clicRBS
Nova busca - outros
12 abr16:02

Uma estudante de Direito que se tornou jornalista

Eu estudei Direito no Iesa no final da década de 90. Foi super importante porque o curso me auxiliou a ter uma percepção maior da notícia sob ponto de vista do direito das pessoas. Tive bastante dificuldade de aprendizado em Direito Civil, e rodei pela primeira vez em minha vida, o que me deixou profundamente desapontada e exigiu maior concentração e dedicação para os compromissos que vim a ter no futuro.

Tive o privilégio de conviver com a figura carismática do professor de direito político, José Barcaro (in memoriam), que exigia muito de cada um, e teve papel fundamental nessa fase do despertar o ‘eu questionador’ da acadêmica. E, também, descobrir que o mais importante não é a área que se estuda e sim a vocação para o que se estuda: eu não teria tido muito sucesso como advogada. O Direito me ajudou a dar maior valor para a jornalista que existia em mim, além, é claro, embasamento legal para ampliar mais minha percepção sobre as coisas, sobre a verdade e suas faces, sobre a vida e a limitação. A turma que conheci, as pessoas com quem convivi, se tornaram parte de mim, e isso é eterno, não importa o quanto você mude pelo caminho.

Edna Lautert – jornalista e membro da Academia Santo-angelense de Letras.

Relate a sua experiência como estudante do curso de Direito do IESA, envie texto e foto para participe@clicrbssantoangelo.com.br

Bookmark and Share

Por

Comentários