clicRBS
Nova busca - outros

50 anos de ensino superior

17 mar16:18

Evento homenageará mulheres formadas em Direito na Fadisa/IESA


O Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Ângelo – IESA, abrindo a programação que marcará o Cinquentenário de seu curso de Direito, realiza no sábado, dia 19 de março, um evento em homenagem a todas as mulheres que se formaram na Instituição durante os 50 anos.

Ao longo das últimas cinco décadas foram realizadas 44 formaturas do curso de Direito. A primeira turma concluiu o curso em 1967, sendo realizada a primeira colação de grau no dia 22 de março de 1968.

Homenanagem às Mulheres

A programação inicia às 9h do dia 19 de março, no IESA, com visita guiada à Instituição. Às 10h acontece momento cultural e cerimônia ecumênica. Já a partir do meio-dia haverá almoço por adesão na Casa da Etnia Italiana, no Parque Municipal de Exposições Siegfried Ritter. Os cartões para o almoço são limitados e podem ser adquiridos na Tesouraria do IESA, ao valor de R$ 25,00.

A tarde segue com homenagens e com o lançamento da Torta Fadisa, confeccionada pela empresa Kemper´s Haus, exclusivamente para marcar o aniversário de 50 anos do curso de Direito e da tradicional Fadisa, hoje IESA.

Mais informações sobre o evento podem ser adquiridas pelo (55) 3313-1922.

A programação que marcará o Cinquentenário do curso de Direito do IESA segue até janeiro de 2012. A programação completa pode ser acessada no site www.iesanet.com.br.

Contato

O IESA está fazendo contatos com ex-alunos, ex-professores e ex-funcionários a fim de enviar convites para a programação do Cinquentenário. As pessoas que passaram pela Instituição nesses 50 anos de história podem fazer contato, bem como enviar algum documento ou foto histórica, através do e-mail comunicacao@iesanet.com.br.


Entrevista: Maria Zulmira Machado dos Santos – estudante da primeira turma do curso de Direito do IESA


O que significava, há 50 anos, ser uma mulher, estudante de Direito?

Significava, enfrentar desafios diários e preconceito  acentuado, por ser MULHER e estar cursando Direito, que até então era visto como uma profissão exclusivamente masculina.


Por que a senhora decidiu ser advogada?

Porque queria realizar um sonho pessoal e acima de tudo  para  homenagear meu pai , que desejava muito que um dos cinco filhos  escolhesse a profissão de Advogado.


Qual era o contexto do surgimento do curso de Direito do IESA?

Foi um marco, que revolucionou o ensino local proporcionando maior conhecimento cultural, econômico e até mesmo social para o município e região.


Que boas lembranças a senhora guarda dessa época de estudante de Direito?

O convívio com os colegas em sala de aula,  que transformou desconhecidos em amigos , que até hoje,mesmo com algumas perdas em função do tempo, ainda assim  buscamos através de encontros periódicos  atenuar a saudade e não deixar cair no esquecimento.


A presença do curso de Direito do IESA, com a formação de tantos profissionais nesses 50 anos produziu mudanças na realidade local?

Produziu mudanças não só na realidade local , como também regional, uma vez que, profissionais formados  pela instituição por diversas oportunidades  exerceram suas atividades em nossa cidade e até mesmos em outros Estados da Federação, trazendo modificações culturais, sociais que contribuíram  para o  progresso.


Você que cursou Direito no IESA em qualquer época da história da instituição, envie seu relato sobre sua experiência de estudante para participe@clicrbssantoangelo.com.br. Colabore!

Bookmark and Share
Comente aqui
02 mar16:42

Evento homenageará mulheres formadas em Direito na Fadisa/IESA


O Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Ângelo – IESA, abrindo a programação que marcará o Cinquentenário de seu curso de Direito, programa para o dia 19 de março um evento em homenagem a todas as mulheres que se formaram na Instituição durante os 50 anos.

Ao longo das últimas cinco décadas foram realizadas 44 formaturas do curso de Direito. A primeira turma concluiu o curso em 1967, sendo realizada a primeira colação de grau no dia 22 de março de 1968.

HOMENAGEM ÀS MULHERES

A programação inicia às 9h do dia 19 de março, no IESA, com visita guiada à Instituição. Às 10h acontece momento cultural e cerimônia ecumênica. Já ao meio-dia haverá almoço por adesão na Casa da Etnia Italiana, no Parque Municipal de Exposições Siegfried Ritter. Os cartões para o almoço são limitados e podem ser adquiridos a partir desta quarta-feira, dia 2 de março, na Tesouraria do IESA, ao valor de R$ 25,00.

A tarde segue com homenagens e com o lançamento da Torta Fadisa, confeccionada pela empresa Kemper´s Haus, exclusivamente para marcar o aniversário de 50 anos do curso de Direito e tradicional Fadisa, hoje IESA.

Mais informações sobre o evento podem ser adquiridas pelo (55) 3313-1922.

A programação que marcará o Cinquentenário do curso de Direito do IESA segue até janeiro de 2012.

A programação completa pode ser acessada no site www.iesanet.com.br.

CONTATO

O IESA está fazendo contatos com ex-alunos, ex-professores e ex-funcionários a fim de enviar convites para a programação do Cinquentenário. As pessoas que passaram pela Instituição nesses 50 anos de história podem fazer contato, bem como enviar algum documento ou foto histórica, através do e-mail comunicacao@iesanet.com.br.

Bookmark and Share
Comente aqui
28 fev16:39

50 anos do ensino superior em Santo Ângelo

O ano era 1961. Até então o ensino superior estava concentrado somente nas capitais e grandes centros, era o momento de trazer esta possibilidade  também para o interior do Estado. Essa era a convicção de um grupo de santo-angelenses que no dia 7 de outubro daquele ano fundou a Faculdade de Direito de Santo Ângelo – instituição que viria a se tornar a reconhecida Fadisa.


_Muitos em Santo Ângelo sonhavam em ser advogados. Eram  militares, médicos, engenheiros que esperavam por essa  formação_relata o professor Pedro Osório do Nascimento um dos  fundadores do curso de Direto.

Inicialmente as atividades da FADISA foram desenvolvidas nas  instalações do Colégio Cenecista Sepé Tiaraju. Cerca de um ano depois, recebeu uma área de 17.424 metros quadrados do município,  localizada ao lado do Colégio Sepé para sua instalação efetiva.

O professor Pedro Osório do Nascimento lembra que o povo das  Missões teve duas universidades fechadas por Espanha e Portugal  durante a colonização do país.

_O nosso curso de Direito tem origens libertárias, nas raízes de um povo que experimentou movimentos intelectuais e armados. Tem origem nas idéias e na força das Missões. O que queríamos, na verdade, é que o governo apenas reabrisse nossa universidade fechada por outros países_ diz o professor Pedro Osório.

A autorização para o seu funcionamento ocorreu em 3 de abril de 1963. Ao longo dos anos, a FADISA se solidificou e fez história, cresceu junto com Santo Ângelo.

_Primeiro criamos o curso, depois obtivemos a autorização do governo da época_recorda o professor Pedro Osório.

Com a fusão das Faculdades de Direito, de Ciências Contábeis e de Administração em 1998 nasce o Instituto Cenecista de Ensino Superior de Santo Ângelo.

Hoje o IESA atua nas áreas das ciências sociais aplicadas, nas ciências humanas e nas ciências da saúde, oferecendo os seguintes cursos: Direito, Ciências Contábeis, Administração, Pedagogia, Fisioterapia e Biomedicina. Além dos cursos de graduação, a instituição oferece programas de pós-graduação em nível de lato sensu.

Em comemoração aos 50 anos do curso de Direito, uma ampla programação deve se desenvolver ao longo do ano.

As atividades iniciaram nesta sexta, 25, com a festa dos calouros.Para o dia 19 de março, está prevista uma homenagem às mulheres formadas no IESA.

Se você foi aluno do IESA em qualquer fase destes 50 anos do curso de Direito, conte sua história pra gente. Envie seu relato e sua foto para o participe@clicrbssantoangelo.com.br.Colabore!

Bookmark and Share
1 comentário