clicRBS
Nova busca - outros

O ou A personagem?

Prof. Moreno: ouço diariamente atores e pessoas ligadas às artes referirem-se à palavra personagem ora precedida do artigo O (quando a personagem é masculina), ora do artigo A (quando a personagem é feminina). Fico confusa, pois quando estava estudando para o vestibular, lembro-me de um professor, por quem tenho muito apreço, que nos alertou de que todas as palavras da Língua Portuguesa terminadas em -gem eram femininas e deveriam, portanto, ser precedidas do artigo no feminino. Pergunta: usa-se sempre a personagem, ou será que eu me enganei? Agradeço a sua atenção e parabéns pela página.

Maridete S. C. – Campina Grande (PB)

Minha cara Maridete: é verdade que as gramáticas e os dicionários não nos dão certeza quanto ao gênero de personagem. Uns recomendam o masculino, outros o feminino, outros o tratam como um comum-de-dois (O ou A personagem, dependendo se é homem ou mulher). Na determinação do gênero de nossos vocábulos, eu acredito ser decisiva a associação com certos perfis fonológicos característicos, uns do masculino, outros do feminino. Por exemplo: os substantivos abstratos terminados em –ão são todos femininos (solução, construção, afeição; ipso facto, a usucapião); atribuímos o gênero feminino aos países terminados em A átono (China, Argentina, Noruega, França, Cuba), e masculino aos demais (Portugal, Moçambique, Canadá, Chile). E assim por diante. 

Isso vem exatamente ao encontro do que mencionaste: já que quase todos (eu não digo “todos” porque não sei se não escapa um ou outro) os substantivos em -agem são femininos, o melhor é tratar personagem como feminino. Com o tempo, acho que a possibilidade de considerá-lo masculino vai cair totalmente em desuso, já que em linguagem as formas-padrão tendem sempre a vencer. Abraço. Prof. Moreno