clicRBS
Nova busca - outros

polícia

19 out11:37

Polícia investiga comercialização de criança em Santa Rosa

reprodução RBS TV Santa Rosa

Maristani Weiand, RBS TV Santa Rosa

A Polícia Civil de Santa Rosa investiga uma possível comercialização de recém-nascido, em Santa Rosa. A mãe entregou a criança, mas logo depois se arrependeu.

A oportunidade de segurar na pequena mão da filha caçula é um alívio para a mulher de 28 anos, que tinha optado em doar a criança.

- Eu entreguei porque achei que não ia ter condições de criar ela – justifica a mãe.

A negociação foi feita com a auxiliar de enfermagem do posto de saúde da vila Beatriz/Oliveira, onde a mulher fez o pré-natal.

- Ela me disse que tinha uns parentes em São Paulo que não podiam ter filhos, já tinha adotado dois e queriam uma guria. Daí ela me acompanhou para que depois que nascesse, eu desse para os parentes dela – relata a mulher, enquanto acaricia a filha.

A criança, que nasceu no dia 12 de outubro, foi entregue um dia depois, mas a mãe se arrependeu.

- Falei para ela que não quero dinheiro, não quero nada. Só o nenê de volta – conta.

Como a auxiliar de enfermagem se negou a devolver a criança a mãe denunciou o caso à polícia.

- A verificação é no sentido de obter essa resposta, se houve algum tipo de solicitação ou promessa de recompensa para que o bebê fosse entregue para uma terceira pessoa. É essa situação que estamos, um primeiro, verificando.

A auxiliar de enfermagem ainda não foi afastada do trabalho porque a Fundação Municipal de Saúde aguarda uma notificação da polícia.

A partir da notificação será aberta uma sindicância interna.

* Clique aqui para assistir à reportagem de Maristani Weiand, para o RBS Notícias.

Bookmark and Share
Comente aqui
19 out10:20

O último dia da família com Luana

O paradeiro de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, que sumiu no dia 13 de julho, ainda é um mistério. Grávida de sete meses e meio a adolescente fazia planos para a criança que esperava. O nascimento de Emily Vitória estava próximo. Deveria ser no dia 15 de setembro.

Também planejava um churrasco em família, na sua residência, em Três Passos, noroeste do Estado. No dia 27 de julho seria comemoração de seu aniversário de 15 anos.

Naquela quarta-feira, Cíntia teve um dia movimentado. Ela e a mãe passaram o dia juntas.

- Naquele dia, a Luana estava grudada comigo o dia inteiro. Ela estava grávida e se sentia muito dependente – comenta a dona-de-casa Ivone de Moraes, 54 anos.

As duas foram acompanhar o irmão da adolescente, Jonathas Moraes, 18 anos, que teria uma entrevista de emprego em Itapiranga (SC). A mãe e a irmã, Ivone, contam como foi o último dia de Luana com a família, desde seu desaparecimento.

6h – Cíntia acordou e foi se arrumar para a viagem. Como era frio, a adolescente saiu de pijama e enrolada em um cobertor. Ela e a mãe acompanharam Jonathas até Barra do Guarita. Lá elas ficaram aguardando ele retornar da entrevista.

8h30min -Luana, como era chamada pela família, chegou em casa com sua mãe e os dois irmãos, que moravam na mesma casa. Como estava cansada, foi dormir e levantou ao meio-dia.

12h - Almoçou com sua família. Parecia muito tranquila.

14h – Juntas, ela e mãe foram até o centro. Dona Ivone queria fazer empréstimo em uma agência. Logo após, retornaram para casa.

17h - Cíntia estava com desejo. Queria comer pão de queijo. Mais uma vez acompanhada da mãe, foi até a padaria comprar o lanche.

18h30min - Sentada na poltrona da sala, comia pão-de-queijo e iogurte. Foi quando seu telefone tocou. Segundo a mãe era o pai da criança.

18h35min - Cíntia arrumou rapidamente a casa e foi para o banho, se preparar para receber a visita anunciada por telefone.

18h55min – Logo depois, disse à mãe que o pai da criança não viria mais até sua casa. Que iria até o mercado, próximo à sua casa, onde se encontraria com ele. “Já volto, demoro no máximo 20 minutos”, disse. Foram as últimas palavras que Ivone ouviu de sua filha, desde então.

21h29min - Mãe recebe torpedo SMS do celular de Cíntia: “To indo viaja com o ******. Volto segunda”.

14/07 – 11h54min – Outra mensagem é recebida pela mãe, também do celular da adolescente: “To bem a hora puder eu ligo tchau e para de me liga aqui o telefone não pega bem temo em Santa Catarina”.

A mensagem no dia 14 de julho foi o último contato da adolescente. Desde então, a polícia recebeu dezenas de ligações, que motivaram buscas em diversos pontos da região e averiguações fora do Estado. No entanto, nenhuma levou à resolução do mistério.

A família Moraes ainda tem esperança de encontrar a caçula de seis irmãos. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Cíntia, com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima, pelo 197.

Bookmark and Share
1 comentário
18 out12:34

Desaparecimento de adolescente grávida mobiliza Três Passos

Mais de três meses sem notícia. A angústia pelo desaparecimento de Cíntia Luana Ribeiro Moraes, 15 anos, intriga os trespassenses.

Ao sair de casa, Luana, como é chamada pela família, afirmou que iria se encontrar com o pai da criança que esperava e retornaria em seguida. Foram as últimas palavras da filha, que a mãe, Ivone Moraes, 54 anos, ouviu.

No dia 13 de julho, quando sumiu, ela estava grávida de sete meses e meio e já havia preparado o enxoval para a chegada da filha, Emily Vitória.

Vestia calça jeans azul escura, com zipper na lateral direita, blusa cinza clara com bolso na altura da cintura e chinelos dourados. Duas horas depois, a mãe recebeu uma mensagem do celular da adolescente, dizendo que ela iria viajar com o pai da criança, morador de Humaitá. Ele não viajou e Cíntia, desde então, não entrou mais em contato.

O desaparecimento da adolescente impediu que a família celebrasse seu aniversário de 15 anos, em 27 de julho, e o nascimento da criança, previsto para a metade de setembro. A mãe ainda tem esperanças.

- Eu tenho esperança que ela volte ainda com o bebezinho nos braços – declara.

Por falta de notícias, a família se mobilizou e realizou protesto com faixas e cartazes por duas vezes, em frente à Delegacia de Três Passos. No entanto, o mistério continua.

A Polícia considera que não há motivos para Cíntia ter fugido, pois a família aceitava a gravidez.

Segundo a delegada que assumiu o caso em outubro, Caroline Bamberg Machado, todas as informações recebidas nos últimos meses foram checadas, sem que pistas concretas indicassem a resolução do mistério.

_ A gente não tem certeza do que aconteceu. Apenas sabemos que ela foi se encontrar com o pai do filho dela e que ele foi a última pessoa que a viu. Mas não temos nada de concreto, portanto, não tem como falarmos em suspeitos. Primeiro temos que especificar o que ocorreu _ afirma.

Para chegar ao paradeiro da adolescente, a Polícia apela para a colaboração da população.

- Se alguém souber de alguma coisa deve entrar em contato com a polícia o mais urgente possível. Nós iremos averiguar e ir atrás _ destaca a delegada.

Quem tiver informações que possam levar até Cíntia, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima, pelo 197.

Bookmark and Share
2 comentários
18 out09:56

Suspeitos da morte de Milani devem responder por latrocínio

Quando Benoni Milani, 63 anos, decidiu participar de um torneio de cartas no último dia 6 de outubro, não imaginava que o desfecho daquela noite seria trágico. Naquela quinta-feira, o metalúrgico trabalhou durante o dia inteiro e decidiu compensar com um momento de lazer com amigos.

O homem foi agredido em frente a um restaurante, na avenida Tuparendi

Já era madrugada de sexta-feira, por volta das 0h20min, quando caminhava pela avenida Tuparendi, centro de Santa Rosa, noroeste do Estado, a caminho de sua residência, onde morava com a mulher. Nas proximidades de sua casa foi surpreendido por dois homens.

A vítima tinha apenas R$ 31,00 em seu bolso e foi espancada pelos assaltantes.

A Brigada Militar de Santa Rosa foi acionada e os suspeitos foram presos em flagrante, com a carteira da vítima. João Valmir de Souza, 41 anos, e Cristian Jacuboski, 22 anos, foram encaminhados para o presídio estadual de Santa Rosa. Souza negou a autoria do crime. Já o rapaz de 22 anos assumiu que participou do crime e confirmou que estava na companhia do outro.

O metalúrgico foi socorrido e ficou hospitalizado, em estado grave, desde então. Ele morreu às 17h45min deste domingo, no hospital Vida e Saúde. Ele foi sepultado na tarde desta segunda-feira no cemitério municipal de Santa Rosa, em um clima de comoção da comunidade.

- É difícil aceitar porque não precisavam bater nele assim, ele tinha 63 anos. Naquele dia ele participou do torneio, uma das poucas diversões que tinha – comentou emocionado o filho, Jeferson Leandro Milani.

Diante da morte de Milani, os suspeitos podem responder por latrocínio.

- A pena do latrocínio é de 20 a 30 anos de prisão. Os indiciados estão presos preventivamente, à disposição da Justiça – afirma o delegado Ubirajara Diehl Júnior.

A mulher e os dois filhos estão inconformados com a brutalidade do crime

Bookmark and Share
Comente aqui
17 out07:19

Morre homem espancado no centro de Santa Rosa

Está sendo velado na Igreja Católica do bairro Polivalente, o homem de 63 anos agredido no centro de Santa Rosa, no início da madrugada do dia 7 de outubro. Desde então, ele estava internado na UTI do hospital Vida e Saúde.

Por volta das 0h20min daquela sexta-feira, Benoni Milani retornava para sua residência pela avenida Tuparendi, quando foi surpreendido por dois homens. A vítima tinha apenas R$ 31,00 em seu bolso e foi espancada pelos assaltantes.

A Brigada Militar foi acionada e os suspeitos foram presos em flagrante, por roubo com lesões. João Valmir de Souza, 41 anos, e Cristian Jacuboski, 22 anos, foram encaminhados para o presídio estadual de Santa Rosa.

Benoni morreu às 17h45min deste domingo, no hospital Vida e Saúde. O sepultamento será na tarde desta segunda-feira, no cemitério municipal de Santa Rosa.

Bookmark and Share
Comente aqui
14 out08:04

Três meses sem Cíntia

Três meses e nenhuma notícia. Quando Cíntia Luana Ribeiro Moraes saiu de calça jeans e blusa bege, no dia 13 de julho deste ano, afirmou à família que retornaria em seguida. Grávida de sete meses e meio, ela saiu apenas com o celular em mãos. Foi a última vez que ela foi vista.

As roupas da adolescente e do bebê permanecem intocadas em sua casa, no centro de Três Passos.

Naquele início de noite, a mãe ainda recebeu uma mensagem do celular de Cíntia, dizendo que ela iria viajar com o ex-namorado. Desde então, nenhum contato. O pai da criança não viajou.

Em depoimento à Polícia disse que deu dinheiro para a menina “sumir” e não sabe de seu paradeiro. Segundo a Polícia, não há motivos aparentes para a menina ter fugido, pois a família aceitava sua gravidez.

O aniversário de 15 anos de Cíntia, no dia 27 de julho, e o nascimento da criança previsto para a metade de setembro, não puderam ser celebrados pela família. A irmã ainda tem esperanças.

- Não sabemos de nada ainda, mas certamente não vamos desistir – afirma Loreni Moraes.

Quem tiver informações que possam levar até a adolescente, pode entrar em contato com a Polícia Civil de Três Passos, pelo telefone (55) 3522-1211, ou informar à polícia mais próxima.

Bookmark and Share
Comente aqui
13 out15:58

Acusados de estupro continuam foragidos do Presídio de Três Passos

A Polícia Civil segue as buscas pelos dois detentos que fugiram do Presídio Estadual de Três Passos, no último domingo , dia 10. A fuga ocorreu durante o horário de visitas.

Marcos Panzenhagen, 27 anos, preso por estupro, e Júlio César dos Santos Ferreira, 50 anos, acusado de estupro e furto, fugiram em direção a um mato próximo à vila Frei Olímpio.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de algum dos foragidos, pode entrar em contato pelo fone 190 da Brigada Militar ou (55) 3522-1211, da Polícia Civil.

Foragido Marcos

Foragido Julio

Perfil Júlio

Bookmark and Share
Comente aqui
11 out16:29

Após ficar preso em Igreja, ladrão é detido em Coronel Bicaco

Além de não ter sucesso no furto, ao cometer o crime, o jovem de 20 anos ficou preso na Igreja Deus e Amor, em Coronel Bicaco, noroeste do Estado.

O rapaz ficou entalado em uma janela basculante, com vão de aproximadamente 20 cm, por volta das 6h desta segunda-feira.

Os vizinhos estranharam o movimento e acionaram a Brigada Militar. Quando a polícia chegou, ele já estava no interior do templo, com vários ferimentos.

O acusado foi recolhido ao Presídio Estadual de Três Passos, por tentativa de furto.

Bookmark and Share
Comente aqui
11 out10:55

Dona-de-casa é esfaqueada pelo companheiro em Santa Rosa

Na madrugada desta terça-feira, dia 11, uma dona-de-casa de 53 anos foi vítima de tentativa de homicídio, em Santa Rosa. A vítima foi esfaqueada pelo companheiro de 47 anos.

O crime ocorreu na residência do casal, no bairro Planalto. A mulher foi socorrida no pronto socorro do Hospital Vida e Saúde de Santa Rosa.

O acusado foi preso em flagrante e encaminhado para o mesmo hospital da vítima, já que também sofreu lesões. Ele está sob custódia da Brigada Militar. Será instaurado inquérito policial para investigar o caso de violência doméstica, que se enquadra na Lei Maria da Penha.

Bookmark and Share
Comente aqui
08 out11:01

Homem de 62 anos espancado na avenida Tuparendi está internado em estado grave

Está internado em estado grave, na UTI do hospital Vida e Saúde, o homem de 62 anos agredido no centro de Santa Rosa.

Por volta das 0h20min desta sexta-feira, Benoni Milani se deslocava na avenida Tuparendi, quando foi surpreendido por dois homens. A vítima tinha apenas R$ 31,00 em seu bolso e foi espancada pelos assaltantes.

A Brigada Militar foi acionada e os acusados foram presos em flagrante, por roubo com lesões. João Valmir de Souza, 41 anos, e Cristian Jatuboski, 22 anos, foram encaminhados para o presídio estadual de Santa Rosa.

Bookmark and Share
Comente aqui