte. Ficam em casa uns dias se esquentando no fogo – comenta a dona-de-casa Célia Joaquim.

De acordo com a 21ª Coordenadoria Regional de Educação, as aulas devem ser retomadas na segunda-feira. O conteúdo que deixou de ser estudado nos dias de suspensão será recuperado.

Clique aqui para assistir ao vídeo com a reportagem de Luma Leão para o RBS Notícias.

Bookmark and Share
Comente aqui
01 jul17:46

Escola Paul Harris será ampliada

O desejo manifestado pela comunidade na consulta do Orçamento Participativo 2009 de ampliar a escola Municipal de Ensino Fundamental Paul Harris, começa a sair do papel.

Os recursos já foram garantidos no início 2010, pelo prefeito Orlando e a Secretária de Educação, Neli Cadaval da Costa garantiram o investimento. Desde então, o processo começou a ser analisado pela equipe do Ministério da Educação.

Nesta semana, foi aprovada a análise técnica do projeto da ampliação. Agora, o processo vai para análise jurídica e convecção do convênio que será assinado durante o Mês do Município, no dia 26 de agosto.

O Coordenador Geral de Infraestrutura Educacional, do FNDE, Tiago Lippold Radüns já confirmou presença para o ato de assinatura do convênio.

Como será a nova escola


O projeto foi elaborado pelo arquiteto Cristiano Dalagnol e orçado pelo engenheiro Marcelo Bin. Está previsto um investimento de R$ 1.566.009,58. A ampliação será de 1.553,24m2 .

- Vamos ter praticamente uma nova escola – ressaltou o prefeito Orlando.

A obra contempla sete salas de aula (capacidade para 30 alunos cada), uma secretaria, uma sala de orientação, uma sala de recepção, uma sala de coordenação, uma sala de recursos, uma sala de informática, uma sala de professores, uma sala de direção, refeitório, cozinha, biblioteca, banheiros e acessibilidade para toda a escola.

Bookmark and Share
Comente aqui
22 jun14:38

Irreverência e animação na Festa Junina da APAE

No dia 18 de junho ocorreu a tradicional Festa de São João na APAE de Santa Rosa. Dança da quadrilha, comidas típicas, aposta da abóbora, pescaria, escolha do casal caipira foram algumas das opções que divertiram os presentes.

A animação ficou por conta da Banda Amor e Alegria, que voluntariamente participou do evento.

Em meio a tanta diversão foram escolhidos o rei e a rainha caipira: Lucas Vinícius Rodrigues e Luana Patrícia Wildner.

* Sua escola, empresa ou grupo de amigos também participou de uma festa junina? Envie para a gente! O endereço de e-mail é participe@clicrbssantarosa.com.br.

Bookmark and Share
Comente aqui
15 jun10:24

Alunos do Polivalente apostam em miniempresa de latas ecológicas

Trinta e seis alunos da Escola Polivalente mantém a miniempresa Lat’arte, que destaca-se por aliar empreendedorismo à consciência ecológica. A arte em latas resulta em belos produtos decorados com decoupagem e tampas recicladas feitas com jornal.

As latas podem ser utilizadas de diversas formas: para guardar doces, erva mate, e demais gêneros alimentícios, além de brinquedos, bijuterias e uma infinidade de objetos, ou simplesmente para servir como objeto decorativo.

Passo-a-Passo


O processo produtivo requer muito esforço e dedicação de todos os achievers.

1. Recolhimento e limpeza das latas, que então são lixadas e passadas para a pintura.

2. Aplicação de decoupagem na superfície da lata, com guardanapos decorados.

3. Em paralelo, ocorre o delicado processo da tampa que é confeccionada com jornal e cola.

4. Aplica-se o verniz e tinta na tampa e na lata.

5. Por fim, o produto é passado para o controle de qualidade.

A escolha do produto


Após a avaliação de variadas sugestões, houve o consenso em juntar dois produtos em um: de início se trabalharia a decoupagem em garrafas, então surgiu a ideia de fazer em latas. A proposta de produzir “descansa panelas” em jornal, originou a ideia da fabricação da tampa, surgindo assim a lata decoupada com tampa de jornal.

A mini empresa hoje


A miniempresa passou por um processo de aprimoramento na qualidade do produto final adquirindo maior habilidade de acordo com a evolução de cada jornada. O desafio de criar um produto de alta produção e boa qualidade por um grupo grande e diversificado exigiu uma liderança firme e eficiente. Para os alunos, os advisers, profissionais que orientam as atividades nas escolas, cumpriram e estão cumprindo muito bem seu papel de forma exemplar. O grupo acredita que esse projeto ensina a desenvolver habilidades em uma empresa, auxiliando na tomada de decisões e possibilitando uma visão maior de como enfrentar os desafios que por ventura possam surgir na rotina de uma empresa.

A Lat’arte integra o Programa Miniempresa, que ocorre em Santa Rosa através de parceria entre Acisap e Associação Junior Achievement.

Bookmark and Share
Comente aqui
14 jun16:26

Escola Pedro Speroni sorteou prêmios da Ação entre Amigos

Foram sorteados nesta segunda-feira, os prêmios da Ação entre Amigos dos alunos das 8ª séries e atletas da Escola Municipal Pedro Speroni. O objetivo foi arrecadar fundos para uma viagem da escola, onde os alunos participarão da Maratona de Revezamento Beto Carrero.

Com as doações de empresas do município e prêmios recebidos pelos atletas em corridas rústicas, a venda dos números foi um sucesso, segundo a direção.

Ganhadores da Ação entre Amigos:

1º prêmio: Uma viagem ao Beto Carrero – Daniele Fonseca

2º prêmio: Uma bike Aro 20 – Anselmo Vargas

3º prêmio: Um vale compras de R$ 100,00 da Fecopel Livraria – Gabrile Heckler

4º prêmio: Um abrigo de malha colegial – Gentileza Papião Uniformes – Cristiane Antunes

5º prêmio: Um vale compras de R$50,00 da Casa dos Consertos – Bruno Casagrande

6º prêmio: Um vale compras de R$ 30,00 do Mercado Dall’Ago – Laurete Wildner

7º prêmio: Um vale compras de R$ 20,00 da Padaria Cruzeiro – Lívia Vargas

8º prêmio: Uma bola de futsal – Jair Maciel

9º prêmio: Um Kit de Material Escolar – Gentileza da Fecopel Livraria – Vitor Perini

10º prêmio: Um kit de roupas infantil – Fátima Fonseca

Bookmark and Share
Comente aqui
14 jun14:38

Gincana arrecada mais de 2.800 peças de roupas em Horizontina

Durante uma semana, alunos das séries finais do ensino fundamental e do ensino médio do CFJL – Centro Tecnológico Frederico Jorge Logemann de Horizontina, envolveram-se na realização de atividades recreativas e na arrecadação de alimentos, agasalhos e materiais para reciclagem.

O motivo da movimentação era a participação na GINCLOGEMANN – a tradicional gincana realizada pelo CFJL, cujo ponto culminante aconteceu na sexta-feira, dia 10, quando as turmas tiveram a oportunidade de apresentar as atrações artísticas que prepararam.

Na gincana foram arrecadados 460 quilos de alimentos não perecíveis e 2.832 peças de roupas, que foram entregues ao Grupo de Diaconia da Comunidade Evangélica Martinho Lutero, o qual fará a distribuição para famílias carentes. Os alunos também encaminharam para a reciclagem, 4.798 quilos de materiais diversos recicláveis, cumprindo como caráter ambiental da gincana.

Bookmark and Share
Comente aqui
11 jun17:11

Jovens empreendedores demonstram talento na Feira de Miniempresas

Oito miniempresas, compostas por jovens empreendedores, demonstraram seus diferenciais e expuseram seus produtos na Praça da Bandeira, na manhã deste sábado.

Foram vendidos cerca de 250 produtos produzidos por estudantes do Ensino Médio de oito escolas de Santa Rosa.

O Programa Miniempresa, do qual os alunos participam, é desenvolvido através de parceria entre Acisap e Associação Junior Achievement. Os produtos são feitos com matérias-primas de reaproveitamento, uma ação sustentável, de reciclagem.

Os produtos

A miniempresa do Colégio Concórdia está produzindo relógios com retalhos de madeira e tecido; na Fema a fabricação é de jogos americanos com jornal; os empreendedores do Instituto Sinodal Da Paz fabricam jogo americano de madeira; a miniempresa do Cairu produz blocos de anotações com papelão, caixa de leite e papel reciclado; o Liminha desenvolve porta controle remoto de madeira; o grupo do Polivalente está produzindo latas para guardar objetos e alimentos com decupagem, jornais e revistas; o Dom Bosco produz carteiras com caixas de leite e tecido; e a miniempresa do IFET está produzindo porta objetos com caixas de leite e revista.

A venda continua

Para quem quiser adquirir produtos de alguma das miniempresas podem procurar as escolas onde estudam os jovens empreendedores.

Nos próximos dias, os produtos estarão disponíveis também no comércio local.

No dia 13 de julho ocorrerá a formatura do projeto, no Centro Cívico Cultural de Santa Rosa


Bookmark and Share
Comente aqui
08 jun10:20

Inscrições para Escola Sesc de Ensino Médio seguem até o dia 17

Os estudantes de Santa Rosa têm até o dia 17 de junho para se candidatar a uma das dez vagas destinadas ao Rio Grande do Sul para a Escola Sesc de Ensino Médio (ESEM), localizada no Rio de Janeiro. Podem participar do processo seletivo adolescentes nascidos entre 1º de janeiro de 1996 e 31 de dezembro de 1998 e que sejam dependentes de trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, preferencialmente. As inscrições podem ser feitas diretamente no Sesc local, situado a Rua Concórdia, 114.

Para inscrever-se é necessário ter ensino fundamental completo, sendo admitida possibilidade de comprovação documental dessa conclusão, nos termos da legislação em vigor. O processo seletivo é composto de duas etapas, a primeira integra uma prova objetiva, uma prova de redação e preenchimento do questionário sociocultural. A segunda etapa contemplará uma dinâmica de grupo e entrevista com cada candidato e seu responsável legal.

Proposta Pedagógica diferenciada

A escola-residência, localizada em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, oferece uma proposta pedagógica diferenciada, tendo como base modelos de escolas em tempo integral de outros países, que fornecem formação completa para ingresso dos jovens no ensino superior, e ainda qualificação profissional inicial. Os alunos residentes recebem bolsa de estudo integral para despesas de instrução, alimentação e atividades extra-classe.

A relação final dos candidatos aprovados será divulgada no dia 23 de novembro de 2011. Informações complementares podem ser obtidas no site www.escolasesc.com.br.

Bookmark and Share
Comente aqui