Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Cigarro e infertilidade

02 de dezembro de 2012 0


Cerca de 30% das mulheres e 35% dos homens em idade reprodutiva nos Estados Unidos fumam cigarro. Tendo isto em vista, agora em 2012, a Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva, após análise minuciosa de trabalhos científicos, concluiu que:

- existem evidências de que o cigarro determina infertilidade

- o cigarro acelera a perda da função reprodutiva, antecipando a menopausa em um a quatro anos

- a qualidade do sêmen é 22% pior em homens fumantes do que em não fumantes

- o hábito de fumar aumenta o risco de aborto e de gestação ectópica

- as mulheres fumantes necessitam realizar, em média, o dobro de fertilizações “in vitro” para engravidar, quando comparadas com mulheres não fumantes

- o fumo passivo, que se estabelece quando a pessoa não fuma mas convive cotidianamente com fumantes, também determina efeitos adversos na fertilidade.

Em vista disto, fica o alerta para a importância de não fumar para evitar danos à saúde em geral e, em especial, para  proteger a fertilidade na população jovem.

Envie seu Comentário