Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Por que as mudanças no Facebook são boas para você e para a rede?

15 de julho de 2015 2

IMG_0210

Há quase uma semana, o Facebook avisou que estava fazendo mudanças para dar mais controle aos usuários sobre o que eles querem ver em sua linha do tempo. Aqui no Spot, quase saiu um post no dia do anúncio, mas resolvemos testar as coisas primeiro pra poder explicar direitinho como se livrar daquela pessoa chata do seu feed, como recuperar alguém que você deixou de seguir, como conhecer novas páginas e, o mais importante, como escolher quem ganha destaque entre os seus amigos.

As mudanças estão disponíveis só para usuários de iOS, por enquanto, mas chegarão a todos nas próximas semanas. No app do iPhone, você clica naquele ícone em formato de três linhas e rola para baixo até encontrar a seção Preferências do Feed de Notícias. Entrando ali, você logo vê o ícone do caranguejo convidando: “assuma o controle e personalize seu Feed de Notícias”, seguido de quatro opções. Vou dividir em tópicos cada uma.

Priorize quem ver primeiro.

Aqui, você escolhe quais pessoas e páginas entrarão em destaque. Algumas postagens de quem você marcar aqui aparecerão com uma estrela antes do resto da linha do tempo, com os dizeres “você está vendo a publicação de X primeiro”. Mas não se empolgue: apesar de bem elástico, o número é limitado.

Por que é bom para você: porque muita gente interessante se perde na nossa linha com o tempo, e as páginas de que gostamos podem ser priorizadas também dessa maneira. E quem não gosta de ter um pouco de controle?

Por que é bom para o Facebook: se você vê conteúdo de quem mais gosta, é provável que interaja mais e que fique mais tempo navegando. Além disso, a escolha de páginas pode aumentar o conhecimento da rede sobre quais anúncios direcionados podem ter mais poder sobre você.

Deixe de seguir pessoas para ocultar as publicações delas.

Nesse tópico, nenhuma novidade. Já era possível deixar de seguir alguém sem que a pessoa soubesse e sem cancelar a amizade. Só ficou mais fácil de fazer.

Por que é bom para você: quem nunca deixou de seguir alguém nunca sentiu o risco de apertar no botão logo abaixo para desfazer a amizade, o que causaria uma crise diplomática. Aqui, zero riscos de errar. É só marcar os rostos que você não quer ver mais na rede e você estará livre.

Por que é bom para o Facebook: o algoritmo da rede do Mark Zuckerberg é ótimo, mas se você odeia os posts de alguém e entra lá para xingar essa pessoa seguidamente, o algoritmo entende que você interage bastante com esse amigo, então vai passar a mostrar ainda mais coisas dele para você. Mais stress, menos chance de realizar uma compra ou permanecer por muito tempo na rede.

Conecte-se novamente com as pessoas que você deixou de seguir.

E se aquela pessoa que não parava de mandar spam e convite de joguinhos tenha melhorado? Aqui está a chance de recuperar uma amizade.

Por que é bom pra você: se você parar de seguir alguém, a pessoa nunca mais aparece para você. Talvez a ideia fosse só dar um gelo, mas depois de entrar no limbo do esquecimento, nunca mais a ação era desfeita. Agora está bem fácil reverter isso. O legal é que ele mostra há quanto tempo você deixou o amigo na geladeira.

Por que é bom para o Facebook: mais contatos é igual a mais alcance. Se você já aceitou a pessoa uma vez, por algum motivo foi. Talvez o seu comportamento possa ser usado pela rede para medir a facilidade com que você volta atrás em uma decisão tão dura como tirar alguém do Feed.

Descobrir novas páginas. 

Aqui você encontra páginas próximas de seus gostos, de acordo com a rede, organizadas de maneira convidativa para quem quer sair distribuindo likes.

Por que é bom para você: mesmo que guiado pela recomendação de sua bolha de interesses, conhecer novas fontes é sempre benéfico. Nunca foi tão fácil adicionar muitas páginas à sua lista de curtidas.

Por que é bom para o Facebook: por muitos motivos. A rede potencializa as páginas, o que pode ser convertido em dinheiro com aumento de alcance pago, anúncios e outras coisas mais. Olhando para o usuário, se ele tiver mais páginas de que gosta, a chance é de que ele passe mais tempo navegando pelos seus interesses. Se ele encontrar tudo que precisa ali, por que sair? Por fim, acho que é uma grande chance de testar a precisão do algoritmo em relação aos gostos do usuário. Primeiro, vendo o quanto de páginas oferecidas convertem cliques. Depois, usando a informação filtrada dos principais interesses para reabastecer o algoritmo.

Mesmo que seja ilusório ou com segundas intenções, o poder extra que o Facebook está dando aos usuários sobre suas linhas do tempo me agrada bastante. Voltei a ver no meu feed páginas que adoro com mais frequência e pessoas que me interessam com destaque. Parece-me que os dois lados ganham com a atualização.

 

Comentários (2)

  • enilzon diz: 23 de agosto de 2015

    no puedo entrar en mi correo entro pero no aperecen las fotos los nensagens quiero que este noramal como se deve ser

  • enilzon diz: 23 de agosto de 2015

    no puedo mirar mis fotos

Envie seu Comentário