Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "e-mail"

#dicadeapp: Launcher

11 de maio de 2015 0

imageSempre organizei de um jeito fácil as telas do meu iPhone. Apps mais usados ficam fora de grupos, para eu chegar com menos toques, e nunca demorei muito pra abrir o que eu quero. Até porque eu apago apps que baixo achando que vou usar e acabo nunca abrindo. Mas, mesmo com essa organização, estou curtindo usar a Central de Notificações. Atualmente, mais apps disponibilizam widgets para colocar ali, e a nossa vida vai ficando mais rápida e legal.

Hoje, posto aqui no spot o Launcher. Ele é um app focado no widget pra Central de Notificações. Oferece a possibilidade de personalizar bastante a central. Além de oferecer apps a um toque, ele nos permite escolher uma ação específica de alguns apps. Por exemplo: você pode colocar o app do e-mail, mas também pode ter “escrever um e-mail”. Ou seja: quando você toca no ícone, já cai direto na tela de novo e-mail. Essa opção é oferecida também para o whats app e o messenger. E tem muito mais. Vale baixar e começar a personalizar, é super fácil!

O Launcher é de graça na App Store, mas a versão Pro, que custa US$ 3,99, possibilita não ver os patrocínios, mexer no tamanho dos ícones e ocultar legendas. Eu paguei, mas não foi por nenhuma dessas razões acima. Comprei o Pro porque acho que desenvolvedores de um app tão útil e que o colocam de graça na loja merecem a minha ajuda pra seguirem inventando mais coisas legais. Paguei o Pro por valorização e acabei gostando de reduzir o tamanho dos ícones, porque coloquei o Launcher depois do tempo e do calendário. Com os ícones menores, enxergo tudo sem precisar rolar a tela. Fica a dica! :)

Sobre o iOS 8.3

21 de abril de 2015 0

imageInstalei nos últimos dias o iOS 8.3. A principal novidade dele, pra mim, foi a Siri em português. Tem sido divertido bater papo com a assistente pessoal. Tô pegando a mania de perguntar pra ela como está o tempo assim que acordo, sem nem me mexer da cama. Como eu deixo o meu iPhone carregando todas as noites, basta dizer “E aí, Siri” para que ela esteja pronta para me responder (pra ativar a Siri sem apertar o botão home, o dispositivo precisa estar ligado na energia). Em seguida, falo: “tempo em Caxias do Sul”. Ela responde a temperatura e as condições. Pra fazer testes, conversei com ela também sobre restaurantes perto de onde estou, pedi para ler meus e-mails e ligar pra alguns lugares. Tudo deu certo!

Essa atualização do iOS também chega com outros emoticons. Tem vários novos, uma diversão pra quem gosta de encher as mensagens de desenhos. Confesso que eu uso praticamente sempre os mesmos, mas dei uma olhada no que apareceu de novidades para postar algumas reproduções da tela por aqui. Acho que a maior parte da galera curtiu bastante!

Uma função que passei a usar agora, mas parece que já estava disponível no iOS 8.2, é a notificação de resposta de e-mail. Sei lá, eu até já tinha ouvido falar, mas não fui muito atrás na época. Agora, mexendo no 8.3, vi, experimentei e gostei muito. Como a quantidade de e-mails que recebo por dia na conta do Pioneiro é muito grande, eu tirei as notificações de som e tela bloqueada. Tenho só aviso no app, pra ter uma ideia de quantos ainda preciso ler. Então, pra mim, escolher quais e-mails eu quero ser avisada é muito bom. A resposta aparece na tela bloqueada ou, se estamos usando algum outro app, em formato de banner.

As outras principais mudanças no iOS 8.3 são destinadas à integração com o Apple Watch. E tem me chamado a atenção quantos apps já disponibilizaram atualizações focadas no relógio, até capturei uma tela e coloquei ali no fim do post. Um dia ele chega no meu pulso! :)

 

image

 

 

image

 

 

image

 

Inbox no iPad. Ainda não entendo, Google!

20 de fevereiro de 2015 1

inbox-app-reiew-logoMesmo tendo dito aqui no Spot que o Inbox não era mais do que um Gmail enfeitadinho, resolvi instalar no iPad pra ver qual é a do app para o tablet da Apple. Não tem nada de novidade, ele funciona exatamente como no app do iPhone (o que eu achei dele está no link acima). Nesta semana, ele foi liberado também para tablets com sistema Android e para os navegadores Firefox e Safari.

Eu não tenho usado no meu telefone, mas o mantive instalado, caso eu queira tentar de novo me adaptar ou o Gmail acabe saindo de cena. Não entendo, realmente, por que lançar um outro serviço de e-mail se não for para substituir o atual. No iPad, ele tem as vantagens de rodar em um dispositivo maior e fica mais bonitinho. Mas é só isso. Seguirei usando o Gmail enquanto for possível.

Ah, para ter o Inbox segue sendo necessário ter convite. Para conseguir, envie um e-mail para inbox@google.com. Quem já tem recebe alguns convites para enviar para amigos. Os meus já acabaram.

Novidade em app: Mail to Self

02 de dezembro de 2014 0

IMG_3088

Tem de tudo na lista de apps classificados na categoria Produtividade da App Store. Uma das novidades, lançada agora em novembro, é o Mail to Self. Como a maioria dos apps da categoria, este tenta agilizar a nossa vida. Cada um tem sua forma de “guardar” referências para ler depois, e o app destina-se a quem costuma enviar links para si mesmo por e-mail.

É tudo bem simples. O aplicativo é leve, baixa rápido e assim que você abre, pede para qual e-mail você quer que os links sejam enviados. Nesse endereço eletrônico, você receberá um código numérico para digitar no app. Para finalizar, precisa reiniciar seu iPhone, iPad ou iPod Touch – o app é só para iOS 8.  Depois de reiniciado, o ícone do app passa a aparecer ao lado de outras opções de compartilhamento. Um toque no ícone do Mail to Self e está pronto.

Eu cadastrei meu gmail e compartilhei o link do Spot. Em segundos, ele caiu na aba atualizações do gmail. Não é um app que vai mudar a vida, mas tudo que ajuda a ganhar tempo é bem-vindo! :)

Obs: eu tentei compartilhar fotos e o ícone do Mail do Self não apareceu nas opções de compartilhamento, só funcionou no Safari. Se alguém souber que dá para compartilhar outras coisas além de links, é só deixar a dica nos comentários.

IMG_3089

Inbox: um Gmail enfeitadinho

29 de outubro de 2014 21

IMG_2645
Eu estava bem curiosa para experimentar o Inbox e ver qual é a do Google em lançar um novo sistema de e-mail e dizer, dizer de novo e reafirmar que ele não substituirá o Gmail. No dia do lançamento, 22 de outubro, pedi um convite – enviando um e-mail do Gmail(!) para inbox@google.com – e recebi uma resposta automática em inglês me agradecendo por por pedir o convite e informando que ele seria enviado assim que possível. Levou uma semana (muito tempo em se tratando de tecnologia e internet, né?!), mas tudo bem, até porque eu tive que me afastar uns dias e o Diogo segurou a onda aqui no Spot. Mega obrigada! :)

Bom, o convite chegou na noite desta terça e eu dei uma navegada no app. Não olhei como funciona na web, porque raramente acesso meu Gmail no navegador, então como minha experiência é no app para iOS, testei na mesma plataforma. Conclusão, antes mesmo dos detalhes: é um Gmail enfeitadinho. Tem cores, fotinhos, frescurinhas e alguns recursos novos, mas nada que não pudesse ser oferecido numa atualização do Gmail. Coloquei um do lado do outro no meu telefone e fiz um print que virou a primeira foto deste post, mas de forma alguma é preciso ter os dois, o que me faz crer ainda mais que o Gmail já era. Por algum motivo que o Google não conta, deve dar fim a ele e passar a apostar no Inbox.

 

IMG_2636

1. Lembretes

Frescurinha, com desenhinho fofo. Quem usa o Google Calendar, que é integrado ao Gmail e muito, muito, muito bom, não precisa de uma seção específica para lembretes. O Google Calendar ainda oferece a possibilidade de ter agenda compartilhada e tenho cada vez mais apostado em notas e arquivos compartilhados. Ganha-se tempo, economiza-se com o envio de e-mails e, é claro, duas cabeças pensando e editando um arquivo sempre melhora o conteúdo.

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_2637

2. Adiamento de mensagens

Recurso novo e bem legal. Você pode marcar uma mensagem para ler depois e ela voltará para a sua caixa de entrada quando você quiser. Acho isso super bom, porque às vezes não é o melhor momento para ler algo com calma e corre-se o risco de esquecer mais tarde se a mensagem ficar como lida.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_2648

3. Categorias novas

O Inbox divide as mensagens em categorias além das abas que já existem no Gmail. Tem compras, finanças, viagens. Ele dividiu direitinho o que eu tinha na minha caixa de entrada, mas pede que você mova mensagens que têm relação com aquele assunto pra dar uma mão pro algoritmo. Nada demais, era só colocar novas abas no app do Gmail.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_2640

4. Fotos e vídeos na caixa de entrada

Mensagens que tenham fotos ou vídeos têm uma miniatura da imagem já na caixa de entrada. Fica bonitinho, mas não é nada que mude a vida. Pra mim, que aprecio imagem, ver no tamanho da tela inteira do meu iPhone já é pequeno. Imagina uma miniatura dentro da caixa de e-mail checada no celular. Sem falar que algumas ficaram com o corte esquisito, o que tira todo o impacto de ver uma foto direto como ela realmente é.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_2643

5. Mensagens marcadas e concluídas

Dá pra marcar mensagens que precisem de um acompanhamento e depois mudá-las para a categoria concluídas. O app de e-mail para iOS já oferece isso – eu uso com o outlook, com a conta do Pioneiro – mas deve funcionar com outros também. Não e nenhuma novidade e também poderia ter sido integrado ao Gmail.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fim da história, na minha opinião: é só enfeite, não tem nada que justifique a criação de um app novo. E muito menos esse apelo de precisar de convite. Se for pra trocar um pelo outro, sem problemas. Só não peguei ainda qual é a do Google de oferecer os dois. Acho que em breve essa resposta oficial de que o Gmail não será desativado vai mudar.

iOS 8 instalado sem problemas

17 de outubro de 2014 1

imageOntem teve evento da Apple e, entre novos Macs e iPads, foi lançado também o iOS 8.1. Eu ainda estava com o iOS 7 no meu iPhone, em função dessa história, e ele me oferecia o iOS 8.0.2. Achei que era o dia. Na segunda-feira, a versão 8.1 será liberada, e eu vou esperar uns dias, claro, para atualizar. Se começar a dar problema, a Apple vai largar a 8.1.1 pra corrigir, e eu baixo com menos riscos.

Mas ontem, então, achei que era a hora de encarar a tensão de atualizar o sistema. Tenho alguns ritos:

1. Escolho uma tomada (ele sempre deve ser atualizado ligado na energia) perto do roteador do wi-fi.

2. Tento não usar muito a internet pra outras coisas (como assistir a vídeos, por exemplo) enquanto está baixando a atualização.

3. Fico do lado do iPhone olhando a cada pouco (nervosa).

4. Dou uma rezadinha, que mal não faz, né?!

Repeti toda a função ontem e em uma hora e 20 estava feito. :)

Tenho muito ainda a descobrir, só dei uma olhada para escrever o post, mas as primeiras impressões têm vantagens e desvantagens.

O que eu curti:

1. A possibilidade de sinalizar um e-mail para ser notificado quando chegar uma resposta.

2. A câmera agora oferece time-lapse e um temporizador, dá pra brincar um pouco mais (apesar de eu concordar com tudo que o Diogo escreveu sobre time-lapse).

3. Meu iPhone 5 não ficou nada lento, pelo contrário, tá voando.

O que complicou:

1. De cara ter que liberar 4,7G pra poder atualizar e, depois de instalado, ele usar apenas 100M. Fiquei um tempão apagando coisas que agora caberiam tranquilamente.

2. As fotos estão uma bagunça, tem um álbum ‘Mais recentes’, com 15 só, e o resto dividiu por data e localização, em outra pasta com informação demais. Não compartilhou a pasta de compartilhadas do iPad, creio que porque agora é via iCloud Drive, que só funciona no iOS 8 e meu iPad segue (e seguirá) com o 7, porque é o 2 e já está lento agora. Isso eu acho bem chato, porque usava o compartilhamento direto. Ainda vou mexer com calma nos ajustes das fotos pra ver o que eu consigo.

3. Tem pouquíssimas (alguém viu alguma significativa?) mudanças de design, cores, papéis de parede. O iOS 8 tem a mesma cara do 7.

Bom, pelos 15 minutos de procura de novidades nos apps nativos, é isso. Já tenho vários aplicativos atualizados para o iOS, mas numa passada rápida por twitter, facebook, messenger e whats app, parece estar tudo igual!

Segunda tem 8.1 na área! :)

O seu e-mail é uma barata?

24 de setembro de 2014 0

emailgloboamaisGostei muito da relação que O Globo A Mais fez para chamar uma matéria sobre e-mail. A reportagem aborda o fato de o correio eletrônico sobreviver a tantas outras possibilidades de termos conversas privadas. Facebook – que praticamente todo mundo tem -, whats app, twitter, todos oferecem formas de enviar conteúdo para apenas uma pessoa. Mas mesmo usando essas redes, a sua caixa de e-mail não segue cheia? A reportagem crava: o e-mail é uma barata. Achei a analogia com o inseto difícil de morrer bem legal.

Entre as reflexões da matéria, está a questão corporativa. Empresas baseiam a comunicação de seus funcionários no e-mail. E aí a reportagem cita, inclusive, a necessidade de jovens – bem jovens – acostumados desde sempre a usar facebook e whats app, principalmente – precisarem se adaptar ao e-mail ao conseguirem um emprego.

A reportagem ainda cita outro dado que me chamou muita atenção. Uma pesquisa da Universidade da Califórnia indica que pessoas empregadas – e que precisam ou gostam de estar sempre conectadas – costumam checar a sua caixa de e-mail 74 vezes por dia, em média. E em seguida dá exemplos de empresas que trabalham para combater o e-mail, classificado como inimigo em alguns casos.

Não sei quantas vezes eu checo a minha caixa de e-mail do Pioneiro por dia, mas são muitas. E pra mim, como pra muitas e muitas pessoas, é difícil dar conta dela. Em alguns dias, tão difícil quanto matar uma barata! :)

Obs: O Globo A Mais é uma revista digital do jornal O Globo. É disponibilizada diariamente às 18h. O app para iPad é grátis e tem algumas edições free, mas pra acompanhar, tem que assinar. A assinatura digital de O Globo dá acesso.