clicRBS
Nova busca - outros

Zero Hora

24 out13:44

Burocracia no Detran impede testes de direção

Rafael Diverio, Zero Hora

Nahin da Silva Santos, 27 anos, peregrina pelo norte e noroeste do Estado há duas semanas. Em Santo Ângelo, está a última esperança de o aspirante à motorista profissional fazer a prova que lhe permitirá dirigir carretas, condição indispensável para assumir o cargo conquistado após concurso na prefeitura de Entre-Ijuís.

Santos telefonou para Centros de Formações de Condutores (CFCs) de 15 cidades e visitou três municípios. Ontem, esteve em Cruz Alta e foi orientado a voltar a Santo Ângelo, primeira cidade em que tentou fazer o teste. A história dele reflete a carência de examinadores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O Sindicato dos CFCs gaúchos estima que, neste mês, cerca de 3,5 mil pessoas tenham sido impedidos de fazer os exames por falta de fiscais de prova.

Parte do problema está na burocracia para recontratar examinadores. Os contratos emergenciais de 170 profissionais venceram em 4 de outubro, e outras 22 pessoas foram dispensadas. Para tentar suprir a carência, a Assembleia aprovou, nesta semana, um projeto de lei que autoriza o departamento a prorrogar por mais 12 meses contratos emergenciais de 146 fiscais. Na segunda-feira, entram em atividade nove servidores do quadro e, nos próximos dias, o Detran deve convocar outros 15 servidores. Terá 192 examinadores.

– O número ainda é insuficiente. São necessários, pelo menos, 240 examinadores para a demanda – diz o presidente do sindicato, Edson Cunha.

Bookmark and Share
Comente aqui
03 out10:16

Segunda-feira tem tempo aberto e temperaturas amenas

Zero Hora

Depois de um domingo com sol entre nuvens e temperatura agradável, a segunda-feira começou com tempo aberto em quase todo o Rio Grande do Sul. Apenas no extremo sul do Estado, a umidade que vem do mar deixa o tempo mais fechado.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mínima registrada hoje no Estado foi 5,7ºC em Bagé. Às 6h, fazia aproximadamente 11°C em Rio Grande, Pelotas e Uruguaiana, segundo dados das estações meteorológicas da RBS. Na Capital a temperatura chegou a 14,5ºC às 9h, com sensação térmica de 9ºC.

Apesar do sol desde cedo, as temperaturas não devem subir muito hoje devido aos ventos frios do Sul. A máxima no Estado pode chegar a 24ºC na região das Missões. No Sul e na Serra as temperaturas não devem passar dos 20ºC.

Amanhã a massa de ar frio que atua sobre o Rio Grande do Sul deixa a madrugada um pouco mais fria do que nos últimos dias. A temperatura mais baixa deve ser registrada na região serrana, com mínima de 3ºC em São José dos Ausentes.

Segundo a previsão da Somar Meteorologia, a propagação de áreas de instabilidade provoca aumento da nebulosidade com possibilidade de pancadas de chuva nesta terça-feira, porém muito localizadas, passageiras e de baixo acumulado.

Bookmark and Share
Comente aqui
20 set12:02

RS entra em estado de alerta

Caio Cigana, Zero Hora

A confirmação de um foco de febre aftosa no Paraguai, a 150 quilômetros da divisa com o Brasil, fez o Rio Grande do Sul entrar em estado de alerta. O aperto na fiscalização do serviço veterinário se concentrará principalmente na fronteira com a Argentina, faixa do provável ingresso do vírus no surto 2000 no noroeste gaúcho.

Enquanto são esperadas novas informações das autoridades paraguaias sobre o controle do foco em uma propriedade do departamento de San Pedro ou a possibilidade de outros casos, a atenção maior no Estado se voltará a uma área entre os municípios de Garruchos e Barra do Guarita.

O presidente da Federação da Agricultura do Estado (Farsul), Carlos Sperotto, prega maior controle sobre a circulação de produtos de origem animal e também aguarda informações sobre a possibilidade de novos focos.

– Agora é importante que o problema seja dimensionado – observa.

Do lado brasileiro, os Estados do Paraná e Mato Grosso do Sul, os mais próximos do local atingido, também intensificaram a vigilância. O Ministério da Agricultura anunciou que vai aumentar do número de fiscais na região, operar barreiras volantes, mapear propriedades e planejar ações com o Ministério da Defesa.

Leia mais sobre o assunto, clique aqui

Bookmark and Share
Comente aqui
13 set10:54

MP pede reforma de prédio histórico

Wagner Machado, Zero Hora


Com goteiras e infiltrações, o prédio da antiga Estação Ferroviária de Santo Ângelo, que abriga o Memorial Coluna Prestes e o Museu Ferroviário, passa por reformas até outubro. As obras no telhado e nova pintura foram determinadas pela Justiça, depois que o Ministério Público Estadual ingressou com ação para garantir a conservação do prédio, tombado como patrimônio histórico e arquitetônico em 1984.

Nas imediações da antiga Estação Ferroviária ocorreram as primeiras ações dos rebeldes liderados pelo engenheiro militar Luiz Carlos Prestes, dando origem à Coluna Prestes. Entre 1924 e 1927, a partir das Missões, o movimento percorreu cerca de 25 mil quilômetros do Rio Grande do Sul até o norte do país, alcançando a Bolívia.

Coordenadora do curso de História da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Nadir Damiani explica que o prédio reconta a história de Prestes e mostra a importância da rede ferroviária no desenvolvimento econômico e urbano da região

– Naquele entorno, foi arquitetado o maior movimento revolucionário invicto da história mundial – resume a historiadora.

No Museu Ferroviário, há o vagão de serviço, que era usado como alojamento por engenheiros, e, também, a ala da primeira classe, que transportava passageiros de Porto Alegre-Uruguaiana. Na avaliação da promotora de Defesa Comunitária Paula Regina Mohr, o espaço está degradado, principalmente pela falta de cuidados básicos de manutenção no telhado, além de danos nos vagões.


Local recebe cerca de 800 visitantes por mês

Secretário de Turismo e Esportes de Santo Ângelo, Vinicius Makvitz conta que, para atender à determinação, serão investidos cerca de R$ 20 mil. Segundo ele, no local, que recebe em média 800 visitantes por mês, foi colocado um guarda para evitar atos de vandalismo.

– Esta é a primeira etapa de reforma. Após, será encaminhado um projeto para reestruturação de toda área e acervo histórico do local – afirma Makvitz.

Para visitar

- De terça-feira a domingo. Das 9h ao meio-dia, e das 14h às 17h.

- Endereço: Avenida Brasil, 2.365, Centro, Santo Ângelo

- Telefone: (55) 3312-8727

Bookmark and Share
Comente aqui
06 set17:53

Estado terá biblioteca missioneira

Wagner Machado, Zero Hora


Parte da história da civilização jesuítico-guarani reunida em um só lugar e à disposição da população das Missões. A partir de outubro, quem for até São Nicolau, cidade próxima a São Luiz Gonzaga, poderá encontrar reproduções das cartas ânuas, relatos do século 17 enviados pelos padres para colégios jesuítas na Europa, além de um acervo de cerca de 650 livros sobre a colonização da região.

Em fase de conclusão, a Biblioteca de Estudos Missioneiros é uma iniciativa da prefeitura de São Nicolau em parceria com Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e o Ministério da Cultura. Atualmente, o acervo completo pertence ao Instituto Anchietano.

Com R$ 90 mil em recursos, o idealizador do espaço, Lori Schiavo, 54 anos, buscou doações de obras e realizou aquisições em livraria e sebos de todo o Estado.

– Em 1626, Padre Gonzales fundou a redução de São Nicolau, a primeira em território gaúcho. Nada mais justo do que unir todo este material para divulgar o que acontecia nos 30 povos fundados pelos padres jesuítas na América do Sul – diz Schiavo.


Acervo terá reprodução de 1,2 mil documentos

Além das obras que retratam história, antropologia, organização, estrutura e fim das reduções, na biblioteca haverá reprodução de 1,2 mil cartas ânuas. Documentos escritos a próprio punho pelos padres que eram lidos em colégios religiosos do outro continente para difundir a obra dos jesuítas.

– As cartas eram relatórios anuais que cada província enviava para divulgar o processo de catequização e prosperidade das reduções – resume o ex-diretor do Instituto Anchietano, padre Pedro Ignácio Schmitz.

Sobre as reduções
- No século 17, os padres jesuítas iniciaram um processo de catequização de povos indígenas
- Os povos missioneiros se organizaram num conjunto de mais de 30 reduções, situadas em áreas hoje pertencentes ao Brasil, à Argentina e ao Paraguai
- As reduções eram formadas por igreja, praça central e escola, além de moradias de padres e indígenas
- Os jesuítas desenvolveram a arte e a música entre os guaranis, que também aprenderam técnicas de metalurgia, agricultura e tipografia
PARA REALIZAR DOAÇÕES
- Envie os livros aos cuidados de Lori Schiavo para Rua Maria Seggiaro Hoffmann, 1.035. Cep 97880-000
- Outras informações: pelo telefone (55) 3363 – 1133
Bookmark and Share
Comente aqui
25 ago15:12

Em pouco mais de um mês, três acidentes mataram seis pessoas em curva da BR-285

Zero Hora

Em pouco mais de um mês, três acidentes causaram a morte de seis pessoas no km 509 da BR-285, trecho conhecido como “Curva dos Castelhanos”, em Vitória das Missões, no noroeste do Estado. Na madrugada desta quinta-feira, o local foi cenário de uma colisão entre três caminhões que fez quatro vítimas.

Segundo o policial rodoviário federal Ervino Maciel, que trabalha há 17 anos no posto de Ijuí, o trecho é um dos mais perigosos da rodovia que liga Santo Ângelo a São Miguel das Missões.

— Não é uma curva muito acentuada, mas é bastante perigosa, em aclive — afirma o policial.

Para Maciel, a prudência é a principal aliada dos motoristas para passar com tranquilidade o trecho:

— A curva é bem sinalizada, mas não dá para descer com velocidade incompatível.

Em 21 de julho, o motorista José Adair Possel, 37 anos, morreu quando o caminhão que dirigia tombou na Curva dos Castelhanos por volta de 14h45min. Alguns dias depois, em 8 de agosto, a vítima foi a adolescente Jenifer Costa Blanco Soares, de 16 anos, que morreu com a saída de pista do automóvel Ka em que estava.

Nesta quinta-feira, outras quatro pessoas morreram em uma colisão entre três caminhões. As vítimas, três motoristas e uma passageira, foram identificadas como Júlio Cesar Carpes Weber, 45 anos, Antônio Correa Dinat, 36 anos, Marco Antônio Timóteo, 28 anos, e Aline de Borba, 25 anos.


A Curva dos Castelhanos

O km 509 da BR-285 é conhecido como Curva dos Castelhanos devido a um acidente que deixou cinco argentinos mortos e outros 22 feridos em janeiro de 1980. Segundo a edição de Zero Hora da data, o ônibus em que eles viajavam capotou no trecho devido a um “defeito técnico” que impediu que o veículo vencesse a curva.

Confira outras informações sobre o acidente

Bookmark and Share
Comente aqui
23 ago17:05

Impasse no transporte escolar deixa mais de 500 alunos sem aula

Wagner Machado, Zero Hora


Por falta de transporte, cerca de 500 alunos das cinco escolas estaduais de Santo Antônio das Missões, cidade próxima a São Luiz Gonzaga, nas Missões, não puderam estudar nesta terça-feira. Sem acordo entre as empresas de ônibus e a Secretaria Estadual de Educação, as crianças da área rural ficaram em casa.

Segundo o responsável pela 32ª Coordenadoria Regional de Educação, Ayrton Ávila da Cruz, na cidade, desde o ano passado, o transporte dos alunos até as escolas estaduais, diferente de outros municípios, é de responsabilidade do Estado.

- Ainda não entramos em acordo com as empresas, pois elas exigem um valor acima do que podemos pagar. Mas espero que até amanhã esta situação esteja regularizada – explica.

Em encontro realizado no mês passado, o prefeito Ernesto Ivo de Lima (PDT) não aceitou assumir o transporte da rede estadual.

Bookmark and Share
Comente aqui
08 ago16:55

Jovem morre em acidente em Vitória das Missões

Adriano Sartori, Zero Hora

Por volta das 11h30min desta segunda-feira, um acidente em Vitória das Missões  matou  Jenifer Costa Blanco Soares, de 16 anos. A outra integrante do veíuclo, Beatriz Machado Pereira, de 21 anos, foi levada ao Hospital de Santo Ângelo gravemente ferida e segue internada.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o veículo seguia na BR 285, sentido São Luiz Gonzaga-Entre-Ijuís, quando na curva do km 509,6 teria saído da pista e capotado. Devido ao forte impacto, os dois passageiros foram arremessados para fora do carro. A jovem morreu na hora e a mulher foi conduzida ao hospital por uma ambulância do SAMU.

Bookmark and Share
Comente aqui
07 ago10:22

Instabilidade pode provocar temporais e queda de granizo neste domingo

Zero Hora

O avanço de áreas de instabilidade sobre o Estado provocam pancadas de chuvas ao longo do dia, com possibilidade de temporais no final da tarde deste domingo. De acordo com a previsão do meteorologista Cleo Kuhn, durante a noite há riscos de queda de granizo e ventos fortes no centro-norte do Rio Grande do Sul.

Apesar das chuvas, o afastamento da massa de ar polar responsável pela onda de frio provoca temperaturas amenas. O dia amanheceu com temperatura mínima pouco abaixo dos 10°C na Campanha e na serra gaúcha. A mínima foi registrada às 6h nas cidades de Jaguarão e de Camaquã, onde os termômetros marcaram 7,1°C. No mesmo horário, Porto Alegre registrava temperatura mínima de 11°C.

Com as temperaturas em elevação ao longo do dia, as máximas passam dos 26°C em algumas localidades do Norte gaúcho. No Sul, as temperaturas ainda ficam mais baixas, em torno dos 18°C. Na Serra, há risco de temporais no final do dia, mas a temperatura sobe, com mínima em torno dos 8°C e máxima próxima dos 20°C.

Na segunda, o tempo permanece instável em todo o Rio Grande do Sul e as chuvas se intensificam.

Confira a previsão para o início da semana:

Segunda-feira, dia 8 de agosto: na metade norte do Estado, as chuvas fortes podem vir acompanhadas de temporais e ocorrem a qualquer hora do dia. Entre a Fronteira Oeste e o Sul, chove fraco ao longo do dia. Durante a tarde, as pancadas de chuva enfraquecem e vêm intercaladas com períodos de melhoria. A grande quantidade de nuvens não deixa a temperatura cair muito durante a madrugada e as mínimas ficam próximas dos 15°C no Estado.

Terça-feira, dia 9 de agosto: as chuvas continuam fortes e os acumulados podem passar dos 60 mm em localidades do norte do Estado. Chove ainda na forma de pancadas, mas, mais leves sobre o Leste. No Interior e Oeste, as instabilidades começam a se afastar e aos poucos e o tempo volta a abrir. As temperaturas seguem mais amenas ao amanhecer e, durante a tarde, as máximas chegam aos 26°C no Noroeste e não passam dos 16°C no Sul.

Bookmark and Share
Comente aqui
03 ago11:46

Ex-comandante da BM é condenado a prisão

Zero Hora

A Justiça Militar condenou ontem o coronel da reserva Nilson Nobre Bueno, ex-comandante-geral da Brigada Militar, a dois anos e meio de prisão por estelionato e falsidade ideológica. Julgado por suposto uso indevido de diárias e por proteger uma aluna-oficial, Bueno pode recorrer.

A decisão foi unânime. O voto da juíza Eliane Soares foi seguido pelos quatro oficiais que participavam do julgamento, que durou das 15h30min às 20h30min. Advogado do oficial, Mathias Nagelstein confia que ele ainda pode ser absolvido:

– Essa decisão de hoje (ontem) é uma experiência jurisdicional. O processo ganha agora uma outra diretriz e agora vamos enfrentar um último momento, decisivo, pois não caberá mais recurso. Daqui para a frente, a acusação não tem mais o que gastar e a defesa tem, ainda, um recurso. Só depois disso é que vamos dizer alguma coisa concreta.

Comandante da corporação entre 2007 e 2008, durante o governo Yeda Crusius, Bueno é acusado de mau uso de diárias em cinco viagens feitas em 2007 entre Porto Alegre e Santo Ângelo. Os créditos somariam R$ 605,57. O coronel disse que devolveu o dinheiro. No entanto, o promotor João Barcelos, da Promotoria de Justiça Militar, considera mais grave o outro crime. O ex-comandante teria arquivado um processo interno que apurava a postura de uma aluna do curso de oficial, mantendo-a na corporação.

– Um laudo aponta que ela não tem condições de ser policial – disse Barcelos.

Bookmark and Share
Comente aqui