Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Social do fim de semana

16 de maio de 2015 0

Guilherme Guigo Dedecek - Guigo Dedecek, divulgação

Autorretrato

Foi por meio da curiosidade e do poder de registrar imagens que Guilherme Guigo Dedecek, 23 anos, revelou seu potencial para a vida. Profissional inventivo, graduado em Fotografia pela UCS, nascido sob a égide de Libra, em Lajeado, o filho de Lindomar e Márcia Dedecek transforma seus alvos por meio de seu olhar irreverente e apaixonado pelo fazer artístico. Para a coluna, Guigo contou que sempre teve, desde os tempos de escola, muita afinidade com as artes, e credita este gosto à profissão. Tímido, ele vem se valendo do poder da fotografia para dialogar com o mundo, como foi durante sua primeira mostra individual ‘Querelle’, baseada no livro antológico do escritor francês Jean Genet.

Inspirado pela organicidade de Mario Testino e pela poesia visual extravagante de David LaChapelle, Guilherme compõe suas imagens com razão e coração. Consciente de que a fotografia é feita de emoções, o rapaz não impõe limites para a sua arte, que também impressiona na série “Orgânicos”, composta por autorretratos. Quando questionado sobre as imagens preferidas que já registrou, fica indeciso: “Guardo cada foto de cada momento comigo. Todas elas têm um valor sentimental muito grande, pois marcaram alguma fase da minha vida. Portanto, não consigo escolher uma entre elas, tenho um apego gigantesco por todas”, confessa.

Da geração dos jovens talentos revelados há pouco em Caxias do Sul, Guigo, como gosta de ser chamado, se define como um ser sensível e afeito às boas amizades. Sua curiosidade inerente o impulsiona a buscar os melhores retratos, afinal, ele acredita que cada fotografia leva um pequeno pedaço de si próprio e do objeto registrado. Ele revela mais sobre os instantes decisivos que marcaram sua recente e ascendente carreira. Confira!

Fotos | Guigo Dedecek, divulgação.

Guilherme Guigo Dedecek
Quando e porque escolheu ser fotógrafo?

Sempre tive uma maior afinidade com as artes, desde a escola. No ensino médio, por influência de uma grande amiga que começou a estudar moda em Caxias do Sul, tive um contato mais próximo com esse universo, e então vi na fotografia uma forma de me expressar, até por ser muito tímido, e também me senti realizado com as primeiras brincadeiras, as primeiras fotos, e foi aí que não me imaginei mais em outra profissão.

E quais foram seus primeiros trabalhos, que lhe garantiram projeção e visibilidade?
Sem dúvida a série “Querelle”, produzida e dirigida pelo Pepe Pessoa, foi o trabalho que mais me deu projeção e visibilidade.

Você também desenvolve um destacado trabalho como fotógrafo de moda e arte. Quais são as sensações de captar momentos tão importantes?
As sensações são únicas, me sinto realizado a cada registro.  Um misto de euforia, melancolia, onde consigo me voltar para o meu mundinho e externá-lo pela fotografia.

Quando descobriu a fotografia como sua principal paixão profissional?
Logo no ensino médio, com as primeiras fotos feitas de brincadeira, eu já sentia que era esse o meu caminho. No meu primeiro contato com a faculdade, onde fui me aprimorando, ali sim, tive certeza que estava fazendo a coisa certa.

Como desenvolveu seu olhar para o fazer fotográfico?
Não sei definir exatamente, acho que para algumas pessoas a ligação com determinada profissão é tão boa, que se torna um processo natural. Como desde cedo já brincava com a câmera e tinha essa intimidade, aliada com estudo, o meu olhar foi se tornando mais e mais fotográfico.

O que pensa da tão popular selfie?
Acho ótima. A selfie, apesar de ser banalizada (e o que não é hoje em dia?!), ajuda as pessoas na autoestima, e nunca deixa de ser uma forma de expressão. As pessoas tem que se expressar, e se for por uma selfie, ótimo.

Qual imagem que você registrou é a sua preferida?
Tenho um apego gigantesco pela serie “Orgânicos”, que é uma serie de autorretratos. Existe muita emoção e dedicação nessas fotos, além de serem os meus primeiros autorretratos feitos profissionalmente.

Guilherme Guigo Dedecek

E quais são as fotografias inesquecíveis de sua vida?
Todas. Guardo cada foto de cada momento comigo. Todas elas têm um valor sentimental muito grande, e que marcam alguma fase da minha vida. Portanto, não consigo escolher entre elas, são todas mesmo.

Qual fotógrafo lhe serve de inspiração?
David LaChapelle e Mario Testino, para mim são o suprassumo da fotografia. Meus olhos ficam cheios quando paro para observar a magia que esses dois fazem com uma câmera. E sem esquecer do incrível Andy Warhol, o pai da pop art.

Como define sua personalidade e suas principais características? Elas são essenciais em sua área profissional?
Sou um cara muito sensível, que valoriza muito as amizades, e que ama o tempo todo. Sou curioso, e gosto de ir adiante. Sem isso, as minhas fotos não seriam as mesmas, pois cada fotografia leva um pedacinho de mim e da minha personalidade.

O que lhe inspira? Pessoas.

Além da fotografia, quais são seus prazeres, hobbies e paixões?
Apesar de não ser um desenhista, amo ficar debruçado em um pedaço de papel rodeado de lápis de cor e canetinhas.

Fim de semana é bom para… encontrar os amigos, ficar com quem a gente ama, e se divertir sem maiores preocupações.

 

 Guilherme Guigo Dedecek

O fotógrafo Guilherme Dedecek aponta cinco dicas essenciais para um excelente registro fotográfico:

1. Observe.

2. Nunca subestime um momento.

3. Arrisque.

4. Sinta, a fotografia é feita de emoções.

5. Duvide do seu limite, a gente sempre consegue mais.

Guilherme Guigo Dedecek - Guigo Dedecek, divulgação (4)

Preferidos:

Filme: “Jogos Vorazes”, de Gary Ross

Livro: “Warhol”, de Arthur C. Danto

Música: Spectrum, de Florence + the Machine

Cor: azul

Prato: pizza

Lugar: qualquer um onde estejam as pessoas que amo

Uma qualidade: amizade

Um defeito: distração

Um aroma: café

Um som: violão

Uma imagem: nascer do sol

Um sonho: ter a minha arte espalhada no mundo

Não vivo sem: amor

 

ESTILEIRA

Fernando Bins
O escritor Fernando Bins fez aparição especial na cena
com seu sorriso largo e muito estilo.

 

Giancarlo Spigolon
O modelo Giancarlo Spigolon foi abraçar o amigo Léo Zanotto
dando mostras de elegância com a proposta casual chique.

 

Higor Luan Branchini
Higor Luan Branchini, nem aí para as baixas temperaturas,
preparado para uma noite de diversão.

Foto: Cristiano de Oliveira, divulgação

 

Verbo

O Frei Jaime Bettega voltará a ocupar o púlpito do auditório do Colégio São José. No dia 11 de junho, às 19h30min, ele discorrerá sobre o tema: ‘Em tempo de mudanças, o papel do líder na gestão das emoções’. O valor do ingresso será revertido ao projeto Mão Amiga, que Frei Jaime lidera com total desempenho.


Internacional

Zélia Inês Lovatto engatou dia 10 um tour rumo à Lisboa, em Portugal. Conhecida por seu trabalho no setor décor em Farroupilha e Garibaldi, Zélia capitaneou um grupo de 40 profissionais brasileiros da arquitetura, entre eles expoentes da Serra Gaúcha, como Andréia Milesi e Marcele Muraro. A premiação do Programa Talent Club da Hunter Douglas, do qual ela participou, ocorreu dia 13.


Tutti Fruti

Saudosistas, Flávio e Rose Mingheli, vice-presidentes social e cultural do Clube Juvenil, resgatam as antológicas noites da agremiação. No dia 30 levam à pista da boate Pelourinho a ‘Comenda do Abacaxi’, famoso evento que reunia os casais em noite de danças. Para deixar tudo afinado com a proposta, convocaram até a presença de Julius Rigotto, que assinará o repertório do encontro.


Paralelas

• Renata De Faveri, filha de Rogério e Rejane De Faveri, comemora neste sábado à noite a chegada de seus 15 anos.

• A Feijoada da Apae ocorre na hora do almoço deste domingo, no restaurante do Parque de Exposições da Festa Nacional da Uva. Fátima Prezzi Randon, presidente da entidade, arregimenta o público habitué para a festividade filantrópica.

• Monique Areze conjuga parceria festiva com Daiane Soares para brindar a passagem de seus aniversários, neste sábado à noite. O projeto das gurias terá discotecagem do dee jay Loy, que dividirá as pick-ups com os caxienses Léo Z, Kahball e Rodrigo Salvador.

• Enio Rosati, integrante e entusiasta do Caxias Golf Club, conclamou a comissão da agremiação e realiza neste fim de semana o 1º Torneio Rafa Rosati Open. Os jogos têm como objetivo lembrar a memória do jovem Rafael Rosati, que foi um atleta apaixonado pela modalidade esportiva.

• Ary e Marli Tedesco armam reunião gastronômica e cultural, neste sábado à noite, nos salões da sede social do Recreio da Juventude. Recepcionam os convidados do projeto Divas com músicas do espetáculo homônimo nas vozes caxienses de Franciele Duarte, Bruna Balbinot e Tita Sachet.

 

Karen Mazzocchi
A bela Karen Mazzocchi quando celebrava a passagem da data querida.

Foto: Fernando Dai Prá, divulgação

 

Maria João Palma de Azevedo, Regina Bellini e Cinara Cordeiro
Maria João Palma de Azevedo, Regina Bellini e Cinara Cordeiro mais uma vez juntas
para comemorar seus aniversários em benefício da Associação Criança Feliz.

Foto: Rodolfo Prigol, divulgação

 

Ricardo Bosi e Sandra Rigo
O arquiteto Ricardo Bosi colaborou nas honras da festa
de aniversário de sua mulher, a cerimonialista Sandra Rigo.

Foto: Fernando Dai Prá, divulgação

 

 

.

 

 

Bookmark and Share

Envie seu Comentário