Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "flipboard"

Compre agora: os anúncios estão por tudo. E com botões

31 de julho de 2015 0

flipboard1Os anúncios estão se multiplicando pela internet. De tempos em tempos, dou de cara com um em algum lugar em que eles não existiam. Ontem, foi o caso do Flipboard. Pela primeira vez, vi um anúncio dentro de uma revista. E ele veio com tudo o que a internet tem pregado: a facilidade de compra, ou seja, um botão escrito “shop now”. O Facebook também disponibilizou recentemente um botão “comprar agora” para fan pages.

Isso é a segunda etapa do que falei sobre a bolha nesta semana. A captação de tantas informações a nosso respeito enquanto navegamos pela internet serve especialmente para orientar anúncios direcionados. Apresentar um flipboard2
produto para uma pessoa que gosta dele – porque pesquisa sobre aquilo – aumenta a chance de fechar a venda.

No caso do Flipboard, ontem, me chamou a atenção que era um anúncio de show dentro de uma revista de tecnologia. No entanto, considerando as publicações sobre música que eu acompanho no app, tem tudo a ver me oferecer ingresso para o show do Pearl Jam em Porto Alegre. Clicando no “shop now”, abriu dentro do aplicativo mesmo a página da Tickets For Fun que oferece os bilhetes.

Eu não pretendo ir para esse show, mas se estivesse pensando no caso, ter visto uma oferta dos ingressos em um momento que navegava tranquilamente pela internet e com tamanha facilidade de compra, as chances de eu ter comprado realmente seriam significativas.

Dhavebaj Anupabsthian e suas imagens hipnóticas no Instagram

07 de julho de 2015 0

image

Ontem à noite, navegando pela revista de design do Flipboard, descobri Dhavebaj Anupabsthian. O cara, tailandês, faz essas imagens aí do lado, das quais eu realmente gosto. Sempre curti essa ideia meio que de hipnose ou que possa provocar uma ilusão de ótica conforme se olha para a imagem. Simetria também é algo agradável aos meus olhos.

Por tudo isso, li a matéria da Hypeness e corri para o Insta pra seguir o cara. Demorei pra escolher uma foto para postar aqui além do print ao lado, com várias. Acabei escolhendo essa aí de baixo. Um ponto colorido em meio ao preto e branco me agrada, assim como a forma arredondada. E ela provocou em mim essa sensação de quase vertigem, então foi escolhida.

Segundo a matéria, Dhavebaj fotografa com um iPhone e usa aplicativos de edição no tablet. Gostei muito! :)

 

 

image

O Edge, o IE e um pouco de humor

04 de maio de 2015 0

imageQuando li no Flipboard que a Microsoft vai lançar o Edge, seu novo navegador e substituto do Internet Explorer, lembrei na hora da imagem ao lado. Acho esse desenho super bem-humorado e, vamos combinar, tudo a ver com o IE, né?

Na matéria que eu li, o Olhar Digital destaca que o logo é super parecido. E é mesmo! Eu só espero que apenas o logo seja semelhante ao IE, porque a lentidão e as limitações do browser de Bill Gates não têm nada a ver com essa era de querer tudo rápido que vivemos atuamente.

Como já escrevi aqui no Spot que daria outra chance ao Bill quando descobri os apps do Office, dessa vez também estou disposta a experimentar sem preconceitos o navegador novo. Mas seguirei guardando a imagem do IE atrasadinho no meu celular, onde fui procurar pra postar aqui, porque bom humor sempre faz bem! :)

30 anos da Reuters em 30 fotos

21 de fevereiro de 2015 0

image

Foi navegando no Flipboard, que eu adoro e já falei aqui no Spot, que eu vi o link da Exame com as 30 fotos selecionadas pela Reuters para marcar os 30 anos da agência. Imagino o quanto difícil foi fazer essa seleção.

Fiz print da tela do iPad com algumas das imagens que me tocaram especialmente enquanto eu ia virando as páginas. É uma escolha muito pessoal, sem que eu considerasse muitos fatores, são realmente as fotos que, por algum motivo, me fizeram parar por uns instantes a mais. Avaliações técnicas de fotografia são com o Diogo.

Fiquei pensando, enquanto olhava as fotos, em quantas delas retratam guerras. Uma pena que a gente ainda tenha que conviver com um mundo que mata tanto.

image

image

image

image

image

 

A retrospectiva do Flipboard

22 de dezembro de 2014 0

flipboard
Fim do ano e as retrospectivas surgem de todas as formas. Galerias com fotos, vídeos com imagens marcantes, textos, personalidades etc. Eu gosto de ver isso, mas neste ano a vida tá mais corrida que o normal e não tenho conseguido parar pra acompanhar tudo. No entanto, uma passada na caixa do meu e-mail pessoal me surpreendeu neste fim de semana. O Flipboard me avisava que havia criado revistas específicas de fim de ano. Eu me interessei e acabei concluindo que ficou bem legal.

Um app que eu curto e que já falei aqui no Spot – e lamento não ter mais tempo para dedicar a ele – foi justamente o que me fez parar um pouco a correria para dar atenção ao seu conteúdo de fim de ano. São várias revistas e vale a pena dar uma olhada. As duas que eu mais curti são as que aparecem na foto do post. São imagens legais, com aquela navegação massa do flipboard, e informações que já nos levam para depois do espumante e dos fogos de artifício, apontando o que deve ser tendência em 2015 (esta em inglês). Curti! :)

A Edição do Dia no Flipboard

31 de outubro de 2014 0

foto (1)Quem tem iOS 7 ou superior sabe que pode configurar atualização automática dos apps. Eu não faço isso. Gosto de “ser avisada” que tem atualização disponível e leio a descrição da nova versão. Muitas vezes é só correção de bugs, mas quando vejo que o app vai ter novidades, fico feliz da vida. Foi assim com a atualização para a terceira geração do Flipboard, que apareceu ontem no meu iPad. Eu já falei desse aplicativo aqui no Spot e sigo muito fã dele.

A principal novidade da atualização é a Edição do Dia. A nova revista faz um resumão do que aconteceu naquele dia e oferece alguns extras. Sobre o resumo: cada vez mais se fala que as pessoas têm menos

tempo para ler. Ajudar a mantê-las informadas é o papel de um jornalista, de um veículo de comunicação, e discutimos como fazer isso da melhor forma o tempo todo aqui no Pio. A internet tem muita informação e nós não temos tempo para ler tudo ou para perder procurando algo. Quem conseguir organizar o que é mais relevante e oferecer bem empacotado se destaca. O Flipboard já segmentava por áreas, agora monta também um bom resumo geral. Eu curti. A exemplo das outras revistas e do princípio do aplicativo, tudo é muito bem dividido e apresentado – o Flipboard é lindo, fácil de personalizar com o que a gente tem interesse e uma delícia de navegar! :)

Os extras também funcionam muito bem. Em cada dia da semana, tem um caderno especial de um tema específico. Segunda é ciência; terça, moda; quarta, gastronomia; quinta, celebridades; e sexta, viagem. Além disso, a Edição do Dia ainda oferece – todos os dias – uma galeria de fotos, uma música e um gif. Para melhorar: dá para ativar as notificações para ser avisado quando a nova edição estiver disponível.
Fico bem satisfeita quando um app que eu adoro evolui! A gente sempre pode melhorar!

Só para reforçar: o Flipboard é grátis na App Store. :)

#dicadeapp: Flipboard

27 de setembro de 2014 0

flipboardO Flipboard está entre os apps que eu mais acesso no meu iPad. Acho que ele tem grandes vantagens em relação a tantas coisas que existem para nos ajudar a agrupar conteúdos que a gente gosta e ver tudo num lugar só. Isso, na real, é conversa antiga, que começou lá atrás com leitores de RSS. E que inclui newsfeed de redes sociais também. Mas o Flipboard é diferente de tudo.

1. O Flipboard é lindo. E design, pra mim, é vale muito. No lugar de listas de notícias, imagens. Tudo chamado com imagens e em tamanhos consideráveis. A disposição muda conforme cada página, assuntos mais fortes ganham imagens maiores, nada é estático. Aliás, até pra passar as páginas é divertido e abrir os assuntos é divertido.

2. O Flipboard te oferece muitas formas de classificar e encontrar os assuntos. Tem classificação por área (tecnologia, música, fotografia, viagem etc etc etc), tem classificação dentro de cada área. Navegando dentro de música, por exemplo, de repente você encontra a possibilidade de seguir vendo tudo o que tem de música naquela hora ou clicar em algum blog, site específico e entrar só nele. E voltar, no Flipboard, é bem fácil. É só passar a página de volta, como uma revista – o que ele se propõe a ser.

3. O Flipboard te permite salvar o que você gosta de forma fácil e organizada. Você pode criar revistas e dar a elas o nome que quiser – para facilitar a organização – e aí guardar ali dentro o que lhe interessar da leitura do dia. E, se quiser, pode tornar pública essa revista. Ou seja, você também pode ler revistas selecionadas por usuários do Flipboard, com um filtro prévio feito pela pessoa. Se essa pessoa é relevante para você, pode ser um bom negócio. Eu tenho de professores meus, por exemplo.

4. O Flipboard está – e como não estaria? – totalmente integrado às redes sociais. Compartilhar conteúdo é muito fácil. E nós vivemos na era do compartilhamento.

O único problema que eu tenho em relação ao Flipboard: me falta tempo para navegar mais por ele. :)

Deixo aqui também o link do Inside Flipboard Brasil, o blog oficial aqui no país.

Ah: é grátis na App Store.