Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Apple em dose dupla: iOS 9 e iPad Pro

14 de setembro de 2015 0
Tim Cook durante a apresentação do iPad Pro. Foto: Josh Edelson / AFP

Tim Cook, CEO da Apple, durante a apresentação do iPad Pro. Foto: Josh Edelson / AFP

Quarta-feira tem liberação de iOS novo. O 9 chega com novidades que vão desde design até segurança. Os guris que fazem o Blog do iPhone testaram todos os betas e contam algumas das mudanças neste post. Eu estou ansiosa para experimentar as alterações no calendário e ver como vai se comportar a Siri, que passa a identificar a voz do dono do aparelho quando ele falar “E aí, Siri”. O novo sistema também vai identificar quando um sinal de wifi é muito ruim e transferir você para a rede de dados que você assina.

Mas, apesar da ansiedade em experimentar tudo, como eu já expliquei aqui no Spot no lançamento do iOS 8, não devo instalar o iOS 9 no primeiro dia. É legal dar um tempo para evitar problemas em decorrência da grande quantidade de downloads a partir dos servidores da Apple. Quem baixar e quiser contar nos comentários se foi tudo bem e o que achou do novo sistema pode ajudar a mim e aos demais internautas.

Aproveito o post para falar da apresentação do iPad Pro, que aconteceu no mesmo evento em que a Apple mostrou os iPhones 6S e 6S Plus (o Diogo escreveu sobre a câmera). A tela do novo tablet tem 12,9 polegadas, e ele tem área 78% maior que a do iPad Air 2, o modelo imediatamente anterior, segundo a empresa. Acho grande. O Air 2 me serve perfeitamente com sua tela de 9,7 polegadas. Ele está sempre comigo, então é importante caber na minha bolsa. E ele é leve (437 gramas), um dos motivos que me levaram a comprá-lo como substituto do iPad 2. O iPad Pro pesa 713 gramas (nos dois casos, são os dados do modelo só com wi-fi).

A Apple caprichou em pontos que sempre foram prioridade para Steve Jobs: design, resolução da tela e áudio. A tela de 12,9 polegadas é retina, claro, e tem 5,6 milhões de pixels. Para melhorar a experiência de ouvir músicas ou o som de filmes e jogos, ele vem com quatro alto-falantes que, conforme a Apple, oferecem 61% a mais de volume que os modelos anteriores.

A empresa da maçã vem dizendo que ele não é só um iPad grande, mas um grande iPad. Depois de achar que o iPhone 5 era grande, não caberia em alguns bolsos, era longo demais e acabar comprando um e adorando, não vou dizer aqui que definitivamente não gostei. Acho que para o principal uso do meu iPad hoje, ele não é o produto ideal. Mas…

Ah, não dá pra ignorar que ele vem com uma stylus. Quem viu a apresentação de Steve no lançamento do primeiro iPhone sabe o quanto ele era contra isso.

Envie seu Comentário