Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de dezembro 2010

FELIZ 2011

28 de dezembro de 2010 1

Amigos!!!

2010 não foi fácil, mas se formos pensar, todo ano que passou, aconteceram perrengues, tristezas e alegrias.

Quando começa um novo ano,  a expectativa de dias melhores, reaparece.

Em 2011 desejamos toda felicidade do mundo, tudo adaptado, um mundo acessível, inclusivo e real. Que as rampas saíam do papel, que os elevadores funcionem, que sumam os buracos das calçadas, que apareçam mais e mais pisos táteis.

Feliz 2011!!!

Mais uma vitória em nossas vidas!

Natal Sem Luz

25 de dezembro de 2010 0

Em primeiro lugar, Feliz Natal, quase atrasado, mas hoje ainda é dia 25, então nosso voto é válidos, ainda.

Agora vamos ao post natalino.

Noite de 24 de dezembro, passamos com uns amigos, animação, comilança, peru e todo “kit festa”, sei lá que horas começou a chover, mas só percebemos que tava chovendo forte, na hora de voltarmos pra casa.

Na volta pra casa, tudo escuro, Avenida Bento, 3° Perimetral, Cristóvão tudo escuro, o que não tava escuro, tava alagado. Chegamos em casa as 2 e meia da madruga, ainda no meio do caminho, o medo do nosso prédio também tá sem luz começou a rondar, quando chegamos, nosso apê também tava participando das mais das 40 mil residências que ficaram sem luz na noite de Natal.

O que fazer? Chuva, falta de luz, cansaço, barrigão, cadeira de rodas, sem elevador, madrugada…

A solução foi irmos prum hotel e fomos num aqui perto de casa, Ibis Porto Alegre, ano passado havia postado aqui, a porcaria que era o Ibis de Floripa, mas o daqui, serve como exemplo pra adaptações. Infelizmente, tava sem máquina fotográfica, ( prometo ano que vem, não esquecer mais a máquina em casa), mas acreditem o quarto e, principalmente o banheiro eram nota mil em adaptação. Fica uma dica pra quem vem de fora ou quem é de POA e ficou sem elevador de madrugada, a diária R$ 149,00, solteiro ou casal, mas a tranquilidade de saber que o quarto é adaptado à cadeirante, vale a pena.

Mais uma vez Feliz Natal!Ho!Ho!Ho!

Não vou desejar feliz 2011, porque ainda voltarei, ou melhor voltaremos.


Novas lotações marcam pioneirismo em acessibilidade

23 de dezembro de 2010 0

Notícia no site da Prefeitura de Porto Alegre:

Porto Alegre é a primeira capital brasileira a dispor, no sistema de transporte seletivo, de veículos lotações com elevador para acessibilidade de pessoas com deficiência e box para o estacionamento dos cadeirantes. A entrega oficial dos primeiros veículos foi realizada em solenidade nesta quarta-feira, 22, em frente ao Paço Municipal.
A implantação dos novos veículos, parceria entre a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), a Secretaria Especial de Acessibilidade e Inclusão Social (Seacis) e a Associação dos Transportadores de Passageiros por Lotação (ATL), com equipamentos para o transporte de pessoas com deficiência, representa uma ação pioneira no país. Para o prefeito, a iniciativa mostra a importância da qualificação do transporte coletivo da cidade na gestão municipal. “Mais uma vez, demonstramos que queremos avançar no desenvolvimento da cidade, respeitando sempre as diferenças e combatendo as desigualdades. Não adianta pensarmos em Copa 2014 sem pensarmos em detalhes como este, de inclusão social, que possibilitam maior acessibilidade aos cidadãos”, destacou Fortunati.

Características – Os carros adaptados são equipados com ar-condicionado, 21 lugares, poltronas reclináveis em dois estágios com cintos de segurança retráteis, no padrão rodoviário. Conforme o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, a partir de agora todos os veículos que entrarem na frota deverão apresentar o mesmo padrão. A programação de renovação da frota, com idade média de 5 anos, prevê a inclusão de 50 novos veículos no sistema até o final de janeiro de 2011.

O titular da Seacis, Tarcízio Teixeira Cardoso, também participou da entrega dos veículos. O cadeirante Dilceu dos Santos, 38 anos, testou e aprovou a nova lotação adaptada. “Esta é uma conquista dos cadeirantes e das pessoas com deficiência. Agora, sabemos que podemos pegar uma lotação especialmente adequada as nossas necessidades. Nós, porto-alegrenses, estamos avançando cada vez mais em acessibilidade e inclusão”, afirmou.

Linhas – Os novos veículos atenderão as linhas 787 Ipiranga PUC; 314 Canal 10; 130 Guarujá; 161 Ipanema e 590 Guerino/Lindóia. A frota circula com 403 veículos, 29 linhas principais e 17 secundárias, com 4.632 viagens diárias, no transporte de aproximadamente 56 mil passageiros / dia, transportados sentados.

Lei do Livro

17 de dezembro de 2010 0

Pessoas com deficiência visual cobram pressa na regulamentação da Lei do Livro

“Não estamos pedindo que as editora distribuam gratuitamente livros para pessoas com deficiência visual, apenas queremos que elas disponibilizem para a venda essas publicações no formato braile e digital, que são adequados para nós”. O desabafo foi feito pela bibliotecária do núcleo de educação especial da Universidade Estadual da Paraíba, Ana Lúcia Leite, ao cobrar a regulamentação da Lei do Livro, durante em entrevista no estande do Senado no 1º Salão Internacional do Livro da Paraíba.

Sancionada em 2003, a Lei 10.753 institui a Política Nacional do Livro assegurando ao cidadão, em seu capítulo I, o “pleno exercício do direito de acesso e uso do livro”. Já no parágrafo único do artigo 2º, a lei fornece uma relação de itens que são considerados livros. Entre eles estão “os livros em meio digital, magnético e ótico para uso exclusivo de pessoas com deficiência visual” e os livros impressos no sistema braile.

Ana Lúcia explicou que, apesar da lei, as editoras não cumprem a determinação de oferecer os livros no formato apropriado para pessoas com deficiência visual sob a alegação de que poderiam estar infringindo algum direito autoral. Por isso ela ressaltou a necessidade de essa legislação ser regulamentada o mais rapidamente possível. O bibliotecário e documentalista do setor braile da Biblioteca Central da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Josenildo Costa, apoiou a reivindicação. Ele também pediu aos senadores a aprovação de uma legislação que isente de impostos e crie subsídios para a aquisição de equipamentos que minimizem as desvantagens das pessoas com deficiência.

- Existem vários equipamentos que servem como importantes ferramentas de trabalho para pessoas com deficiência visual, mas eles custam muito caro. Essa seria uma ajuda bastante significativa que o Senado estaria oferecendo às pessoas com deficiência visual. Em Portugal o governo fornece muitos desses produtos sem cobrar nada. No Brasil infelizmente ainda não há uma política pública nesse sentido – lamentou Josenildo Costa.

Tanto Ana Lúcia quanto Josenildo são pessoas com deficiência visual. Eles receberam, em nome de suas instituições, as publicações em braile do Senado. Além da Universidade Estadual da Paraíba e da Universidade Federal da Paraíba, também foram contempladas com as doações o Instituto dos Cegos de Campina Grande, a Associação Paraibana de Cegos e a Escola Municipal Carlos Neves da Franca.

Representando a Escola Carlos Neves da Franca, a professora com deficiência visual Denise Karina Lopes Bezerra explicou que está trabalhando no desenvolvimento de um projeto de educação inclusiva na área de deficiência visual. Os livros doados pelo Senado foram Lei de Falências, Lei Antidrogas, Lei de Diretrizes e Bases da Educação, Legislação Desportiva, Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, O Velho Senado (Machado de Assis), Um passeio de Bonde (Artur Azevedo) e Eu Senadoro um Passeio (Ziraldo).

Roberto Homem / Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)
105536
Assuntos Relacionados: direito, Educação, Governo.

Uma Bela Quadri-história

13 de dezembro de 2010 0

Natal chegando, nossos corações nessa época se tornam ainda mais sensíveis.
Tenho na minha caixa de e-mails, 2 belíssimas histórias de amor, superação, maternidade, paternidade.
Primeiro vou presentear-lhes com a tetra-quadri história do Luís Fernando. Peguem os lencinhos que a história vai começar…
Era uma vez em Votuporanga, interior de São Paulo, um rapaz chamado Luís Fernando, casado com a Maria, depois de 4 anos de amizade, 7 anos de namoro e finalmente o casamento, o Luiz e a Maria resolveram ter filhos.
Acontece que o Luiz Fernando é tetraplégico, o que dificultou um pouco a vinda dos filhos, depois de quase 4 anos tentando aumentar a família com a vibro-ejaculação e sem resultado, o casal partiu pra uma FIV, feita no Centro de Reprodução Humana de São José do Rio Preto, com um detalhe, eles tavam sem grana e fizeram um empréstimo pra poder realizar o sonho.
Eis que em 16 de abril de 2005, na primeira FIV, a Maria engravida.
Em 19/12/2005, na Santa Casa de Votuporanga, com 48 cm e pesando 3.220 kg nasce a Nicolly, vítima de descasos, negligência, imprudência, imperícia e abandono a Nicolly, falece poucos dias após seu nascimento, clica aqui pra saber detalhes de tanta negligência que causaram a dor de uma família.
No meio a tanta dor e sofrimento, mais um baque na vida do Luís Fernando em 20 de junho de 2008, seu pai falece, acontece que antes de partir, o Seu Milton, fez um empréstimo pra que Luís Fernando, fizesse outra FIV e mais uma vez a cegonha bateu na porta do casal, em 19 de junho de 2008, um dia antes de dar adeus à família, seu Milton descobre que será avô e de, até então, trigêmeos.
Num exame de rotina, mais uma surpresa, nossos amigos descobrem, que um dos saquinhos gestacionais, havia se dividido, ou seja eram 4 bebês, numa única barriga.
Olha o vídeo do nascimento aqui. Segura a lágrima

Querem saber mais??? Vai no blog do Luís Fernando que ele relata dia a dia dessa turminha de corintianos.
Como vocês bem sabem, 4 boquinhas em casa é uma bela de uma despesa, então, vou divulgar a conta do Luís Fernando e da Maria, pra quem quiser ajudar.
Luís Fernando Ferreira e/ou Maria da Silveira Rossi
BANCO DO BRASIL
Agência: 6745-8
Conta Poupança: 15.684-1
Votuporanga/São Paulo – Brasil.

Pra finalizar, olhas os 4 lindos da tia, nos dias atuais.

Direto de BH

06 de dezembro de 2010 1

Meu grande amigo Alessandro, agora é um Pop Star.

Não posso deixar de publicar o vídeo dele aqui, em BH a realidade dos cadeirantes não difere muito das outras cidades

Uma pena!

Alô Rio de Janeiro

01 de dezembro de 2010 0

Se você não conseguiu ler no convite aqui vai um CTRL-V


O CVI-Rio e o Senac Rio convidam:

A PESSOA COM DEFICIÊNCIA NAS NOVAS RELAÇÕES DE TRABALHO


O evento tem como objetivo discutir assuntos ligados à geração de trabalho e renda, particularmente à exclusão social e profissional, e ao cumprimento daquilo que determina a Legislação.

Entre os palestrantes, pessoas com reconhecido trabalho no âmbito da inclusão das pessoas com deficiência.

Na ocasião, será lançado o Manual e Folheto CONVIVENDO COM A DIFERENÇA, produzido pelo Centro de Vida Independente do Rio de Janeiro (CVI-Rio), com o patrocínio do Senac Rio. A edição traz importantes informações para auxiliar empresas e seus profissionais de recursos humanos na contratação e gestão de pessoas com deficiência no cumprimento da Lei 8.213/91 (“Lei de Cotas”).


Data: 02/12

Horário: 14h

Local: Auditório Senac Rio* – Rua Bambina, 107 – Botafogo

*Próximo à estação de Metrô; Há estacionamento em frente ao local; Auditório com acessibilidade.

Programação:

  • Boas Vindas: Julio Pedro – Diretor Regional Senac Rio
  • Abertura: Ana Paula Nunes – Gerente de Responsabilidade Social Corporativa Senac Rio
  • Empregabilidade: Lilia Pinto Martins – Presidente do Centro de Vida Independente RJ – CVI-Rio
  • PCD no Rio de Janeiro: Flavia Rocha – Gerente de Inclusão no Mundo do Trabalho da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência – SMPD
  • Empreendedorismo: Paulo Sérgio Fernandes da Silva – Presidente da Associação dos Amigos Deficientes Físicos – AADEF-RJ
  • Paraolimpíada Rio 2016 / Acessibilidade: Anderson Lopes – Gerente de Projetos da Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos – ANDEF; Campeão de Paraolimpíadas de Sidney e Atalanta (lançamento de disco); Conduziu a tocha olímpica no Rio de Janeiro.
  • Profissional Produtivo – Apresentação de case: Adélia Croce – Coordenadora do Programa Abrindo Caminhos do Metrô Rio.

João Ribas – Coordenador do Programa Serasa Experian de Empregabilidade de Pessoas com Deficiência.

  • Encerramento: Coquetel para os convidados.

SEMINÁRIO DO DIA INTERNACIONAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

01 de dezembro de 2010 0

Dia 03 de dezembro de 2010 das 14 às 17horas
Tema: Deficiência, Direitos Humanos e Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência de Porto Alegre/RS.
Auditório da Escola de Gestão Pública da SMA
Rua Siqueira Campos, 1300 14° andar
Realização: Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência – COMDEPA
Apoio: Secretaria Especial de Acessibilidade e Inclusão Social

“Relembrando os princípios consagrados na Carta das Nações Unidas, que reconhecem a dignidade e o valor inerentes e os direitos iguais e inalienáveis de todos os membros da família humana como o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo; Reafirmando a universalidade, a indivisibilidade, a interdependência e a inter-relação de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais, bem como a necessidade de que todas as pessoas com deficiência tenham a garantia de poder desfrutá-los plenamente, sem discriminação… Ressaltamos a importância da convenção internacional geral e integral para promover e proteger os direitos e a dignidade das pessoas com deficiência” e a “significativa contribuição para corrigir as profundas desvantagens sociais das pessoas com deficiência e para promover sua participação na vida econômica, social e cultural, em igualdade de oportunidades, tanto nos países desenvolvidos como naqueles em desenvolvimento”. A partir destes pressupostos é que realizamos este seminário.

 Programação:

14horas
Abertura 
Prefeitura de Porto Alegre
Secretaria Especial de Acessibilidade e Inclusão Social
Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Porto Alegre – COMDEPA

14h15 min – Painel
Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência
Vivian Missaglia – Professora universitária e Pesquisadora em Saúde, Educação e Inclusão

15h – Intervalo

15h10min – Painel
Acessibilidade Universal
João Boaventura de Toledo – Arquiteto-urbanista, Coordenador de Acessibilidade da SEACIS

15h45min – Painel
O Sistema Integrado de Inclusão da pessoa com Deficiência – SIIPED
Denise Araújo  Villas Boas – Assessora de Inclusão Social da SEACIS
Multiplicando Conceitos
Iria Fritzen da Rocha – Professora Coordenadora de Administração e Planejamento da SEACIS
A Ouvidoria da SEACIS
Carla de Oliveira Brum – Responsável pela ouvidoria da SEACIS.

16h30min – Mesa-redonda

17horas – Encerramento.