Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Colesterol alto e testosterona baixa

24 de fevereiro de 2010 1

Níveis baixos de testosterona afetam a vida sexual de muitos homens. Um dos principais mecanismos envolvidos na função erétil do pênis é a testosterona (hormônio do homem).
A potênica sexual tem alguns “grandes inimigos” já discutidos no blog; são eles a presssão alta, a diabetes, o fumo, o colesterol elevado, o sobrepeso e o sedentarismo, que contribuem para a dificuldade de vascularização dos tecidos do pênis e tem impacto direto na produção de hormônios sexuais.
Entretanto, também medicações, tão necessárias para a manutenção da saúde do hipertenso, do deprimido, do paciente com colesterol elevado, podem contribuem para a piora de impotência.

AS ESTATINAS
A classe de medicamentos chamada de ESTATINAS, são medicações usadas para diminuir o colesterol. Recentemente, alguns pesquisadores relataram que as estatinas mais potentes (atorvastatina…), que diminuem com mais eficácia o colesterol, também podem diminuir a testosterona. Outros estudos, comprovaram que a sinvastatina (estatina com potência menor)não tem tal efeito nos hormônios sexuais.
Acredita-se que a testosterona diminui nestes homens, pois este hormônio precisa de colesterol para ser formado num organismo normal, e que o uso de atorvastatina pode diminuir muito o colesterol, que por um lado é ótimo para o controle das doenças cardio-vasculares, mas que por outro lado pode piorar uma testosterona já baixa e a sexualidade.

O melhor mesmo, é prevenir estas doenças adotando um estilo de vida mais saudável… Porém, se a pressão e o colesterol aumentar e os remédios forem necessários, a troca de medicamento por outro pelo clínico, cardiologista pode amenizar estes efeitos colaterais.

Postado por Flavio Heldwein, Florianopolis /SC

Comentários (1)

  • Élvio Andrade Dias diz: 29 de agosto de 2010

    Gostaria de saber se a reposição hormonal é necessaria nos homens, a partir dos 40 anos? E se traz,
    algun dano a sua saúde?

    RESPOSTA
    A queda da testosterona ao longo dos anos ocorre normalmente em todos os homens a partir, geralmente dos 30-35 anos. Quanto a reposição hormonal com testosterona, ela só é indicada em casos em que existe a comprovação com exame de laboratório do valor da testosterona estar abaixo do valor mínimo e com sintomas associados.
    A dita ANDROPAUSA, na verdade, o nome correto é D.A.E.M. (DISTÚRBIO ANDROGÊNICO DO ENVELHECIMENTO MASCULINO, será assunto para posts futuros mais detalhados

    FLAVIO HELDWEIN

Envie seu Comentário