Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de julho 2010

FERTILIDADE E HORMÔNIO ANTI-MÜLLERIANO

11 de julho de 2010 0

A grande maioria das mulheres em algum momento irá se questionar sobre até quando é possível esperar para ter um filho. Atualmente, muitas mulheres têm postergado a maternidade pelas mais variadas razões: busca de estabilidade no mercado de trabalho, maior investimento em formação educacional, casamentos mais tardios e aumento nas taxas de divórcio, com a criação de novas famílias. Entretanto, todos sabemos que o relógio biológico e a reserva ovariana seguem seu curso, independente destes fatores.

No congresso da Sociedade Europeia de Reprodução Humana, no mês passado, foi apresentado um estudo, divulgado em toda a imprensa nacional e internacional, que acompanhou 266 mulheres dosando um hormônio (AMH-hormônio anti-mülleriano). Através destas dosagens, foi possível prever a idade de início da menopausa. Embora este trabalho abra uma perspectiva interessante, pois pode indicar para a mulher que planeja engravidar mais tarde até quando é seguro esperar, há também que se ter cautela com relação a estes resultados, pois:

1) Este estudo utilizou um grupo pequeno de mulheres e necessita ser validado com amostragens maiores;

2) Existem fatores externos que podem surgir na vida da mulher e que podem acelerar o declínio da sua reserva ovariana, como, por exemplo, o cigarro e medicações quimioterápicas, entre outros;

3) Existem outros fatores além da idade que podem causar infertilidade e que não são necessariamente só da mulher, podendo ser masculinos também, e que podem dificultar a obtenção da gestação;

4) Anos antes de entrar na menopausa, as taxas de gestação espontânea entram em declínio, porque embora ainda haja ovulação, a qualidade já é menor, o que diminui as taxas de fertilização e aumenta as taxas de abortamento espontâneo;

5) Até que ponto esta informação dará maior tranquilidade para a mulher ou criará maior ansiedade e frustração, por ter que controlar também mais este aspecto da vida, trazendo maior stress e sentimento de culpa.

Isabel de Almeida – Porto Alegre, 11/07/2010.

ENTENDENDO A INFERTILIDADE

06 de julho de 2010 0

No próximo dia 10, a Clínica SEGIR estará promovendo um ciclo de palestras para casais inférteis, onde serão abordados temas como diagnóstico e tratamento da infertilidade.  As palestras serão ministradas pelos profissionais da clínica.  Após, cada casal terá 15 minutos de conversa com um dos médicos para esclarecer dúvidas de forma individual.
O encontro é gratuito, mas as vagas são limitadas. A inscrição é obrigatória e realizada através do site www.segir.com.br.
Caso o número de vagas já tenha sido preenchido, é possível deixar a pré-inscrição pronta para o próximo encontro que será realizado no segundo semestre.
Participe.