clicRBS
Nova busca - outros

saúde

21 jun16:56

Um advogado pão-duro ou esperto?

Guilherme Canal, RBS TV Santa Rosa


O advogado santo-cristense Donato Heinen dá exemplo de como economizar combustível e ainda melhorar a qualidade de vida. Há quem diz que ele é pão-duro, outros, que é esperto.

Donato mora em Santo Cristo, mas trabalha na prefeitura de Santa Rosa como Procurador Jurídico. Para almoçar se desloca do bairro Cruzeiro até o restaurante no centro da cidade, uma distância de quase três quilômetros.

Na ida consegue carona, mas na volta, percorre o caminho a pé. Donato faz esse percurso há 10 anos. Por semana são 15 km, somando em um ano, mais de 700.

- Vale a pena o esforço, além de ter qualidade de vida, eu ainda economizo um bom dinheiro indo a pé – afirma o funcionário público.

Foi pelo motivo financeiro que ele teve a iniciativa de caminhar e como o restaurante mais próximo era a três quilômetros, não pensou suas vezes.

- Hoje eu faço pela saúde, mas claro que com o dinheiro poupado posso fazer outras coisas como viajar. Eu já rodei o mundo – conta.

Pelas contas do funcionário público já são 7 mil km percorridos, o suficiente para ir e voltar de Salvador, na Bahia. Ou ainda, ir do Oiapoque ao Chuí e ainda sobrariam 1.500 km.

Se comparado com o valor economizado com passagens de ônibus na tarifa atual, a economia chega a R$ 9.200,00.

Com tudo isso, ele  leva a fama de pão-duro.

- Eu tenho a fama, mas fico com a minha pão-durice e em nome da saúde e da economia faço minhas caminhadas de segunda a sexta-feira – destaca Donato.

Outra mania do advogado é caminhar ouvindo rádio com o som do Jornal do Almoço e tirar fotos. São mais de 8 mil imagens. Algumas mostram a mudança dos cenários da avenida por onde ele passa todos os dias. São novas praças, novos prédios, nova paisagem, mudanças que muitas vezes passam desapercebidas no corre-corre do dia-a-dia.

E você:  acha que com essa atitude Donato é esperto ou pão-duro? Clique aqui e participe da enquete do blog da RBS TV Santa Rosa.

Bookmark and Share
1 comentário
12 jun14:03

À espera do paciente, medicamentos vencem e são descartados

Everson Dornelles, RBS TV Santa Rosa


A Secretaria de Saúde do Estado gastou no ano passado mais de R$ 100 milhões em medicamentos que foram solicitados judicialmente. Mas muitos não são retirados pelos autores da ação e o seu prazo de validade acaba vencendo. Na região da Grande Santa Rosa, alguns municípios jogam fora o remédio que poderia ajudar outras pessoas.

A Farmácia Pública de Três de Maio descartou, na semana passada, dois tonéis de medicamentos que estavam vencidos. Uma boa parte deles é de ações judiciais.

- Os pacientes entram judicialmente contra o Estado solicitando o medicamento e não vem retirar. A medicação acaba vencendo e nós temos que descartar este medicamento – explica a farmacêutica Anelise Montavani.

Na farmácia de Santa Rosa o problema também acontece. Dois 2 mil medicamentos concedidos por determinação judicial, em torno de 20% estão parados, à espera do paciente. Alguns custam caro: mais de R$ 2 mil.

A orientação da 14ª Coordenadoria Regional de Saúde é que os remédios sejam devolvidos ao Estado, 90 dias antes de vencerem. Assim, podem ser encaminhados para outros municípios que precisam da medicação.

- Nós pegamos este medicamento, quando não temos outra pessoa para usar. Nós devolvemos para Porto Alegre esta medicação. Na verdade é um prejuízo para o Estado – destaca o farmacêutico da Coordenadoria, Francisco Evelazio Meneses.

A Secretaria Estadual da Saúde afirma que não tem obrigação de avisar sobre a chegada dos medicamentos e que o paciente é que deve conferir se o remédio está disponível.

- Nós não podemos deixar o medicamento faltar no município, nem podemos deixar que ele perca a sua eficácia por expiração do prazo de validade – esclarece sobre os deveres da Secretaria, Irene Porto Prazeres.

A farmacêutica Vanessa Flores reitera a importância do paciente e de seus familiares no processo.

- É bem importante que as pessoas que solicitam isso via judicial, tenham esta consciência de que busque esse medicamento – destaca.

Quando a prescrição do prazo de validade está próxima, as Coordenadorias comunicam à Justiça, que os pacientes não retiraram o medicamento. Nesse caso, os doentes perdem o direito de ter acesso ao remédio.

Bookmark and Share
1 comentário
08 jun11:24

Primeira morte por gripe A no Estado ocorreu em Três Passos

Uma mulher de 48 anos, moradora de Anta Gorda, é a primeira vítima de gripe A do Estado. Teresinha Roman estava internada no hospital de Caridade de Três Passos, pois naquele local havia a estrutura necessária para o seu tratamento.

- Essa paciente precisou de tratamento intensivo, veio transferida final do mês de maio, com o quadro bem delicado. O médico responsável suspeitou do quadro e pediu o exame – conta a enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Três Passos, Andreia Künzel

O quadro de saúde da paciente piorou desde maio e ela veio a óbito na segunda-feira, às 8h20min. A confirmação do exame realizado pelo Lacen, ocorreu ontem.

- Estamos sem casos em Três Passos. Estamos fazendo vacinas dentro da normalidade. Aqui não tem nem suspeita – enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Andreia Künzel.

No total, são 87 casos suspeitos de Gripe A em análise e três confirmações, no Rio Grande do Sul. Os outros dois casos são uma gestante de São Gabriel e um bebê de um ano, de Camaquã.

Apesar da ocorrência do óbito, a Secretaria Estadual de Saúde esclarece que a situação da Influenza A H1N1 está sob controle no Estado até o momento. Todos os municípios contam com medicamento antiviral e outros insumos necessários para o enfrentamento da circulação viral.

Bookmark and Share
Comente aqui
05 jun15:43

Lideranças de Giruá reivindicam recursos do Estado para a saúde

O Governo Municipal de Giruá vem lutando pelo aumento de repasse de recursos ao Hospital São José (HSJ), principalmente os valores direcionados ao Centro de Reabilitação Física, que atende pacientes de cerca de 62 municípios da região. Na terça-feira,31, o prefeito Fabiam Thomas, acompanhado do secretário municipal de Saúde Marcelo Calai Ferraz, do diretor-executivo do HSJ Amarildo Dal’Ago e do vereador João Zimermann, reuniu-se com o secretário estadual de Saúde Ciro Simoni em Porto Alegre para entrega de um documento que sintetiza a necessidade de aumentar os valores para atender a demanda de pacientes que cresce a cada dia.

Somente em 2009, o Governo Municipal chegou a bancar o valor de R$ 14 mil mensal à instituição, totalizando R$ 168 mil/ano a mais do que o valor mensal repassado, que é de R$ 37 mil, para que a qualidade do serviço fosse mantida e o maior número de pacientes possível fosse atendido.

A comitiva giruaense também apresentou ao secretário a necessidade de credenciar o Centro Reabilitação Física para a Média Complexidade. Segundo o Hospital, muitos pacientes que recebem alta do tratamento da alta complexidade, que é realizado pelo Centro no período de seis meses, não conseguem dar sequência ao tratamento em seus municípios de origem, o que acaba por causar uma regressão das melhorias apresentadas, ocasionando em um provável retorno deste mesmo paciente ao Centro.

Os pacientes poderiam dar sequência aos tratamentos quando recebessem alta dos atendimentos de alta complexidade, bem como atender pacientes de média complexidade pelo SUS, o que atualmente não é disponibilizado em nossa região. Para o secretário Ciro Somini, o pleito é uma luta difícil, mas pode a vir ser concretizado pela qualidade dos serviços prestados pela instituição.

Bookmark and Share
Comente aqui
03 jun13:17

Unidade de Pronto Atendimento irá atender mais de 100 mil pessoas

UPA deve ser construída ao lado do hospital Vida e Saúde

O espaço destinado especialmente para atendimentos de urgência e emergência de Santa Rosa começa a se tornar realidade. Nesta manhã, o arquiteto e urbanista, Cristiano Dalagnol apresentou o projeto da UPA – Unidade de Pronto Atendimento.

O diretor da Secretaria Estadual de Saúde, Marcos Lobato acompanhou a apresentação, juntamente com representantes de entidades e instituições do município.

Em 2008, antes mesmo de assumir o Governo, o prefeito Orlando Desconsi e a presidente da FUMSSAR, Karina Kucharski, estiveram em Brasília pela primeira vez para reivindicar a Unidade para Santa Rosa. Desde então foram necessários diversos trâmites para efetivar a sua instalação, que está prevista para iniciar ainda neste ano.

Estrutura e investimento

A área de 1.785,44m² da UPA terá um custo de R$ 2.392.302,35. Esse valor é referente à construção do prédio que será feito pela empresa Projeção Construções e Pré-moldados. Os equipamentos para o atendimento serão custeados pelo Estado, no valor R$1 milhão.

- Esse serviço é de extrema necessidade para o município e a região irá atender mais de 100 mil pessoas em urgência e emergência – destaca a presidente da FUMSSAR, Karina Kucharski.

A Unidade será construída ao lado do Hospital Vida e Saúde, em um terreno doado pelo Hospital para o município.

Bookmark and Share
Comente aqui
01 jun17:43

Novo pronto atendimento reforça serviços de saúde em Giruá

Um dos mais importantes investimentos em Saúde dos últimos anos em Giruá foi inaugurado nesta segunda-feira, 30.

Giruá conta com um novo pronto atendimento, considerado uma das mais modernas estruturas da região. Construído junto ao Hospital São José (HSJ), na Rua Sete de Setembro, é o primeiro dos três empreendimentos que estão sendo concluídos no município. Sua inauguração ocorreu na segunda-feira, dia 30 e o atendimento inicia neste mês, com os serviços de emergência, plantão com médico, atendimento humanizado com salas individuais e sala de observação.

A nova estrutura foi projetada a partir da necessidade de ampliar o espaço físico do Hospital, que além dos Centros de Referência em Reabilitação Física e em Diagnóstico em Saúde da Mulher, também passou a sediar em seus espaços o Centro de Referência em Baixa Visão e Cegueira. O local contempla uma área de 430 m2, financiados com recursos próprios do Governo Municipal e da instituição, que é mantida pela Rede Verzeri. O investimento total foi de R$ 400 mil.

Estrutura e serviços

O pronto atendimento foi mobiliado e climatizado com investimentos da própria instituição, recursos na ordem de R$ 150 mil. A estrutura física contempla duas salas de recepção, três consultórios médicos, uma sala de triagem, uma sala de gesso, uma sala de inalação, uma sala de emergência, posto de enfermagem, sanitários e demais dependências.

Bookmark and Share
1 comentário
31 mai16:59

Escassez do banco de sangue preocupa Cruz Vermelha

O estoque de Sangue do Hemocentro de Santa Rosa está escasso. Há falta, principalmente, dos tipos “O” Negativo, “O” Positivo, “”A Negativo e “A” Positivo.

Por esse motivo, a presidente da Cruz Vermelha Fabiana Avellaneda alerta sobre a necessidade de encontrar doadores, uma vez que muitas vidas aguardam por ser salvas.

Os voluntários já foram convocados a participar da 2° Edição de Doação de Sangue CLUBE 25, que será no dia 21 de junho, nos turnos da manhã e da tarde.

Entretanto, não é necessário aguardar até lá para doar. O Hemocentro de Santa Rosa está aberto de segunda a quinta-feira, das 7h30min às 11h e pela tarde, das 13h30min às 17h.

Às quinta-feiras, abre das 13h30min às 16h30min. Na sexta-feira é a vez das coletas externas, que são realizadas em outros municípios da região.

O Hemocentro de Santa Rosa está localizado na rua Boa Vista, 401, próximo ao hospital Vida e Saúde. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone (55) 3513-0612.

Bookmark and Share
Comente aqui
31 mai12:15

Santa-rosenses recebem apoio para deixar de fumar

O Dia Mundial sem Tabaco foi lembrado nesta terça-feira, dia 31. Entretanto, as ações contra o vício ocorrem durante todo o ano em Santa Rosa.

As 13 unidades de saúde oferecem atendimento especial às pessoas que gostariam de abandonar o tabaco. Os grupos de tabagismo realizam quatro encontros semanais ou mensais, no turno que for mais interessante para o usuário.

Para aderir ao grupo é preciso que o tabagista vá até sua unidade e inscreva-se para ingressar.

Também são formados grupos de manutenção, para que após parar de fumar, o usuário receba acompanhamento que incentive a permanência sem o cigarro.

Nas unidades, são fornecidos medicamentos que amenizam a ansiedade, em função da abstinência do tabaco.

Bookmark and Share
Comente aqui
27 mai17:22

Dos 171 casos de dengue no Estado, 140 são de Santa Rosa

Wagner Machado, Zero Hora

Aumentou para 140 o número de casos de dengue autóctones em Santa Rosa,  de acordo com levantamento realizado pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs). Agora, o Rio Grande do Sul já registra 171 casos autóctones da doença.

Operação Arrastão é uma das ações para combater a doença

De acordo com Antônio Palhano, Diretor de Vigilância em Saúde, os dez militares que auxiliavam eliminação dos criadouros do mosquito já foram dispensados já que o número de notificações da dengue está diminuindo.

- Desde que decretou situação pré-epidêmica, Santa Rosa conta com 27 agentes de saúde que que trabalham de forma intensa no combate ao mosquito. A ideia é evitar o cenário de 2010, quando 168 moradores de Santa Rosa foram infectados- diz Palhano.

Os casos de dengue importados de outros estados ou países somam 81.

Bookmark and Share
Comente aqui
27 mai15:53

Pacientes poderão ser transportados por micro-ônibus em Santa Rosa

A Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa-FUMSSAR irá disponibilizar um micro-ônibus para o transporte de pacientes para as referências dentro e fora do município. O valor de R$ 150 mil para a aquisição do veículo foi garantido por meio de uma emenda parlamentar do Deputado Federal, Vilson Covatti.

Assessoria imprensa prefeitura, divulgação

A equipe da FUMSSAR representada pelo Diretor Administrativo, Délcio Stefan, o Coordenador de Transporte Valdomiro Leite, e os motoristas Nairo Cardoso e João Batista Motta receberam, em Porto Alegre, do próprio Deputado, um ofício com a confirmação do recurso.

- A emenda parlamentar vai possibilitar a compra de um veículo equipado, especial para transporte de pacientes e adaptado para cadeirantes – afirma o diretor Stefan.

Será o primeiro micro-ônibus à disposição para o transporte de pacientes.

Bookmark and Share
Comente aqui