clicRBS
Nova busca - outros

política

21 nov10:05

Ernani Polo assume vaga na Assembleia Legislativa nesta terça

Às 14h desta terça-feira, o santo-augustense Ernani Polo, primeiro suplente do PP, toma posse na Assembleia Gaúcha.

Polo substitui o deputado estadual Chicão Gorski (PP), morto em acidente de trânsito no último dia 13.

O agricultor de 37 anos, que atualmente ocupa o cargo de secretário geral do Partido Progressista (PP), teve 38.767 votos na última eleição. Ernani é filho do atual prefeito de Santo Augusto, Alvorindo Polo.

Bookmark and Share
Comente aqui
21 nov08:56

Tarso Genro se reunirá com lideranças regionais em Santo Ângelo

No dia 10 de dezembro, o governador Tarso Genro deve vir a Santo Ângelo, onde participará de encontro que debaterá ações para o desenvolvimento regional. Nesta data, prefeitos e lideranças regionais se reunirão no Teatro Antônio Sepp.

_Esse sem dúvida será um importante momento para que os vários segmentos da comunidade possam manter um diálogo franco e aberto com o governador. A presença de Tarso se constitui numa grande oportunidade para se consolidar pleitos_ destaca o prefeito de Santo Ângelo, Eduardo Loureiro.

Vistorias na região

Tarso Genro também deverá manter contatos com lideranças regionais e vistoriar obras desenvolvidas pelo Estado no município, como o asfaltamento da estrada de acesso ao Distrito Buriti. Existe a expectativa de anúncio de alguma obra ou investimento no município durante a visita do governador. Secretários de Estado estão confirmados neste encontro em Santo Ângelo.

Informações: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santo Ângelo

Bookmark and Share
Comente aqui
14 nov14:15

Ernani Polo assumirá vaga de deputado morto em acidente

O santo-augustense Ernani Polo substituirá o deputado estadual Chicão Gorski (PP), na Assembleia Legislativa.

João Francisco Gorski, conhecido como Chicão, morreu na madrugada deste domingo (13) após o veículo em que ele estava com a família sair da pista, na BR-287, entre as cidades de Santiago e Jaguari, e bater em uma árvore.

Polo, que atualmente ocupa o cargo de secretário geral do Partido Progressista (PP) e teve 38.767 votos na última eleição, era o primeiro suplente da sigla.

Bookmark and Share
Comente aqui
11 nov10:55

Deputado Terra falará sobre Primeira Infância Melhor em evento na China

Convidado pela secretária geral da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa da China, Lu Mai, o deputado federal Osmar Terra (PMDB/RS) fará uma palestra na Conferência Internacional de Desenvolvimento na Primeira Infância, na próxima quarta-feira, dia 16, em Pequim.

O tema será o programa Primeira Infância Melhor (PIM), implantado no Rio Grande do Sul 2003, durante o governo de Germano Rigotto, quando era o secretário estadual da Saúde:

_Em 2003, morriam 15,9 bebês de até um ano para um grupo de mil, antes de completar um ano. O número caiu para 10,9 no final do governo Yeda, uma redução de 30% em sete anos. O número poderá cair para um dígito apenas neste primeiro ano do governo Tarso, que manteve o PIM em atividade _destaca Terra.

O Rio Grande do Sul tem 400 leitos neo-natais, mais do que São Paulo ou qualquer outro Estado.

Osmar Terra coordena a Frente Parlamentar da Primeira Infância da Câmara Federal.

- É provável que o governo chinês se espelhe na experiência gaúcha do PIM para criar um programa semelhante em defesa da primeira infância – revela Osmar Terra.

…………………………………………………..

Informações: Assessoria de Imprensa do deputado federal Osmar Terra

Bookmark and Share
Comente aqui
22 out14:59

Onze municípios da região recebem áreas e imóveis do governo do Estado

Brunna Colossi, RBS TV Santa Rosa

Onze municípios da região receberam na tarde desta sexta-feira doações de áreas públicas e imóveis do governo do Estado. De acordo com o diretor adjunto de patrimônio do Estado, os locais doados terão destinação social.

_Elas já tem uma pré-definição legal e essa autorização legislativa inclui a destinação que o município solicitou_ explica o diretor adjunto de patrimônio do Estado Rogério de Almeida Teles.

As cidades contempladas são Alegria, Porto Lucena, Augusto Pestana, Santo Cristo, Santo Augusto, Tuparendi, Nova Candelária. E na região das Missões, São Borja, Guarani das Missões, Sete de Setembro, Santo Ângelo.

Na capital missioneira, o local doado será destinado para a área da saúde.

O pedido para doação do Centro Social Urbano foi encaminhado pelo município no ano de 2008. Agora, com a posse da área e do imóvel a ideia é implantar no local uma unidade de pronto atendimento.

No total, foram 23 áreas e imóveis repassados e que atendem a antigas solicitações dos municípios.

Bookmark and Share
Comente aqui
13 out10:21

Placa da Transparência é instalada em Santo Augusto

Pricila Aita, divulgação

Na placa de 20m² instalada na fachada do Centro Municipal de Cultura, os santo-augustenses podem conferir o destino do dinheiro público no município.

Nela, constam as receitas e as despesas da Administração Municipal, no período de janeiro a agosto de 2011.Como nem todos têm acesso à internet para conferir estas informações, a placa da transparência foi a alternativa encontrada para levar a informação a todos os cidadãos.

Além das informações contábeis, foram divulgadas imagens das principais obras realizadas neste período, pela prefeitura.

- O cidadão precisa saber o que está sendo feito com o dinheiro que eles pagam de impostos – justifica o prefeito Alvorindo Polo.

A previsão é que a placa seja renovada a cada quatro meses.

Bookmark and Share
Comente aqui
18 set15:16

Opinião: Consciência no voto pode refletir em mais tranquilidade no trânsito

Ivo Losekann, leitor-repórter


Afirmamos que o carro que dirigimos e nossa personalidade se confundem. Quando meninos brincamos “de carrinho”. Independente da classe social. Pode ser com um carro de controle remoto ou um carro de plástico arrastado na terra. Os vídeo games de carros e corridas viciam jovens e adultos. Muitos senhores cinqüentões tem suas coleções de miniaturas de carros antigos ou modernos.

Antes de completar 18 anos, o sonho de todo jovem é fazer a carteira de motorista. A possibilidade de portar uma carteira de motorista e dirigir significa independência e é um divisor de águas. Infelizmente as estatísticas apontam para um maior número de acidentes envolvendo jovens: condutores na faixa etária de 20 a 30 anos.

Sempre convém lembrar que a metade do valor de um carro vendido vai para os impostos. E para que servem os impostos? Para garantir, entre outras finalidades, a segurança e condições de trafegabilidade em nossas estradas. Mas isso não basta. É preciso também educar e conscientizar os motoristas. Mas infelizmente isto não acontece.

Transporte X Corrupção

Acontece que o ministro dos transportes, a pasta responsável pela segurança e condições de trafegabilidade das estradas, teve que sair do cargo por motivos de corrupção.

Assim como o carro que dirigimos se confunde com nossa personalidade, a política se confunde com corrupção. Nesta semana mesmo para substituir o Ministro do Turismo, que caiu por corrupção (ou “suspeitas” de corrupção porque no Brasil todo mundo é inocente até prova em contrário) surgiram vários nomes de pessoas competentes. No entanto, a dificuldade maior foi achar alguém competente no meio político e, ao mesmo tempo, com ficha limpa.

Os ministros de pastas extremamente importantes como Agricultura e Turismo, também deixaram o governo recentemente por suspeitas de corrupção. Ora, condição imprescindível para a Agricultura são estradas decentes para o escoamento da produção, sem falar nas precárias condições dos portos. Para o Turismo, principalmente em termos de copa do mundo, também é imprescindível que as estradas estejam em condições de trafegabilidade e segurança. Mas estes ministros não levaram a sério o seu papel.

A corrupção explica muita coisa, explica porque certas coisas que deveriam andar melhor no país, simplesmente estão paradas. Explica até mesmo muitas mortes no trânsito, pois investimentos em infra-estrutura e educação não são feitos.

Somos os mesmos índios tupiniquins passivos, que deixaram se colonizar e dominar, até se tornarem extintos. Os descendentes de índios que ainda restam estão aí pelas esquinas a pedir esmola, são o que chamamos vulgarmente de bugres. No entanto, estes “bugres” passivos e que aceitam tudo estão na nossa árvore genealógica, pois de certa forma, também somos passivos e deixamos nos colonizar ao conviver e eleger corruptos e incompetentes.

Elegemos Tiririca, Maluf, Romário. Elegemos todos que lá estão, e somos complacentes com a corrupção que está aí há várias décadas, pelos mesmos caciques da política, poderosos “Sarneys” da vida, que indicam ministros sem o mínimo de qualificação, e os presidentes ou presidentas são “obrigados a aceitar” para não perderem o apoio da bancada.

Bookmark and Share
2 comentários
04 set10:51

Prefeitura de Três de Maio paga mais de R$ 229mil em quitação de processos de servidores

O pagamento de direitos de servidores públicos municipais pleiteados em processos judiciais e administrativos custou R$ 229.586,04 para a prefeitura de Três de Maio. De acordo com o Secretário de Administração João Seno Bach 25 servidores receberão entre R$ 48,78 até R$ 93.883,46.

O assessor jurídico da prefeitura, Jorge Luiz Wachter informou que apesar da redução de R$ 1,7 milhão de recursos em 2011, devido à diminuição da população pelo índice do IBGE, o prefeito Casali realizou um estudo para avaliar a possibilidade de quitar a dívida com estes servidores. A partir disto, optou-se por realizar o termo de acordo para que os processos possam ser encerrados, com o pagamento do abono para os servidores.

O secretário João Seno ressaltou que o assunto foi tratado com a maior pressa possível, com o apoio da Câmara de Vereadores.

- Até o momento já encaminhamos cerca de 150 Projetos de Lei, quase todos aprovados por unanimidade – destaca o secretário de Administração.

O prefeito Casali destacou estar muito satisfeito com a quitação realizada. “Só gostaria de que os servidores se lembrassem que este pagamento só foi possível pela vontade do prefeito, pois as administrações antigas poderiam ter quitado essa dívida, e não o fizeram, mas eu resolvi fazer”, informa.

Os servidores que tinham até R$ 9 mil para receber da prefeitura foram pagos no último dia 26 de agosto. Os demais receberam a metade no mês passado e o restante será pago em maio de 2012.

Bookmark and Share
Comente aqui
12 ago14:39

Prefeitos da região apresentam reivindicações ao Governo do Estado

Nesta sexta-feira, dia 12,  o Secretário do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas do Governo do Estado, Afonso Motta, está na região para debater as principais demandas locais. O secretário foi recebido por prefeitos e também compartilha propostas de ações do governo na Fronteira Noroeste.

A reunião está sendo realizada na sede da Associação dos Municípios. Na oportunidade os prefeitos estão repassando as manifestações de cada município. O Presidente da AMGR – Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa, prefeito Marino Pollo, irá lhe entregar um documento com manifestações da região e pedido para que aconteça a descentralização do Governo Tarso Genro, ainda neste ano de 2011.

Bookmark and Share
Comente aqui
02 ago13:12

Novos estados brasileiros, para quê?

Ivo Ricardo Losekam, leitor-repórter

As novas unidades federativas do Brasil estão em discussão e em diferentes estágios de aprovação no Congresso Nacional atualmente. Chegou a ser proposta oficialmente a criação de 18 novos estados, três novos territórios federais, o que elevaria o total de unidades da federação para 48. A região com o maior número de unidades federativas seria a região Norte, enquanto a região Sul seria a única sem uma única unidade federativa nova.

Os estados com estágio de criação mais avançados são Gurgeia e Maranhão do Sul, ambos na região Nordeste, e Carajás na região Norte. Segundo as propostas, esse seria um mecanismo para conduzir a redivisão territorial do País como forma de reduzir as desigualdades socioeconômicas e favorecer o desenvolvimento das regiões menos assistidas pelo Poder Público.

Caso os projetos sejam aprovados no Congresso, o passo seguinte é conduzir um plebiscito junto aos moradores de cada estado, com a coordenação do Tribunal Superior Eleitoral. Havendo aprovação nas urnas, a proposta é encaminhada ao Palácio do Planalto, para que o presidente da República envie ao Congresso um projeto de lei complementar propondo a criação da nova unidade.

Gurgueia – O estado de Gurgueia, com 87 municípios, seria desmembrado do estado Piauí .

Carajás – Caso aprovado o projeto de lei será estado fruto do desmembramento do Pará

Maranhão do Sul - Desmembramento do sul do estado do Maranhão.

Tapajós - O estado do Tapajós é uma proposta resultante do desmembramento de uma área do noroeste e do oeste do Pará

Triângulo – O estado do Triângulo, com 66 municípios, seria fruto do desmembramento da parte oeste de Minas Gerais.

Em estágio avançado, seriam estas cinco, no entanto tramitam 18 propostas para criação de 18 novos estados no Brasil.

Sem querer entrar no mérito da importância ou necessidade de refazer uma divisão territorial no Brasil. Gostaria com este texto alertar para fazermos uma reflexão quanto ao custo x benefício de tais medidas históricas.

Quantos novos governadores, deputados federais, prefeitos, vereadores teríamos no Brasil? Quantos tribunais, fóruns, cartórios, assembléias, secretarias, etc, novos seriam criados? O quanto aumentaria a máquina pública? Surgiriam mais indústrias de concursos e aspirantes a uma carreira pública, ao invés de empreendedores e criadores de atividades na iniciativa privada.

Por que fatiar mais o norte e nordeste?

E deixar o sul e sudeste praticamente do jeito que está? Esta eu respondo. Simplesmente porque se aumentaria o número de deputados e senadores desta região.

Hoje os deputados e os senadores, do sul e sudeste tem sua força e representatividade, poder de votar e decidir os assuntos do interesse de sua região, dentro do número que representam.

Esta força e este poder cairiam à medida que aumentariam o numero de deputados e senadores, principalmente das regiões norte e nordeste. A primeira impressão, é que querem fatiar o Brasil para aumentar o poder em determinadas regiões.

Ou então o objetivo implícito seria aumentar a corrupção. O cálculo é simples, se com 513 deputados e 81 senadores a corrupção está nos níveis altos em que se encontra, imagine aumentando ou dobrando este número com 18 novos estados. Quantos bilhões seriam gastos para cada estado novo criado?

O mapa geoeconômico do Brasil, com maior concentração de indústrias está justamente nos estados das regiões Sul (RS, PR, SC) e Sudeste (SP, MG, RJ, ES), bem como os estados do Mato Grosso do Sul, Goiás, e a parte sul do Tocantins.

Então porque fatiar justamente o norte e nordeste? Simplesmente, porque querem enfraquecer os estados que efetivamente geram riquezas, para segundo dizem, melhorar a distribuição de renda. Tirar de quem tem, porque produz e trabalha, para quem não tem, normalmente porque não produz e não trabalha como quem tem…..

Para contrapor um absurdo, outro pode ser sugerido

A solução que proponho é muito simples: Vamos separar o sul e sudeste do resto, ai fica mais justo, cada um ficando com aquilo que produz. Esta idéia é antiga, mas se podem e estão com projetos câmara e no senado para fatiar os estados do norte e nordeste, porque não podemos aqui no sul e também no sudeste propormos nossa separação como país dos demais estados ?

Para contrapropor um absurdo, vamos propor outro, (embora particularmente não pense que separar a metade sul seja um absurdo). Ou vamos no mínimo passar a refletir sobre o tema, propiciando um debate saudável nas escolas, universidades, e também nas rodas de amigos e conversas de bar, ao invés de falar apenas sobre futebol…

Bookmark and Share
2 comentários