clicRBS
Nova busca - outros
22 mar14:54

Iniciadas as comemorações do cinquentenário do curso de Direito do IESA

Evento realizado no último sábado, dia 19, foi marcado pelo resgate dos 50 anos de história. A programação iniciou na manhã de sábado com uma visitação à Instituição. Às 10h foi realizado momento ecumênico e em seguida uma cerimônia que foi marcada pelo resgate histórico da Faculdade de Direito, criada no dia 7 de outubro de 1961, por um grupo de lideranças e autoridades da própria comunidade santo-angelense e regional. O curso de Direito foi o primeiro curso de ensino superior criado no município de Santo Ângelo.

A cerimônia de homenagens contou com depoimentos de mulheres formadas em Direito ao longo dos 50 anos. A primeira a falar foi a doutora Nadir Muniz, formada na primeira turma de bacharéis, em 1968, e presidente da comissão organizadora do evento.

A drª Nadir lembrou os primeiros anos de funcionamento da Faculdade, ainda no prédio de onde hoje localiza-se a Escola Técnica Estadual Presidente Getúlio Vargas. Posteriormente a Faculdade migrou, juntamente com a outra unidade cenecista já instalada na cidade, o atual Colégio Cenecista Sepé Tiaraju, para o seu atual endereço, na Avenida Getúlio Vargas, e só mais tarde teria seu próprio espaço, ao lado do Colégio, onde se localiza até hoje, na Rua Dr. João Augusto Rodrigues, 471.

Com o objetivo de resgatar os desafios da profissão e a inserção de mulheres na área do Direito o evento contou com os depoimentos de quatro ex-alunas: a doutora Maria Zulmira Machado dos Santos, formada na primeira turma do curso, em 1968, que teve toda sua atuação profissional voltada para a advocacia; a doutora Maria de Fátima Moura Almeida, formada em 1979, que destacou-se profissionalmente como promotora de Justiça; a doutora Maria Clair Windberg, formada em 1990, que além de advogar atua como como professora do curso de Direito do IESA desde 1993 e ainda a doutora Raquel Nenê de Azevedo, formada em 1994, que atua como Juíza do Trabalho desde 2002.

A programação foi encerrada com um almoço festivo na Casa da Etnia Italiana, no Parque de Exposições Sigfried Ritter. A tarde contou com o lançamento da Torta Fadisa, criada pela empresa Kemper´s Haus especialmente para marcar o Cinquentenário da Faculdade.

Bookmark and Share

Por

Comentários