Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de fevereiro 2013

OSCAR 2013 os 10 vestidos mais bonitos

26 de fevereiro de 2013 0

Antes tarde do que nunca. Conforme prometi no post anterior, segue abaixo a minha seleção dos 10 vestidos mais bonitos do Oscar 2013.


Naomi Watts, de Armani. Foto: Jason Merritt/AFP



Amy Adams, de Oscar de La Renta. Foto: Valerie Macon/AFP



Jane Fonda, de Versace. Foto: Kevork Djansezian/AFP



Jennifer Lawrence, de Dior. Foto: Frederic J. Brown/AFP



Halle Berry, de Marchesa. Foto: Joe Klamar/AFP



Amanda Seyfried, de Alexander McQueen. Foto: Joe Klamar/AFP



Charlize Theron, de Dior. Foto: Valerie Macon/AFP



Sally Field, de Valentino. Foto: Valerie Macon/AFP



Jessica Chastain, de de Armani Privé. Foto: Valerie Macon/AFP



Jennifer Aniston, de Valentino. Foto: Fraser Harrison/AFP





OPINIÃO oscar 2013

25 de fevereiro de 2013 0


Daniel Day-Lewis, Jennifer Lawrence, Anne Hathaway e Christoph Waltz. Foto: Joe Klamar/AFP



Ang Lee. Foto: Robyn Beck/AFP



Jack Nicholson e Ben Affleck. Foto: Robyn Beck/AFP



Charlize Theron e Quentin Tarantino. Foto: Robyn Beck/AFP


E aí, gostou do Oscar 2013? Eu gostei. Tirando o apresentador chatérrimo (a escolha de Seth MacFarlane, a meu ver, foi péssima) e alguns números musicais bem chatinhos, achei a cerimônia interessante e menos arrastada que as últimas (sim, eu disse menos arrastada). Sem contar que teve surpresinhas extras, como o empate técnico (e histórico) em edição de som (o que foi a cara do Mark Wahlberg ao ler o resultado?), a queda de Jennifer Lawrence na escada, a arrumadinha de vestido de Meryl Streep, o show de Barbra Streisand e a participação da primeira-dama americana Michelle Obama no prêmio mais aguardado da noite.
Quanto à premiação propriamente dita, achei ótimo que as estatuetas foram divididas entre vários candidatos. Nada mais justo em um ano marcado por ótimas produções. Fiquei feliz por Ben Affleck e Argo, que venceu como melhor filme e roteiro adaptado, e por Ang Lee, que foi eleito o melhor diretor e viu o ótimo As Aventuras de Pi sair da festa com quatro merecidas estatuetas. Também comemorei a vitória de Quentin Tarantino pelo roteiro original do genial Django Livre. Só deu uma certa peninha de Steven Spielberg: o espetáculo proposto em Lincoln, indicado em 12 categorias, só levou a melhor em duas, de melhor ator (Daniel Day-Lewis, cujo discurso foi lindo) e design de produção (ou direção de arte).

Assim que possível, publico aqui os vestidos/divas que mais amei na festa.

Leia mais sobre a premiação aqui.

ESPECIAL oscar 2013

24 de fevereiro de 2013 0

Pronto, chegou o grande momento do ano para os cinéfilos. Hoje à noite, será exibida a 85ª edição do Oscar. A festa será transmitida pelo TNT (a partir das 20h30min, com o tradicional e delicioso tapete vermelho, comentários de Rubens Ewald Filho e a cerimônia com o áudio original, em inglês) e pela RBS TV (a partir de 23h50min, com apresentação de Maria Beltrão, comentários de José Wilker e tradução de Anna Vianna, além de flashes ao vivo a partir do Fantástico com o correspondente Hélter Duarte). Como sempre, há bolsas de apostas e palpites em geral por todos os lados. Darei abaixo os meus também, em algumas categorias. Amanhã, comento aqui sobre os vencedores. Boa festa para todos!

Melhor filme: A briga deve ficar entre Lincoln, do veterano Steven Spielberg, e Argo, do quase iniciante Ben Affleck. Talvez dê Argo, como um pedido de desculpas da Academia pela esnobada dada a Affleck, que não foi indicado como diretor.

Melhor ator: Essa é barbada e deve ir para Daniel Day-Lewis, realmente muito bem em Lincoln. Mas confesso que não vou ficar triste se a estatueta ficar nas mãos de Joaquin Phoenix (fabuloso em O Mestre), Denzel Washington (sensacional em O Voo) ou ainda de Hugh Jackman (Os Miseráveis). Todos estão excelentes!

Melhor atriz: Nem a mais nova, Quvenzhané Wallis, nem a mais velha, Emmanuelle Riva. Minha torcida vai para Naomi Watts por sua performance espetacular em O Impossível. Mas algo me diz que vai dar mesmo Jennifer Lawrence, por O Lado Bom da Vida.

Melhor ator coadjuvante: Provavelmente Christoph Waltz levará a estatueta por Django Livre. Mas Philip Seymour Hoffman (O Mestre) e Tommy Lee Jones (Lincoln) podem surpreender. Só não pode dar Robert De Niro, que pra mim está mais uma vez no automático em O Lado Bom da Vida.

Atriz coadjuvante: Outra barbada, dificilmente não irá para Anne Hathaway, de Os Miseráveis. Amy Adams (The Master) e Sally Field (Lincoln) estão bem, mas não chegam perto do empenho de Anne.

Melhor direção: Sem Ben Affleck e Quentin Tarantino na disputa, o homenzinho dourado deveria ficar entre Ang Lee, por As Aventuras de Pi, e Steven Spielberg, por Lincoln.

Melhor roteiro original: Torço para Django Livre, de Quentin Tarantino. Mas O Voo, escrito pelo novato John Gatins, também é maravilhoso.

Melhor roteiro adaptado: Por mim, daria a estatueta a Chris Terrio, por Argo.

Melhor filme estrangeiro: Não vi os filmes, o que complica o palpite. Mas vamos ao óbvio: o franco-austríaco Amor, de Michael Haneke.

Melhor filme de animação: Voto em Frankenweenie (divertido e tocante), mas soltarei um gritinho de alegria se der o ótimo Piratas Pirados!

Melhor fotografia: Difícil escolha, que deve ficar entre Anna Karenina (Seamus McGarvey), As Aventuras de Pi (Claudio Miranda) e 007 – Operação Skyfall (Roger Deakins).

Melhor edição: Meu voto vai para Argo (William Goldenberg).

Melhor design de produção: Quem sabe seja o único prêmio para O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, de Dan Hennah, Ra Vincent e Simon Bright. Mas tem Os Miseráveis na disputa, né?

Melhor figurino: Jacqueline Durran, de Anna Karenina, deve levar a melhor.

Melhor maquiagem: Se eu fosse da Academia, premiaria Hitchcock pela incrível transformação de Anthony Hopkins.

Melhor trilha sonora original: Voto em Thomas Newman e o excelente 007 – Operação Skyfall.

Melhor canção: Acho que nesta não tem pra mais ninguém. Vai dar Adele/Paul Epworth e Skyfall.

Melhor curta animado: São todos fofos, mas O Avião de Papel (Paperman) é meu favorito. Simples e belíssimo.

Pronto para muitas surpresas na festa de hoje à noite? Eu estou!

Confira a lista de todos os indicados aqui.

ESTREIAS DE CINEMA duro de matar: um bom dia para morrer + cirque du soleil: outros mundos + o reino gelado

22 de fevereiro de 2013 0

Depois de 15 dias de férias, aqui estou de volta ao blog. E como sexta-feira é dia de estreias, vamos às novidades que chegam por aqui. A principal é, naturalmente, Bruce Willis em mais uma aventura do inabalável John McClane. Em Duro de Matar: Um Bom Dia para Morrer, o policial fanfarrão retorna ao batente seis anos depois de salvar o mundo (mais uma vez) em Duro de Matar 4.0. Agora, McClane vai à Rússia tirar o filho da prisão e descobre que ele é um agente da CIA em busca de bombas nucleares. Com direção de John Moore (de Max Payne e A Profecia, entre outros), o longa promete muita ação e cenas espetaculares (algumas presentes no trailer).

Outro filme curioso que chega às telas da região é Cirque du Soleil: Outros Mundos. A superprodução mergulha no espetáculo da companhia de dança canadense para contar a história de um casal que precisa viajar por vários lugares para, enfim, ficar junto. Com direção de Andrew Adamson (de As Crônicas de Narnia – Príncipe Caspian e As Crônicas de Narnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa) e todas as maravilhas proporcionadas pelas três dimensões, o filme tem cenas belíssimas.

Para as crianças, a novidade é O Reino Gelado. A animação russa conta a história de uma menina chamada Gerda que, ao lado de seu furão de estimação e um troll, luta para salvar o irmão e o mundo da perigosa Rainha da Neve, que cobriu o planeta com gelo e ordenou a destruição de todas as artes. A produção é inspirada em um conto de Hans Christian Andersen.

Confira a programação completa de cinema aqui.