clicRBS
Nova busca - outros

polícia

08 nov11:36

Deputado Classmann é condenado por morte em rodovia

Zero Hora

A Justiça condenou o deputado estadual Aloísio Classmann (PTB) por homicídio culposo – quando não há intenção de matar – no trânsito.

Conforme informações do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Classmann dirigia uma camionete na rodovia Três de Maio-Horizontina (ERS-342) na noite de 24 de fevereiro de 2006, quando colidiu na traseira da motocicleta da vítima, Arlindo Pavlaki.

A defesa vai esperar a publicação da decisão para entrar com recurso.

>> Leia mais na Zero Hora desta terça-feira.

Bookmark and Share
1 comentário
06 nov17:17

Família é amarrada durante roubo em Três de Maio

Durante duas horas, um casal e a filha de 21 anos permaneceram amarrados durante roubo em uma residência no centro de Três de Maio. De acordo com a Brigada Militar, por volta da 0h30min deste domingo, a família foi rendida por três homens encapuzados e armados.

As vítimas tiveram as mãos e os pés amarrados.

Foram levados da residência, localizada próxima ao ginásio Pacelli, um notebook, dinheiro, pertences pessoais e uma camionete Executive S10.

O veículo foi encontrado, por volta das 11h deste domingo, abandonado em Santa Rosa, cidade vizinha a Três de Maio. A Polícia Civil investiga o caso.

Bookmark and Share
Comente aqui
04 nov11:04

Pai da criança nega que Luana esteja escondida fora do país, em entrevista a ZH

Carlos Wagner | carlos.wagner@zerohora.com.br

Pela primeira vez, nesta quarta-feira, o homem investigado pela Polícia Civil pelo desaparecimento de Cíntia Luana Ribeiro de Moraes, 15 anos, concordou em falar, sob a condição de não ter revelados seu nome e sua imagem, mantidos em sigilo pela polícia.

O suposto pai do bebê que Luana esperava quando desapareceu, ele tem 27 anos, é casado e divide seu tempo trabalhando na propriedade do seu sogro no Paraguai e na do seu pai, em Humaitá, cidade próxima a Três Passos. A conversa aconteceu na casa da mãe dele, no centro de Humaitá.

Zero Hora — Depois de se encontrar com o senhor, em 13 de julho, Luana nunca mais foi vista. O que aconteceu?

Ex-namorado — Não sei. Depois de soltá-la perto da rodoviária, nunca mais tive notícias do seu paradeiro.

ZH — Naquele dia, sobre o que vocês conversaram?

Ex-namorado — Conversamos sobre o filho. Eu queria saber se era meu. Para mim, as datas não fecham, porque a última vez que ficamos juntos foi em outubro do ano passado. Também queria ver se ela tinha barriga. Aparentemente, não tinha. Mas ela insistia que estava grávida e que o filho era meu. E que deveríamos ficarmos juntos. Respondi que não tinha como e pedi que tivesse o filho fora de Três Passos, para evitar problemas com a minha esposa. Depois do nascimento, nós faríamos o teste de DNA.

ZH — O que ela respondeu?

Ex-namorado — Houve uma discussão entre nós. Mas, no final, ela respondeu que poderia sair na cidade, sem dizer para onde iria. Mas que não tinha dinheiro. Daí ofereci R$ 2 mil, ela não aceitou. Subi para R$ 5 mil, continuou não aceitando. No final, fechamos em R$ 10 mil, que seriam usados para as despesas até a criança nascer e fazermos o teste de DNA.

>> Clique aqui para continuar lendo a matéria em Zero Hora.com

Bookmark and Share
Comente aqui
01 nov12:49

Doze pessoas foram indiciadas por venda de gabarito no concurso de Coronel Bicaco

Foi concluído o inquérito policial  instaurado para apuração de ilicitudes ocorridas no concurso público municipal de Coronel Bicaco, realizado no dia 10 de julho deste ano. Foram consideradas consistentes, pela Polícia Civil, as denúncias de venda de gabaritos.

Doze pessoas foram indiciadas, incluindo o prefeito e o vice-prefeito de Coronel Bicaco, e os sócios da empresa PL Consultoria e Assessoria, realizadora do concurso. Eles foram indiciados por corrupção passiva e fraude, de acordo com o Delegado Willian Garcez.

Alguns candidatos que compraram os gabaritos das provas também foram indiciados por fraude.

O resultado do inquérito foi encaminhado à 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado.

Leia mais em: MP e Polícia Civil investigam possível fraude em concurso público da prefeitura de Coronel Bicaco

Bookmark and Share
Comente aqui
01 nov10:21

Foragido do presídio de Santa Rosa é recapturado em Porto Mauá

Everson Dornelles, RBS TV Santa Rosa

A Brigada Militar de Porto Mauá prendeu um foragido do presídio estadual de Santa Rosa. Luciano da Silva, 31 anos, fugiu em agosto deste ano.

Ele foi preso quando tentava fazer a travessia de balsa em direção à Argentina. Como se negou a apresentar os documentos, a Brigada Militar foi chamada. Em depoimento, ele apresentou nome falso, mas os policiais constataram que era um foragido.

Luciano foi encaminhado para o Presídio Estadual  de Santa Rosa.

Bookmark and Share
Comente aqui
01 nov08:51

Jovem desaparecido é encontrado em Santa Rosa

Luma Leão, RBS TV Santa Rosa

Após a divulgação de reportagem no RBS Notícias local, duas pessoas reconheceram o jovem que havia desaparecida em Santa Rosa e ligaram para a Polícia Civil na noite desta segunda-feira.

Por volta das 20h, Valdemir Tavares da Silva, 25 anos, foi encontrado no centro da cidade, próximo ao hospital Vida e Saúde. Ele não soube explicar o que havia ocorrido. Segundo a polícia, as informações eram desencontradas.

Valdemir saiu de casa  por volta das 9h do último sábado, para sacar dinheiro em uma casa lotérica e não voltou mais. A família ficou preocupada porque o jovem tem problemas mentais e usa medicamentos controlados.

Bookmark and Share
Comente aqui
31 out17:16

Santa-rosense de 25 anos está desaparecido

Um jovem de 25 anos, morador de Santa Rosa está desaparecido desde o último sábado.

Por volta das 9h, Valdemir Tavares da Silva saiu de casa para sacar dinheiro em uma casa lotérica e não voltou mais. A família está preocupada porque o jovem tem problemas mentais e usa medicamentos controlados. A polícia faz buscas na região.

Bookmark and Share
Comente aqui
31 out16:17

Polícia de Tenente Portela apreendeu notebook utilizado como máquina caça-níquel

Após fiscalização em um bar no centro de Tenente Portela, a Polícia Civil apreendeu três máquinas caça-níqueis do tipo maleta, na última sexta-feira, 28.

Entre elas, um notebook era utilizado para controle de movimento, com adaptação na porta de impressora do aparelho (LPT1).

Após recolher os equipamentos, o responsável pelas máquinas assinou um Termo Circunstanciado.

Clique aqui para conferir outras informações no Portela Online.

Bookmark and Share
Comente aqui
28 out10:18

Jovem de 22 anos é preso por tráfico de drogas

Uma investigação realizada há 20 dias pela Polícia Civil de Santa Rosa resultou na prisão de um traficante.

O jovem de 22 anos foi preso em flagrante, na tarde desta quinta-feira, na vila Santos. Na residência do investigado foram apreendidos 39 pequenos tijolos de maconha – preparados para venda – dinheiro e dois celulares.

O homem foi conduzido ao Presídio de Santa Rosa, à disposição da Justiça. O Inquérito Policial deverá ser concluído no prazo de 30 dias, quando será remessado ao Poder Judiciário.

Bookmark and Share
Comente aqui
27 out13:54

Hipótese de que Luana estaria no Paraguai não é comprovada

O caso Luana ainda  intriga a Polícia Civil e a comunidade de Três Passos. A informação de que a adolescente, que sumiu no dia 13 de julho deste ano, aos 14 anos e grávida de sete meses, estaria no Paraguai, não foi confirmada.

O pai da criança, que foi o último a conversar com Luana antes de seu desaparecimento, está trabalhando naquele país, na fazenda da família de sua mulher. Segundo familiares, o homem de 27 anos, morador de Humaitá, deve retornar para o Brasil em novembro.

A hipótese de Luana estar no Paraguai havia sido levantada em denúncia anônima ao Conselho Tutelar. Segundo a delegada Caroline Bamberg Machado as informações foram investigadas, mas a hipótese não foi fundamentada.

- Não podemos confirmar nada, pois não há indícios de a Luana estar lá. Tínhamos informações antigas que não foram fundadas. Estamos investigando todas as informações que estão chegando e descartando aquelas que não são fundamentadas – afirma.

Sem comprovação de crime, não há suspeita concreta.

A família questiona a ilegalidade na situação do suposto pai da criança ter dado uma quantia grande de dinheiro para Luana ter o filho em outra cidade. O juiz da infância e juventude Fernando Vieira dos Santos afirma não se configurar um ato ilegal.

- Dependendo o que aconteceu com ela a partir do desaparecimento pode se configurar eventualmente algum crime, mas até o momento pelas informações que nós temos dos resultados das investigações não há uma acusação formal de crime contra ele – destaca o juiz.

Nesta terça-feira, Ivone de Moraes, 54 anos, mãe de Luana, deixou mais uma vez a Delegacia sem respostas. Ela não se conforma com a falta de notícias. Para a mãe da menina, a única pessoa que poderia contar onde a filha e a neta estão é o suposto pai do bebê.

- Eu estou com muito medo. Se ela tivesse no Brasil, ia me ligar. Se não está no Paraguai, está morta então – desabafou a mãe.

A família também buscou informações com parentes de Luana, que moram em São Leopoldo e na Argentina. Ninguém tem notícias.

Na casa de amigos, onde a adolescente estava em outro registro de sumiço, também já foi procurada.

- No ano passado, quando foi pra Santo Ângelo, ela me ligou no mesmo dia. Mas como no terceiro dia ela não quis voltar, fui no Conselho Tutelar e na Delegacia e mandei buscar. Mesmo assim, ela me ligou durante os três dias – conta Ivone.

Quem tiver informações que possam levar até a adolescente, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima, pelo 197.

Bookmark and Share
1 comentário