clicRBS
Nova busca - outros

escolas

12 jun16:39

Roteiro da "Câmara nas Escolas" passou pela Marquês do Herval

Na última semana foi a vez de os alunos da 7ª e 8ª séries do ensino fundamental da Escola Municipal Marques do Herval receberem a visita do Projeto “Câmara nas Escolas”.

Os 46 alunos acompanharam as explicações apresentadas pelo Diretor da Câmara de Vereadores, Darci Alberto Petrazzini, que abordou o processo legislativo. O Vereador Douglas Calixto (PP) acompanhou a apresentação.

Logo após, os alunos assistiram ao audiovisual e receberam a cartilha do projeto.

Os estudantes também participaram da votação para a escolha dos nomes dos cinco personagens criados para ilustrar o Portal da Gurizada e que estampam a cartilha do Projeto Câmara nas Escolas.

No próximo dia 16, a Escola Municipal 15 de Novembro, da Linha 15, receberá a visita dos vereadores. No dia 22, será a vez da Escola Municipal Érico Veríssimo, de Bela União.

Bookmark and Share
Comente aqui
12 jun15:29

O Bulling do ontem e do hoje

Nilce Cristina Vaz Dutra*, leitora-repórter

Nunca se ouviu falar tanto em diferenças, como nos últimos tempos. O hoje chamado “ Bulling”, – que na minha época era conhecido como zombar, judiar, ameaçar, debochar, intimidar – sempre existiu no meio escolar.

Havia os populares da escola e os menos favorecidos, tanto financeiramente como socialmente, e isso ainda é bem evidenciado nos seriados de TV, tanto americanos como brasileiros.

Meninos que fazem parte do time de futebol da escola são “melhores” do que os meninos NERDS, principalmente no que tange a conseguir namoradas bonitas, meninas que sonham em ser chefe de torcida e namorar o capitão do time. O bulling que se torna cada dia mais violento, sempre esteve ali, apenas está se intensificando.

Vivemos em um mundo competitivo e não se pode falar em competição sem que exista um vencedor e um perdedor. Neste contexto, ainda não aprendemos a lidar com a derrota.

Para além dos muros da escola

O que é necessário que todos entendam é que o Bulling não se restringe apenas à escola. Ele existe no trabalho, na nossa própria casa, na nossa vizinhança. Quantas vezes ouvimos alguém dizer que não suporta seus vizinhos, porque eles ouvem músicas altas e que normalmente não fecham com o gosto musical da outra parte? Quando a dona de casa maltrata a empregada, quando o pai ou a mãe chamam o filho de burro porque tirou uma nota baixa na escola? E no trabalho quando o chefe maltrata o funcionário? Ou o próprio funcionário maltrata o estagiário, ou alguém que chegou novo na empresa? Será que ninguém lembra de ter feito o novato pagar um mico? Só por estar chegando agora na empresa.

Cabelos diferentes, roupas diferentes, maneira diferente de falar, estar acima do peso, ser magro demais, ser quieto demais, falar um pouco demais, ser tímido, ser alegre demais , ser negro, ser branco , ter uma opção sexual diferente, ser estudioso, ser rico , ser pobre , ter uma religião, etc. Poderia escrever muitas linhas e ainda teria diferenças a colocar.

Mas então o que é ser diferente de alguém? Quem nos garantiu este direito de ser melhor ou pior que o outro? Infelizmente somos nós, no alto de nossa arrogância, que determinamo-nos melhores.

Quando o ser humano começar a enxergar o outro com os olhos do coração, as diferenças não existirão mais. Cabe apenas a nós decidir, pois quando queremos encontrar motivos no outro, para praticar qualquer ato de bulling, com certeza encontraremos.

O exemplo do cactus


A própria natureza nos dá uma grande lição. Basta observar o cactus: tem espinhos, é feio e pode nos ferir. Mas quando ele abre uma flor tudo que antes nos assustava vira nada, pois a beleza da flor é tão grande que ficamos sem palavras.

Com o ser humano também é assim. Não importa como ele seja por fora, devemos sempre esperar o melhor que ele pode nos oferecer.

* Nilse é empresária e palestrante. Quer trocar uma ideia com a profissional? Envie um e-mail para ncdutra@hotmail.com.

Bookmark and Share
Comente aqui
11 jun14:57

Miniempresa EcoBlocos cria produto 100% reciclado

Alunos do Instituto Visconde de Cairú criaram um produto com 100% da matéria-prima reciclada. São blocos de anotações produzidos com papelão, caixas de leite, folhas recicláveis e tecidos. Além de úteis, possuem diversos designs, para abranger diferentes gostos e desejos.

O grupo EcoBlocos integra o Programa Miniempresa, da Junior Achievement e Acisap. Ele está entre as oito miniempresas que comercializaram seus produtos neste sábado, na Praça da Bandeira.

Uma das maiores preocupações desde o início do projeto foi relacionar os jovens cada vez mais com a natureza, além de fazer com que o produto seja o mais ecológico possível, por isso da escolha de elementos reciclados.

Com o início da produção, as dificuldades começaram a aparecer, mas nada que um grupo unido não pudesse resolver. A cada Jornada, buscou-se melhorar os produtos e unir os colegas de “trabalho”. O grupo espera alcançar o objetivo, conseguir lucro, satisfazendo os clientes e fazendo com que os blocos de anotações sejam o melhor produto do Estado no projeto.

Bookmark and Share
Comente aqui
10 jun15:01

Miniempresas de alunos realizam feira neste sábado

A comunidade de Santa Rosa terá a oportunidade de conhecer e adquirir os produtos desenvolvidos por 250 alunos que integram oito miniempresas, neste sábado, na Praça da Bandeira. As atividades começam às 9h e se estendem até às 12h.

As miniempresas irão montar suas bancas na praça, e trazer os produtos que comercializam desde sua criação, em abril deste ano, nas oito escolas que integram o projeto. É uma forma de os jovens empreendedores terem acesso à realidade do mercado.

- Eles estarão vendendo oficialmente seus produtos, todos juntos, colocando em prática técnicas de venda apreendidas na semana passada, em uma palestra que participaram sobre marketing, na UNIJUÍ – conta o diretor de Junior Achievement da Acisap, Felipe Dorneles.

O Programa Miniempresa, do qual os alunos participam, é desenvolvido através de parceria entre Acisap e Associação Junior Achievement. Os produtos são feitos com matérias-primas de reaproveitamento, uma ação sustentável, de reciclagem.

Também estarão presentes na Feira de Miniempresa os advisers, profissionais voluntários que orientam os alunos nas escolas. Eles são das empresas Sicredi, Unimed, SESI, Botolli Veículos, Pólo Automotiva, Cia das Peças, UNIJUÍ, Singular Assessoria em Gestão de Pessoas, Divtec Soluções Inteligentes, Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica da UNIJUÍ – Criatec, Casa Esporte – Miquim Esportes, Pampa Escritório Contábil, Monrizzo, Passarela Modas e Migrate.

Os produtos


Colégio Concórdia: relógios de parede – produzido com madeira e retalho de tecido;

Fema: jogos americanos – produzidos com jornal;

Instituto Sinodal Da Paz: suplá – produzido com madeira;

Cairú: bloco de anotações – produzido com papelão, caixa de leite e papel reciclado;

Liminha: porta controle remoto – produzido com madeira;

Polivalente: latas para guardar objetos – latas, jornais e revistas;

Dom Bosco: carteiras – produzido com caixas de leite e tecido;

IFET: porta objetos – produzido com caixas de leite e revista.

Bookmark and Share
Comente aqui
30 mai15:58

Vereadores visitam escola Nossa Senhora de Fátima

Na última semana foi a vez de três turmas da 8ª série da Escola Nossa Senhora de Fátima do Bairro Sulina, receber a visita dos vereadores. A atividade do projeto “Câmara nas Escolas” foi realizada no dia 19 de maio e contou com a participação de 75 alunos do ensino fundamental.

O presidente da Câmara, Valdecir Hemsing (PMDB) e os vereadores Nelci Dani (PP) e José Albino Rohr (PT) prestaram esclarecimentos sobre as atividades desenvolvidas pelo Poder Legislativo.

Além disso, enfatizaram também a importância da participação dos jovens nos debates municipais e do exercício da cidadania.

Giceli de Lima, aluna da escola, aproveitou a oportunidade para solicitar apoio dos Vereadores para reformas na escola e elogiou a iniciativa do projeto.

- Para mim a Câmara de Vereadores era algo muito distante. Política era só em época de eleição – comentou.

Bookmark and Share
Comente aqui
20 mai15:30

Cidadania nas escolas

O Poder Legislativo de Santa Rosa está promovendo em 2011 um roteiro que deve levar aulas de cidadania à rede escolar de Santa Rosa. O projeto “Câmara de Vereadores nas Escolas” objetiva explicar aos estudantes o papel do Poder Legislativo Municipal.

Uma cartilha descrevendo as funções dos vereadores é distribuída aos alunos e um audiovisual de oito minutos completa o material de apoio. Também disponibilizado no site da Câmara dos Vereadores, o “Portal da Gurizada“, que traz informações didáticas sobre o Poder Legislativo e de como a criança e o adolescente podem exercer a cidadania.

A partir de hoje, você pode acompanhar o roteiro na seção “Cidadania em sala de aula” do clicRBS Santa Rosa. Serão registrados os principais momentos deste importante projeto.

Bookmark and Share
Comente aqui
12 mai10:47

Escolas da região participam do ‘Saca Dúvidas’ em Santa Rosa

Na manhã desta quinta-feira tem continuidade o ‘Saca Dúvidas’, no Centro Cívico Cultural de Santa Rosa. O evento, que busca esclarecer aos jovens do terceiro ano do ensino médio sobre a escolha profissional e mercado de trabalho, deve preparar mais de mil alunos.

Nesta manhã orientam os alunos, o professor de cursos pré-vestibular de Santa Maria e Porto Alegre, Escobar Nogueira, e a psicóloga Roseli Bianchi. Além disso, a banda Scrap animará as 23 escolas que participam do evento. As escolas são dos municípios de Alecrim, Cândido Godói, Doutor Maurício Cardoso, Giruá, Horizontina, Independência, Novo Machado, Santo Ângelo, Santa Rosa, Santo Cristo, São José do Inhacorá, São Paulo das Missões, Tucunduva, Tuparendi e Ubiretama.

O evento iniciou ontem à noite, no campus da Unijuí. Foram recebidos 450 alunos de oito escolas: Giruá, Nova Candelária, Porto Mauá, Santa Rosa, Santo Cristo, Senador Salgado Filho e Três de Maio. O administrador Giancarlo Bottega, da UNIJUÍ, e a psicóloga Roseli Bianchi, da Singular Assessoria em Gestão de Pessoas, de Santa Rosa, tiraram dúvidas dos alunos.

Bookmark and Share
Comente aqui
11 mai15:20

Miniempresas de alunos de Santa Rosa iniciam comercialização de produtos

As escolas que integram o Programa Miniempresa promovido pela Associação Junior Achievement e Acisap, em Santa Rosa, estão intensificando a produção e já comercializam seus produtos na comunidade.

São oito produtos, um de cada miniempresa. A miniempresa do Colégio Concórdia está produzindo relógios com retalhos de madeira e tecido; na Fema a fabricação é de jogos americanos com jornal; os empreendedores do Instituto Sinodal Da Paz fabricam jogo americano de madeira; a miniempresa do Cairu produz blocos de anotações com papelão, caixa de leite e papel reciclado; o Liminha desenvolve porta controle remoto de madeira; o grupo do Polivalente está produzindo latas para guardar objetos e alimentos com decupagem, jornais e revistas; o Dom Bosco produz carteiras com caixas de leite e tecido; e a miniempresa do IFET está produzindo porta objetos com caixas de leite e revista.

O apelo ambiental foi levado em conta em toda a produção.

- Todos usaram produtos reciclados, usando o argumento de sustentabilidade, dando utilidade à materiais que poderiam ser descartados no meio ambiente, desta forma, evitando novos problemas ambientais – explica o diretor do programa, Felipe Dornelles.

Nos dias 25 e 26 de maio, auditores da Junior Achievement de Santa Maria e Porto Alegre vêm até Santa Rosa para avaliar o andamento das miniempresas. Os auditores também levarão um exemplar de cada produto, que serão avaliados para concorrer ao prêmio de produto destaque regional.

A Gincana das Miniempresas será realizada no dia 28. Participam do projeto 250 alunos de oito escolas de Santa Rosa. Orientam as atividades profissionais das empresas Sicredi, Unimed, SESI, Botolli Veículos, Pólo Automotiva, Cia das Peças, UNIJUÍ, Singular Assessoria em Gestão de Pessoas, Divtec Soluções Inteligentes, Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica da UNIJUÍ – Criatec, Casa Esporte – Miquim Esportes, Pampa Escritório Contábil, Monrizzo, Passarela Modas e Migrate.

Bookmark and Share
Comente aqui
09 abr11:12

Câmara de Vereadores vai às escolas de Santa Rosa

A Câmara de Vereadores de Santa Rosa iniciou na manhã desta sexta-feira, 08 de abril, o Projeto Câmara nas Escolas. A primeira escola a receber o legislativo municipal foi a Escola Estadual Coronel Bráulio de Oliveira, do Bairro Cruzeiro.

Cerca de 60 alunos da 8ª série do ensino fundamental conheceram o funcionamento da Câmara de Vereadores e ouviram dos Vereadores informações sobre suas atividades na comunidade.

Os Vereadores José Albino Rohr (PT), Denir Frosi (PP), Paulo Paim (PCdoB), Marino Martins (PP) e Valdecir Hemsing (PMDB), Presidente da Câmara de Vereadores fizeram parte da caravana que levou aos estudantes um pouco do legislativo de Santa Rosa.

Valdecir Hemsing destacou a importância da participação dos jovens na vida política do município: “É na escola que damos o primeiro passo na formação do cidadão”.

A Diretora Maristela Krombauer falou da importância de ter a Câmara de Vereadores em permanente contato com a comunidade e agradeceu pela escola ser contemplada com o projeto.

No dia 19 de abril o Projeto Câmara nas Escolas estará na Escola Fernando Albino da Rosa e no próximo dia 26 de abril, na Escola Pedro Oliveira Flores.

As escolas interessadas em receber o projeto poderão entrar em contato com a Câmara de Santa Rosa, pelo telefone 3512.5549, ramal 202 ou 220.

Bookmark and Share
Comente aqui
01 mar14:40

O Duelo já começou

Gabriel Garcia, divulgação

O tema “Faroste: o duelo já começou” inspirou as fotos enviadas pelo aluno Gabriel Garcia. As fotografias são do dia da posse do terceiro ano. As fotos do Terceirão da FEMA mostram uma turma unida e cheia de criatividade.

Gabriel Garcia, divulgação

Gabriel Garcia, divulgação

Bookmark and Share
Comente aqui