Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

HISTÓRIA DA REPRODUÇÃO

23 de julho de 2008 2

 

 

O conhecimento que temos hoje do processo reprodutivo é muito recente, se considerarmos a história da humanidade.

 
Até a Idade Média, nos meios científicos prevalecia a teoria dos chamados “ovistas”, que acreditavam estar o ser humano miniaturizado dentro do corpo da mulher.
 
Entretanto, em 1678, graças à invenção do microscópio, foi possível observar espermatozóides no sêmen humano. Esta descoberta estimulou muitos debates acerca da função dos espermatozóides, mas estes debates ainda estavam bem longe de relacionar os espermatozóides como agentes da concepção.
 Porém, com esta descoberta, uma nova teoria surgiu, para se contrapor a dos “ovistas”. Surgia, neste momento, a teoria dos “animaculistas”, que acreditava estar o ser humano miniaturizado no interior do espermatozóide.
 
Estas teorias da reprodução perduraram até 1770, quando outro cientista , Spallanzani, conseguiu demonstrar que, para a formação do ser humano, era necessária a presença tanto do óvulo quanto do espermatozóide.
 
A partir daí, os conceitos começaram a se embasar de forma mais científica e, em 1790, foi realizada a primeira inseminação artificial. De lá para cá, inúmeras descobertas têm sido feitas, até que, em 1978, há 30 anos atrás, nascia o primeiro bebê de fertilização `in vitro”.
 
Passaram-se exatamente 300 anos desde a identificação do espermatozóide ao microscópio até o nascimento de primeiro bebê de proveta e muito mais tempo do que isso para que conseguíssemos entender, ainda que não por completo, o processo da reprodução humana.
 
Hoje, graças a estes avanços e a novas tecnologias, conseguimos ajudar casais que têm dificuldade para gestar espontaneamente a realizarem seu sonho de maternidade e paternidade, sempre respeitando os conceitos éticos e científicos e, sobretudo sem perder a sensibilidade e a emoção que devem sempre nortear o surgimento de uma nova vida.

Postado por Isabel de Almeida – Porto Alegre

Comentários (2)

  • MÁRCIA CARDONA MARTINS DA SILVA diz: 24 de julho de 2008

    Como paciente da Segir e do HCPA,escrevo para parabenizar pelo blog,mas principalmente para parabenizar este médico e acima de tudo um ser humano maravilhoso:Eduardo Passos. Depois de passar por 3 FIV,incluindo uma “ectópica cornual” e ter realizado meu sonho de ser mãe,tenho muito a agradecer esse excelente profissional que ultrapassa a barreira médico-paciente e com a sua simplicidade e carinho torna-se um psicólogo,amigo,apoiador e torcedor incondicionável pelo nosso sucesso!

  • DAIANA BARCELOS RODRIGUES diz: 4 de agosto de 2008

    BOA TARDE!
    NA VERDADE GOSTARIA MUITO DE FAZER UMA PERGUNTA É SOBRE OVÁRIOS POLICISTICOS, POIS EU SOFRO COM ESSA SINDROME, HOJE ESTOU COM 27 ANOS E QUERIA MUITO ENGRAVIDAR E NÃO CONSIGO, SEGUNDO MEU GINECOLOGISTA EU JA MELHOREI DE UM OVARIO E QUE TEM SÓ NO OUTRO, MAS NADA. ENTÃO EU GOSTARIA DE VER UMA REPORTAGEM BEM EXPLICADA SOBRE ESSA SINDROME, POIS ESTOU PREOCUPADA COM A SINDROME DO OVARIO POLICISTICO.
    AGRADEÇO DESDE JÁ.
    DAIANA

Envie seu Comentário