clicRBS
Nova busca - outros

Horizontina

18 nov15:32

Região registra significativas diferenças no preço da cesta básica

Estabelecimentos comerciais de sete municípios da região vem sendo visitados ao longo de 2011 por alunos do curso de Economia da FAHOR. Um dos objetivos centrais é avaliar as diferenças de preços praticados da cesta básica e o grau de comprometimento do salário com os 13 produtos alimentícios que a compõem.

A pesquisa realizada no mês de novembro em Horizontina, Tucunduva, Doutor Maurício Cardoso e Três de Maio mostrou significativas discrepâncias de valor. Enquanto que em Horizontina e Doutor Maurício Cardoso o valor da cesta aumentou, os moradores de Três de Maio pagaram menos pelos alimentos em novembro.

Horizontina

Em novembro constatou-se o aumento de 4,24% no valor necessário para a aquisição dos treze itens da cesta básica, considerando os preços médios dos oito mercados pesquisados. Se em outubro eram necessários R$ 261,21 para a compra de uma cesta básica, em novembro este valor passou a ser de R$ 274,40.

Um dos principais fatores que levaram a esse aumento foi a alta nos preços de alguns alimentos: tomate, 31,67%; batata inglesa, 18,40%, e carne de gado 4,58%. Em contrapartida, poucos foram os produtos que obtiveram diminuição no preço, tais como a farinha de trigo (-33,62%); o pão (-5,27%); o açúcar (-4,00%); banana (-3,95%).

Neste mês de novembro foi possível constatar que os mesmos treze itens alimentícios (e suas respectivas quantidades) poderão ser adquiridos por R$ 175,25 quando forem escolhidos os menores preços, enquanto que R$ 382,20 serão necessários se escolhidos os mesmos produtos com os maiores valores.

Doutor Maurício Cardoso

A pesquisa dos preços da cesta básica no mês de novembro em Maurício Cardoso indicou uma elevação nos preços de novembro em relação a outubro. O aumento nos preços foi de 4,74%. A elevação nos preços da cesta básica foi resultado de diversos produtos que apresentaram significativos aumentos.

No decorrer do período em que a pesquisa foi possível observar que o tomate e a batata inglesa são os produtos que possuem maior oscilação em seus preços. Exemplo desta oscilação é o fato de que em setembro o tomate apresentou o seu menor preço, R$ 2,46 por quilo. Já em novembro o mesmo produto custa R$ 4,54, o kg.

Em Dr. Maurício Cardoso a pesquisa apontou ainda, que uma cesta básica poderá ser adquirida por R$ 277, 33 com base nos preços médios. Mas se o consumidor comparar os preços e escolher os itens mais baratos poderá adquirir os mesmos produtos com R$ 229,40. Por outro lado, aqueles que não efetuarem pesquisas ou optarem por determinadas marcas poderão pagar até R$ 332,55.

Tucunduva

Em relação aos valores apurados na pesquisa da cesta básica para o mês de novembro, constatou-se que em Tucunduva são necessários R$ 269,69. A título de comparação, no mês de outubro na capital gaúcha o consumidor desembolsava R$ 277,34 para a aquisição dos mesmos itens e quantidade.

Desta forma, os valores calculados da cesta básica para o mês de novembro em Tucunduva, permitem apontar que numa família composta por um casal e dois filhos pequenos (equivalentes a três adultos) serão necessários R$ 809,06 para a aquisição de alimentação básica.

Quando o consumidor escolher os menores preços, a cesta básica poderá ser comprada gastando R$ 202,45. Por outro lado, quando forem escolhidas as marcas mais caras o desembolso do consumidor de Tucunduva salta para R$ 337,39.

Três de Maio

Em Três de Maio, neste mês de novembro, constatou-se que são necessários R$ 259,03 para adquirir uma cesta básica. Este valor corresponde a um montante menor do que aquele obtido no mês de outubro. A queda no valor da cesta básica foi de 1,20%.

Os produtos que apresentaram as maiores quedas nos preços foram: a banana e o tomate. Já os produtos que apresentaram maiores elevações foram a batata inglesa, o arroz, farinha de trigo e o açúcar.

Bookmark and Share
Comente aqui
17 nov15:59

Inscrições com desconto para vestibular da FAHOR podem ser efetuadas até esta sexta-feira

Interessados em candidatar-se para os cursos de graduação em Ciências Econômicas, Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção da FAHOR – Faculdade Horizontina podem receber desconto nas inscrições. Para tanto, devem inscrever-se até esta sexta-feira, ao valor de R$ 30,00, pelo site ou na secretaria acadêmica da instituição, no Campus Arnoldo Schneider ou na Unidade Centro, nos turnos da tarde e da noite.

Após a referida data, até o dia 08 de dezembro, a inscrição custará R$ 50,00.

Informações complementares sobre o Vestibular da FAHOR podem ser obtidas através do site www.fahor.com.br ou pelos telefones (55) 3537-1614 e (55) 3537-6428. As provas serão realizadas no dia 10 de dezembro, às 9 horas, no Campus Arnoldo Schneider.

Bookmark and Share
Comente aqui
15 nov10:25

Foragido do Presídio de Santa Rosa é preso em Horizontina

Por volta das 21h desta segunda-feira, um foragido do regime semi-aberto do Presídio Estadual de Santa Rosa foi recapturado em Horizontina. Osmar Soares, 37 anos, estava em sua residência na vila Mayer.

Depois de denúncia, a Brigada Militar chegou ao condenado, que confessou que era foragido.

Bookmark and Share
Comente aqui
10 nov13:25

Acústicos e Valvulados será atração no Jatão Fashion Weekend

Neste sábado, dia 12, a combinação entre rock gaúcho, energia jovem e acampamento irá agitar Horizontina. O Parque de Exposições de Horizontina abre as portas para o Jatão Fashion Weekend.

O som de Eli Campos e banda, showmedia com a banda Retrato Falado, encontro de som automotivo e Aqua loucos são algumas das atrações que devem garantir a diversão.

O auge da festa será o show com a banda Acústicos e Valvulados. Considerada uma das bandas mais importantes do rock gaúcho, o grupo completa 20 anos de carreira com seis discos gravados em estúdio e um DVD e CD ao vivo.

Informações complementares podem ser obtidas pelo fone (55) 9653-2278 ou no site www.jataochoppado.com.

Bookmark and Share
Comente aqui
10 nov09:27

Falta de profissionais nas áreas de engenharias faz subir salários

Universidades e faculdades brasileiras não estão conseguindo formar profissionais de engenharia suficientes para atender à demanda atual de mercado, estimulada por investimentos públicos e privados no país.

Conforme levantamento feito pela consultoria Michael Page para o Jornal O Estado de São Paulo, o salário médio de engenheiros praticado no Brasil cresceu entre 15 e 20% só neste ano de 2011, sendo que um profissional recém formado chega a ser contratado com salários que variam entre R$ 4mil e R$ 5mil, já no primeiro emprego.

O número de vagas na área das engenharias aumentou de 20% a 30% em 2011, em relação ao ano anterior, confirma a Michael Page, e a quantidade de graduados não acompanha a evolução obrigando o mercado a disputar os profissionais, em todas as regiões brasileiras.

O vice-Diretor Acadêmico da Faculdade de Horizontina (FAHOR), Professor Cesar Antônio Mantovani, concorda com a informação.

- Aqui na FAHOR, praticamente todos os alunos se formam trabalhando na área, atuando em empresas de Horizontina, da região e também são requisitados em outras regiões brasileiras e até fora do país – destaca.

Ele complementa dizendo que “muitos acadêmicos acabam atuando na área ainda quando estão na graduação, como estagiários ou como efetivos, para atender a demanda local e regional.

Segundo o professor Joel Tauchen, Coordenador do Curso de Engenharia de Produção da Faculdade Horizontina, “mais de 500 mil engenheiros para executar as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) conforme a estimativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI)”. Dados de 2009 do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), indicam que são formados no Brasil cerca de 35 mil engenheiros por ano, o que não atende a demanda.

A FAHOR – Faculdade Horizontina oferece anualmente 100 vagas para ingresso nos cursos de Engenharia, sendo 50 para Engenharia de Produção e as outras 50 de Engenharia Mecânica. O Vestibular 2012 acontecerá no dia 12 de dezembro e as inscrições podem ser efetivadas no site www.fahor.com.br ou na Secretaria da faculdade, nos turnos da tarde e da noite.

Informações: Assessoria de Comunicação da FAHOR

Bookmark and Share
Comente aqui
09 nov11:14

Operação Fronteira Sul II é desenvolvida na região

Desde a segunda-feira, dia 7, o 19º RCMec de Santa Rosa presta apoio à Operação Fronteira Sul II, com o intuito de combater o contrabando na faixa de fronteira.

Juntamente com o 29º GAC AP de Cruz Alta, o Exército de de Santa Rosa fiscaliza a região de Horizontina. Já o 27º GAC de Ijuí está participando da Operação na região de Três Passos.

Além das atividades nos postos de bloqueio e no controle das estradas, serão realizadas ações cívico-sociais em Horizontina, Três Passos, Tiradentes e Nova Esperança do Sul.

Entre as atividades promovidas estão orientações médico-odontológicas preventivas, limpeza e conservação de escolas, palestras institucionais, desenvolvimento de oficinas de recreação para crianças, apresentação da Banda de Música da AD/3 e desfile militar.

Outras informações podem ser obtidas na Central de Informações Públicas situada no quartel do 19º Regimento de Cavalaria Mecanizado de Santa Rosa ou pelo telefone (55) 3512-4701.

Informações: Seção de Comunicação Social da AD/3

Bookmark and Share
Comente aqui
03 nov14:35

Mulheres apostam nas Engenharias

Nas duas últimas décadas, o cenário dos cursos de engenharias no Brasil passou a incorporar o público feminino significativamente. Embora o número de alunos matriculados nos cursos superiores de engenharia atualmente no Brasil seja predominantemente masculino, a área atrai cada vez mais mulheres e elas chegam a ocupar mais de 25% das vagas preenchidas total de vagas oferecidas na área.

O crescente número de vagas de trabalho ofertadas, salários consideravelmente altos e a diversidade do mercado de atuação das engenharias estão entre os motivos que passaram a chamar a atenção também do público feminino para a área, que antes era ocupada quase que com exclusividade por homens.

Nos dois cursos oferecidos pela FAHOR – Faculdade Horizontina – Engenharia de Produção e Engenharia Mecânica, o número de mulheres ingressantes cresce a cada processo seletivo. Cursando o 8º semestre do curso de Engenharia de Produção, a acadêmica Diana Michele Pilz, comenta que pesquisou antes de definir a escolha do curso superior.

- Fiz uma ampla pesquisa da área de atuação do engenheiro de produção, dos diferentes mercados e as oportunidades que se abrem na área – comenta.

Funcionária de uma grande indústria do setor agrícola no município de Horizontina, Diana afirma estar satisfeita com a escolha que fez e já vê reflexos de estudos aplicados no dia-a-dia em seu trabalho.

A acadêmica Eliane Garlet, também estudante do 8º semestre, compartilha da mesma opinião da colega.

- Pensava em cursar Administração, mas analisei as oportunidades de mercado e o crescimento da área e decidi pela Engenharia de Produção. Sei que fiz a escolha certa, o corpo docente é qualificado, a infraestrutura é excelente e tenho que certeza que estou tendo boa formação para ser uma boa profissional – afirma.

Na Engenharia Mecânica, segundo o coordenador do curso Professor Cesar Antônio Mantovani, o número de mulheres é menor do que na Engenharia de Produção, mas elas também estão presentes desde o primeiro processo seletivo realizado pela FAHOR e o número cresce a cada vestibular.

Cláudia Kraulich cursa o sexto semestre de Engenharia Mecânica da FAHOR e afirma que o curso representa um desafio para qualquer acadêmico, independente do sexo.

- A tecnologia e a possibilidade de entender o funcionamento de tudo me chamou a atenção e me fez decidir pelo curso – destaca a acadêmica, justificando sua escolha.

Os homens são a maioria da turma, mas nos respeitamos como colegas e sabemos que o mercado não diferencia os profissionais pelo sexo e sim pela competência, completa Ana Paula Ost, também estudante de Engenharia Mecânica na FAHOR.

Informações sobre os cursos de Engenharia da FAHOR podem ser obtidas no site www.fahor.com.br.

Informações: Assessoria de Comunicação da FAHOR

Bookmark and Share
Comente aqui
03 nov09:50

Culinária típica, dança e chopp no 22º Bier Garten

Neste sábado, dia 5, a alegria da cultura germânica tomará conta da Comunidade Evangélica Dr. Martinho Lutero, em Horizontina. A partir das 19h, um desfile pela cidade dará mostra da animação da 22ª edição do Bier Garten.

A abertura oficial da festa será às 20h, com recepção dos participantes do desfile. Durante a festa podem ser apreciadas delícias da culinária alemã como  pratos típicos, doces, tortas e muito chopp.

Ainda, haverá apresentação do grupo de Danças Germânicas Mai Blume. Os ingressos custam  R$ 5,00. Informações complementares podem ser obtidas pelo fone  (55) 3537-1264.

Bookmark and Share
Comente aqui
28 out12:11

Coleta seletiva de produtos recicláveis será adotada em Horizontina

A partir de 1º de novembro, Horizontina implantará novidades na coleta de lixo. A administração municipal firmou contrato com aempresa horizontinense Gaertner Engenharia Ambiental e Transportes Ltda para que além de recolher resíduos orgânicos e secos, também faça a coleta seletiva do lixo de produtos recicláveis.

Após a coleta, o lixo será transformado em recursos.

- O lixo reciclado será enfardado pela empresa e entregue ao município que irá comercializar, sendo que o recurso será destinado para o Fundo Municipal de Meio Ambiente para outros laços necessários ao município – observa o prefeito Irineu Colato.

O Engenheiro Ambiental e sócio proprietário da empresa, Mário Gaertner, explica que após a implantação e implementação dos programas e projetos de educação ambiental e de gerenciamento integrado dos resíduos sólidos, “o município de Horizontina terá como benefícios uma significativa redução na quantidade de resíduos a serem encaminhados para o destino final e um enorme ganho social e ambiental”.

Mário também afirma que serão realizadas audiências públicas para que ocorra a apresentação do Plano de Educação Ambiental, que trata das estratégias adotadas pela empresa e para promover o debate com a comunidade.

Roteiro

Perímetro e Regularidade da Coleta Seletiva de Recicláveis

Segunda-feira – Bairros: Recanto do Sol, Jardim Vila Nova, Vila Garbrecht, Vila Colato e Centro

Terça-feira – Bairros: Vila Operária, Albino Fabtin, Distritos Industriais, Vila Industrial, Bela União, Paulo Machado e Centro

Quarta-feira – Bairros: Recanto do Sol, Jardim Vila Nova, Eldorado, Novo Horizonte e Centro

Quinta-feira -  Bairros: Distrito de Cascata do Buricá, Vila Operária, Albino Fantin, Colato, Bela União, Paulo Machado, Vila Garbrecht, Distritos Industriais e Centro

Sexta-feira – Bairros: Recanto do Sol, Jardim Vila Nova, Vila Industrial e Centro

Sábado: Centro

Perímetro e Regularidade da Coleta Seletiva de Orgânicos

Segunda Feira – Bairros: Belo Horizonte, São Francisco, Vila Bela, Campestre, Oswaldo Cruz e Centro

Terça-Feira – Bairros: Mayer, Panorama, São José, Kennedy, Becker, Alvorada e Centro

Quarta-feira -  Bairros: Belo Horizonte, São Francisco, Vila Bela, Campestre, Oswaldo Cruz, Distrito de Cascata do Buricá e Centro

Quinta-feira – Bairros: Eldorado, Mayer, Panorama, São José, Kennedy, Becker, Alvorada e Centro

Sexta-feira – Bairros: Belo Horizonte, São Francisco, Vila Bela, Campestre, Oswaldo Cruz e centro

Sábado: Centro

A coleta do perímetro central é a única que será realizada em horário de coleta à partir das 19h durante os dias úteis e às 12h para os demais. O perímetro central corresponde as seguintes vias: Avenida Tucunduva, Rua Uruguai e Rua Arnoldo Schneider, desde a Rua Três de Maio até a Rua Capitão Werlang.

Informações: Assessora de Imprensa da Prefeitura de Horizontina

Bookmark and Share
Comente aqui
28 out10:36

FAHOR realiza jornada de Pesquisas Econômicas na próxima semana

Serão mais de 40 trabalhos com o tema “Economia e Desenvolvimento” apresentados na Faculdade de Horizontina – FAHOR, nos dias 31 de outubro e 1º de novembro.

A abertura da II JOPEC – Jornada de Pesquisas Econômicas, promovida pelo Curso de Ciências Econômicas da FAHOR, será realizada no Auditório da FAHOR – Unidade Centro (Rua Buricá, 725). Os participantes terão a oportunidade de conferir a palestra do Professor Benedito Silva Neto, Doutor em Agricultura Comparada e Desenvolvimento Agrícola pelo INA-PG, Institut National Agronomique Paris-Grignon e PHD pelo AgroParisTech, Institut des Sciences et Industries du Vivant et de l’Environment, que abordará o tema principal do evento.

A programação terá sequência com exposição de prática vivencial do XIX Congresso Brasileiro de Economia e de visita técnica realizada em Pelotas, Rio Grande e Santa Cruz do Sul apresentada por estudantes da FAHOR.

Para o dia 1ºde novembro, estão programadas apresentações de trabalhos e pesquisas realizadas pelos alunos do curso de Ciências Econômicas da FAHOR e também de estudantes oriundos de outras instituições inscritas no evento de ensino superior de áreas afins já inscritos no evento.

Informações: Assessoria de Comunicação da FAHOR

Bookmark and Share
Comente aqui