Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Os recursos que nós já testamos no iOS 9

18 de setembro de 2015 0
Você arrasta a barra entre os dois aplicativos para definir o tamanho deles na tela

O recurso Split View é ativado no iPad Air 2 pressionando o dedo entre dois aplicativos

A versão 9 do iOS chegou e já está rodando nos nossos dispositivos Apple. Fizemos testes em um iPhone 5S e um iPad Air 2. As novidades anunciadas soam muito bem, mas desapontam os brasileiros. A atualização do Maps, com adição de itinerários do transporte público, fica devendo: nas quatro cidades que busquei o serviço, Caxias do Sul, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro, encontrei a mensagem “informações de transporte público indisponíveis para esta cidade”. O News, novo app com serviço de notícias, também é restrito a americanos e europeus.

O que de cara nos interessou foi o mais de 1 GB liberado no meu celular. O sistema novo é mais compacto, o que alivia o uso de espaço no telefone e, segundo a empresa da maçã, a bateria deve ganhar até uma hora a mais de funcionamento. Quem é heavy user de iPhone sabe que os aparelhos de 8 e 16 GB exigem uma certa dança de aplicativos e backups constantes na nuvem, já que não cabe tudo na memória interna do celular. Cada megabyte adicional e minuto longe do carregador é bem-vindo.

bateriaA interface mudou em questões de design e organização de alguns itens no menu. Nos Ajustes, há agora uma tela específica sobre a bateria, que possibilita o Modo de Pouca Energia: trata-se de uma funcionalidade que reduz temporariamente o consumo de energia até que o aparelho possa ser completamente carregado, desativando ou reduzindo a verificação de e-mails, as atualizações em segundo plano, as transferências automáticas e mesmo alguns efeitos visuais.

O uso do espaço do telefone também mudou, aparecendo dentro de uma aba Armazenamento e iCloud dentro do Geral.

A Siri em português, com todo o respeito à sua inteligência artificial, segue burra. Ela tem muita dificuldade para entender alguns comandos, pouca variação de respostas e é muito inferior à sua versão em inglês. Em uma comparação lado a lado, o assistente do Google ganha em precisão de entendimento de sentido e palavras com facilidade. Ainda há um longo caminho para a Apple nesse campo.

Uma novidade legal, contudo, é que ao deslizar a tela para a direita aparecem Sugestões da Siri, com os últimos contatos e aplicativos utilizados. É como um atalho para acessar rapidamente aquilo que você mais usa no seu aparelho.

Diogo testando o modo desenho do aplicativo Notas

Diogo testando o modo desenho do aplicativo Notas

Alguns detalhes como os ícones de exclusão de e-mails e a maneira como você troca de aplicativos, que passam a aparecer como camadas e não separados horizontalmente, são retoques de design que mostram capricho.

O app de Fotos também mudou. Agora, há dois álbuns a mais: Selfies e Capturas de tela. Ele organiza sozinho as fotos que você já tinha salvas no seu device e segue mantendo tudo no Rolo da Câmera.

Tem novidade também no app Notas. Agora, você pode desenhar. Já havia há tempo apps de desenho na loja, mas era preciso baixar um aplicativo exclusivamente para isso, ocupando memória.

As mudanças apenas para iPad:

slideover1Finalmente a Apple conseguiu dividir a tela, função que o Android tem há muito tempo. Para tanto, é só deslizar a tela da direita para a esquerda que aparecem os aplicativos compatíveis. Você pode então deslizar para um lado ou para outro para escolher qual aplicativo deve ficar na tela inteira, ou deslizar de cima para baixo no lado direito para voltar à escolha de aplicativos.slideover2

No entanto, com exceção do iPad Air 2, nesse recurso, chamado pela Apple de Slide Over, é possível usar um aplicativo só por vez. Quando você escolher o segundo app, o que estava aberto anteriormente congela.

Devido à memória RAM, o Air 2 é o único que possibilita usar os dois apps ao mesmo tempo, o que a empresa definiu como Split View. O recurso funciona com os apps nativos e alguns que já estão otimizados para isso. Os desenvolvedores têm trabalho pela frente! Quanto ao tamanho dos aplicativos na tela, é possível também escolher uma separação dois terços e um terço, ao invés de meio a meio. O Split View funciona também com o iPad na vertical

Nos testes que fizemos da função Picture in picture (PIP), só conseguimos fazer o vídeo rodar enquanto se usa outro aplicativo se ele estiver incorporado em alguma página da internet. Você coloca o vídeo em tela cheia e vai encontrar um ícone no canto inferior direito que possibilita que ele passe a rodar menor, também no canto direito inferior do seu iPad. Depois de fazer isso, você clica no botão home e então pode usar qualquer outro app que quiser. Você também pode redimensionar o tamanho da janela do vídeo que está rodando ou colocá-lo em qualquer um dos outros três cantos. Não conseguimos usar o PIP dentro do app ou do site do YouTube, seja rodando no Safari ou no Google Chrome. Se alguém conseguir, por favor, deixe a dica nos comentários.

pip2

Outra mudança, mas essa nem todos devem curtir, é que os ícones no iPad diminuíram dentro das pastas, reunindo quatro aplicativos em cada linha, e não mais três. Tem gente que prefere ver os ícones maiores para identificar rapidamente.

Pra fechar: achamos linda a nova fonte, que está presente em todos os dispositivos que podem ser atualizados com o iOS 9 (iPhones 4S, 5, 5s, 5c, 6, 6 Plus, 6s e 6s Plus; iPads 2, com tela retina, Air 1 e 2 e todas as versões do mini; iPod touch de 5ª geração). Sai a Helvetica Neue e entra a San Francisco, já usada no Apple Watch.

Tem mais recursos para descobrir com o uso e, claro, esperamos as dicas de quem também estiver experimentando.

Envie seu Comentário