Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Social do fim de semana

29 de novembro de 2014 0

Prato cheio

O chef Alexandre Marques Reolon acaba de adicionar algumas pitadas de ritmo e diversão em suas já deliciosas receitas. Desde a última segunda-feira, dia 24, este caxiense é o responsável pela gastronomia do recém-inaugurado Café de la Musique, dining club já muito badalado que vem somar às noites quentes do Largo da Estação Férrea.

Chef de cozinha graduado pela Escola de Culinária da Associação de Hotelaria de Roma, Alexandre viveu uma imersão de três anos na Europa, entre a Itália e a Inglaterra, para aperfeiçoar os dotes culinários que o cercam desde a infância. Inspirado pelos churrascos que pilotava ao lado do avô Candinho, este libriano que se define como teimoso e persistente trabalhou em restaurantes tradicionais no Velho Continente, como o Ostaria La Quercia e o Momo’s, onde se especializou na união da tradicional gastronomia italiana aos temperos exóticos libaneses e marroquinos. Esta alquimia de sabores está na assinatura do chef, que adianta o que se pode esperar de seu menu: “Uma cozinha sem rótulos! Minha gastronomia é mais voltada para as técnicas clássicas, mas possui toques de fusion cuisine e cozinha contemporânea”.

Casado com a arquiteta Luciane Borsoi e pai coruja da pequena Paola, de um ano e quatro meses, Alexandre ainda encontra fôlego em sua intensa rotina para desenvolver um trabalho destacado como personal chef e chef consultor no grupo RAR/Rasip, do clã Randon. Apaixonado pelas experiências com comfort food, que integra bons pratos a sensações nostálgicas e sentimentais, ele não perde uma oportunidade para cozinhar para sua família e amigos e garante: seus melhores momentos da vida são aqueles nos quais pilota forno e fogão, superados apenas pela companhia da esposa e filha.

Seja a partir da sofisticação de ingredientes como tartufo e foie gras ou na simplicidade da massa à carbonara ou de um ratatouille, qualquer prato de Alexandre propicia água na boca e felicidade aos apaixonados pela boa gastronomia. O chef revela mais sobre sua intensa rotina e dá a receita de seus dias felizes. Confira!

 

Quais são suas primeiras lembranças, mesmo infantis, preparando algo na cozinha? Fazendo churrasco com o meu avô Candinho, que me deixava girar os espetos enquanto as carnes eram assadas. Eu ficava em cima de um banquinho ao lado dele na churrasqueira. De quebra, ele me dava algumas lascas antes da carne ir para a mesa!

Qual a sua relação pessoal com a gastronomia?
Aprendi a cozinhar vendo minha mãe e avó, porém quem me apresentou as primeiras receitas mais elaboradas e o gosto pela culinária foi o pai da minha primeira namorada, o Sr. Luís Mércio de Zorzi. Com ele comecei a me interessar por ingredientes e a ver a cozinha com outros olhos.

Como equilibra seu cotidiano e as múltiplas funções de sua área de atuação?
Com poucas horas de sono. Porém tudo depende de uma família que te dê suporte. Minha esposa tem segurado a onda da casa e de nossa filha, Paola, praticamente sozinha, o que é bastante difícil… Mas ela tem me dado esse suporte e é compreensiva com a minha ausência constante.

O que pode-se esperar da gastronomia do Café de La Musique?
Uma cozinha sem rótulos! Trabalhamos e vivemos em uma cidade conservadora para a gastronomia e com um patrimônio gastronômico muito particular. Temos de respeitar isso e fazer uma culinária de qualidade sem esquecer o modo de comer da nossa população. Minha cozinha é sempre mais voltada para as técnicas clássicas, mas que usa toques de fusion cuisine e cozinha contemporânea.

E quais são suas expectativas e sentimentos em relação ao trabalho como chef de um dining club desde já tão badalado?
São de muito trabalho e jornadas exaustivas! Em suma, tudo aquilo que faz parte desta profissão!

Quais são os pratos e iguarias que serão destaque no menu do Café de La Musique?
Ingredientes como tartufo e foie gras são parte constante do nosso menu, porém vamos trabalhar também com receitas clássicas e bastante simples, como uma boa massa carbonara e um delicioso ratatouille.

Há alguma inspiração ou alusão ao universo musical e festivo nos pratos que desenvolve para o menu do dining club?
Não especificamente, mas teremos alguns menus específicos para harmonização com produtos da Moët & Chandon!

Quais são as particularidades e detalhes que revelam a assinatura da gastronomia que você desenvolve?
Riqueza de sabores, pouco sal e o uso de muitos temperos e ingredientes de origem libanesa e marroquina, mesclados com a cozinha clássica italiana.

Atualmente há uma grande preocupação da população com alimentos que sejam integrais, livres de glúten, glicose e outros aditivos químicos. Possui cuidados e preocupações nesse sentido no preparo de seus pratos?
Boa alimentação requer variedade de alimentos, consumo constante de verduras, grãos, carnes, frutos do mar e também algumas gorduras. O problema maior dos tempos modernos é que as pessoas se alimentam demais com produtos industrializados, ricos em conservantes químicos e sal. Na nossa cozinha, usamos produtos frescos, praticamente nada industrializado, com a meta de fazer boa comida e sem jamais deixar o sabor de lado.

Quando não está trabalhando, gosta de cozinhar para os amigos e família? E quais são os pratos que prepara e que eles mais pedem?
Estou sempre na cozinha ou cozinhando para minha mulher e filha, pais, irmã e amigos, mas ultimamente tem faltado tempo para cozinhar para essas pessoas. O que eu mais faço em minhas folgas é o churrasco. É aquela coisa da comfort food, o churrasco não é só a comida, mas é a refeição que me remete aos melhores momentos da minha infância e juventude.

Qual é sua especialidade quando pilota forno e fogão?
Molhos. Eu adoro fazer molhos!

A região serrana possui particularidades fortes em relação aos seus costumes, em especial ao gastronômico. O que pensa da culinária local e qual é seu prato típico preferido?
Adoro a culinária local, sobretudo o nosso galeto.

Qual a melhor cozinha do mundo?
A das nossas mães e avós.

Fale um pouco sobre sua rotina de trabalho e atribuições profissionais. No corre-corre do cotidiano, sobra tempo para se alimentar bem?
Particularmente eu sempre emagreço quando estou na cozinha, porque me alimento mal (risos). Quase não como, às vezes, por períodos de mais de 12 horas. Isso porque, embora hiperativo, sou muito concentrado na cozinha e também um pouco estressado.

Quais são seus sonhos e planos para o futuro?
Além do trabalho com o Café de La Musique, quero montar uma padaria e rotiseria.

Quais são seus principais hobbies, paixões e interesses pessoais?
Culinária, culinária e mais culinária!

Qual é o principal tempero da sua vida?
O amor. Sem ele, nada tem sentido.

Quem são seus ídolos e mestres?
Meu avô, Candido Reolon, e Walter, um chef de cozinha com que trabalhei em Roma.

O que lhe inspira? Minha filha, Paola.

Fim de semana é bom para… ficar com a família!

Como você se define? Intenso.

Preferidos:

Filme: “O Tempo e o Vento”, de Jayme Monjardim

Livro: “Larousse Gastronomique”, de Prosper Montagné

Música: “I Ain’t no Nice Guy”, do Motorhead

Cor: azul

Prato: massa carbonara

Restaurante: Ostaria La Quercia, em Roma

Tempero: alecrim

Lugar: qualquer um perto da minha mulher e filha

Uma qualidade: persistência

Um defeito: teimosia

Um aroma: pão saindo do forno

Um som: prefiro o silêncio

Uma imagem: da praia da Cal, em Torres, ao amanhecer

Um sonho: ter um restaurante com estrelas do guia Michelin

Não vivo sem: minha filha

 

Crédito das imagens: Fábio Grison, divulgação.

ESTILEIRA . HOTSPOT

 

Marina Duda Martini - Fábio Grison, divulgação
Marina Duda Martini, especialista em estilo, arrasou no quesito.

 


Lilian Scortegagna Busetti estava linda numa ousada composição de estamparias

Fotos: Fábio Grison, divulgação

 

Mimos
A descolada comunicadora Natália Quadros, filha de Carlos e Adali Quadros, arma festa para celebrar a data querida. A função movimentará o salão de festas do endereço de moda do partner dela, Fernando Maino, ao vespertino do dia 7 de dezembro. A moça tem, desde já, o abraço garantido das amigas Aline Casagrande, Viviane Salvador, Giovana Caregnato Orsso, Kátia Boff, Júlia Dondé e Hanaitã Camatti.

Réptil


A modelo caxiense Sabrina Gasperin acaba de lançar a oitava coleção de joias para joalheria do marido, Ara Vartanian. Composta por um anel, um pendente e dois modelos de brincos, variando na combinação de pedras, como rubis, diamantes brancos, negros e marrons e banhos de ouro cru, amarelo, rosa e negro. A novidade tem um charme extra por conta da frase bite me, gravada em cada uma das peças. Para ilustrar a campanha da Snake Collection, Sabrina convidou a amiga e modelo Luciana Giani que posou para as lentes de Daniel Klajmic.


Pódio

Neste domingo, quando o educador físico realiza a 6ª Rústica Solidária, um time de beldades da Liga Jovem de Combate ao Câncer estará no Shopping Iguatemi para as boas-vindas. Além da presença da Glamour Girl 2014, Gabriela Bettiato Lentz da Silva, estarão por lá algumas das atuantes voluntárias. Arieli Gasparin, Carolina Martini, Luana Frizzo, Marina Heinen, Gabriela Cogorno, Bruna da Rosa, Fernanda Sanchis, Stefanie Brugalli, Luiza Fante, Simone Chies e Danielle Frizzo já confirmaram participação. O evento, com apoio da RBS TV e Pioneiro, tem verba revertida para a Apae e Liga Feminina de Combate ao Câncer.

 

Paralelas

• O designer caxiense Guilherme Wentz, radicado em São Paulo, promoveu um rasante pela terrinha. Ele veio conferir a 7ª edição do Mississipi Delta Blues Festival, que se encerrou no último fim de semana, e rever os familiares e amigos. Neste sábado, já de volta ao ofício, ele profere palestra durante o 1º Fórum Design de Mobiliário Brasileiro. Quem desejar conferir o verbo do rapaz, pode acessar, às 20h, o site www.fdmb.com.br

• Fabiana Bressanelli Koch retornou da temporada internacional cheia de novidades. A mais importante ela compartilhou com a coluna: a mana e o cunhado dela, Daniele Koch Fernandes e Marcelo Fernandes, esperam a chegada da segunda filha, que atenderá pelo nome de Philippa Koch Fernandes. Quem está exultante com a notícia é a primogênita do casal, a pequena Martina.

 


O designer Guilherme Wentz é o centro das atenções do universo criativo, em São Paulo.

Foto: Maicon Damasceno, divulgação

 

Fernanda Hundertmarck Silva e Matheus Bachi - Fábio Grison, divulgação
Fernanda Hundertmarck Silva e o filho do técnico Tïte, Matheus Bachi,
recepcionados por Junior Toledo, em noite de estreia e gente bonita reunida.

Foto: Fábio Grison, divulgação

 

Fabio e Eleonora Pasqualotto - Luiz Chaves, divulgação
Os médicos Fabio e Eleonora Pasqualotto quando pilotavam a apresentação
da nova clínica deles, em recepção que reuniu expressivos nomes do métier.

Foto: Luiz Chaves, divulgação

 

 

 

 

Bookmark and Share

Envie seu Comentário