Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Social de terça

15 de abril de 2014 0

Revelação
Os fotógrafos caxienses, Gustavo Vanassi e Eduardo Vanassi, serão destaques no Congresso Wedding Brasil 2014, o maior evento de fotografia de casamentos da América Latina. Irão palestrar sobre gerenciamento de carreira, para um plateia de profissionais de vários países. Os irmãos se apresentam quinta-feira, 17, no núcleo de tecnologia do congresso. Abordarão o tema “Eu Fotógrafo! Gestão de carreira para profissionais de fotografia”, um vez que atingiram status de gurus no mercado fotográfico nacional. Esta será a segunda vez que os Vanassi palestrarão ao lado de alguns dos mais renomados fotógrafos do mundo. O Wedding Brasil 2014 ocorre até o dia 17, no Anhembi, em São Paulo.

Alinhavos
Assim que apresentar os 15 looks inéditos que criou para o Iguatemi Serra Fashion, hoje à noite, o fashion designer Carlos Bacchi engata voo internacional. No dia 21, ruma a Londres ao lado do sócio, Juliano Busetti, para temporada de estudos.Juliano, que é cirurgião dentista, participa no período de um encontro científico em Genebra, e Carlos aproveita o tour para renovar contatos em Paris. Retornam no dia 9 de maio para apresentar projeto prêt-à-porter.

Troféu
A professora Suzana Damiani elencou um time de personalidades que recebeu, sábado, a outorga do Prêmio Profissional de Sucesso. A festividade capitaneada pelo jornalista Saul Júnior, movimentou os salões do Clube do Comércio em Porto Alegre. A deferência recebida pela caxiense, evidencia profissionais que se destacam pela atitude no trabalho de forma dedicada e competente. Suzana foi ao jantar na companhia do marido, Marcos Antônio Roveda, e dos filhos, Marcos Antônio Roveda Filho e Luiz Henrique Damiani Roveda.

Foco
A fotógrafa Daliana Mattana está às voltas com a produção de uma mostra temática para homenagear o Dia das Mães. Desta vez investirá numa proposta minimalista e intitulou o projeto de Grão de Amor. A modelo Michele Gubert colaborará na produção das imagens que irá mostrar a ternura de Alessandra Peteffi Guerra com a filha Olga Guerra Sehbe, Marcela Bertussi Pereira com a pequena Pietra Bertussi Pereira e Cristiana Grisa Pavan com seu gurizão, João Victor Grisa Pavan. Flávia Bernardi Silva posará com a pimpolha Beatriz Bernardi Silva e Simone Baguinski com Clara Baguinski Branchi. A mostra estará em cartaz no Shopping Iguatemi Caxias, dia 2 de maio.

 


Chef de ocasião, o prefeito Alceu Barbosa Velho com a primeira dama e o pai dela,
Alexandra Baldisserotto e Alexandre Baldisserotto, presenças na 13ª edição do Homens
na Cozinha, sábado à noite. Foto: Alencar Turella, divulgação.

 


O presidente da CDL, Davenir Darci Dreher, e o idealizador do Homens na Cozinha, Nelson
Lisot, anfitriões do evento que reuniu personalidades do empresariado local nos Pavilhões
da Festuva. Foto: Jéssica Turella, divulgação.

 

Cristiane Carvalho e Renata Formolo emolduram Carla Carlin que pilotou encontro fashion,
sexta-feira. Foto: Edson Pereira, divulgação.

 

Cristiane Lisot e Grasiela Facchin ao sabor da 2ª edição do Picnic Le Jazz & Blues, domingo
à tarde, nos jardins do Hotel Samuara. Foto: Leandra Romani, divulgação.



Cristina e Edson Néspolo ao sabor do jantar filantrópico Homens na Cozinha realizado,
sábado, no Parque de Exposições da Festa da Uva. Foto: Alencar Turella, divulgação.

 


Jamur Bettoni, Roberta Fioravanzo, Michele Giani, João Antônio Pezzi Bagoso, Gabriele
Piccoli e Pedro Horn Sehbe comandaram a 2ª edição do Picnic Le Jazz & Blues, domingo,
no Samuara. Foto: Leandra Romani, divulgação.

 


Os empresários, Sérgio Barbosa e David Randon ladeiam o chef Alexandre Reolon foram
mestres de cozinha da mesa 2 do evento benemerente em prol da Fundação Caxias.
Foto: Alencar Turella, divulgação.

 

 

 

 

 

Bookmark and Share

Social de segunda

14 de abril de 2014 0

Italianidade
Janaína Santolin acaba de retornar de uma experiência de luxo pela Itália. Apaixonada por turismo, Janaína esteve desfrutando da sofisticada estrutura dos hotéis e gastronomia de Milão, Verona, Florença, Siena e Roma. Para ela o ponto alto do tour foi a visita aos castelos da Toscana, em especial o Castiglion del Bosco, propriedade de Massimo Ferragamo, filho do lendário design da alta costura italiana, Salvatore Ferragamo.

Vernissage
Bia Verdi volta a mostrar suas criações autorais. Nesta quarta-feira, ao vespertino, ela abre seu atelier, nos domínios da Alfredo Chaves, para apresentar o projeto Artwear e Textil Art, com peças artesanais únicas em moda e assessórios. Na mostra, Bia faz parceria com sua cunhada, a artista plástica, Maria do Carmo Fávaro Verdi, que traz de São Paulo suas últimas criações e expõe trabalhos manuais que mesclam moda e arte para compor seu artesanato de luxo, sucesso entre os fashionistas mais antenados.

Ágape
O executivo Péricles Pretto Corrêa e seu filho Luciano Bocorny Corrêa são os anfitriões hoje, logo mais à noite. Recepcionam expressivos nomes da sociedade da Serra gaúcha na Casa Rosa, um dos mais tradicionais endereços da Caxias do Sul, para uma festividade pautada no glamour. Além de apresentar o projeto da arquiteta Heloísa Bocorny, Péricles e Luciano abrirão as portas de um apartamento decorado pelo incensado arquiteto porto-alegrense Raul Pêgas que desenvolveu para o espaço uma releitura da linha arquitetônica clássica italiana, inspirado na origem da cultura caxiense. O encontro terá coquetel de ocasião e música do Projeto CCOMA e do pianista Rodrigo Soltton.

Borbulhas
A presidente da Confraria do Champanhe da Serra Gaúcha, Neiva Nora, comemora feitos. Na última quarta-feira, ela comandou o segundo encontro do ano. Em clima de celebração, Neiva pilotou um jantar com as atenções do empresário Júlio D’Agostini  que apresentou uma palestra do projeto Setorial Wines of Brazil na voz da bonita Roberta Baggio Pedreira. O jantar ao redor das confreiras foi conduzido pelo chef Alex Szigethy.

Paralelas

* O ator caxiense Evandro Soldatelli, que integra o elenco do seriado Doce de Mãe, fará rasante na cena local. Estará no placo do SESC, entre 26 e 29 apresentando o espetáculo A Mulher do Padeiro.

* Daniele Bressanelli Koch e o marido Marcelo Fernandes pilotam no dia 3 de maio a festa ao redor do terceiro aninho da pimpolha deles, Martina. A data será festeja com o tema Candy Land e levará para Miami a avó da menina, Vera Bressanelli e, a madrinha, Fabiana Bressanelli Koch.

 


Claudine Viezzer, Maria Nadir Carnino e Claires Viezzer, três gerações em festa.
Foto: Fernando Maccagnan, divulgação.

 


O médico Luís Carlos Garcia apresentou seu novo endereço profissional para sua mulher,
a artista plástica Mirian Garcia. Foto: Roni Rigon.

 


Nazareno Corti Mac Lean encheu de mimos a namorada, Manoela Lorandi, que celebrou
o diploma em Administração de Empresas. Foto: Patrik Júnior Vanin de Vargas, divulgação.

 


Roberto, Bruna, Priscila e Delci Ferrari família reunida no Salão Verde do Recreio da
Juventude para celebrar a formatura de Bruna em Administração.
Foto: Thais Bachi, divulgação.

 


No Shopping Iguatemi Caxias, Stelamaris Parenza Arenhardt, com Eduardo Anselmi e
Daiane Mattos Anselmi no lançamento da ação solidária Loja Vazia que promove a
largada do ISF. Foto: Edson Pereira, divulgação.

 


Anderson Salvador e Zeli Dambros realizaram com sucesso o projeto
Casamento&Celebridades
para comemorar o quinto aniversário do empreendimento de Zeli.
Foto: Jucimar Milese, divulgação.

 


Flavia e Regina Bellini, filha e mãe, para prestigiar a reunião social comandada por
Zeli Dambros. Foto: Jucimar Milese, divulgação.

 

 

 

Bookmark and Share

Social do fim de semana

12 de abril de 2014 0

Marilyn Monroe eternizou a máxima de que os diamantes são os melhores amigos das mulheres, porém a designer de acessórios Camila Vieira comprova com suas criações que fortunas não são necessárias para conquistar verdadeiras amizades com colares, brincos, pulseiras e tudo mais que deslumbra o universo feminino.

Jovem catarinense radicada em Caxias do Sul, Camila, 24 anos, descobriu ainda na infância sua paixão por bijuterias, quando vasculhava a caixa de joias da mãe e criava suas próprias peças em papel. Anos mais tarde, já graduada em Design de Moda, conquistou suas amigas quando apresentou sua primeira criação oficial: um maxi colar de couro com pedrarias na cor cristal e recortes diferenciados. Desde então, ela garante já ter confeccionado mais de 3 mil colares, além de muitos outros acessórios, e revela a felicidade por ter transformado o que surgiu como um hobby na profissão de sua vida.

Sagitariana autêntica e criativa, Cami, como é carinhosamente chamada, vibra ao lado do noivo Greguy Hang o sucesso de sua nova coleção. Intitulada La Fenice e baseada no teatro veneziano de mesmo nome, suas novas peças são repletas de formas inusitadas e metais com banhos rose, prata, ônix e dourado. Um luxo genuíno! Confira a conversa com Camila e uma prévia da coleção apresentada pela designer e fotografada por sua irmã, Hemilly Vieira!

Qual a sua lembrança mais remota de um acessório que utilizou?
Sempre fui apaixonada por acessórios, desde pequena. Mexia nos porta-joias da minha mãe e saia toda boba, cheia de penduricalhos. Minha mãe também gosta de fazer acessórios mais artesanais, sendo que me presenteou com uma pulseira toda em trama de crochê que é meu xodó. Deixo a peça guardada à sete chaves, pois ela tem um enorme valor sentimental pra mim.

Quando descobriu que queria atuar neste setor?
Sempre fui apaixonada por todo tipo de acessório. Recordo que um de meus brinquedos favoritos na infância era uma máquina de criar bijuterias, onde eu desenvolvia os acessórios com base em papéis. Mais tarde, no colegial, eu fazia umas pulseirinhas de miçangas e vendia no intervalo das aulas para minhas amigas. Iniciei a faculdade de Design de Moda e fui descobrindo várias outras paixões, como a Tecnologia de Tecidos e a História da Moda. No entanto, meu foco seria na minha especialização em Design Estratégico, que acabou ficando um pouco de lado. A vida foi me mostrando outros caminhos e surpresas, como quando me mudei para Caxias do Sul, para acompanhar meu esposo em uma estratégia comercial da empresa que ele trabalhava em Santa Catarina. Trabalhava com ele, na área de vendas, e sentia a necessidade de estar criando algo novo sempre. Pesquisava diariamente sobre acessórios, moda e comportamento. Foi quando me deu coragem e comprei algumas peças para montagem de bijuterias. Como não tinha noção de compras nesta área, havia comprado peças a mais e criei mais que um acessório. Gostei tanto do resultado que compartilhei com as minhas amigas nas redes sociais. Foi um sucesso! Todas ficaram apaixonadas pelos meus primeiros maxi colares e começaram a fazer encomendas, assim como as amigas das amigas, e assim sucessivamente!

Quais são os conceitos essenciais de suas criações?
Primeiramente preso muito pela ergonomia, se a peça terá caimento e trará conforto para a pessoa que usar. Além da qualidade do meu produto, mesmo por se tratar de uma peça de bijuteria, gosto sempre de testar a qualidade dos banhos que as peças irão receber para não oxidar/escurecer rapidamente.

Como é o seu processo de produção e criação?
Na verdade meu processo criativo está relacionado a deixar os materiais “conversarem”. Gosto de visualizar os materiais e fazer misturas inusitadas de cores e formatos. Misturas de banhos, pedrarias e cores. Claro que faço sempre pesquisa de tendência e de mercado, mas gosto mesmo de criar essas combinações inusitadas.

Quais são os materiais que trabalha com mais frequência?
Trabalho muito com correntes de diversos banhos, estilos e tamanhos. Pedrarias de vidro e strass.

Acessórios seguem o ritmo do mercado da moda e mudam a cada temporada?
Como toda certeza, a cada estação tem um acessório que se transforma no “desejo” do momento. Cada estação traz com sigo tendências e novas descobertas de estilos e comportamento.

As suas peças têm características muito fortes e autênticas. Foi algo natural estabelecer seu estilo e conceito de criação?
Desde que iniciei meu trabalho com acessórios, minha principal busca era desenvolver peças que expressassem estilo. Sempre gostei se misturar produtos, claro, levando em conta o bom senso. Nunca me privei de criar algo para seguir as macro tendências do mercado, até porque no meu ponto de vista, isso não agregaria valor nenhum à minha marca. Pelo contrário, seria apenas mais uma pessoa vendendo acessórios e não criando de verdade. Mais importante do que seguir a moda é seguir seu estilo. Vestir-se para você e sempre seguir os conselhos de um bom e velho amigo, o espelho. Nem tudo que está na moda poderá ficar bom em você. Busque usar o que te valoriza, o que te faz sentir-se bem. Afinal, como dizia Coco Chanel, “A moda passa, o estilo permanece”.

Quais mulheres de Caxias do Sul que você considera sinônimos de elegância e estilo?
Claudia Lucena e Vanessa Susin. Além de serem clientes e amigas, esbanjam simpatia e muita coerência em usar e combinar seus acessórios com cada look e ocasião.

Como acompanha as tendências de moda atuais?
Acompanho muito blogs nacionais e internacional, além de seguir as revistas mais influentes de moda do mercado. O básico!

Pra você, qual é a importância dos acessórios na composição de um look?
Ele tem papel fundamental e não apenas de “acessório”. Ele valoriza qualquer look sem você gastar muito para isso. Tenha sempre peças clássicas e versáteis aliadas a um bom acessório e tenha certeza que irá arrasar. Os acessórios também valorizam o corpo, caso utilizados adequadamente. Também reforçam estilo e são ótimos aliados para dar um up em looks casuais. Enfim, são inúmeras qualidades que garantes que acessórios são fundamentais em nossas vidas.

O que pode revelar sobre sua nova coleção, “La Fenice”?
Nesta coleção procurei inspiração no principal teatro de Veneza, chamado “La Fenice”. Fiquei apaixonada pelas cores, pela característica da arquitetura do teatro e principalmente por seu lado lúdico. Maxi brincos, colares longos, headband e mix de pulseiras são o que fazem da coleção peças de desejo das fashionistas de plantão! Estilo é o que não falta, difícil é escolher qual acessório usar. O diferencial está nas misturas inusitadas de cores e nos metais com banho rose e prata, além dos meus clássicos, ônix e dourado, que também completam o estilo.

Qual é a peça que você criou que mais admira e se orgulha?
Meu primeiro Maxi Colar, que era composto de couro e pedrarias na cor cristal com recortes diferenciados. Lembrava muito a uma gola de luxo, por ter muitas pedrarias.

Quais são seus planos para o futuro?
Gosto de viver cada momento, mas claro que sempre estou em busca de trazer novidades para atualizar cada vez mais minhas clientes. Mesmo assim, consumo dizer que “um passo de cada vez, sendo que um passo feliz equivalem a três”.

Qual é o acessório do qual você não abre mão?
Pergunta difícil (risos)! Eu amo muito colares. Acho que também são características fortes em minhas criações, uma vez que já desenvolvi mais de 3 mil modelos diferentes neste período de 1 ano e meio de hobby que se transformou em trabalho!

Como é sua personalidade além do trabalho?
Como uma boa sagitariana, gosto muito de viajar. Sempre que tenho um tempo na agenda quero conhecer novos lugares. Além disso, vou sempre visitar minha família, que está em Santa Catarina. Não dispenso também estar ao lado de bons amigos em um ótimo café ou restaurante. Sou muito tranquila, gosto de estar perto de quem me faz bem!

Em uma frase, como você se define?
Faça o que você ama e jamais irá trabalhar em sua vida.

Quais são as novidades em cores, formatos e outros conceitos para acessórios?

Maxi Brincos
Eles estão com tudo, em vários formatos e com banhos em predominância no prata e no ônix. Ganham destaque com cores quentes, como vermelho e violeta.

Headband
são tiaras que vão fazer literalmente a “cabeça” de toda fashionista.

Colares longos
eles são ótimas pedidas nesta estação, caem bem com malhas e vestidos,
além de alongarem a silhueta feminina.

Cores
Aposte nos tons violáceos e cinzas!

Pulseirismo
Mesmo na estação mais fria do ano, as pulseiras podem ser usadas sem medo. Criar detalhes em punhos de camisa é um charme!

 

Raio-X

Filme: O Diabo Veste Prada, de David Frankel
Livro: A Era de Chanel, de Edmonde Charles-Roux
Música: John Mayer
Cor: Verde
Prato: Sushi
Lugar: Praia da Tainha, em Santa Catarina
Uma qualidade: Determinação
Um defeito: Sinceridade
Uma mania: Ser perfeccionista
Um sonho: Viajar sem ter um destino definido.
Não vivo sem: Brincos, mesmo que sejam pequenos. Sinto-me nua sem eles!

 

ESTILEIRA | ANIMAL PRINT

 


Oncinha, zebra, tigre e girafa, todos esses animais podem dar um ar de sensualidade
quando incorporados por uma blusa, saia, short em diferentes estilos aposta dos
fashionistas da São Paulo Fashion Week ganham destaque na noite caxiense.
Como nos looks incorporados por Maria Luiza Grazziotin Brites e Fernanda Fontanive.
Foto: Jeferson Deboni, divulgação.

 


Karen Pierosan Fassbinder aposta nas influências multiculturais que se refletem na moda
e ratificam inspirações do oriente e da África. Foto: Jeferson Deboni, divulgação.

 


Nesta nova estação o animal print ganha destaque por Marina Demoliner Barbosa e Jéssica
Mussatto Brito, o estilo que volta como tendência avisando que vamos ter mais um inverno
cheio de modernidade banhado pelos prints de animais. Foto: Cristiano de Oliveira, divulgação.

 

 

 

Bookmark and Share

Social de sexta

11 de abril de 2014 0

Solidariedade
Além de contar com os talentos da arquiteta Cristina Mioranza e das cerimonialistas Marta Michelon e Caroline Polly, que cuidam do conceito e do layout estrutural da 16ª edição da Feijoada do Pulita, promete mais. A festa da solidariedade agendada para movimentar o Centro de Eventos da Festa da Uva no sábado, 7 de junho, ganha fôlego jovem. Já trabalham pelas entidades assistenciais os comendadores, Larissa Letti, Bruna da Rosa, Maria Eduarda Deon Ceccato, Marcele Pulita, Mateus Fontana, Eduardo Demoliner Barbosa, Alexandre Bortoluz, Natália Daros, Alexandro Tedesco Rigon e os florenses, Virgínia Castellan De Salles e Fernando De Grandi.

Convescote
Pedro Horn Sehbe será o anfitrião da tarde deste domingo nos jardins do Hotel Samuara. Ao lado de João Antônio Pezzi Bagoso, Jamur Bettoni, Michele Giani e Gabriele Piccoli, ele apresenta a 2ª edição do Pic Nic Le Jazz & Blues, encontro que mixa arte, shows e gastronomia em meio a natureza. Nesta edição, Mona Carvalho se junta ao projeto e apresenta o Atelier Livre a artista plástica Jane De Bhoni coloca literalmente no papel o conceito Arte Líquida. Entre as atrações, Jamur Bettoni mostra talento com a sua inventiva Orchestra Invisível, e rola shows com os grupos The Headcutters, Quarteto New Orleans e Nicola Spolidoro Quarteto.

Menu
Adriano Medeiros, Marving Carvajal, Carlos Greiner e Nestor Felicetti integram o time de chefs que pilota forno e fogão, amanhã à noite, durante a Edição 2014 do evento benemerente, Homens na Cozinha, que levará expressivos nomes do empresariado caxiense a vestir o avental e trabalhar em prol de uma causa social no Pavilhão 3 do Parque de Exposições da Festa Nacional da Uva. O quarteto comandará os serviços gastronômicos da mesa 16 do evento solidário e irá preparar um menu que inclui sua especialidade: um goulash de lagosta com burgonya pie. Os recursos arrecadados na ocasião serão destinados aos projetos da Fundação Caxias.

Palco
Amanda Paim Noya ganhará festa com proposta temática para celebrar a passagem da data querida. A filha de Alexandre Langone Noya e Mara Paim Noya, comemora a chegada dos 15 anos, dia 19, vestindo um look criado por Débora Bregolin. A garota, que é bailarina, dançará na ocasião, o som moderno da dee jay Francesca Marcílio, e terá decoração com direito a sapatilhas suspensas no hall da recepção e um “varal de sentimentos” com post its coloridos. Para os convivas, Amanda programou o mimo drops tin.

Paralelas

* A psicóloga, Monique Coloda, resolveu intensificar seus estudos. Está debruçada numa especialização em Dependência Química e Relações Familiares, no Instituto Projecto, em Porto Alegre.

* Daniel Rosat Medeiros está na Itália mapeando o Salone del Mobile Milano. O jovem empresário que circula por Milão desde a última semana retorna à terrinha, domingo, cheio de novidades.

 


Bruno Kriger esbajando estilo na pré-produção multimídia para evidenciar os
embaixadores do Iguatemi Serra Fashion. Foto: Janete Kriger, divulgação.

 


Da série manos em festa, Gabriel e Guilherme Echer, na festa Divine, para prestigiar

as gurias da Liga Jovem de Combate ao Câncer. Foto: Madelaine Novello, divulgação.

 


Marta Michelon ainda coleciona elogios pela condução, criação do conceito e

identidade visual do décor do enlace de Ana Lúcia Sebben e Felipe Augusto Guitel.
Foto: Denise Boff, divulgação.

 


Katiana Lorandi cuidou pessoalmente da festa de sua graduação em Relações Públicas.

Foto: Lucas Fagundes, divulgação.

 

 


Lisiane Fiedler bajulou o mano, André Fiedler, que comemorou no último dia 29 a

conquista do diploma em Jornalismo. Foto: Fábio Grison, divulgação.

 


Marcelle Zanchett Linne cheia de graça quando celebra a passagem dos seus 15 anos.

Foto: Juliano  Vicenzi, divulgação.

 


O estilo de Gisele Telve na baladinha que juntou o grupo dos bacanas no dining

club do Moinho da Estação. Foto: Jeferson Deboni, divulgação.

 

 

 

 

Bookmark and Share

Social de quinta

10 de abril de 2014 0

Persona
O festejado promoter Marcus Mocelin volta ao centro das atenções de seu fã clube, sábado à noite. A função festiva ao redor do rapaz será toda inspirada em Cannes, o festival de cinema francês, e ao estilo red carpet. Para deixar tudo alusivo, Marcus vestirá na ocasião um look assinado pelo designer de moda uruguaio, radicado na capital gaúcha, Maurício Placeres. A balada promete juntar um time de bonitos e bonitas por centímetro quadrado.

Classe
Tem a participação da talentosa jornalista caxiense, Juçara Tonet Dini, a edição anual da Teach Beyond. A organização internacional voltada à educação transformadora promove desde o último dia 4 em Antálya, na Turquia, a conferência que reúne 400 profissionais de 23 países e 18 nacionalidades. Do Brasil, além de Juçara, participa uma comitiva gramadense, liderada por Marcelo Mallet e o encontro de mestres segue até o dia 14.

Debut
A filha dos médicos, Sérgio Ramos Filho e Claudia Zen, Manoela Zen Ramos, recepciona na noite deste sábado, no endereço do pai, um grupo de 30 amigos para celebrar a passagem de seus 15 anos. O encontro ao redor de Manoela terá uma proposta decorativa nas cores fluorescentes nos tons verde limão e pink, e em detalhes inspirados no tema alusivo ao tênis, esporte praticado pela aniversariante. O jantar terá a batuta do chef Alexandre Reolon.

Avental
Os empresários Ivo e Ivonei Pioner, Paulo Lopes e Luis Henrique Fitarelli vão dar mostras de suas porções chefs de cozinha, sábado, durante a 13º edição do Homens na Cozinha, jantar que movimentará o Parque de Exposições da Festa da Uva. O encontro benemerente apresentará 40 cardápios elaborados por expressivos nome do empresariado local. No espaço do quarteto o menu dará conta de uma elogiada codorna recheada com polenta mole, harmonizada com a temática italiana que irá compor a decoração das mesas. Além disso, oferece um mimo exclusivo aos convidados, um sousplat personalizado. Toda verba arrecada no evento será destinada à Fundação Caxias.

 


Adinei Gelain e Ananda Panizzon celebraram o amor entre o altar da Igreja Matriz de
Flores da Cunha e os salões do Clube Independente. Foto: Eduardo Vanassi, divulgação.

 


Carla Maria Sandri e Maurício Luiz Grazziotin Martini no dia do casamento na Igreja
São Pelegrino que reuniu 270 convidados no Clube Juvenil.
Foto: Gustavo Vanassi, divulgação.

 


Daniela Furlanetto e Bruno Ciconet, sábado, quando trocavam alianças na Igreja Nossa
Senhora de Lourdes. Foto: Renato Hubert, divulgação.

 


Kátia Tusset De Bastiani e Diego Giacomin receberam as bênçãos do matrimônio na Igreja
Santo Antônio e brindaram com familiares e amigos na Loja Maçônica Duque de Caxias.

Foto: Silas Abreu, divulgação.

 


Juliana Gasperin e Alexandro Vitório Gonçalves trocaram juras de amor eterno no altar
da Igreja Matriz de Santo Antônio antes da recepção no Clube Aliança, em Bento Gonçalves.
Foto: Jorge Scherer, divulgação.

 


Karina Vial e  Andersson Beccari no dia do casamento, para a posteridade.
Foto: Fernando Maccagnan, divulgação.

 


Lívia Nora Brandalise e César da Silva abençoados em união na Catedral Basílica São
Luiz Gonzaga, em Novo Hamburgo. Foto: Juliana Moscofian, divulgação.

 


Viviane Almeida Fialho e Gustavo Franzoi na hora do sim que ocupou o altar da Igreja
Nossa Senhora de Lourdes. Foto: Gerson Bisol, divulgação.

 

 

 

Bookmark and Share

Social de quarta

09 de abril de 2014 0

Comportamento
Regyna de Queiroz Gazzola e Karen Panizzon já estão às voltas com a produção do encontro do semestre da Confraria da Etiqueta – A Arte de Conviver, Agendado para a noite de 12 de maio, o jantar terá a batuta da chef Neiva Piccoli e palestra com o Frei Jaime Bettega que discorrerá na ocasião o tema Na Normalidade, a Criatividade.

Valsa
A filha caçula de Claudio e Silvana Fanton, Eduarda Fanton, faz contagem regressiva para seu debut. A festividade que marcará os 15 anos da garota ocorrerá sábado, 12, e terá como cenário os salões do Clube Juvenil. Inspirada no clássico Alice no País das Maravilhas, a reunião social contará com o aparato organizacional conduzido por Carla Lisboa que convocou projetos da arquiteta Ana Carolina Canalli e as flores de Fernanda Silvestri. A decoradora florense, Lúcia Finger, também integra a ficha técnica do encontro e irá produzir a mesa de chás, poções e café. Já a mesa de doces temáticos levará a assinatura de Sueli Pagliosa.

Holofotes
As jornalistas de moda Patrícia Parenza e Patrícia Pontalti pilotam nas noites de 15 e 16 a edição do ano do Iguatemi Serra Fashion com direito a palestra. A dupla caxiense discorre, às 19 horas do dia 16, sobre o tema Silhueta e as Tendências da Moda Inverno. O encontro é também uma homenagem aos 30 anos de alinhavos produzidos pelo clã Anselmi, de Farroupilha. O estilista convidado para a primeira noite da temporada de moda caxiense, responde pelo nome conceitual de Carlos Bacchi.

Paralelas

* Nasceu no último dia 4, em São Paulo, o pimpolho Antônio Pedroso Salvador. O guri, filho de Felipe e Ana Paula Salvador é a alegria dos avós corujas: Ademar e Zeni Salvador e Carlos e Mercedes Pedroso.

* O médico Fábio Letti encerra hoje uma incursão profissional no Canadá. Ele é um dos integrantes do encontro sobre neurociência que movimenta Montreal desde a última semana. Fábio participa do Congresso Internacional em Cérebro que se encerra hoje.

* Sai do papel, logo mais à noite, o projeto Casamentos e Celebridades, comandado por Zeli Dambros, que servirá para apresentar o conceito décor de 17 cerimonialistas na organização de casamentos.

 


Ary e Marli Tedesco ladeiam o músico Serginho Moah que protagonizou o show do domingo
no Projeto No Deck na sede campestre do Recreio da Juventude.
Foto: Diandra dos Santos, divulgação.

 


O escritor Marcos Kirst e o artista plástico Antônio Giacomin, respectivamente, bajulados
por suas mulheres Silvana Toazza e Ana Mari Giacomin, sábado, quando eles presentavam
a obra Serra Gaúcha, O Passado Presente. Foto: Antônio Lorenzet, divulgação.

 


Monique Maschio e Marcelo Roth, presenças na baladinha Enjoy que juntou as caras da
nova geração, sábado, na cena clubber. Foto: Cristiano de Oliveira, divulgação.

 


Pedro Bulla Paviani com a Glamour Girl Caxias do Sul, Bruna Da Rosa, na festa Divine
que a Liga Jovem de Combate ao Câncer realizou na noite de sexta-feira.
Foto: Madelaine Novello, divulgação.

 


O estilo de Rafael Bertin quando celebrava sua graduação em Relações Públicas.
Foto: Vinicius Ariotti, divulgação.

 


Renata Adams Vaz causou no quesito beleza, durante sua festa de formatura em
Administração que agitou o Jockey Club. Foto: Patrick Becker, divulgação.

 


Sabrina Bortolosso celebrou a passagem da data querida, domingo, no point que anima
a juventude florense. Foto: Rafael Guerra, divulgação.

 

 

 

 

Bookmark and Share

Social de terça

08 de abril de 2014 0

Enlace I
Foi norteada de aplausos a cerimônia de união da arquiteta Ana Lúcia Sebben com o administrador Felipe Augusto Guitel, ao vespertino de sábado, na Igreja São Pelegrino. Do clássico beijo ao fim da solenidade, os noivos e familiares foram aplaudidos sete vezes. As bênçãos para Ana e Felipe tiveram trilha sonora do trio de cordas do grupo Mansão Musical. Os pais da noiva, Volnei e Elaine Sebben, e a mãe e o avô do noivo, Guisela Guitel e Valdir Afonso Guitel, recepcionaram os mais de 300 convidados.

Enlace II
Os salões juvenilistas, palco da recepção ao redor do enlace de Ana e Felipe, ganhou uma decoração e tanto com direito a pergolado com muitas flores verdes em profusão, já na entrada do clube. A escadaria ganhou um cordão de flores mosquitinho e o jardim dos doces foi ricamente decorado com tapadeiras, muro inglês, flores brancas e mesas de espelhos. A cerimonialista Marta Michelon, que assinou todo o layout e conduziu a espetacular recepção, não poupou detalhes e convocou Neiva Buratto para harmonizar delicias  da gastronomia portuguesa com chocolates finos para a mesa de doces. O salão principal do Clube Juvenil ganhou nova roupagem com jardim suspenso, no teto, sobre as mesas da área central do salão onde foi realizado o jantar. O menu dava conta de pratos como Bacalhau à Fasano, Ilha de Sushi e um elogiado Filé à Califórnia, preparado pelo staff de Eliseo Marin embalado ao som dos violinos do grupo mansão Musical.

Enlace III
O décor, assinado por Fernando Weber, abusou das orquídeas denfales e falenopsis, hortênsias brancas, lírios, tulipas e rosas, harmonizadas em peças de cristal e candelabros de prata sobre mesas com toalhas de brocado verde malva. Nota para a mesa do bolo, com escultura dos noivos em porcelana espanhola Lladró e delícias da cake designer Isis Machado. A festa foi regada a espumantes Chandon Brut e Fontana Freda. Os casais dançaram até o amanhecer ao som da banda Violeta Pop e dos DJs Markão, Marcelo Falcas e Elias Cappellaro. Os noivos viajam em lua de mel pela Europa, com escalas em Paris, Londres e Portugal.

 


Ana Lúcia Sebben e Felipe Augusto Guitel celebraram a união norteada de aplausos e
emoções, sábado, na Igreja São Pelegrino. Fotos: Júlio Soares, divulgação. 

 


Elaine Inês e Volnei Sebben elegantes anfitriões ao redor do enlace da filha deles,
Ana Lúcia com Felipe Augusto Guitel. Fotos: Júlio Soares, divulgação.

 


O avô e a mãe do noivo de Ana Lúcia Sebben, Valdir Afonso Guitel e Guísela Maria Guitel,
felizes com o casamento de Felipe. Fotos: Júlio Soares, divulgação.

 


João Paulo Sebben e Érika Scalabrin Sebben, o mano e a cunhada de Ana Lúcia, foram
testemunhas da celebração. Fotos: Júlio Soares, divulgação.

 


Salete e Raul Tessari expoentes personalidades da sociedade, prestigiaram as famílias
Sebben e Guitel, sábado, nos salões juvenilistas. Fotos: Júlio Soares, divulgação. 

 


Os arquitetos, Tatiana Biffi e André Rigoni, do grupo que foi abraçar os noivos de sábado
na festa que reuniu personalidades no Clube Juvenil. Fotos: Júlio Soares, divulgação.

 

 

Bookmark and Share

Veja os detalhes do enlace de Ana Lúcia Sebben e Felipe Augusto Guitel

08 de abril de 2014 0

Enlace I
Foi norteada de aplausos a cerimônia de união da arquiteta Ana Lúcia Sebben com o administrador Felipe Augusto Guitel, ao vespertino de sábado, na Igreja São Pelegrino. Do clássico beijo ao fim da solenidade, os noivos e familiares foram aplaudidos sete vezes. As bênçãos para Ana e Felipe tiveram trilha sonora do trio de cordas do grupo Mansão Musical. Os pais da noiva, Volnei e Elaine Sebben, e a mãe e o avô do noivo, Guisela Guitel e Valdir Afonso Guitel, recepcionaram os mais de 300 convidados.

Enlace II
Os salões juvenilistas, palco da recepção ao redor do enlace de Ana e Felipe, ganhou uma decoração e tanto com direito a pergolado com muitas flores verdes em profusão, já na entrada do clube. A escadaria ganhou um cordão de flores mosquitinho e o jardim dos doces foi ricamente decorado com tapadeiras, muro inglês, flores brancas e mesas de espelhos. A cerimonialista Marta Michelon, que assinou todo o layout e conduziu a espetacular recepção, não poupou detalhes e convocou Neiva Buratto para harmonizar delicias  da gastronomia portuguesa com chocolates finos para a mesa de doces. O salão principal do Clube Juvenil ganhou nova roupagem com jardim suspenso, no teto, sobre as mesas da área central do salão onde foi realizado o jantar. O menu dava conta de pratos como Bacalhau à Fasano, Ilha de Sushi e um elogiado Filé à Califórnia, preparado pelo staff de Eliseo Marin embalado ao som dos violinos do grupo mansão Musical.

Enlace III
O décor, assinado por Fernando Weber, abusou das orquídeas denfales e falenopsis, hortênsias brancas, lírios, tulipas e rosas, harmonizadas em peças de cristal e candelabros de prata sobre mesas com toalhas de brocado verde malva. Nota para a mesa do bolo, com escultura dos noivos em porcelana espanhola Lladró e delícias da cake designer Isis Machado. A festa foi regada a espumantes Chandon Brut e Fontana Freda. Os casais dançaram até o amanhecer ao som da banda Violeta Pop e dos DJs Markão, Marcelo Falcas e Elias Cappellaro. Os noivos viajam em lua de mel pela Europa, com escalas em Paris, Londres e Portugal.

 

 

 Fotos | Júlio Soares, Denise Boff e Maiara Herter, divulgação

 

 

 

 

 

Bookmark and Share

Social de segunda

07 de abril de 2014 0

Bênção
Marília Tondo Azambuja, filha de João Pedro Vieira Azambuja (in memoriam) e Elisete Maria Tondo, vai trocar alianças com Gustavo Marramarco, filho de Cesare Augusto Marramarco e Leda Tavares Marramarco, ao vespertino do dia 26, na Igreja São Pelegrino.A recepção promete reunir expressivos nomes da sociedade caxiense nos salões de vinícola em Flores da Cunha.

Passaporte
A empresária de intercâmbio Lucile Pasqual Pessin está em Vancouver, desde o último dia 3, onde participa de workshop sobre os passos para ingressar nos cursos de graduação, pós graduação, mestrado e MBAs no Canadá. A farroupilhense, que atua em Caxias, segue no dia 13 rumo a Toronto, onde mapeia escolas de idiomas, e dia 17 desembarca em Nova York. Retorna à terrinha no dia 21, cheia de novidades.

Ringue
O empresário Marcelo Collato apresentará em grande estilo um inédito endereço temático de MMA, dia 12, ao vespertino, no Shopping San Pelegrino. Além da presença do mestre-boxer gaúcho Fabiano Montes Doca, comandante do Centro de Treinamento de Lutas do Rio Grande do Sul, o encontro contará com a participação de Gabriel Napão, atleta brasileiro de MMA.

Paralelas

* A personal trainer Nane Kraemer acaba de retornar de terras lusitanas. Em Vila Real, Portugal, a profissional caxiense concluiu o seu mestrado em Ciências do Desporto com ênfase na reabilitação cardíaca.

* As arquitetas e lighting designers Fernanda Tissot e Marília Saccaro estiveram em Frankfurt, na Alemanha, semana passada. Foram conferir in loco os avanços tecnológicos e tendências na área de iluminação na feira internacional Light+Building .

* Nelson Camassola e seu irmão, Gelson Camassola, viajam no período de 13 a 15 a São Paulo, onde participam do Hair Brasil Fashion Show. Por lá, Nelson integra o time do curso fechado de penteado Hands on, que terá como mestre o canadense Martin Parsons.

* O psiquiatra Rodrigo Machado Vieira, filho de Francisco e Maristel Vieira, recebe dia 4 de maio, em Nova York, o Prêmio Gerald Klerman Young Investigator Award, da maior organização de apoio a familiares e pacientes com transtornos de humor do mundo, a Depression and Bipolar Support Alliance.

 


Letícia e Nicole Travi celebraram a passagem dos 15 anos em festa nos salões juvenilistas.
Foto: Jonathan Pellizzari, divulgação.

 


Waterllo e Claudete Travi, anfitriões da recepção ao redor das filhas, Letícia e Nicole,
no Clube Juvenil. Foto: Jonathan Pellizzari, divulgação.

 


Cíntia Rossato Adami com o marido, Roberto Deitos Alquati, quando ele pilotava a
festividade do sétimo aniversário da incorporadora que dirige com Júlio César Rapkiewicz
e Evandro Mallmann. Foto: Edson Pereira, divulgação.

 


Franciele Mallmann prestigiou o mano, Evandro Mallmann, na comemoração de
aniversário da incorporadora dele. Foto: Edson Pereira, divulgação.

 


Mariléia Deon Rapkiewicz encheu de afagos o marido, Júlio César Rapkiewicz, semana
passada, na festividade da empresa dele que teve lançamento da Revista 360 Graus.
Foto: Edson Pereira, divulgação.

 


Margarete Cecconello e Marli Trentin ladeiam Ida Boff, empossada presidente da
Associação Top Decor que realizou festa de luxo. Foto: Jucimar Milese, divulgação.

 


Ricardo Andrade Zini, Mariana Rocen de Oliveira e Jairo Maschio comemoram juntos a
graduação em Fisioterapia pela Faculdade da Serra Gaúcha. Foto: Willian Pedroni, divulgação.

 

 

 

 

 

Bookmark and Share

Social do fim de semana

05 de abril de 2014 0

Há 10 anos o jovem caxiense Samuel Bovo deixava a graduação em Relações Públicas para buscar sonhos maiores atrás das câmeras e sets de cinema. Considerando seu sucesso em filmes como o documentário Bruno Segalla, sobre o icônico escultor caxiense, e o longa-metragem Il Cielo Sopra di Me, dirigido pelo italiano Gian Vittorio Baldi, o talento deste sensível artista parece tão evidente quanto incontestável.

Formado pela ESPM de Porto Alegre em Audiovisual Publicitário e depois de muitas experiências na área em território gaúcho, Samuel expandiu horizontes e em 2011 matriculou-se no curso de direção cinematográfica da tradicional Escola de Cinema Darcy Ribeiro, no Rio de Janeiro, onde esteve radicado até o fim do ano passado. Polivalente, desde o início de 2014 ele desvenda os mistérios do cinema argentino numa imersão em cursos de direção, montagem, roteiro e documentário na capital hermana, Buenos Aires.

Samuca, como é carinhosamente conhecido pelos amigos, se classifica como editor por formação, produtor pela facilidade em lidar com pessoas e por sua organização – características de um genuíno virginiano -, roteirista por teimosia e diretor porque é só assim que se sente fazer parte do mundo. Devotado a tudo o que cria, ele define seu trabalho no cinema com paixão: “Para mim é algo orgânico, visceral e essencial. É como respirar, sentir fome ou sono”.

Fascinado pelo mundo da sétima arte até mesmo em seu filme predileto, Cinema Paradiso, de Giuseppe Tornatore, Samuel tem tantos amigos quanto fãs, que vibram com seus feitos – entre eles os orgulhosos pais, Angelo Bovo e Tânia Maria Trintinaglia, e o mano caçula, Arthur Bovo. O cineasta da terrinha revela mais desse seu universo multifacetado, confira!

Como e quando descobriu o cinema como profissão?
 Há 10 anos atrás nem imaginava que iria fazer cinema. Hoje, não me vejo fazendo outra coisa. Cinema é a forma que encontrei de me expressar. Como indústria, tenho sérias críticas ao cinema. Além de nunca lembrar quem fez aquele filme com aquele diretor… E isso não é muito bom para um jovem cineasta! Em minha defesa, tenho a dizer que apesar da pouca memória não abro mão da minha forma de ler o mundo, meus cortes e enquadramentos que são feitos de referências não só de obras fílmicas, mas também de cenas do cotidiano. Gosto de reinventar o que vejo. O cinema me faz sentir parte do mundo. Simples assim. Para mim é orgânico, é visceral, é essencial, é como respirar, sentir fome ou sono. Se faço bem ou faço mal, aí são outros quinhentos! Gosto da ideia de falar com o indivíduo e não com um coletivo. Gosto da ideia do meu filme passar na cabeça do espectador e não na tela do cinema ou TV ou computador. Enquanto assistimos a um filme, estamos despidos de qualquer espécie de limitação pessoal ou social. Podemos ser sinceros com nossos desejos, medos ou sonhos, construímos um filme só nosso, mesmo que as imagens cheguem prontas. Somos nós os mocinhos, os vilões, os apaixonados ou os valentes. É isso que me motiva a fazer cinema. Quero proporcionar a quem estiver assistindo um encontro com suas emoções e a oportunidade de ser o que quiser, mesmo que dure apenas o tempo de um filme.
 
Como se deram suas primeiras experiências na área?
Cursava Relações Públicas na UCS e trabalhava no comércio de Caxias. Uma amiga de curso me indicou a Spaghetti Filmes para que eu procurasse um estágio. Assim que entrei lá, tive a certeza que era o meu lugar! Foi lá que me criei. Devo muito aos meus professores, amigos, irmãos Lissandro Stallivieri e Janete Kriger. Foram quase seis anos de um aprendizado incrível.
 
Você possui um sólido trabalho na Serra Gaúcha e Porto Alegre. O que você pensa das obras e realizadores da região e Estado?
O que acontece na Serra Gaúcha e no Estado é o mesmo que acontece no Brasil: grandes profissionais querendo muito produzir, trabalhar, girar a engrenagem… O que mudam são as proporções. Há uma concentração maior de investimentos e produção no centro do país. O setor cresceu muito mas a verdade é que é caro e demorado fazer cinema de qualidade. Há falta de formação. Sou auto ditada e confio mais na prática que na teoria para fazer cinema, mas para formar profissionais de qualidade há que se proporcionar espaços multiculturais, acesso à tecnologia, quebrar barreiras geográficas entre os profissionais e a troca de conhecimento, baixar o ingresso do cinema nacional para ver as salas cheias e fortalecer instituições que representam o setor. O Brasil é o único país onde se ensina cinema junto com cursos de comunicação. No resto do mundo, ele está inserido nos cursos de arte. Creio que estamos vivendo uma transição, em todo o país, para um cenário mais concreto do audiovisual num geral, seja TV, cinema ou internet e atribuo isso aos profissionais que fazem acontecer, que se juntam em coletivos, por exemplo e algumas instituições mais sérias que se preocupam em proporcionar workshops, discussões e ensaiam uma união maior desse ramo que precisa ser mais forte para se firmar como indústria não só para produzir para o público interno mas para exportar conteúdo e se fazer presente nas salas de cinema de todo o mundo.


Como visualiza a produção audiovisual nacional?
Estou gostando de ver o meu Brasil crescendo no cinema! Verdade que não estamos sabendo lidar com a riqueza que temos nas mãos. Sem investimento em ensino e em formação profissional, todo esforço pode ser em vão. Ainda estamos na fase de tentativa e erro. Dando muito dinheiro a quem já tem e para quem está começando restam os festivais ou a internet, que acabam sendo as únicas portas de divulgação. Há muita burocracia: um edital diferente do outro, leis complexas e frágeis, grandes projetos que demoram muito a se realizar, quando não ficam só no papel. Os produtores precisam se manter motivados por um otimismo quase que irreal para conquistar parceiros. Temos profissionais muito bons que não estão tendo vez. E como, nós brasileiros estamos sedentos por ver novos ângulos, novas ideias! Sou bem otimista e acredito mesmo na rapaziada que está peleando pelo cinema! Quero ver essa máquina a todo vapor porque sei que temos todas as condições de sermos uma grande potência mundial também no cinema.
 
Qual foi a situação mais inusitada que já encontrou num set de filmagens?
Poxa! Difícil eleger uma situação! Um set de gravação é como um local sagrado. Tudo gira em torno do que está acontecendo e é bonito de ver a equipe unida trabalhando por um objetivo. Desse modo, sempre acontecem coisas inusitadas porque são muitas as variáveis, de tempo, de clima, de luz, de som, de atuação, de equipamentos…Posso dizer que tem coisas incríveis que só acontecem num set! Há que se lidar com o improviso nas gravações! Gosto de ver como as coisas acontecem na hora e isso é enriquecedor para o trabalho!
 
Quais são os momentos que mais gosta e desgosta em seu trabalho?
Ah! A estreia! Ver o resultado de tanto trabalho numa tela gigante faz tudo valer a pena! Outro momento, esse mais particular, é quando leio sozinho o roteiro e começo a imaginar as cenas. Normalmente faço isso em um lugar tranquilo ouvindo uma música ao lado de uma xícara de café. Não há momentos que desgosto. Aprendi que nem tudo sai como o planejado. O filme é um organismo vivo e é preciso deixar-se levar.
 
Como e quando passou a estudar e trabalhar em outras cidades, como Rio de Janeiro e agora em Buenos Aires?
Acho mesmo que não sei fazer mais nada de bom nessa vida! Dessa forma é natural eu buscar caminhos que me proporcionem crescer na área. Porto Alegre foi meu primeiro contato com o estudo no audiovisual. Foram 2 anos e meio de convívio com grandes profissionais de lá. Encontrei uma galera gente fina, elegante, sincera, e seguimos realizando projetos a parte da instituição. Um deles foi o clipe ‘Homo Volans’ rodado em Caxias, da banda ZAVA. Cresceu meu espaço dentro da Spaghetti e passei a dirigir alguns trabalhos. Então logo após eu gravar o documentário sobre vida e obra de Bruno Segalla veio a ideia de ir para o Rio de Janeiro. Lá fiz um curso de direção e trabalhei com profissionais incríveis como a diretora Dilea Frate, a produtora e também caxiense Letícia Friedrich, o produtor Julio Uchoa, o roteirista Humberto Giancristofaro, o autor Marcílio Moraes, entre outros. Meu maior prêmio é que todos eles, além de parceiros e de me ensinarem muito, se tornaram grandes amigos! Fiz uma grande família no Rio. Pelas amizades que encontrei lá, hoje posso dizer que é minha segunda casa! As oportunidades surgiram e senti necessidade de me qualificar. A Argentina é uma grande potência cinematográfica e proporciona uma infinidade de cursos na área! Estoy aquí (risos) trabalhando e estudando. Fico feliz de passar pelos lugares e ir construindo amizades tão especiais! Isso me faz sentir em casa.
 
O que pode compartilhar de suas vivências na Cidade Maravilhosa, seu trabalho e realizações por lá?
No Riodi (apelido carinhoso que só uns poucos malucos usam!) pude realizar muitos projetos em diferentes áreas. Destaco algumas de maior abrangência como o TV Piá, programa infantil da TV Brasil com direção de Dilea Frate e que recentemente voltou a ser exibido, onde fiz produção e edição. Tive a honra de editar o primeiro longa do autor Marcílio Moraes, projeto ainda em fase de finalização. Ao lado de outros dois caxienses, Letícia Friedrich (Boulevard Filmes – RJ) e Marcelo Andrighetti (Bigode de Gato Produções – Poa), fiz o WebDocumentário ‘Boca de Rua – Vozes de uma Gente Invisível’, um dos dez projetos premiados pelo Rumos Itaú Cultural e disponível no youtube, fala do jornal homônimo feito inteiramente por moradores de rua de Porto Alegre. Meu mais recente trabalho foi uma série para o Canal Futura, com a também caxiense, jornalista Juliana Wexel. A minha grande aposta para o próximo ano é uma série de humor chamada ‘Visite nossa Cozinha’, com roteiro do já consagrado roteirista Humberto Giancristofaro. Lá também criei a Balão Filmes onde pude concretizar alguns projetos, assino roteiro, direção, produção e edição de filmes meus e de outros colegas. Juntamente com profissionais de várias partes do país, também faço parte do Traço Coletivo, um coletivo criativo que realiza projetos para web e para a televisão. Na internet tem uma fanpage com os trabalhos, projetos e novidades: facebook.com/balaofilmes, acessem e sejam bem-vindos!
 
O que podemos esperar de suas experiências na capital argentina?
 O momento histórico/político de incentivos que estamos vivendo no Brasil agora, a Argentina passou há 30 anos. A grande diferença é que eles sempre deram prioridade ao ensino. Criaram-se grandes instituições e grandes profissionais da área. Através do Sindicato do Cinema Argentino vou conseguir fazer quatro cursos de cinema aqui: direção, roteiro, documentário e montagem. Quero trabalhar por um tempo aqui, absorver tudo o que posso e voltar ao Brasil. Quanto tempo? Aí já não sei. A cidade é incrível e estou muito confiante que virão coisas boas. Mas é sempre difícil lidar com a saudade e também tenho alguns projetos no Rio, então vou de balão sem GPS como o padre aquele, como costumo brincar (risos)!
 
E podemos contar com o Ricardo Darín em seu próximo filme?
Ele está me ligando, querendo muito fazer um filme meu, mas não sei ainda! Tenho que fazer um teste com ele (risos)! Sou fã do Darín, não só pelo grande ator que é, mas pela postura que tem diante dos trabalhos. Me identifico com a forma que faz suas escolhas. Quem sabe um dia eu tenho a honra de tê-lo no elenco!
 
Qual foi o primeiro filme que assistiu no cinema e o que recorda da experiência?
Foi no extinto Cine Ópera, no centro de Caxias e o filme é ‘Lua de Cristal’ com a Xuxa e o Sérgio Malandro (risos). Lembro que pensava que eles estavam atrás da tela! Com certeza essa história vai render muitas piadas.
 
Quais são os maiores talentos do cinema mundial hoje?
Admiro todos os profissionais com que já trabalho, mas ficaria muito contente de estar em um set ao comando do diretor Juan José Campanella. Gosto muito da forma como ele conta suas histórias e pra mim, ele é o melhor diretor da atualidade. Outra artista que me encanta muito é a sempre sensacional Judi Dench. Mas um sonho antigo e que ainda ei de realizar é o de trabalhar com o fotógrafo Walter Carvalho. Sempre recorro a alguns filmes que me despertam emoções pontuais e por mais que já tenha visto 15 vezes, rever é um aprendizado novo, é o caso de ‘Cinema Paradiso’ do italiano Giuseppe Tornatore e ‘Diários de Motocicleta’ de Walter Salles. Sou muito fã do diretor Luiz Fernando Carvalho, uma pena ele ter feito apenas um filme.
 
Uma cena de cinema?
Vou destacar um trecho do filme italiano ‘Cinema Paradiso’: É o último dia de funcionamento do Cinema. A sala está cheia e há muitas pessoas do lado de fora que não conseguiram entrar. Alfredo (o projecionista) move o vidrinho da janela do projetor fazendo com que o filme seja projetado por toda a sala até chegar à praça. O menino Totó fica maravilhado (e eu também)! Em seguida inicia-se um incêndio na sala e Totó volta à cabine para salvar Alfredo do fogo. É uma cena extremamente política e sensível que me emociona de uma forma especial sempre que assisto.
 
Se pudesse salvar apenas uma obra do cinema, qual seria?
Cinema Paradiso.
 
O que é possível fazer com uma câmera na mão e uma ideia na cabeça?
É possível olhar para dentro. Conhecer quem somos por essência, despida de qualquer padrão ou conceito. É possível amar, viver, guardar e depois rever, reviver, resgatar. É possível o impossível. O cinema (e as artes em geral) nos permite sermos perenes!

Conheça  os cinco principais trabalhos  que Samuel já realizou?
 
1. Direção e produção no documentário ‘Bruno Segalla’, de 2011, da Spaghetti Filmes. É um trabalho que me orgulho muito. O processo foi longo mas o resultado está lindo. Já que tinha pouquíssimo dinheiro, contei com muitas parcerias e uma mobilização de profissionais/amigos incríveis e muito amáveis.

2. Produção no longa-metragem ‘Il Cielo Sopra di Me’, com direção de Gian Vittorio Baldi, em 2011, da Spaghetti Filmes. Aprendizagem. É o que tenho a dizer desse trabalho.


3. Assistente de direção e edição do web documentário ‘Boca de Rua – Vozes de uma Gente Invisível’, de 2013, com direção de Marcelo Andrighetti da Boulevard Filmes e Bigode de Gato Produções. Realizando trabalhos como este é que tenho mais certeza ainda de que é exatamente isso que quero da minha vida. Trabalhar com amigos tão queridos, e contar uma história tão rica, feita de gente tão rica, é extremamente realizador.

 
4. Direção e produção no filme comercial ‘Etnia não tem cor’, de 2009, em codireção com Filipe Mello. Foi minha primeira grande direção. Eram por volta de trinta pessoas na equipe e muitas parafernálias. O resultado ficou lindo. É um trabalho feito em equipe que me orgulho muito.
 
5. Direção e edição do curta-metragem ‘Gotas na Chuva’, de 2013, da Balão Filmes. Atualmente em fase de finalização. Gravado na vila em que moro, em Santa Teresa, no Rio de Janeiro, foi um grande desafio por se tratar de violência doméstica, porém é sempre uma alegria imensa trabalhar rodeado de amigos queridos e grandes profissionais.

 

RAIO-X
 
Filme: Cinema Paradiso, de Giuseppe Tornatore
Livro: Memórias Inventadas, de Manuel de Barros
Música: Stand by Me, na versão do Projeto Playing for Change
Cor: Verde
Prato: Qualquer comida feita pela minha mãe, Tânia Maria Trintinaglia
Lugar: Pedra do Arpoador, no Rio de Janeiro
Uma qualidade: Buscar sempre o que é verdadeiro em mim
Um defeito: Orgulho
Uma mania: Espreguiçar-me o tempo todo!
Um sonho: Dirigir um filme aos 80 anos do lado de todos meus amigos. Rir das fases difíceis, olhar nos olhos de cada um e ver que tudo valeu a pena.
Não vivo sem: Sonhar


Fotos | Maria Rita Rovati, divulgação

 

ESTILEIRA >>>> PRETINHO BÁSICO


Éverton Luis Lima Cunha, o Mr. Pi posa de cachecol e faz charme para o fã clube.

 


Eduardo Mendonça, Duda Garbi e Pedro Smaniotto trinca afinada no senso de humor
elege look casual para dançar o som do colega Alexandre Fetter, da ATL DJ.

 


Luciano Potter hipnotizado com as belezas femininas da Serra gaúcha.

Fotos | Cristiano de Oliveira, divulgação

 

 

 

Bookmark and Share