Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 8 junho 2012

Atravessar esta rua é testar a paciência

08 de junho de 2012 0


Lisiane Lisboa – lisiane.lisboa@diariogaucho.com.br

Atravessar a rua na saída do súper é uma aventura radical na altura do número 1311 da Avenida Carlos Barbosa, no Bairro Medianeira. Além disso, esperar que
os carros parem de passar para fazer a travessia é um verdadeiro teste de paciência. Uma faixa de segurança está localizada a 100m, na esquina da via com a Rua Niterói, porém, os pedestres não enfrentam o percurso.

– Minha casa fica no lado oposto. São duas quadras que temos de caminhar para
atravessar na faixa. As pessoas acabam colocando a vida em risco – argumenta o
aposentado Pedro Fonseca da Rocha, 63 anos, que demorou cerca de 10 minutos
para atravessar.

● Carros passam em alta velocidade

Mesmo ciente da orientação de atravessar só na faixa, a dona de casa Cecília
Almeida, 57 anos, não se habilita a caminhar na direção contrária à sua residência e irrita-se com a dificuldade da travessia.

– É horrível sair do súper com as sacolas pesadas e ficar esperando que os carros reduzam a velocidade. Acaba com o meu humor! – diz.

Como a rua é uma das principais ligações do Centro à Zona Sul da Capital, o fluxo de veículos é intenso. Diversas linhas de ônibus passam por ali. O horário mais perigoso é entre 18h e 19h, quando da Rua Fonseca Ramos, transversal à Rua Carlos Barbosa, os carros não param de sair.

É exatamente nesse ponto que o comerciante Alberto Biz, 38 anos, foi atropelado em 2009. Ele lembra:

– Corri na única brecha que tive. Não olhei para a rua transversal. O motorista, também impaciente, resolveu entrar na via sem olhar para os pedestres – conta.

Esperança

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa que enviará um técnico de trânsito para uma vistoria na Avenida Carlos Barbosa, no local citado pela matéria, para verificar a possibilidade de reforço na sinalização. Equipes de
fiscalização realizam rondas de trânsito diariamente na região. A EPTC ressalta que, a cerca de 100m do Supermercado Pezzi, há uma faixa de segurança na
esquina com a Moab Caldas e Niterói. Pedidos de reforço de sinalização podem ser feitos no Atendimento ao Cidadão da EPTC (Avenida Erico Verissimo, 100).
Com o número do protocolo, é possível acompanhar a demanda. Outras informações no fone 156.