Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de maio 2013

Obesidade conjugal e infertilidade

26 de maio de 2013 0


A obesidade vem se caracterizando como uma epidemia global e é um dos grandes problemas de saúde pública da atualidade. O excesso de peso atinge vários sistemas do organismo, aumentando a incidência de complicações cardiovasculares, diabete, apneia do sono, osteoartrite e também afetando o sistema reprodutivo.

Recentes pesquisas e publicações médicas têm ressaltado a influência da obesidade sobre a fertilidade, levando a menores taxas de gestação, tanto aquelas obtidas espontaneamente ou através da reprodução assistida. Também existe associação entre peso elevado e aumento nas taxas de abortamento e maior número de complicações na gestação entre mulheres obesas.

Mas não é só a obesidade feminina que traz problemas. Homens obesos também têm sua fertilidade reduzida e, quando no casal, os dois (homem e mulher) apresentam alteração no peso, as taxas de subfertilidade aumentam.

Desta forma, medidas que promovam a redução de peso e mudanças no estilo de vida são urgentes para melhorar os resultados reprodutivos e obstétricos destes casais, reduzindo também as complicações para o bebê.

Postado por Isabel de Almeida

Endometriose

20 de maio de 2013 0


A endometriose é uma condição inflamatória caracterizada por tecido endometrial fora da cavidade uterina. Está associada com dor pélvica e infertilidade.

Mulheres com endometriose geralmente apresentam dor no período menstrual, dor nas relações sexuais e sangramento menstrual abundante. Endometriose também está associada com infertilidade, provavelmente devido a lesões nas tubas e nos ovários, à redução da qualidade dos óvulos e à redução da receptividade do endométrio para implantação do embrião. Além disso, a endometriose reduz as chances de sucesso da fertilização ” in vitro”.

Em adolescentes, a endometriose deve ser considerada quando existem sintomas sugestivos. O tratamento com medicações ou cirurgia pode melhorar a qualidade de vida, aliviar os sintomas e prevenir a infertilidade. Dentre os medicamentos mais utilizados estão os anti-inflamatórios, os anticoncepcionais orais combinados e a progesterona. Há, entretanto, que fazer uma boa avaliação clínica para não ser invasivo demais neste grupo tão jovem.

Postado por Isabel de Almeida

Novas normas para a reprodução assistida

12 de maio de 2013 0


Esta semana o Conselho Federal de Medicina divulgou a nova resolução acerca da reprodução assistida. Entre os tópicos mais importantes, cabe ressaltar a idade limite para aplicação das técnicas de reprodução  assistida: a partir de agora, mulheres com mais de 50 anos não poderão mais utilizar este recurso para engravidar. O objetivo de limitar a idade é o de se aproximar do processo fisiológico da mulher, uma vez que aos 50 anos a grande maioria das mulheres está na menopausa e, portanto, impossibilitada de engravidar. Além disto, a gestação em idade avançada aumenta a incidência de hipertensão, diabete e trabalho de parto prematuro, o que pode colocar em risco tanto a mãe como o bebê.

Outra questão importante que a nova resolução contempla é o uso das técnicas de reproducão assistida para casais homoafetivos, bem como regulariza o procedimento de doação de óvulos.

Para quem tiver interesse de ler a nova resolução na íntegra, é só acessar o site:www.sbra.com.br e baixar Resolução CFM 2013/13.

Postado por Isabel de Almeida