clicRBS
Nova busca - outros

Horizontina

22 set12:00

Prefeito de Horizontina sugere fim de feriado de Sexta-Feira Santa

Wagner Machado, Zero Hora

Conhecida internacionalmente como a terra natal da top model Gisele Bündchen, Horizontina, no noroeste do Estado, pode se tornar famosa agora como a cidade que pode acabar com o feriado de Sexta-feira Santa.

É o que sugeriu o prefeito Irineu Colato (PP) em projeto de lei, enviado à Câmara de Vereadores, propondo terminar com o descanso que simboliza a crucificação e morte de Jesus Cristo para, no seu lugar, instaurar o Dia da Reforma da Igreja Cristã _ a ser celebrado em 31 de outubro.

Colonizada por descendentes de alemães, italianos e poloneses, que se estabeleceram na região a partir de 1927, a cidade de 18,3 mil habitantes divide-se entre evangélicos (39,75%) e católicos (58,07%). A diferença religiosa, porém, restringe-se aos templos e igrejas. Pelas ruas, escolas, bares e restaurantes, cristãos luteranos e católicos convivem sem sobressaltos.

A proximidade é tanta que partiu deles, em comum acordo, a iniciativa de transformar 31 de outubro em feriado destinado ao Dia da Reforma Protestante. A data é cara aos protestantes porque, neste mesmo dia, em 1517, Martinho Lutero afixava 95 teses na porta da Igreja Wittenberg, na Alemanha, dando impulso à reforma e à divisão da Igreja Católica.

Mas criar feriado não é tão simples. Para um nascer, outro precisa deixar de existir. É aí que a boa ideia ecumênica transformou-se num problema sem precedentes no município emancipado de Santa Rosa 56 anos atrás. A primeira sugestão encaminhada ao parlamento local, proposta pelo vereador Gerson de Moura (PDT), membro da Igreja Evangélica Pentecostal, propunha acabar com o feriado de 25 de julho, quando se comemora o Dia de São Cristóvão (Dia do Motorista e do Colono).

_ Com abaixo-assinado com mais de 400 nomes de diferentes igrejas, inclusive da Católica, apresentei o projeto _ diz o vereador.

Numa cidade que tem origem na agricultura e que alicerça sua economia na produção de tratores e colheitadeiras utilizadas nas lavouras, não seria de bom tom sepultar a homenagem. O prefeito, então, decidiu agir. Colato propôs que os vereadores simplesmente acabassem com o feriado de Sexta-Feira Santa para, no seu lugar, instituir Dia da Reforma da Igreja Cristã. Mas o projeto poderá nem sair do papel. A Lei Federal 9.093, de 1995, obriga que um dos feriados municipais seja Sexta-feira Santa. Ontem, após ser informado da legislação, o prefeito prometeu voltar atrás.

_ Temos quatro datas, Dia do Município, Corpus Christi, São Cristóvão e Sexta-Feira Santa. Não cogitei outro dia além da Sexta-Feira Santa porque desconhecia a legislação e não achei que geraria tanta discussão. Agora, vou ter humildade e tirar o projeto e debater com a comunidade a melhor solução _ disse Colato.

Na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, os dois projetos têm prazo de até dois meses para serem analisados. Para o pastor Egon Kopereck, presidente da Igreja Evangélica Luterana do Brasil, independentemente de questões legais, não cabe “trocar uma data do cristianismo no mundo inteiro e por um feriado que é mais ligado à Igreja Protestante”.

_ Em havendo acordo com a comunidade católica de Horizontina, creio que o Corpus Christi, que é muito ligado à Igreja Católica, poderia ser substituído.

“Errei, vou retirar o projeto de lei”

Prefeito reeleito de Horizontina, Irineu Colato assume que a falta de conhecimento jurídico culminou em uma polêmica que não era necessária. Confira os principais trechos da entrevista concedida a ZH:
Zero Hora – Por que o senhor sugeriu suprimir a Sexta-Feira Santa?
Irineu Colato – Entre as datas possíveis, era a que parecia mais fácil deslocar.
ZH – Por que não o Dia do Colono, como sugeriu o Legislativo, Dia do Município ou Corpus Christi?
Colato – Os agricultores são muito importantes para a região. Ano que vem, queremos retomar a festa dos colonos. Podia ser Corpus Christi, mas não me passou pela cabeça.

ZH – O senhor se arrepende da decisão?

Colato – Sou humilde, sei reconhecer meu erro.Vou retirar o projeto e fazer uma assembleia com as igrejas para ver a melhor data.

Leia mais sobre o assunto, clique aqui

Bookmark and Share
1 comentário
21 set11:09

ACIAP se integra aos Festejos Farroupilhas em Horizontina

Tiago Dotto, leitor-repórter


Pelo segundo ano a Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Horizontina participou do desfile temático da Semana Farroupilha em Horizontina. A entidade de classe apresentou pelas principais ruas e avenidas do município, quatro relacionados ao Temário 2011 “Nossas Raízes”: Época da Charqueadas (1780-1840); Organização Administrativa da Província; Colonização (1° Fase) e Revolução Farroupilha.

O grupo de 77 pessoas, entre eles associados da entidade, colaboradores e dependentes, emocionou o público que esteve presente na manhã nublada do dia 20 de setembro.

Bookmark and Share
Comente aqui
16 set10:29

Alunos do CFJL mostram que o amor pelo Rio Grande não tem idade

Aline de Mattos, assessoria imprensa CFJL

Nascer ou apenas morar no Rio Grande do Sul, ser ou se tornar gaúcho. Este é o sentimento que se aflora no povo do Sul do Brasil especialmente nesta época, devidos às comemorações da Semana Farroupilha.

No CFJL de Horizontina, muitas atividades estão sendo realizadas em comemoração à data, acontecendo em comemoração ao Dia doGaúcho, entre as quais, destacam-se palestra com a 2ª Prenda Mirim do CTG Carreteiros do Horizonte, palestras com a Professora Maristela Elisa dos Santos, apresentações de danças folclóricas das turmas dos anos iniciais para os alunos da Educação Infantil, entre outras.

Também foi realizado um almoço de integração entre os alunos da educação infantil e séries iniciais no Centro Social Evangélico para compartilhar conhecimento sobre indumentária e apero gaúchos.

O Rio Grande do Sul possui muitas influencias culturais: indígena, africana, alemã, italiana, espanhola, judaica, japonesa, polonesa, russa, enfim, influencias e diferenças que fazem do nosso Estado esta mistura homogênea resultando neste povo de garra com orgulho de ser gaúcho.

Bookmark and Share
Comente aqui
15 set14:03

Programação especial homenageará idosos em Horizontina

Para valorizar a sabedoria e vitalidade dos idosos horizontinenses, uma programação especial será promovida para comemorar o Dia do Idoso, no dia 27 de setembro.

Será realizada uma caminhada com saída às 9h30min, em frente à Prefeitura até o Centro de Convivências. Ao meio-dia será servido almoço. A tarde será animada por apresentações artísticas dos alunos da Rede de Proteção da Criança e Adolescente e logo após, tarde dançante.

Outras informações podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Ação Social, organizadora do evento.

Bookmark and Share
Comente aqui
15 set11:55

Taça RBS: Horizontina e Tucunduva foram os vencedores desta quarta-feira

Nesta quarta-feira, o time de Tucunduva demonstrou que além de ser um bom anfitrião, tem muito talento para mostrar. Foi ele que aplicou a goleada da noite: 6 a 2, na equipe de Novo Machado.

O artilheiro do jogo foi Guilherme, com três gols. Também finalizaram pelo Tucunduva, Anderson, Rubem e Laonimar Malaquias.

O atacante Thomas honrou o Novo Machado e marcou os dois gols do time.

Também jogaram Horizontina e Três de Maio. Os dois gols de Maikon e um de Andrei garantiram a vitória de 3 a 2 da equipe de Horizontina sobre Três de Maio, que teve seus gols marcados por Diego e Luciano.

Próximos jogos

A rodada desta sexta-feira, dia 16, será em Giruá. Às 20h se enfrentam Campina das Missões e Santo Cristo. No segundo jogo da noite, disputam Giruá e Cândido Godói.

Bookmark and Share
Comente aqui
15 set08:02

Novo pavilhão da fábrica de calçados Doublexx está sendo construído em Horizontina

A construção do pavilhão onde será instalada a Fábrica de Calçados Doublexx, no Distrito Industrial II, em Horizontina, já está sendo agilizada.

O pavilhão será cedido em forma de comodato à fábrica e continuará sendo de propriedade do município. A obra terá 1.897,91m², com investimentos de mais de R$1milhão, recursos resultantes de financiamento da Caixa RS e contrapartida do município.

A empresa responsável pela obra é D. Werlang Construções, da cidade de Espumoso, e garantiu que o novo pavilhão estará pronto até janeiro de 2012. Assim, o espaço hoje ocupado pela Doublexx no Parque de Eventos estará liberado para a Feira de Tecnologia de Horizontina – Feintech, que será de 28 de fevereiro a 4 de março do próximo ano.

Informações: Danusa Widz, Assessora de Imprensa da Prefeitura de Horizontina

Bookmark and Share
Comente aqui
14 set10:03

Horizontina sediará Convenção Nacional do Homem Evangélico

Pastor Presidente da IECLB, Nestor Paulo Friedrich

No final de semana de 24 e 25 de setembro homens de toda a região irão renovar sua fé em Horizontina. Nestes dias será realizada a Convenção Nacional do Homem Evangélico Luterano, na Comunidade Evangélica de Confissão Luterana Martinho Lutero.

A proposta é congregar homens para auxiliar as comunidades da IECLB em todo Brasil, priorizando a espiritualidade do homem Evangélico Luterano.

O tema norteador do sábado será “Cuidar Bem do Bem da IECLB”, comandado pelo Pastor Presidente da IECLB, Nestor Paulo Friedrich. A programação começará às 13h10min e seguirá até às 21h30min.

No domingo, dia 25, às 8h30min, haverá culto com pregação do Pastor Nestor Paulo Friedrich. Logo após, plenária sobre as metas de trabalho da Legião Evangélica Luterana para 2012/2013. O encerramento será com almoço às 12h.

Inscrições

As inscrições podem ser efetuadas até esta quinta-feira, dia 15, pelo e-mail comunidade@cfjl.com.br ou pelo endereço Rua Buricá, 649 – CEP 98920-000- Horizontina –RS.

O valor da inscrição para quem desejar fazer as refeições no local do evento (jantar, almoço cafezinho) é de R$ 30,00. Outras informações, pelo fone (55) 3537-1264.

Bookmark and Share
Comente aqui
12 set16:00

Horizontina terá atlas municipal escolar

Horizontina lança nesta terça-feira o Atlas Municipal Escolar de Horizontina, a primeira publicação do tipo na região.O evento será às 14hs no Rancho Tio Padrinho, em alusão aos festejos farroupilhas.

O Atlas foi elaborado por uma equipe de professores de geografia, história, economia, e profissionais da área da publicidade, informática e sensoriamento remoto, geógrafo. A coordenação é do professor Joel Antonio Tauchen.

No Atlas constam informações sobre a situação geográfica de Horizontina na América do Sul, no Brasil e no Rio Grande do Sul; limites, situação política administrativa, formação histórica do município, com dados da evolução do Rio Grande do Sul, desmembramentos territoriais; condições naturais de geologia, geomorfologia, tipos de solo, curva de nível, bacias hidrográficas, cobertura florestal, áreas de preservação permanentes, usos do solo, informações regionais; demografia e indicadores sociais da região como população, densidade demográfica, taxa de urbanização, expectativa de vida, taxa de mortalidade infantil, índice de desenvolvimento socioeconômico; setores econômicos, PIB per capita e PIB total, produção agropecuária, sistema viário municipal; dados da zona urbana e distritos.

De acordo com a equipe que elaborou o atlas, ele foi criado “para entender e pensar Horizontina, com uma proposta inovadora com o objetivo maior de dar suporte ao processo de ensino-aprendizagem aos estudantes do município de Horizontina”.

Bookmark and Share
Comente aqui
09 set11:11

Leituras para guardar na caixinha

Introduzir os estudantes no mundo da literatura é um desafio constante para os professores, nas mais diversas fases da educação. É necessário primeiro de tudo o conhecimento do professor e a partir dele, planejamento, envolvimento, dedicação e um toque especial de paixão pela literatura, capaz de contagiar os alunos e incentivá-los a buscar nos livros, um mundo novo cheio de imaginação.

Sabe-se que muitos projetos são desenvolvidos com foco na formação do leitor nas escolas das redes pública e privada, em todos os níveis de ensino, que demonstram a criatividade e o envolvimento dos professores da área de língua portuguesa e literatura neste caso.

No CFJL encontramos um destes projetos, desenvolvido com alunos do quarto ano das séries iniciais. Idealizado pela Professora Solange Rupp Staffen, o projeto incentiva os alunos a fazerem leituras semanais de obras selecionadas na Biblioteca e a partir delas, comporem fichas de leitura com as informações básicas do livro (título, autor, editora, ano), além da classificação e comentário sobre a obra.

- As fichas de leitura vão para uma caixinha e são guardadas pelos alunos, pois assim, eles mesmos vão construindo seu perfil de leitura – comenta a professora Solange – As observações que os alunos fazem sobre as leituras são riquíssimas e demonstram o amadurecimento de cada um como leitor – destaca.

Eles têm opinião própria


Sobre o livro Minha mãe é uma pirata, de Jackie French, a aluna Caroline Vieira comenta em sua ficha “que as figuras são bem criativas e a maneira que o autor o escreveu deixou o livro muito mais engraçado”. Já o aluno Bento Schirmer faz críticas ao livro Zac Power – Ilha do Veneno, de H.I. Larry: “não aparecia o rosto de ninguém, algumas imagens não tem nada a ver com a página e o final é infantil”.

Já Mellyne fala da essência do livro Judy Moody: a volta ao mundo em 812 dias, de Megan Mcdonald: “o livro fala da realidade, de amigos antigos que brigam por amigos novos, mas depois esses amigos antigos ficam amigos e tudo volta ao normal…então lendo isso você viaja no mundo da leitura e parece que está lá”.

As fichas de leitura oportunizam aos alunos a expressão de suas percepções a partir das leituras feitas e são gerados arquivos muito interessantes a partir de atividades simples realizadas em sala de aula, como comenta a Professora Solange, relatando a experiência com este projeto.

Aline de Mattos, assessora de comunicação do CFJL – Centro Tecnológico Frederico Jorge Logemann

Bookmark and Share
Comente aqui
09 set10:05

John Deere deverá explicar detalhes sobre reestruturação que ocasionou a demissão de 104 funcionários

Maristani Weiand, RBS TV Santa Rosa

Representantes da John Deere e do Sindicato dos Metalúrgicos foram ouvidos na tarde desta quinta-feira pelo Ministério Público do Trabalho. Na semana passada, a empresa demitiu 104 funcionários.

A audiência foi a portas fechadas. Segundo o procurador do trabalho Marcelo Goulart, a John Deere alegou que as demissões fazem parte da reestruturação no setor de produção da empresa. O Sindicato considera as demissões abusivas e o procurador pediu mais detalhes sobre essa reestruturação.

- O procurador solicitou que no dia 13 de outubro um diretor industrial apresente o funcionamento do sistema de produção da empresa. Ela deverá explicar como vai ter a mesma produção com em torno de 400 funcionários a menos, de abril até agora – conta o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Irineu Schoninger.

Em abril 230 funcionários foram demitidos do setor de produção na unidade de Horizontina. Em setembro, outros 104. Neste intervalo, em torno de 50 pediram demissão, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos.

Bookmark and Share
Comente aqui