Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Social do fim de semana

25 de abril de 2015 0

Fabrícia Fedrizzi Bazei - Manu Zatti, divulgação

Razão e Sensibilidade

Graça, beleza, bom humor e inteligência são apenas algumas das características inegáveis percebidas após um breve primeiro contato com a psicóloga Fabricia Fedrizzi Bazei, mas logo se notam também muitas outras qualidades que vão além de quaisquer percepções superficiais. Princesa da Festa da Uva de 1994, ela deixou seu posto na corte do evento anos atrás, porém seu encanto e carisma permanecem dignos da realeza.

Especialista em Gestão de Pessoas pela Universidade de Caxias do Sul e Mestre em Administração pela UFRGS, esta encantadora virginiana também é iluminada pelo talento com que administra suas profissões: professora em cursos de graduação e especialização na UCS e consultora em psicologia organizacional, Fabricia possui uma estrelada carreira que cobre quase duas décadas em treinamento e desenvolvimento de equipes, lideranças e assessorias psicológicas diversas – seja no ensino em instituições ou na prática em corporações.

Determinada desde que pode se lembrar, Fabricia decidiu seguir a carreira na psicologia ainda na adolescência e, mais tarde, descobriu na área organizacional e na docência suas grandes paixões. Responsável por trabalhos notáveis, como na reestruturação de uma valorosa equipe para o Hospital Geral, ela atribui suas aptidões a uma dedicação que sempre fez parte de si, porém que se amplificou quando foi Princesa da Festa Nacional da Uva, época que recorda com orgulho e nostalgia: “Foram muitas vivências especiais, mas o que mais me marcou foi o carinho da comunidade caxiense. O reinado passa, mas a amizade e o reconhecimento permanecem eternos”, revela.

Casada há 15 anos com o industrial Fábio Bazei e mãe dedicada de Henrique e Bernardo, respectivamente com 11 e sete anos, Fabricia conta  mais sobre profissão, estudo, família e outras motivações que a mantém constantemente inspirada. Confira!

Fotos | Manu Zatti, divulgação

 Fabrícia Fedrizzi Bazei - Manu Zatti, divulgação

Como a psicologia surgiu e qual a importância que ela tem em sua vida hoje?
Ainda no colégio, quando eu já pensava em seguir a carreira de psicóloga. Esta área sempre me intrigou e fascinou e, hoje, sua relevância se dá pela simples realização profissional e por gostar do que faço.

E quanto ao seu trabalho na área de psicologia organizacional, como começou?
Teve início em meu estágio curricular de psicologia organizacional em uma empresa multinacional. Recém-formada eu cursei uma especialização e, logo após, tive a oportunidade do meu primeiro trabalho no Hospital Geral, de onde tenho saudades e orgulho de ter construído uma equipe de valor.

Quais são as principais características desta área da psicologia e no que ela se difere do atendimento em consultórios ou clínicas, por exemplo?
No meu ponto de vista as áreas se diferem, e, ao mesmo tempo, interagem. A psicologia organizacional estuda os fenômenos psicológicos presentes nas organizações proporcionando o bem-estar no ambiente de trabalho. A psicologia clínica trata da investigação, da avaliação, do diagnóstico, do prognóstico, do tratamento, da reabilitação e da prevenção das questões que afetam a saúde mental. Quando existe a necessidade de atendimento individual dos funcionários realizo aconselhamentos e, quando se faz necessário, encaminho para o atendimento da psicologia clínica.

Utiliza alguma abordagem específica em sua área de atuação?
São muitos os métodos e as técnicas que auxiliam as demandas tais como observação, entrevistas, testes psicológicos, questionários e tabulação de pesquisas, instrumentos de diagnóstico e de gestão do comportamento.

Quais são as principais dificuldades e maiores desafios no trabalho que desenvolve?
A maior dificuldade, também o maior desafio, foi conquistar o espaço de consultora em psicologia organizacional nas empresas em que atuo, por meio da conscientização da direção e dos gestores de que a psicologia organizacional atua também no estratégico, pois sou contratada para atuar não apenas em atividades de áreas tático-operacionais como seleção, aplicação de testes e treinamento, mas também em áreas estratégicas como avaliação de clima, desenvolvimento de equipes, administração de processos, participação no planejamento estratégico, na elaboração de políticas, resolução de conflitos organizacionais e na assessoria direta à direção e gestores.

Como é possível determinar a necessidade de um psicólogo organizacional em uma empresa?
A psicologia organizacional se faz necessária, pois compreende os aspectos comportamentais e organizacionais do trabalho, propiciando condições adequadas para que os funcionários realizem suas atividades com competência, percebam melhor a realidade para resolverem problemas, atinjam suas metas, trabalhem em equipe e se desenvolvam junto à organização.

Em geral, como se encontram as organizações quanto aos seus funcionários, suas motivações e frustrações em ambiente de trabalho?
As organizações são caracterizadas por ambientes altamente competitivos e em constantes mudanças, portanto penso que as motivações e frustrações no ambiente organizacional dependem da subjetividade dos indivíduos, do sentido que ele encontra na função exercida, do sentimento de responsabilidade que vivencia em relação aos resultados obtidos e qual o reconhecimento de seu desempenho. O trabalho tem relevância para uma pessoa quando ela o considera importante, útil e legítimo. Nesse contexto, é primordial o papel do líder, que influencia o ambiente organizacional.

Quanto a sua atuação com equipes e desenvolvimento de líderes, quais são os principais resultados da aplicação da psicologia organizacional nesses ambientes?
O desenvolvimento de líderes contribui, para além das suas competências técnicas, para o aprimoramento das competências comportamentais, relacionais e empresariais. Fornece suporte psicológico para que o líder possa desenvolver de maneira mais eficaz seu papel dentro do âmbito do trabalho, das metas organizacionais, aperfeiçoando sua dinâmica pessoal, suas inter-relações, liderando assim de forma assertiva toda a sua equipe. O desenvolvimento de equipes é um processo educacional de pessoas em grupo, a fim de desenvolver as habilidades interpessoais, aprimorando e capacitando cada funcionário a adaptar-se e participar de forma mais efetiva e alcançar resultados em qualquer grupo.

Fabrícia Fedrizzi Bazei - Manu Zatti, divulgação

Fabrícia Fedrizzi Bazei - Manu Zatti, divulgação

Após sua graduação, quais foram os estímulos que a guiaram para a continuidade de seus estudos a partir de especialização e mestrado?
Meus estudos sempre foram direcionados para minha carreira profissional de psicóloga organizacional e para o exercício da docência.

E quais são seus principais interesses e afinidades com as atividades acadêmicas?
A área acadêmica é muito prazerosa e desafiadora no sentido de estar em constante atualização, de estar no ambiente acadêmico realizando trocas e principalmente convivendo com os alunos que, para mim, é um privilégio, pois sempre deixam suas marcas pessoais, suas experiências de vida e seu carinho.

Costuma participar de seminários, congressos e outros encontros de suas classes? Caso sim, quais são as principais experiências que lhe interessam nesses encontros?
O processo de aprendizagem, crescimento e desenvolvimento humano não tem fim enquanto se vive. Portanto sempre participo de seminários e congressos especificamente voltados para a minha área.

Também é muito lembrada como uma das mais belas e carismáticas Princesas da Festa da Uva. Quais são suas principais lembranças de seu período de reinado, na festa de 1994?
São lembranças, vivências, experiências e imagens eternas como o carinho incondicional das pessoas, o convite ao Presidente da República Itamar Franco, que adorou a Festa da Uva e acabou passando à noite em Ana Rech, o desfile de carros alegóricos na Sinimbu e o convite para participar do filme O Quatrilho (1995)!

E segue envolvida direta ou indiretamente com a Festa da Uva atualmente? Costuma frequentar e participar da festividade?
Sim, me mantenho em contato, pois já palestrei para as candidatas. Participo sempre dos eventos da Festa da Uva e acabo contribuindo com a comunidade caxiense através de desfiles e jantares beneficentes às instituições que merecem nosso apoio e dedicação.

O que mais lhe marcou como Princesa da Festa da Uva e serviu de aprendizado até hoje?
Foram muitas vivências especiais, mas o que mais me marcou foi o carinho da comunidade caxiense. O reinado passa e a amizade e o reconhecimento permanecem eternos por muitas pessoas que, mesmo no anonimato, se fazem presentes em minha vida.

Quais são seus mestres e ídolos?
Pessoas destemidas que acreditam e lutam por um mundo melhor. Dentre essas pessoas, não posso me esquecer do meu marido, pelo seu empreendedorismo, sua visão aguçada e por ser um excelente pai.

Na pele de quem gostaria de passar um dia?
Zilda Arns Neumann, pela sua história de vida e doação ao próximo.

O que te inspira? Desafios!

Além de seu intenso trabalho com a psicologia e a docência, quais são seus outros prazeres e paixões?
A companhia do meu marido e filhos, viajar com a família, estar com amigos e jogar tênis.

Fim de semana é bom para… relaxar, passear, viajar, ir para a chácara, ficar em casa e curtir a vida.

Como se define?
Como uma pessoa comunicativa, dinâmica, de bom humor, flexível, observadora, divertida e persistente.

Fabrícia Fedrizzi Bazei - Manu Zatti, divulgação

Preferidos:

Filme: O Closet, de Francis Veber

Livro: O Arroz de Palma, de Francisco Azevedo

Música: A Sky Full of Stars, de Coldplay

Cor: verde esmeralda

Prato: o que servir, desde que em boa companhia!

Restaurante: italiano e português

Tempero: alecrim

Lugar: Hong Kong

Uma qualidade: alteridade

Um defeito: ansiedade

Um aroma: da colheita da uva

Um som: do mar

Uma imagem: o pôr do sol no deserto de Dubai

Um sonho: ter uma família sempre unida

Não vivo sem: sonhar e minha família

.

ESTILEIRA

 Ana Carolina Menegotto de Campos e Bruno Maineri Pinto - Silas Abreu, divulgação
Ana Carolina Menegotto de Campos e Bruno Maineri Pinto
e o estilo dos padrinhos no casamento da mana dela,
Bruna Menegotto de Campos, com Cleber Massoco, à beira-mar.

 

Gabriela Polidoro Lima e Cleiton Massoco - Silas Abreu, divulgação
Gabriela Polidoro Lima e Cleiton Massoco glamour
em areias internacionais para testemunhar o casamento
do irmão dele, Cleber Massoco, com Bruna Menegotto de Campos.

 

Lucas Costa e Mariela Vanelli Romano - Silas Abreu, divulgação
Lucas Costa e Mariela Vanelli Romano que elegeu um look
handmade para o casamento de Bruna e Cleber, em Cacún.

Foto: Silas Abreu, divulgação

 

Sim

Luciane Maria Lazzari comunga o amor com André Bisol em cerimônia solene, na noite deste sábado. O jovem casal irá ao altar da Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus, em Farroupilha, para as juras e trocas de alianças. Na sequência recepcionam mais de 400 convidados nos salões do Clube São Luiz, com gastronomia do banqueteiro Dirceu Dalla Riva. A noiva elegeu para a ocasião um vestido em renda francesa bordado com cristais da estilista Eliana Gavazzoni. A mãe da noiva, Lúcia Silvestrin Lazzari, e os pais do noivo Sérgio João e Hermínia Bisol, vibram com a celebração.


Talentos

Ida Treméa Bof e Marli Trentin recepcionam os grandes nomes da decoração e arquitetura da Serra, na tarde deste sábado. O encontro pilotado pela Associação Top Décor ocupará o Salão Verde da sede campestre do Recreio da Juventude que servirá de cenário para premiar os mais destacados profissionais durante um sunset. Na ocasião Ida transfere seu cargo para a Daiane Menzen. A reunião terá, de quebra, um esquete com o elenco da Endança Jazz&Cia.


Alinhavos

A estilista caxiense Carla Carlin Martini terá muitas de suas criações desfilando na telinha da Rede Globo. A figurinista Simone Leal, responsável pela caracterização das atrizes do núcleo chique na trama da próxima novela das 23 horas, com o título provisório ‘Verdades Secretas’, adorou os looks criados pela caxiense, pois sintonizam com as personagens que serão vividas por Marieta Severo, Agatha Moreira, Rayssa Batista e Guilhermina Guinle. Marieta, por exemplo, terá seu guarda-roupas com dezenas de modelos de Carla.

 

Paralelas

• A cerimonialista Sandra Rigo vai celebrar a data querida dia 13 de maio e, de quebra, ajudar aqueles que necessitam de conforto. No encontro que ocupará o hotspot dos irmãos Zanotto, Sandra festeja e arrecada alimentos não-perecíveis em prol do Centro de Convivência Capuchinhos.

• A profissional da área da comunicação Samantha Hunoff vai ministrar um curso no espaço comandado por Samir Madi e Geraldine Moojen, dia 9 de maio. Ela foi convidada para discorrer sobre as diferentes formas de se comunicar, seja nas redes sociais e ou nos diversos meios de comunicação. O curso intitulado ‘Gestão do Discurso: Online e Offline’ é dirigido a empresários, autônomos e profissionais liberais que desejam dialogar de forma eficaz com seus públicos.

 

Felipe e Mariana Tonoli - Edson Pereira, divulgação
Felipe e Mariana Tonoli acompanharam as noites
da temporada de moda do Iguatemi Serra Fashion.

 

Marli e Andria Tedesco - Edson Pereira, divulgação
Marli e Andria Tedesco, mãe e filha, foram conferir a exposição
de fotos dos vestidos de noiva de Carlos Bacchi, em que Andria
ilustrou, no Iguatemi Caxias.

 

Lisandro Luza e Patrícia Giacomelli - Edson Pereira, divulgação
Os dentistas Lisandro Luza e Patrícia Giacomelli juntos
para aplaudir as tendências da semana de moda da Serra.

 

Osnir, Sílvia e Elvira Micheli - Edson Pereira, divulgação
Osnir, Sílvia e Elvira Micheli, simpáticas presenças no circuito social da terrinha.

Fotos: Edson Pereira, divulgação

 

 .

Bookmark and Share

Envie seu Comentário