clicRBS
Nova busca - outros

Os Estados Unidos são

 

Caro professor, gostaria de tirar uma dúvida que um dia causou um pequeno debate entre mim e umas colegas de trabalho. Em relação à palavra Estados Unidos, já sabemos que é sempre usada no plural. No entanto gostaria de saber, numa frase, qual a maneira correta de escrever: “Os Estados Unidos é ou são uma potência mundial”?  Eu tenho a impressão que, na escola, uma professora muito bem conceituada na minha cidade me ensinou que nesse caso deveríamos usar o verbo no plural e foi o que defendi na tal discussão. Por favor, espero que o senhor me tire essa dúvida.  Agradeço desde já sua atenção a nós dispensada. Um abraço. Muito obrigada. 

Sheila Mayumi Y. — Aichi-Ken, Japão   

Minha cara Sheila: Pelo que vejo, tiveste a sorte de ter uma boa professora. Quando o Português faz acompanhar um nome geográfico no plural pelo artigo definido também no plural (os Estados Unidos, os Emirados Árabes, as Antilhas, etc.), isso indica que esse nome terá o comportamento sintático de qualquer substantivo plural. Você pode observar isso em expressões como “os poderosos Estados Unidos”; “Ele não gostava dos Estados Unidos; respeitava-os, apenas, por seu…”; “Os Estados Unidos se tornaram…”. Compara com Campinas, Manguinhos, Lajes, etc. — embora tenham a marca do plural, entram na sintaxe como vocábulo no singular (“Campinas é…”, “a orgulhosa Campinas”, etc.). Abraço. Prof. Moreno

Abaixo, outro leitor vem enriquecer a questão:

Caro Dr. Moreno: vi sua resposta à pergunta sobre a conjugação do verbo no plural quando usamos o sujeito Estados Unidos, e gostaria de perguntar, nas frases “os EUA é/são o país mais rico do mundo” e “um país como os EUA não pode/podem deixar de investir nas novas tecnologias”, se os verbos são também conjugados no plural. E ainda, se devemos usar, nesse caso, a palavra país também no plural. Muito obrigado pela atenção. Abraço.

Marcelo G. V. — Goiânia

Meu caro Marcelo: as duas frases são construções diferentes. Na frase “Os EUA são o país mais rico do mundo“, temos a clássica estrutura [sujeito + verbo SER + predicativo]. Ela é similar a “os olhos SÃO seu maior problema”, “os dois excelentes zagueiros SÃO a garantia de nossa defesa”. Agora, o que me permite afirmar que o sujeito da tua frase é plural? Basta ver que o sintagma está assim estruturado: [os+EUA]; ora, como o artigo (“os“) é obrigado a concordar com o núcleo do sintagma (“EUA“), o fato de estar no plural é indício indiscutível de que o núcleo também está. 

Já a segunda frase tem como sujeito [um país como os EUA], cujo núcleo é “país” (“um” é artigo indefinido; “como os EUA“, exatamente por vir preposicionado, é um mero elemento periférico). O verbo concorda, tu bem sabes, com o núcleo do sujeito; portanto, teremos aqui “um país como os Estados Unidos não PODE” — no singular. E será sempre um país! Os EUA nunca serão países! O mesmo acontece em “um arquipélago como as Antilhas“, “uma potência petrolífera como os Emirados Árabes“. Abraço. Prof. Moreno