Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cobramos, mas mostramos

13 de junho de 2010 3

Foto: Pedro Rockenbach

Por Pedro Rockenbach

Na África do Sul, o contribuinte não precisa fazer muito esforço, usar regra de três, ao relembrar fórmulas complicadas da época escola para calcular quanto paga de imposto em um determinado produto. Aqui o valor vem discriminado na nota fiscal. Está lá embaixo, tantos %.

No caso dos bens duráveis, como roupas e eletrônicos, por exemplo, o turista pode até recuperar o imposto cobrado. Basta guardar as notas e apresentá-las no aeroporto para receber o reembolso.

Comentários (3)

  • Guisela. K diz: 13 de junho de 2010

    CAPA DO DC DE DOMINGO!? É ESPETACULAR VER VCS NAQUELE AVIÃO, OCUPANDO PÁGINA INTEIRA.

    PARAbÉNS JORNALISTAS!!! VCS ESTÃO FAZENDO POR MERECER.

    SE OS FAMILIARES N SE APRESSAREM, vÃO FICAR SEM JORNAL.

    ABRAÇO.

  • Matheus Petry diz: 13 de junho de 2010

    quem sabe essa ideia chegue aqui na copa de 2014…

  • elcio diz: 13 de junho de 2010

    Se fosse por aqui, o governo daria jeito de cobrar um pouco mais quando apresentássemos a nota.

Envie seu Comentário