Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Será que o pênis pode quebrar?

10 de março de 2009 15


A preocupação e o cuidado que cada homem tem com seu pênis é evidente nas frequentes perguntas que recebo em relação a um possível trauma peniano.

O pênis é composto basicamente por 3 estruturas: 2 cilindros chamados corpos cavernosos, estruturas responsáveis pela rigidez peniana e outra estrutura chamada corpo esponjoso que se localiza na parte de baixo do pênis  e termina formando a glande do pênis. Por dentro do corpo esponjoso passa a uretra (canal por onde passa a urina e o ejaculado).

A resposta para a pergunta do título é um sonoro e desagradável SIM. Sonoro porque quando ele quebra, um forte estalo “crack” é ouvido pelo homem e sua parceira. Imediatamente, o pênis perde a ereção e incha. Em poucos minutos ele fica roxo, devido ao hematoma que se expande, apresentando o clássico sinal da beringela, pela semelhança.

O pênis só quebra quando está ereto, pois quando flácido é muito móvel e a fratura não ocorre.
Os corpos cavernosos são revestidos por uma camada resistente, a chamada túnica albugínea, que permite que uma pressão de até 1500 mmHg seja suportada sem romper.

Apesar de ser considerado um evento raro, a incidência parece estar aumentando, com relatos cada vez mais frequentes na literatura médica.

Quais as causas?
A principal causa, no mundo ociental, é certamente o ato sexual. Geralmente ocorre quando a parceira encontra-se na posição superior e, acidentalmente, o pênis escapa e é pressionado contra a coxa ou perineo da parceira. Outras causas, menos frequentes são relatadas, como: manipulação vigorosa, agressão, auto flagelo…

Tratamento
Devido ser uma situação inusitada que causa constrangimento, muitos homens não procuram um urologista de imediato. O simples acompanhamento resulta em complicações em cerca de 60% dos pacientes. O tratamento padrão é a cirurgia, que tem melhores resultados realizada nas primeiras 48 horas. A cirurgia consiste na evacuação dos coágulos e na reconstituição detalhada das estruturas.

Curiosidade
Na literatura mundial, cerca de 10% dos casos são mais graves e envolvem não apenas um corpo cavernoso como todas as 3 estruturas. Coincidência ou não, dos casos que atendi no RS e SC, cerca de 60% eram lesões graves. Especular o pôrque dessa diferença com o resto do mundo?? Provavelmente devido a hábitos. Meus pacientes não adimitem ter má mira e responsabilizam, sempre, as parceiras, consideradas muito fogosas.

A lesão mais grave é quando a uretra também está rompida, parcialmente ou completamente e é, praticamente, uma amputação interna sem corte na pele.

Disfunção erétil, nódulos palpáveis, perda de sensibilidade e tortuosidade peniana são sequelas bem conhecidas.

Postado por Flavio Heldwein, Porto Alegre/RS.

Comentários (15)

  • Luiz Capellari diz: 10 de março de 2009

    A expressão “hoje o pau vai quebrar” já pode ter seu duplo sentido ou pode ser levada ao pé(?)(oops)da letra!

  • Alex Niederauer Becker diz: 10 de março de 2009

    Cruzes, que horror.
    Sou virgi, e dpois dessa acho q naum vou querer transar. imagina se keru perder o meu piopio.
    vou guardar ele soh pra mim.

  • Luiz Carlos Mello diz: 11 de março de 2009

    Ótimo texto. Parabéns.

  • Joe diz: 10 de março de 2009

    Depende da massa corporal da parceira. Se ela está com um corpinho enxuto não tem problema.

  • Laura diz: 11 de março de 2009

    Caramba!!

  • Carlos Leal diz: 11 de março de 2009

    Ja tinha visto esse assunto no programa do Jo Soares ;)

  • Logan diz: 11 de março de 2009

    Dói só de pensar no ocorrido!!!De agora em diante mulher por cima nem pensar ..vai q destrua com o guri né….maldade né…heheh mas falando sério ótima matéria é bom saber q isso é masi comum q imaginava e q tb é importante o socorro imediato né nas primeiras horas…
    muito boa a matéria…valeu!!!

  • Eduardo diz: 10 de março de 2009

    Putz!!!…. Que dor deve ser isso!!!

    Ja ouvi falar de um caso que um cara teve que fazer um tratamento de quase um ano, sem poder ter relações sexuais por haverem dores na ereção! Isso é verdade??

  • Luis Felipe diz: 11 de março de 2009

    O meu já quebrou três vêzes, ele tem até muleta para caso quebre de novo.

  • eu diz: 10 de março de 2009

    Primeira postagem do clicrbs que gostei, já estou precavido, caso ocorra vou atrás de ajuda médica, parabéns Flávio, abriu a mente de muita gente que leu.

  • ilone diz: 10 de março de 2009

    Que tal esse castigo aos que violam e estupram?

  • Jeevan diz: 10 de março de 2009

    Cara)ho!

  • eu diz: 11 de março de 2009

    primeira e unica vantagem que vi em pinto pequeno, consolo aos anãozinho.

  • Alex Niederauer Becker diz: 29 de agosto de 2009

    O Hagah precisa tomar mais cuidado….tem algum idiota usando o meu nome….sem ser eu.

  • Cesar JB diz: 22 de novembro de 2009

    Puxa vida… essa eu não imaginava que podia acontecer!!!! Assusta pensar nisso!! rsss

    Parabéns pelo site!! Já está nos meus favoritos para referência e acompanhamento.

    Abraço de Brasilia.

    Cesar

Envie seu Comentário